17 Lugares para Viajar com as Crianças nas Férias de Julho

ANÚNCIO

O mês de julho já está na metade e isso quer dizer que a criança ainda tem, praticamente, 15 dias para aproveitar as férias escolares. Se você ainda não teve tempo de leva-los para passear, que tal pensar em uma viagem muito bacana e inesquecível para eles?

Antes disso, confira algumas dicas essenciais para não furar o orçamento financeiro. Lembre-se que se divertir sem se endividar é a melhor forma de aproveitar a vida e, logicamente, as férias de julho.

ANÚNCIO

Esse Guia de Sobrevivência de Todos os Pais que vão Levar Seus Filhos para uma Viagem de Férias traz Dicas Importantes para Gastar um Pouco Menos, ou seja, Economizar Dinheiro na Viagem. Leia, rapidamente:

Pesquisar

A pesquisa é fundamental independente do lugar que você escolheu como destino. Não há outra forma de começar do Jeito Certo.

Saber os Melhores Destinos ajuda e muito, porém, você sempre vai ter que gastar parte do seu tempo buscando os melhores preços ou aqueles que tem melhor custo benefício.

ANÚNCIO

Para isso, use a tecnologia e as redes sociais, como Twitter, Facebook, RSS, Newsletter, Ferramentas de Buscas, entre outras.

Transporte

Leve em conta também o seu meio de transporte.

No caso de passagens aéreas, saiba que não existe apenas as grandes empresas, inclusive, as menores podem ter melhores preços. E, mais do que isso, existem preços promocionais dependendo do seu banco ou das suas milhas.

Para todos os casos, vale a regra número 1: pesquisar muito.

Planejamento

É muito difícil você conseguir se organizar financeiramente se deixar tudo para a última hora. E, infelizmente, se você não fez as contas há algum tempo, o melhor é deixar essas férias passar e se programar, DESDE JÁ, para o próximo ano.

Que tal, por exemplo, apostar em brincadeiras gratuitas para os seus filhos nos próximos dias, mas começar a poupar 10% do seu salário para bancar uma inesquecível viagem de férias em julho de 2018?

Assim você não se endivida e seus filhos vão aproveitar muito, sem que você fique com aquela tremenda dor de cabeça.

Quando você deixa tudo para a última hora, as coisas parecem se tornar mais complexas: você vai pagar mais caro (não tenha dúvidas sobre isso) e você vai pegar os piores horários de voos (também não duvide disso). Isso sem contar que o seu “quarto” na pousada, será apenas aquele que sobrou entre os já escolhidos.

Datas e Horários

Quando for pesquisar, faça uma busca completa. Não se esqueça de colocar a Ida e a Volta. E leve em conta também alternar as datas da viagem, mudando os dias da semana e os horários, isso pode fazer grande diferença no pacote.

Normalmente, os dias da semana são mais baratos, mas evite erros: pesquise!

Se Encontrar um Bom Preço…

Compre! Entenda que quase nunca comprar por impulso é uma boa alternativa, mas se tratando de férias de julho, quanto mais perto você deixar para comprar, mais caro vai pagar, principalmente se for uma passagem aérea.

Se você conseguir fazer um planejamento anual, ou seja, de 12 meses, saiba que vai encontrar os melhores preços e sua viagem sairá muito mais em conta do que você imagina.

Ah, por sinal, esqueça esse mito de que comprar passagens aéreas durante a madrugada é mais barato. Porque não é. Ao menos, nunca conseguiram comprovar isso.

Entenda: Mais Barato não o Mesmo que Melhor Opção

Pode ser que você encontre passagens aéreas muito mais baratas em horários que podem te fazer perder até 2 diárias no hotel. Essa não é a melhor opção.

Observe que comprar com antecedência vai te fazer economizar dinheiro, mas se você fizer isso da forma certa. Busque sempre a melhor opção e não, necessariamente, o melhor preço.

