Mentalidade de Rico – conheça 5 erros que arruínam a sua vida financeira!

ANÚNCIO

Hoje o assunto é pá-pum!

Então, preste muita atenção nas linhas abaixo…

ANÚNCIO

E, obviamente, não cometa mais esses erros.

Isso, claro, se você quiser criar uma mentalidade de rico.

Caminhar para a riqueza, para a liberdade, para uma vida feliz.

ANÚNCIO

Erro Número 1 – Falta de Clareza

Esse erro é mais comum do que muita gente imagina!

E o pior é que é muito grave.

Você precisa ter clareza em relação aos seus sonhos.

A frase acima é bem simples, mas importante.

Reflita: quais os sonhos materiais que você quer realizar?

Você precisa dar um destino para o seu dinheiro.

Só que comprar um carrão não vai te deixar mais rico…

Do que se você optar por investir mais dinheiro, por exemplo.

Porque dinheiro sem destino é um recurso perdido. Então, tenha foco!

Quando você estabelece uma prioridade para o seu dinheiro, o consumismo fica de lado.

Você tem um foco, então, siga-o. O cafezinho pode esperar, assim com a pizza de todo sábado. Mas, no final do ano, você pode pegar na mão dos seus filhos e ir para Paris, se você quiser.

É uma simples questão de… Prioridade!

Quanto se tem clareza dos objetivos, você passa a olhar com outros olhos um produto que você está indo comprar… Será que vale a pena eu comprar?

Então. as coisas mudam e você começa a dar sentido a poupar mensalmente o seu dinheiro e a investir.

Você precisa definir os seus sonhos… Porque são eles que nos motivam.

Erro Número 2 – Falta de Controle

O que é controle financeiro? Simplesmente… É saber quanto se ganha e quanto se gasta!

Quanto mais dedicado e disciplinado você for, melhor será.

Anotar os gastos é o 1º passo para ter sucesso no controle financeiro.

Agora, para saber exatamente quanto você ganha e quanto você gasta o que precisa fazer?

Simples: acompanhar diariamente as suas receitas e as suas despesas.

O fato é que muita gente não tem paciência para fazer isso…

E aí que surge a tecnologia.

Atualmente, existem muitas plataformas digitais e aplicativos que podem ser usados para o controle financeiro pessoal e de gastos.

Eles auxiliam com a organização das finanças em qualquer lugar que você esteja, pelo computador ou pelo app do celular.

Então, comprou um café, anota no celular. Comprou um picolé, também.

Porque por menos que você acredite, esses gastos pequenos e diários podem fazer toda a diferença no seu planejamento financeiro.

Um cafezinho de R$ 5 por dia pode parecer pouco. Mas, na semana dá R$ 35. E no mês, fica em R$ 140. Aí se você somar no ano, o cafezinho te custou mais de R$ 1 mil…

O segredo você sabe: não tem que parar de beber café, mas controlar isso.

É muito prático.

E sabendo para onde vai cada centavo do seu dinheiro é muito mais fácil você enxugar o seu orçamento financeiro cortando supérfluos, coisas desnecessárias.

E também é mais fácil você se planejar, separando parte da sua renda para consumo e parte para os sonhos.

Com equilíbrio!

Mentalidade de Rico – conheça 5 erros que arruínam a sua vida financeira!

Erro Número 3 – Comprar por Impulso

Quem nunca fez uma compra por impulso que atire a 1ª pedra!

Porque não estamos aqui para te julgar, tá bom?

A ideia é apenas de mostrar com isso prejudica o orçamento.

E se prejudica o orçamento é mais um erro financeiro que as pessoas cometem!

Tem uma boa dica aqui para você… Antes de você adquirir qualquer produto se faça as 3 perguntas mágicas:

  • Eu quero?
  • Eu posso?
  • Eu devo comprar?

Faça essas três perguntas para você refletir sobre isso.

Pode parecer bobagem, mas existem estudos que comprovam que quando você vai numa loja e pega o objeto com suas mãos por mais de 30 segundos você cria um vínculo afetivo entre você e o objeto.

Logo, você quer compra-lo.

E tem outro estudo que fala que se você não comprar na hora, mas esperar ao menos 24 horas para fazer isso, você tem grandes chances de desistir da compra.

Resultado: nada de pegar o objeto na mão e trate de pensar antes de comprar.

Ah, mas tem mais estudos aqui.

Outro estudo interessante é o seguinte: quando a gente se depara com o objeto o nosso querido cérebro imagina a sensação, o prazer que você tem ao adquirir aquele objeto.

Ele está tentando te passar a perna.

Mas o que você vai fazer?

Imaginar os seus sonhos e o prazer que eles trarão a você quando você realizá-los.

Então fica muito mais fácil você sair fora desse objeto.

Nada melhor do que foco na hora das compras.

Já vá com o produto em mente, já definido o que você precisa comprar.

E o mesmo vale para o supermercado… Nada de ir fazer compras nele se você estiver com fome, tá bom? Estudos que provam isso também: com fome, compramos mais, ainda mais coisas gostosas!

Erro Número 4 – Reserva de Emergência

Sim, caros: não ter uma reserva é um erro.

Você precisa ter um valor disponível para o seu colchão financeiro.

E como já falamos em outro artigo, a ideia não ter esse dinheiro pensando no pior.

Isso não quer dizer que você vai ter uma doença ou que seu carro vai quebrar.

Não é nada disso, tá bom?

Porque se alguma emergência acontecer o que você vai fazer?

Muitas pessoas acabam ficando desesperadas e recorrendo a um dinheiro mais caro.

Vamos supor que você queira comprar um objeto caro… Com o dinheiro em mãos, você tem desconto a vista e isso fica bem mais barato.

Mas, cuidado em como usar a reserva, ein.

Não é para sair aí comprando qualquer coisa.

A ideia é ter o dinheiro para tomar as melhores decisões.

Erro Número 5 – Cartão de Crédito

Esse é um dos erros que é mais cometido ultimamente: não usar o cartão de crédito corretamente.

Muitas pessoas acabam fazendo cartão de crédito, mas não se dão contas das tarifas que pagarão e dos juros que pagarão.

Elas não têm noção de absolutamente nada.

E quando pagam um valor abaixo do valor total da fatura, elas vão sentir na pele o tamanho da bola de neve que a dívida irá se tornar.

O cartão de crédito não é extensão do salário… É apenas um crédito e você vai ter que pagar a conta mais cedo ou mais tarde.

Então, use com sabedoria.

Ele pode sim ser seu aliado, mas se você controla-lo – e o não o contrário.

Utilize os pontos positivos que o cartão de crédito tem a te oferecer.

E quais são eles?

Por exemplo: programa de pontos, você tem mais segurança, você consegue estipular o limite de utilização de crédito, você consegue colocar as suas contas vencendo no mesmo dia que facilita a sua organização.

Tem cartão que já te dá desconto ao você antecipar parcelas.

Essas coisas todas!

Então, a partir de agora, nada de cometer esses erros financeiros, combinado!?

ANÚNCIO