10 Produtos que Você Pode Vender e Ganhar Muito Dinheiro

ANÚNCIO

A recessão ainda não acabou é verdade. Além disso, você tem aprendido que para Ficar Rico será preciso poupar dinheiro mensalmente e, vamos combinar, com tanto imposto fica difícil reservar aqueles 10% do seu salário.

Então, você tem a incrível ideia de começar a revender produtos baratos, o que deve dar algum retorno financeiro, não é verdade?

ANÚNCIO

Se o seu pensamento foi esse – ou próximo disso – saiba que você está no lugar certo. Neste artigo, vamos dar dicas de como entender o mercado que você vai atuar, inclusive, com dicas de produtos que podem ser úteis para qualquer pessoal, logo é uma “mão na roda” para você emplacar o seu instinto empreendedor.

Antes de listar os 10 produtos, vamos falar da arte da venda.

Você precisa ter qualidade e saber escolher produtos inovadores. Quer um exemplo bastante prático? Coxinhas. Isso, todo mundo sabe o que são coxinhas e, na real, todo mundo adora. Daí, um cara foi lá e fritou minicoxinhas e colocou em um copo. Já sabe o resultado, né?

ANÚNCIO

Ideia simples, não? Mas, como será que ninguém pensou nisso antes…

10 Produtos que Você Pode Vender e Ganhar Muito Dinheiro
Reprodução: Google

O negócio deu certo por vários motivos: preço baixo, investimento baixo, custo baixo, alimentos e… Além de tudo, por ser “inovador”. A questão é “saber vender”.

Portanto, essa pode ser uma boa opção se na sua “rendondeza” já não tem um empresário assim e se o seu local é de grande fluxo de pessoas – já que o lucro vem de muitas vendas, levando em conta que o produto tem preço baixo.

Leve em conta ainda que mesmo vendendo produtos baratos, você precisa ter uma boa abordagem – aposte na criatividade, no atendimento, na variedade, nos benefícios aos clientes. De alguma forma, independente do seu preço ou produto, você tem que trazer benefícios ao consumidor.

Philip Kotler é chamado de Guru do Marketing e diz que: “Ou você é diferente ou você é o mais barato”.

15 Ideias de Produtos para Vender e Conseguir uma Grana Extra

Pensamos em produtos que não exigem cursos profissionalizantes – ainda que eles possam ser diferenciais. A ideia é ter criatividade e não ter medo de por a mão na massa – quase que literalmente falando.

Dependendo da sua atual situação, você pode criar o próprio negócio e fazer dele a sua principal fonte de renda ou, simplesmente, uma forma de ter renda extra. Para ambas as possibilidades, existem coisas fáceis de fazer ou de vender e que tem boa margem de lucratividade.

1 – Bijuterias

Aqui, a ideia é ter bom gosto e ficar antenado às tendências para se dar bem. No ramo há infinidades de armarinhos e lojas especializadas na comercialização de tais produtos.

Você pode optar por revender ou por criar as próprias peças. Para os dois casos, precisará ser bom de papo.

Entre os produtos estão: colares, gargantilhas, brincos, pulseiras, broches, presilhas ou qualquer outra peça que faça parte do hall de acessórios que podem ser usados por mulheres, homens, crianças.

O custo inicial para adquirir tais produtos é variável, mas se você for produzir tais peças, ele será bem menor. Nesse caso, vale a pena pensar em optar por encomenda.

2 – Doces

Os Doces também são ótimos produtos, mas tem uma concorrência ferrenha. Aqui já não vale muito a pena revender e sim produzir. Customize, crie sua marca e aposte em diferenciais, seja no sabor ou no tipo.

Observe que como tudo no mundo dos negócios, o tradicional sempre agrada, mas o diferente traz curiosidade ou a famosa “vontade de experimentar”. Inovação e criatividade podem fazer de você um empreendedor rico.

As embalagens são itens apresentáveis e podem fazer a diferença. Coberturas exóticas ou com chocolates especiais também. Mesmo com a crise, há públicos que não vivem sem o famoso docinho. Ouse, crie os chamados gourmets e ou sem açúcar.

Leve em conta vender os doces em bares e restaurantes.