Rotas Alternativas

Apesar de as férias serem consideradas de alta temporada, é possível pensar em rotas alternativas, ou seja, aquelas que poucas pessoas vão querer frequentar. Esses locais, você vai poder conhecer na nossa listagem abaixo.

Inclusive, há de se pensar em viagens internacionais, inclusive, na América do Sul, onde o destino não é tão longe e pode ter preços tão acessíveis quanto uma viagem dentro do Brasil.

17 Lugares para Viajar com as Crianças nas Férias de Julho

Os destinos abaixo foram selecionados conforme aquilo que se diz respeito à crianças, não obedecendo, portanto, ordem de valores ou pacotes ou distâncias. A partir deles é possível ter uma ideia dos locais que poderão ser visitados.

Lembre-se que a Regra Fundamental é sempre fazer um prévio Planejamento Financeiro para que a Viagem não saia mais Cara do que se Imagina.

1 – Beto Carrero World (Santa Catarina)

É um dos lugares mais desejados pelos filhos, sem dúvidas.

O parque fica na cidade de Penha, litoral de Santa Catarina e é considerado o Maior Parque Temático da América Latina.

O passaporte é vendido pelo site oficial e tem valores que variam entre o gratuito (para Aniversariantes do Dia) e 390 reais (Promoção Passaporte Anual).

2 – Bourbon Atibaia Resort (São Paulo)

O Hotel fica localizado em Atibaia, no interior de São Paulo e é considerado um resort de luxo, ideal para passar um final de semana diferente com a família.

As instalações são compostas por atividades de lazer, campos de futebol, quadra de tênis, salão de jogos, academia, arco e flecha, piscina, entre outras.

Nos últimos anos, o Resort tem apostado no seu espaço temático da Turma da Mônica.

Ao todo são 570 apartamentos, com varanda, televisão, frigobar, ar-condicionado, conexões de internet e outras facilidades.

3 – Beach Park (Ceará)

O parque fica em Fortaleza e tem muitas atrações voltadas às crianças, como o Insano, um brinquedo super radical.

Lá, você pode optar por passar as noites em um Hotel ou Pousada e comprar o “Day Use” para passar o dia no Parque. Também há a opção de ficar hospedado em resorts que fazem parte do Complexo.

O valor de ingresso é de 180 reais por pessoa.

4 – Parques e Naturezas em Itu (São Paulo)

Itu é uma cidade do interior de São Paulo e que fica perto de Campinas. Para lá, é possível fazer uma viagem barata e divertida, já que tem a Cidade da Criança e a Praça dos Exageros, onde é possível levar os pequenos para conhecer a famosa cidade “onde tudo parece ser grande demais”.

Próximo à Itu, tem a cidade de Salto, que é sede do Parque do Lago, que tem brinquedos, lanchonete e espaços para brincar com as crianças, além do mirante dos enamorados, da onde é possível ver o Rio Tietê na sua parte mais límpida.

As duas cidades têm pousadas e hotéis que tem piscinas e áreas de lazer. Esses espaços são pagos, mas os parques citados são gratuitos.

5 – O Mar de Maragogi (Alagoas)

O Mar de Maragogi, em Alagoas é indicado para as crianças porque de lá elas conseguem ver os peixinhos nadando de tão cristalina que é a sua água. Por sinal, o lugar é ótimo para ser visitado em Julho, já que suas praias são quentes.

Uma dica é mergulhar nas Galés do Maragogi, dependendo de como a maré estiver. Sendo que na maré baixa é possível ver todos os peixinhos nessas verdadeiras piscinas naturais.

Os valores de lá também são variáveis, conforme o passeio e o aluguel de equipamentos.

6 – Thermas dos Laranjais (São Paulo)

O thermas fica em Olímpia, também no interior de São Paulo. O parque aquático é um dos melhores destinos para quem quer aproveitar as férias do inverno, já que a cidade tem uma das águas mais quentes do Brasil.

