Trend Lideranças Femininas FIM – conheça o novo fundo trend da XP

ANÚNCIO

Após o meio de 2020, a XP Investimentos, juntamente com a Rico Corretora, fez um lançamento de um novo fundo de investimento, o Trend Lideranças Femininas FIM. A ideia é simples e está no próprio nome do ativo: focar em ações de empresas com mulheres líderes.

Como assim? É fácil explicar: o objetivo foi o de montar um portfólio com ativos (ações de empresas) que tivessem no comando, em algum cargo de chefia, mulheres. Então, nasceu um fundo com empresas americanas como Pay Pal, Visa, Netflix e Johnson&Johnson.

ANÚNCIO

Desse modo, a XP acaba entrando de vez no mercado que é chamado de “investimentos com propósito”, que permite as empresas com boas práticas socioambientais ou de governança. Isso já havia acontecido com fundos ESG (Environmental, Social e Governance).

Curiosamente, entre as empresas que citamos acima, saiba que elas possuem nomes fortes a frente. Por exemplo, Paula Paschoal é a CEO da Netflix enquanto que a Bozoma Saint John é a diretora de marketing da Johnson & Johnson.

O produto

O produto foi desenhado para que o investidor do varejo tivesse acesso. Afinal, as cotas partem dos R$ 100. Assim, uma pessoa, mesmo que iniciante ou com pouco dinheiro, pode comprar ações americanas e de empresas que valorizam essas líderes.

ANÚNCIO

Aqui vale ainda acrescentar um ponto importante: parte da taxa de administração (que vamos citar abaixo) vai para o Instituto As Valquírias, que é focado em qualificar mulheres em situação de vulnerabilidade social.

Assim, acredita-se que o dinheiro doado pela XP vai ajudar na formação de 700 mulheres diretamente e gerar impacto para uma comunidade de mais de 3,4 mil pessoas.

Mas, e a XP, será que tem seguido o mesmo caminho? Marta Pinheiro, que é a sócia-diretora da ESG da XP garante que sim. Ela conta que entre julho e agosto desse ano, 40% das contratações na XP foram de mulheres, o que é um recorde, ela avalia.

“Passamos de 22% para 22,5% de mulheres na empresa. É um bom começo”.

A estratégia

Agora vamos falar da estratégia do Trend Lideranças Femininas FIM. Considere que esse é um fundo multimercado, que vai replicar uma ETF (Exchange traded fund) americana. Essa ETF tem o nome de SHE e foi criada pelo State Street Global Advisors, nos Estados Unidos.

José Tibães, da XP, explica isso dizendo que “é um fundo que acessa a outro fundo da bolsa americana. Esse fundo americano segue um índice de diversidade de gênero”. Logo, temos mais um dos produtos Trend da XP, que tem nascido a cada novo mês.

Para se ter uma ideia, nos últimos meses, a própria empresa lançou outros fundos multimercados que são tendências. Por exemplo, temos a Bolsa Chinesa, a Bolsa Americana e até a bolsa focada em empresas de Tecnologia.

Voltando a falar do Trend Lideranças Femininas FIM, saiba que ele vai seguir a ETF que tem como índice o SSGA Gender Diversity Index. Ou seja, esse é um índice que tem ações de empresas americanas com líderes mulheres e que estão entre as 1.000 maiores da bolsa.

O investimento

Para quem ficou interesse nesse novo produto da XP, considere que ele tem uma aplicação inicial acessível, que parte dos R$ 100, assim como boa parte dos produtos Trend. Já quanto a taxa de administração, ela é de 0,50% ao ano.

O prazo de resgate do fundo é de D+6. Ou seja, isso quer dizer que são 6 dias após a solicitação do resgate. E a expectativa é que o fundo capte R$ 100 milhões. Mas, para os especialistas da XP há uma espera de que isso chegue a R$ 1 bilhão no curto período de tempo.

Trend Lideranças Femininas FIM

Ainda sobre o investimento, saiba que o produto tem na sua carteira como base o setor de tecnologia, com mais de 30% de participação no todo. Depois, vem o consumo cíclico (15%) e a área de saúde (15%).

Assim, atualmente, são 168 companhias globais. Há uma revisão anual dessas companhias. E na escolha atual, o que foi considerado foi itens como “empresas relevantes”, ou seja, com mais de 133 milhões de dólares em patrimônio. Além de estar no mercado desde 2016 ou antes disso.

E, ainda dá para considerar que são empresas que estão entregando, nos últimos 36 meses, algo em torno de 8,8% de retorno anualizado. Assim, recomenda José Tibães, que explica sobre o porquê a XP espera tanto desse fundo nos próximos meses.

Conheça também os fundos DNA da XP

Há alguns dias atrás, nós também fizemos uma matéria falando sobre um novo grupo de fundos que a XP lançou, que ficou chamado de DNA. A ideia é como a dos fundos Trend, quando falamos em investimentos acessíveis, a partir de 100.

Mas, algumas coisas mudam. Isso porque o objetivo central foi trazer para todo o público alguns ativos e fundos que só estavam autorizados para o público da alta renda. Além disso, dá para considerar que eles são para vários perfis – a maioria, para conservadores.

Para se ter uma ideia, 4 deles possuem o foco de estar acima do CDI. Enquanto 1 deles tem o benchmark no Ibovespa. Todos são fundos multimercados, enquanto o último é de ações, ou seja, da renda variável.

No entanto, como são fundos novos, muita gente tem se perguntado se eles valem a pena. E você, sabe a resposta? Nós fizemos uma matéria para falar disso e você pode ler quando quiser. A leitura é rápida e gratuita.

ANÚNCIO