3 – Marmita Fit

Seguindo a linha dos doces, mas já pensando diferente, que tal fazer uma Marmita Fit, ou seja, aquela totalmente saudável. Elas são fáceis de preparar e pode ser totalmente útil para as pessoas que tem vidas corridas, mas que não abrem mão de uma alimentação equilibrada.

Marmita Fit ou Marmita Fitness tem tudo para dar certo. Você só vai precisar entender bastante de alimentação, optando por legumes, verduras e integrais. Monte um cardápio que vai de acordo com o que os nutricionistas dizem e com o gosto da sua clientela.

Pesquise sobre Low Carb, Vegetarianos, Veganos, Dietas, etc.

Há ainda de se pensar na possibilidade de marmitas vendidas em kits, para semanas ou quinzenais, podendo também ser congeladas.

Outra opção é apostar em Marmita Tradicional e Caseira. As famosas “quentinhas” não são famosas por acaso. Se você tiver um bom cardápio e um diferencial na cozinha, pode alavancar sua vida financeira.

4 – Bolsas Carteiras (Clutches)

É voltado para o público feminino e costumam cair no gosto da mulherada por dois motivos: são modernos e são baratos. Logo, se você tem habilidade com trabalhos manuais, comece a procurar como fazer tais bolsas e produza em massa.

Seu diferencial será o seu estilo criado. Tende observar a clientela e o que ela gosta de usar, combinando cores, acessórios e estilos.

Nesse caso, há ainda a opção de se pensar em comercializar os produtos pela internet, com um catálogo online, estampas e imagens.

5 – Caixas em MDF

Elas são um charme e ótimas opções de presentes – podem ser dadas para mamães, bebês, namoradas, etc. São chamadas também de caixas organizadoras porque são de grande utilidade e aconselháveis para quem tem uma vida totalmente organizada.

Quanto ao formato, cores e design, tudo pode ser feito e vai depender da criatividade de quem produz. Algumas, para se ter ideia, são usadas para cozinha para guardar chás ou temperos.

O custo de aquisição dos materiais é baixo e a lucratividade pode ser representativa.

6 – Roupas e Sapatos

Você pode ir em grandes centros e distribuidoras e revender roupas e sapatos. Para isso basta conhecer de moda, de estilo, de gosto e ter um know-hall de amigos e clientes.

Uma ideia é fazer uma lista de produtos que seus amigos desejam comprar e trazer os produtos diretamente para eles, sob encomenda. Isso ajuda a evitar prejuízos iniciais e dá para ter uma ideia se o negócio irá vingar ou não.

O Brás, em São Paulo, é conhecido por ser um grande centro atacadista e um dos melhores lugares para comprar peças para revenda.

Atualmente, a venda de roupas de marcas por preços mais baixos tem aparecido no mercado como grande atrativo financeiro. O segredo é simples: importe produtos de outros países – falaremos disso no final do artigo.

Mas, a grande dica aqui é que você pode vender os seus próprios produtos – aqueles que você não usa mais. Faça boas fotos e ponha tudo a venda na internet. Existem sites que te ajudam como isso, como o Enjoei.

Você pode fazer também um bazar online ou vender diretamente para um brechó.

7 – Lingeries

Vale para o mesmo esquema citado no tópico anterior, só que é um nicho totalmente especifico. Toda mulher (assim como muitos homens) consideram esse vestuário bastante importante e que precisa ser renovado de tempos em tempos.

A vantagem, nesse caso, é que você pode ter um publico especifico e fiel. A divulgação mais viável é aquela feita de boca a boca, entre sua rotina diária. Mas há também a possibilidade da venda online, já que muitas pessoas tem “vergonha” de comprar tais produtos.

Um diferencial pode ser ter um leque variado de formas, tamanhos e modelos, mas cuidado para não comprar em excesso. Aposte em looks das novelas, do cinema ou que são considerados populares.

Maioria das famílias brasileiras está endividada e Renda Extra é opção para sair das dívidas

8 – Produtos de Catálogos

Essa é uma das opções mais fáceis para conseguir um dinheiro extra e exigem, praticamente, o seu comprometimento com os clientes. Aposte em marcas conhecidas, como Natura, Avon ou Jequiti.

Atualmente, as opções vão além dos cosméticos e é um nicho que habitualmente dá bons retornos financeiros.

A vantagem é que dificilmente você terá prejuízo, além de não precisar ter um investimento inicial em produtos.