7 – Wet’n Wild (São Paulo)

O parque aquático fica em Campinas, em São Paulo e é um dos mais atraentes do país. O preço do ingresso é de 68 reais para as compras online ou 130 no local.

8 – Broa Golf Resort (São Paulo)

É um hotel fazenda para quem quer passar uns dias com os filhos.

O espaço tem tirolesa, quadras nas areias, quiosques, esquibunda, entre tantas outras atrações.

Os viajantes podem visitar também um hangar e um museu com aviões restaurados, onde é possível encontrar tanques de guerra e outras peças raras.

9 – Paradise Golf Lake Resort (São Paulo)

Esse resort fica em Mogi das Cruzes, ao lado do Aeroporto de Guarulhos e é ideal para evitar uma viagem longa. O resort tem academias, spa, quadra de tênis e business center para quem quer trabalhar enquanto os filhos curtem.

A dica é levar principalmente as meninas, já que há quartos conjugados que tem temas infantis da Lilica Ripilica.

10 – Alpen Park (Rio Grande do Sul)

É um parque de diversões perfeito para as crianças que curtem esportes radicais, atrações interativas e cinema 4D. Além disso, é possível fazer um tour pelas cidades vizinhas, com suas culturas e tradições.

11 – Rio Quente Resort (Goiás)

O Rio Quente fica em Caldas Novas e as crianças que gostam de água costumam adorar. São diversas piscinas, de todos os tamanhos, escorregas, tobogãs e praias artificiais.

12 – Museu Catavento (São Paulo)

Se seu filho gosta também de cultura, além do lazer, saiba que em São Paulo há o Museu Catavento, onde é possível conhecer o corpo humano por dentro e entender, por exemplo, como funciona um gerador de energia.

O passeio ainda proporciona a descoberta do Sol, entre outras curiosidades.

13 – Campos do Jordão (São Paulo)

A cidade é muito conhecida por ser romântica e abrigar diversos casais, que ficam cercados de vinhos e chocolates. Porém, o que poucos notam é que o lugar também é propicio para as crianças que querem passar as férias de julho de um jeito diferente.

O Parque na Montanha e o Tarundu tem mais de 25 opções de entretenimento, sendo que o passeio de teleférico é um dos mais tradicionais e diverte toda a família.

14 – Gramado (Rio Grande do Sul)

O lugar tem os mesmos preceitos de Campos do Jordão, mas também é super aconselhável para as crianças, ainda mais no inverno, já que tem uma variedade incrível de atividades voltadas para elas.

O “DreamLand”, por exemplo, nada mais é do que o Museu de Cera e traz personagens de todas as épocas, como Brad Pitt e Shrek.

Também tem o Zoológico e a Aldeia do Papai Noel, de onde é possível chegar bem pertinho dos animais e conhecer a morada do bom velhinho. Já o Mini Mundo traz uma cidade onde tudo é 24 vezes menor do que o normal, simulando construções de vários países ao redor do mundo.

15 – Disney World (Estados Unidos)

Esse é um dos parques mais famosos do mundo, se não for o mais famoso. Ele fica em Orlando e é indicado para todas as idades. Dentro desses parques há de se fazer uma prévia seleção entre: Magic Kingdom, Sea World, Bush Gardens e outras atratividades.

Os ingressos são itens bastante caros e pode começar por mais de 100 dólares o mais barato.

16 – Estúdios de Filmagem da Universal (Estados Unidos)

Fica em Los Angeles e também divertem tanto crianças quanto adultos. O tour pode te levar aos cenários de filmes de Hollywood, como “De volta para o Futuro”, “Velozes e Furiosos”, “Tubarão”, entre outros.

Os valores também são altos, a partir de 100 dólares.

17 – Valle Nevado (Chile)

O Valle fica em Santiago e tem como grande atração turística a Maior Estação de Esqui do Hemisfério Sul, sendo formada por 44 pistas de esqui abertas nas férias de julho.

O complexo tem uma área reservada para as crianças – Burton Riglet Park, onde há a simulação de pistas de esqui para que os pequenos aprendam mais sobre o snowboard, com instrutores capacitados.

