Valor Presente Líquido (VPL) – Por que é importante no Mercado Financeiro

ANÚNCIO

Quando se estuda a Viabilidade de um Investimento Financeiro, principalmente dentro do Universo da Contabilidade e das Finanças, um dos termos mais importantes é o Valor Presente Líquido – mas o que isso tem a ver com o mercado financeiro?

O conceito ajuda o investidor a tomar uma decisão financeira mais segura diante de uma encruzilhada do tipo “compro ou não compro” ou “vendo ou não vendo” algum ativo. Já quanto ao fato de saber tomar a decisão certa na hora de escolher um investimento financeiro…

ANÚNCIO

Sabe-se que é fundamental para que você conquiste sua independência financeira.

O método é usado para determinar quando um investimento é viável dentro de um período.

Embora seja simples, é preciso conhecer o raciocínio que é feito para entender a real utilidade e interpretar o resultado.

ANÚNCIO

Para entender melhor isso, observe, a princípio, que o dinheiro que recebemos no futuro não vale o mesmo que aquele montante que temos no presente. Então, aplica-se a existência dos juros, que corrigem os valores conforme o tempo passa.

Para conseguir fazer o cálculo do Valor Líquido Presente, usamos, portanto, a “Taxa Mínima de Atratividade” (TMA).

Normalmente, essa taxa não é inferior àquela que um investidor obteria se investisse esse mesmo dinheiro em fontes seguras, como em títulos públicos pós-fixados.

Qual é o momento certo para usar o Valor Líquido Presente?

Normalmente, a fórmula é usada pelos contadores ou pelos investidores profissionais quando planejam novos investimentos. Na maior parte das vezes, é utilizado em análises de retorno de projetos ou na valorização das empresas – chamado Valuation!

A vantagem é poder contar a variação do dinheiro ao longo do tempo – sendo que o custo de oportunidade dessa capital é considerado.

O cálculo matemático é feito com uma regra fixa, que normalmente é usada no Excel:

VPL = FC0 + FC1 / (1+i) ^ (j+1) + FC2 / (1+i) ^(j+2) + … + FCn / (1+i) ^ (j+n)

Sendo que FC é o Fluxo de Caixa, J é o Tempo de Investimento e o I é a Taxa de Desconto.

Benefícios de usar o Valor Líquido Presente

Essa métrica é importante na hora de analisar o começo de um investimento financeiro.

O valor analisado leva em conta o poder de compra do dinheiro em certo tempo.

Com ele, o investidor analisa a possível contratação do investimento, se apresentará valorização diante das taxas de inflação.

Em um cenário de crise econômica, isso se torna fundamental e garantir a rentabilidade real.

De forma geral, o VPL mostra quando a aplicação é viável a partir do retorno financeiro que possui, quando maior o número, melhor.

Assim, observa também o risco do investimento.

Os conceitos são simples, mas é determinante que o investidor busque o conhecimento sobre ele – principalmente para entender siglas e táticas do mercado financeiro.

Na prática, vamos supor um investimento inicial de 20 mil reais, com lucro de 10 mil reais nos 5 primeiros meses. A taxa de desconto é de 10% ao mês, com ganho financeiro de 30 mil reais.

Com a fórmula, encontramos o valor de 17,9 mil reais para o VPL.

Desvantagens do Valor Líquido Presente

O investidor pode ter a falsa impressão de que os grandes investimentos são muitos mais vantajosos que os pequenos, o que não é verdade. Portanto, é preciso cuidado ao analisar o VLP.

Além disso, ele não permite que seja feita a comparação entre vários projetos de aplicações financeiras – sendo que ele é um bom indicador para o investimento, mas para análise individual de cada título.

Valor Presente Líquido (VPL) – Por que é importante no Mercado Financeiro
Reprodução: Google

Como Saber se um Investimento Financeiro vale a pena?

A análise geral de um investimento tem que envolver várias decisões do investidor. Uma delas é o VPL, o qual acabamos de falar. O objetivo é fazer com que o objetivo tenha retornos adequados ao dono do capital investido.

Além do VPL, porém, existem outras formas de avaliar os projetos de investimentos, separamos outras 3, confira de forma muito resumida.

Payback

É o período de tempo necessário para que as entradas de caixa do projeto se igualem ao valor a ser investido, ou seja, o tempo de recuperação do investimento realizado.

Se levarmos em consideração que quanto maior for o horizonte de tempo investido, maior é a incerteza. Assim, é natural que as empresas encontrem formas de diminuir os riscos dos projetos para o capital aberto da empresa.

Payback Descontado

É o período de tempo necessário para recuperar o investimento, avaliando os fluxos de caixa descontados, ou seja, considerando-se o valor do dinheiro no tempo.

Taxa Interna de Retorno (TIR)

Se igual as entradas de caixa em uma empresa, voltado para o investimento que será feito em um projeto. É como se fosse um VPL só que a partir do zero.

O primeiro passo para alcançar sua meta financeira

Na maior parte das vezes é difícil encontrar o movimento correto em direção à mudança comportamental financeira. Para mudar temos que quebrar hábitos e ninguém gosta disso, pois gera desconforto. No entanto, você pode ter o futuro que deseja no mais profundo interior do seu inconsciente.

Quanto ao seu objetivo, ele pode não parecer tão simples de ser alcançado, mas sempre existem infinitas possibilidades para que cada passo se aproxime do tão sonhado sonho.

Cada passo dado pode representar uma atitude diferente frente a uma situação comum, como por exemplo a leitura de um bom livro de finanças, reservar alguns minutos do dia para realizar uma atividade diferente daquelas rotineiras e trocar alguns e-mails ou conversas ao vivo com alguém que tenha mais experiência que você.

Em algumas situações, basta uma única conversa com a pessoa certa, para que a sua vida nunca mais volta a ser a mesma, e melhore de forma extraordinária. Ou um curso! Workshop 100% Online e Gratuito: Risco Zero nos Investimentos.

Para cada uma dessas perguntas não existe uma resposta única e pronta. Só existe um lugar onde todas as respostas podem ser respondidas da melhor forma possível para você: dentro da sua própria mente.

A coragem é criada quando você enfrenta as situações, mesmo com o medo. O tempo é criado quando você passa a priorizar aquilo que é importante para sua vida. Os medos nunca irão embora, a não ser que você decida enfrentar a situação. Ter coragem não significa ausência de medo. Ter coragem significa enfrentar a situação mesmo com os medos na sua frente.

Por isso, não deixe para amanhã uma simples ação que pode fazer (muita) diferença na sua vida. Observe que essas dicas podem ser úteis tanto para a melhoria da sua relação com o dinheiro, como em várias outras esferas de sua vida.

Se você quer conhecer mais sobre o mercado de investimentos e aprender a sair das dívidas, enriquecer e alcançar o equilíbrio financeiro, faça parte do nosso curso. É gratuito! Basta se cadastrar no banner abaixo.

Com informações do HCInvestimentos, PortaldeContabilidade

ANÚNCIO