O setor de cosméticos e dermocosméticos estão em alta e a revenda pode incluir até mesmo treinamentos, dependendo da empresa escolhida. Assim, é possível ainda se especializar no assunto e buscar informações em regiões internacionais, trazendo para cá produtos diferenciados.

Pesquise sobre Vichy, Avéne, La Roche-Posay e tantas outras que tem valores acessíveis e podem ser vendidos por preços baratos, também.

9 – Artesanato

Também está entre as coisas mais fáceis de vendar, mas desde que você tenha talento nas mãos. Sabe fazer crochê, bordado, patchwork, madeira, biscuit, pintura ou outros trabalhos artesanais?

Aproveite a crise e dê um jeito de ganhar uma grana extra com seus produtos. A melhor ideia é aquela que fala em vender sob encomenda. Assim, há a garantia do recebimento e você não corre risco de desperdiçar materiais ou tempo.

Se você tiver disponibilidade de tempo, aposte em feiras de artesanato para mostrar o seu trabalho, invista no networking e atualize seu conhecimento sobre o tema, sempre há novas ferramentas e novas ideias para esse tipo de produção.

10 – Perfumes Importados

Também é um mercado em alta devido ao alto preço que tem aqui. Quando conseguem importar produtos do estrangeiro, os empreendedores podem lucrar um bom dinheiro com a revenda de algumas marcas famosas – como Carolina Herrera, Chanel, Polo, Hugo Boss.

10 Produtos que Você Pode Vender e Ganhar Muito Dinheiro
Reprodução: Google

Atenção: você também pode ganhar dinheiro vendendo serviços

Talvez você não tenha aptidão em selecionar os melhores produtos para serem vendidos, mas pode ter habilidades para prestar serviços. Leve em conta alguns tipos que podem lhe render bons rendimentos extras:

Manicure e Pedicure

Você pode atender a domicílio durante suas horas vagas. No começo, será preciso investir apenas em materiais;

Aulas Particulares

Principalmente para crianças e adolescentes que tem dificuldades na escola. Essa ideia pode ser boa para você, se tiver facilidade com educação, e para os pequenos que podem aprimorar seus conhecimentos;

Serviço de Informática

No mundo atual existem muitos computadores e notebooks, além dos smartphones. Logo, muita gente precisa de assistência técnica. Então, se você entende o básico disso, pode ganhar um dinheiro extra;

Marido de Aluguel

É bastante burocrático contratar um profissional para fazer um serviço na sua residência, já que as empresas exigem uma papelada sem fim. Se o serviço não exige muito conhecimento, aposte nos Maridos de Aluguel. Ou seja um deles;

Serviço de Costura

Quem tem máquina de costura e um tempinho de sobra pode ganhar dinheiro fazendo consertos e remendos em roupas;

Tradutor e Revisor de Texto

Além do português, se você for expert em inglês, está aí uma grande chance de lucrar. Ofereça serviços de tradução e revisão.

Seu Hobby tem Potencial?

Para responder essa pergunta a si mesmo, leve em conta 5 passos…

1 – Prazer? Se você tem a ideia de fazer do seu hobby uma fonte de renda, ok. Mas se vê nele apenas uma maneira de sentir prazer, sendo uma fonte de gastos, melhor não investir agora.

2 – Curto Prazo – Para nenhum negócio é indicado criar expectativa para o curto prazo. Mesmo que tenha talento e vá dar certo, você precisará de tempo e prospecção.

3 – Testar Vale a Pena – É aconselhável começar testando os produtos com seus conhecidos. Para especialistas, o preço inicial sempre tem que ser suficiente para cobrir os custos.

4 – Momento – Em algum momento da vida, você terá que tomar a decisão de fazer seu hobby se transformar em uma renda extra… Esteja preparado para isso, pense sobre o assunto e analise as oportunidades.

5 – Felicidade – Se é um hobby, tem que te fazer feliz. Em caso contrário, abandone a ideia. Afinal, todo trabalho, por mais que você goste, será cansativo.

É Possível Ter uma Renda Extra com Investimentos Financeiros?

Caio Copetti é assessor de investimentos e comentou sobre a Renda Fixa em artigo publicado na internet – “a modalidade é preferida do brasileiro quando se trata de investimentos no mercado financeiro, tendo em vista que torna possível aproveitar as elevadas taxas de juros do Brasil”.