Na baixa temporada, o passaporte que dá direito ao Ski Day custa 40 mil pesos chilenos para adultos e 30 mil para as crianças.

17 Lugares para Viajar com as Crianças nas Férias de Julho
Reprodução: Google

Observação: Cristo Redentor (Rio de Janeiro)

A Cidade Maravilhosa é sempre um bom destino para todas as épocas do ano. A tradicional Copacabana atrai viajantes do Mundo Todo e para as crianças podem ser incluídos passeios tradicionais como no Pão de Açúcar, Cristo Redentor e Jardim Botânico, além da Floresta da Tijuca.

Também é possível visitar o Planetário, na Gávea.

No entanto, ainda que o Rio de Janeiro continue sendo citado, é preciso levar em conta a segurança dos pequenos. Logo, o destino tem sido deixado de lado por muitos turistas. Pense nisso! É por isso que deixamos o RJ fora da lista.

Observação 2: Hopi Hari (São Paulo)

O Hopi Hari também atrai muitas crianças de todo mundo, inclusive, é considerado um dos maiores parques temáticos da América Latina. Para crianças que gostam de adrenalina, é o ponto turístico ideal, já que tem montanhas russas, rodas gigantes, cinemas, etc.

No entanto, também deixamos de fora da lista porque o local estava interditado para reformas em brinquedos, depois de ter acontecido alguns acidentes. Agora, o parque reabriu, porém, se você pensa na segurança do seu filho, talvez opte por outros destinos.

Leia Também: Aproveitar as Férias Sem Furar o Orçamento Financeiro é Possível – 10 Dicas

1 – Planejamento Financeiro

Você saber o quanto pode gastar não é suficiente. Separe uma parte do seu dia para fazer o seu planejamento financeiro.

Faça todas suas previsões e planeje o que é possível de ser feito e o que precisará ser adiado desta vez. O ideal é evitar o uso do Cartão de Crédito ou do Cheque Especial.

Essas opções de pagamentos e de dinheiro possuem juros muito altos, além de impostos, o que ocasiona prejuízos na certa. Não se iluda com 10 vezes no Cartão Sem Juros. Mesmo com a parcela baixa, você sempre pagará mais do que o produto vale.

2 – Programação da Região

Dependendo de onde você mora, não será necessário ir para um lugar muito distante para aproveitar as férias da melhor maneira. Na maior parte dos casos, existem atividades bem perto, basta pesquisar e encontra-las.

Muitas cidades oferecem programações especiais para as férias de julho e, com a ajuda da internet, você pode encontrar essas oportunidades facilmente. Espetáculos, shows, trilhas, musicais… Tudo isso pode ter por aí, em preços acessíveis.

Você pode incluir no seu planejamento um dia para conhecer os parques da sua cidade. Normalmente, eles têm atrativos para as férias. Parque, por sinal, combina com piquenique, não acha?

3 – Pesquisa

Se o assunto é dinheiro e compras, a pesquisa precisa acontecer. Isso vale para todos os casos, inclusive para esse período do ano. O maior engano das pessoas é achar que é preciso ter muito dinheiro para fazer uma boa viagem, o que não é, de fato.

Pesquise sobre os possíveis destinos, planos, pacotes, gastos… A sua viagem dos sonhos pode ser realizada de uma forma mais simples do que você “ouve falar”.

É claro que os “pacotes de turismos” ficam mais caros em altas temporadas, como as férias de julho, por isso, a pesquisa é fundamental para encontrar as melhores e mais baratas saídas.

Além disso, se você reservou com antecedência, com certeza pagou um valor mais baixo do que ele realmente vale. Dê prioridades aos locais com indicações de amigos ou conhecidos.

4 – Visitas

Opte também pelas visitas aos amigos e parentes queridos. No dia a dia esses encontros são raros e quando acontecem tem tempo determinado para acabar. Aproveite as férias e os finais de semana para matar a saudade.