Sendo assim, ele listou 4 passo para aproveitar as melhores oportunidades.

Perfil de Investidor

O primeiro passo antes de escolher um produto, conforme o especialista, é saber qual o objetivo com que aquele recurso será usado – em termos de tempo de aplicação, riscos e rentabilidade.

É importante levar em conta que as aplicações de períodos mais longos resultam em taxas melhores, sendo que as aplicações com menor carência oferecem retornos menos significativos.

Esqueça a Poupança

Nos últimos anos, a poupança perdeu para a inflação, logo, os preços amentam mais do que o seu dinheiro se valoriza. No fim das contas, de forma bastante literal, você perde dinheiro.

Assim, para não ser atingido por essa perda, o especialista recomenda procurar outras opções de investimentos financeiros na Renda Fixa, como os Títulos Públicos, os Fundos de Investimentos e os Ativos de Crédito Privado.

“Papéis que possuem características diferentes para que sejam oferecidos de acordo com o objetivo de cada investidor”.

Crédito Privado

O especialista considera ainda como opção emprestar o dinheiro para uma empresa, desde que seja dentro de ativos da Renda Fixa.

Ele afirma que em 2017 foram 80 novas captações, somando um volume superior a 33 bilhões de reais.

Para isso, existe o CRA (Certificado de Recebíveis do Agronegócio), o CRI (Certificado de Recebíveis Imobiliários) e as Debêntures. Esse meio tem captação mais barata e uma taxa mais atrativa, ele diz.

“Esse meio oferece retorno que pode alcançar duas vezes a poupança, mantendo a isenção de imposto de renda, flexibilidade e liquidez nos ativos, uma vez que existe a possibilidade de venda para outros investidores antes mesmo do vencimento”.

Compare antes de Investir Dinheiro

É como comparar várias marcas e modelos de carros – deveríamos ter o costume de comparar nossos investimentos e seus distribuidores.

“Por se tratar do seu próprio dinheiro e muito provavelmente de um relacionamento duradouro com a instituição que você escolher, faça suas comparações e escolha a melhora casa para aplicar seu capital conforme seu perfil”.

Conclusão do Especialista

“Para o segundo semestre de 2017, com a taxa básica de juros caindo, ela continuará alta se comparada com as taxas de outros países emergentes. Somando essa dado com a instabilidade política, vemos que o momento é de cautela, ou seja, aplicações seguras e de longo prazo podem ser uma ótima opção”.

Bônus: Como Comprar Produtos da China

Se você cogita a possibilidade comprar produtos da China para revender, saiba que essa pode ser uma alternativa boa, mas nem sempre. Para fazer isso, você tem limite de valores gastos e, caso a alfândega selecione o seu “pacote” será preciso pagar um imposto que pode representar mais da metade do valor total do produto.

Portanto, todo cuidado é pouco.

De forma geral, os produtos da China fascinam os brasileiros pela sua tecnologia e preço baixo. Com a internet e seu advento, as pessoas passaram a pesquisar mais e estão conseguindo escolher bons produtos mesmo na compra online.

No mesmo sentido, sites especializados na venda de tais produtos têm oferecido benefícios como o Frete Grátis ou preços ainda menores para compras em atacado.

Para fins de conhecimento, listamos alguns desses sites.

Deal Extreme

É popular e conhecido pelo famoso Frete Grátis para o Brasil. Além de produtos de marca chinesa, também tem eletrônicos como Asus, Lenovo, Xiaomi e Samsung. O pagamento é feito pelo Cartão de Crédito Internacional ou PayPal e a entrega é de 30 dias.

AliExpress

Certamente que é o queridinho dos brasileiros. O site também tem opções do tipo “Frete Grátis” e reúne uma quantidade bastante superior do que seus concorrentes de produtos. O sistema é parecido com o do Mercado Livre, onde é possível avaliar o vendedor com comentários.

A desvantagem é que os produtos podem demorar até 90 dias para chegar no seu destino. Os pagamentos podem ser feitos com Cartões de Crédito, Boletos ou mesmo Transferência Bancária.

Alibaba

Pertence do grupo do AliExpress mas é direcionado para o público Bussiness to Bussiness, ou seja, para empresas e negócios.