Esse tempo livre é ideal para colocar o papo em dia.

Claro que avisar com antecedência e programar os gastos é importante, mesmo que tudo seja ocasional. Evite desencontros, além de tudo. Um encontro combinado pode sim se tornar um momento inesquecível.

5 – As Baladas pelos Jogos

Claro que ninguém é de ferro e pegar uma balada vez ou outra é fundamental para relaxar. Porém, não precisa fazer isso todos os dias das suas férias. Aliás, você se lembra quando gastou da última vez que foi em uma?

Por outro lado, você também não precisa ficar largado no sofá assistindo à alguma programação chata da televisão. Para evitar isso, aposte em jogos, como os de tabuleiros ou aqueles coletivos, como o famoso Imagem e Ação.

Esses jogos + amigos = Muita Diversão e Pouco Gasto. Pense nisso.

10 Maneiras Reais de Viajar para qualquer lugar Sem Gastar Muito Dinheiro

6 – Atividades Físicas

Se a falta de tempo sempre foi uma daquelas desculpas mais usadas durante a sua rotina diária, talvez as férias seja o momento certo para você dar um up na sua saúde, já pensou nisso?

Existem planos de academia que dão desconto para pacotes anuais, mas você não precisa fazer isso.

Crie uma rotina mais flexível. Combine de ir visitar a sua mãe a pé, se não for muito longe. Marque com o sobrinho de passear no parque e faça uma corrida por lá. Faça compras no supermercado seguindo um caminho a pé. E assim por diante.

Vale ainda observar que nessa época do ano, o pôr do sol fica ainda mais bonito, dependendo de onde é visto. Que tal você subir no morro mais alto da sua cidade para avistá-lo.

7 – Biblioteca Pública

Há quanto tempo você não lê um livro? Tire um dia para ir visitar a biblioteca pública da sua cidade e escolha um livro de fácil leitura, que seja leve e que você o termina em algumas horas ou dias.

Além do mais, as bibliotecas também costumam ter programações especiais para o período de férias, com oficinas de artesanato e passeios em grupos, por exemplo. Para as crianças, esses momentos podem ser extremamente especiais.

Planejar os Gastos com os Filhos: 5 Regras Fundamentais

8 – Cursos

É em julho que acontece a maior parte dos cursos de curta duração. Independente do assunto, você pode fazê-los. Aproveite o momento para crescer profissionalmente e pessoalmente.

Alguns centros culturas proporcionam essas oportunidades de forma gratuita, pesquise.

O mesmo vale para as crianças. Mas, a dica é tirá-la da escola para que elas tenham um momento diferente da rotina. Invista em cursos de culinária ou esportivo, por exemplo, isso tem valores agregados imensos.

9 – Comer Fora

Sabemos que comer fora de casa sempre é mais caro do que fazer a própria comida. No entanto, se você quer variar, aposte em locais que tenham preços mais populares ou de comidas caseiras.

Se você mora em cidade turística, fuja dos grandes centros.

No caso de viagens, pesquise sempre. “Pesquisa em blogs de mochileiros, eles entendem de viagem bacana e baixo custo”, aconselha Marcio Barros, que é doutor em Finanças e Professor da IBE-FGV.

10 – Lembrancinhas

Com a viagem marcada, seja para praia ou para qualquer cidade vizinha, não saia comprando todo tipo de lembrancinha que encontrar pelo caminho. Apesar de ser tentador, você não pode fugir do seu orçamento financeiro.

“Pesquisa o preço antes, não compre nos primeiros dias de viagem e evite os pontos turísticos”.

De um modo geral, é importante notar que é possível aproveitar muito as férias sem gastar muito dinheiro. Dinheiro nem sempre vai ser sinônimo de diversão e felicidade.

E você, tem alguma ideia a mais para acrescentar? Tem alguma história sobre as férias para Contar? Deixe-nos um comentário.

Com informações do aluguetemporada, muitaviagem e uol

ANÚNCIO