Mini in the Box

É uma categoria tradicional chinesa e oferece catálogos de produtos com pagamento feito no cartão, PayPal, Mercado Pago ou Boleto Bancário. Muitas lojas oferecem Frete Grátis e a entrega também pode demorar até 90 dias.

Dicas para Ter uma Renda Extra sem atrapalhar o Trabalho Fixo

Jogamos a isca pra vocês, leitores. Vocês notaram o quão importante é ter uma Renda Extra e também o quão essencial é pensar no futuro. Para tanto, o investimento é uma das melhores opções disponíveis no mercado hoje em dia.

Mas aí que você pode ter concluído: “Ok, mas como posso ter uma renda a mais, se já tenho um trabalho fixo”. Pensando nisso, e com apoio do blog Visual Fashion, selecionamos as 3 melhores dicas!

Planejar

Planejar é tudo! É sério, pessoal. Esse é o primeiro passo para qualquer empreendedor, sonhador, pra todo mundo.

Pense em tudo: descubra um setor que você é fera, pense em produtos ou serviços, defina onde vai ser o local de trabalho, o horário, as entregas, os contatos, os equipamentos. Pense em tudo, de verdade! Afinal, para ter uma Renda Extra, você vai precisar de lucros e não apenas gastos.

Organizar

O que podemos entender como Renda Extra? Algo que vai te dar um dinheiro a mais no final do mês. No entanto, entende-se também que essa grana não tem um valor fixo, podendo ser variável.

Mas, então, tenha estimativas, faça cálculos e previna-se. Porque, não adianta você querer investir 1 mil reais por mês, se vai ter lucro variável a partir de 500 reais. Seja consciente.

Tenha aquele planejamento bem feito com o seu salário fixo e guarde tudo o que puder do trabalho extra. Assim, terá o saldo emergencial, caso necessário, e poderá investir em um fundo para juntar uma boa grana.

5 Formas de Obter Renda Extra em 2017

Descansar

Ahá! Ninguém é de ferro (Só o personagem da Marvel e da DC Comics). Dê importância para a sua família, é ela que vai te amparar e te acolher sempre. Não deixe o trabalho te consumir.

Dinheiro é bom e importante, mas não é tudo, certo? Defina um ou dois dias da semana para descansar, ficar a toa, fazer o que gosta de verdade, lazer, filhos, amor. Viaje sempre que possível, também.

Mesmo com foco no empreendedorismo, os especialistas afirmam que o descanso é um bom momento para ter novas ideias e clarear os objetivos. Você precisa dela, faça bom usufruto.

Conselho de Especialista

Marco Tulio Zanini é professor e coordenador do mestrado executivo em gestão empresarial da FGV.

Em artigo publicado no Valor, ele responde algumas dúvidas sobre questões relativas à carreira e situações do mundo corporativo. Nossa equipe selecionou alguns pensamentos do profissional, que pode trazer uma nova visão para a sua vida.

“Decidir é sempre escolher entre alternativas concorrentes: elimina possibilidades e elimina alternativas. Não há como ser de outra forma. Por outro lado, busca reter as equiprobabilidades e não decidir é como viver eternamente na adolescência: em meio a conflitos e inseguranças. É por isso que se diz, a respeito dos empreendedores, que tem eles têm visão e coragem”, afirma Zanini.

Reprodução: Google
Reprodução: Google

Ele comenta que é importante enxergar uma oportunidade, aceitar o risco e ter resiliência para continuar persistindo em meio as dificuldades. Naturalmente, que se tenha prudência. As crises, os juros, a falta de apoio… são meras desculpas, para o especialista.

O que dá segurança ao empreendedor é a visão: empreende e assume riscos aquele que consegue enxergar uma necessidade ou uma demanda dos consumidores e formular uma maneira de atendê-lo.

Há também aqueles que têm uma grande paixão, ele diz. Esses, se dedicam e mergulham tanto em uma área que acabam conseguindo transformar a paixão em algo de valor para os outros.

“Mas não serei eu, nem ninguém, a te dizer que caminho tomar, pois se há algo que tenho certeza de que não funciona é fazer o que os outros acharem melhor para você. Uma grande carreira é produto construído por um artífice de si mesmo”, finaliza.

Com informações do hintigo

ANÚNCIO