Conheça esses 3 pilares para prevenir o transtorno de ansiedade no trabalho

ANÚNCIO

A gente pode até não perceber a importância de falar sobre isso. Mas, somente até que isso aconteça com a gente ou alguém próximo a nós. O fato é que o transtorno de ansiedade no trabalho é uma realidade no Brasil – e no mundo.

Tanto é que uma pesquisa comprova: “Segundo a pesquisa da Isma-BR, a realidade do país é preocupante nos ambientes corporativos. Logo, 9 em cada 10 profissionais no mercado de trabalho sofrem de ansiedade, enquanto 47% apresentam algum grau de depressão”.

ANÚNCIO

Agora, vamos falar a verdade. Você é uma das pessoas que pensam que manter alguns hábitos saudáveis e uma rotina equilibrada não vão ajudar a melhoras esses índices no país? Infelizmente, você está errado. Porque essas são ótimas ideias para começar a falar disso.

Tanto é que uma startup desenvolveu um benefício corporativo que contempla diversos serviços de saúde e bem-estar nas empresas. E adivinhe só: isso tudo funciona a partir de 3 pilares, que incluem alimentação e exercícios físicos. Saiba mais sobre tudo isso.

Healthtech

A gente também não pode fazer vistas grossas. Então, de fato, sabemos que se manter saudável hoje em dia, com uma rotina equilibrada, não é tarefa fácil no mercado de trabalho. Por isso, a gente foi atrás de algumas ideias de soluções para o problema.

ANÚNCIO

Assim, encontramos a Hisnëk, que decidiu exatamente focar este mercado. E recentemente, ela cedeu uma entrevista para a revista Gestão & Negócios, na edição 121, onde falou sobre o projeto.

A empresa foi fundada em 2014 pela economista Carol Dassie. Assim sendo, a startup era um clube de assinaturas. Então, desde o final de 2017 mudou o foco e o público-alvo para o mercado corporativo.

Foi assim que se tornou a primeira healthtech do nosso país a oferecer um benefício corporativo completo de saúde e bem-estar. Segundo a CEO do negócio, Carol Dassie, a ideia é transformar a qualidade de vida das pessoas nas empresas em mais saudáveis.

Como isso funciona?

Esse tópico é para falar dos 3 pilares que vão ajudar a evitar todo tipo de transtorno de ansiedade no trabalho e independente da sua função. As dicas abaixo são baseadas na healthtech que mencionamos acima. Assim sendo, de acordo com a CEO, o programa contempla 3 pilares, os quais vamos explicar abaixo.

1 – Nutrição e Alimentação

Os estudos mostraram que além de a empresa oferecer orientação nutricional, isso tudo também possibilita ao cliente comprar snacks saudáveis por um preço muito mais acessível no mercado. Logo, há um incentivo totalmente ativo nessa mudança de vida.

Dessa forma, a startups realiza uma espécie de curadoria de lanches saudáveis. Portanto, não são apenas snacks como você conhece. Ao todo, são 22 opções disponibilizadas aos colaboradores todos os meses – e isso se soma a orientação nutricional online.

2 – Atividade Física

O segundo pilar que a empresa cita como importante tem relação com a atividade física. “A intenção é tirar as pessoas do sedentarismo, visto que estudos mostram que o sedentarismo vai matar 800 mil pessoas nos próximos anos”, afirma Carol, CEO da empresa.

Com foco nisso, o projeto oferece uma triagem de educadores físicos que podem auxiliar a empresa na escolha da atividade física mais adequada para seus objetivos. A partir disso, é feito um mapeamento da prática das atividades.

Já quanto aos treinos, eles acontecem de forma personalizada, sendo: bike, caminhada ou corrida. Logo, eles enviam o treino para o colaborador e ele tem ainda a possibilidade de falar com os preparadores físicos para fazer algum ajuste quando isso é necessário.

“A ideia é que a pessoa não tenha que necessariamente ir à academia”, aponta. A atividade física é uma das melhores maneiras de prevenir e também de tratar o transtorno de ansiedade no trabalho e as outras doenças que podem acontecer com relação a esse ambiente.

3 – Saúde Mental

Já o último pilar é o de saúde mental. Nesse caso, a ideia é evitar que as pessoas entrem em burnout. Para quem não sabe, a síndrome de Burnout é um distúrbio de caráter depressivo, que se dá pelo esgotamento físico e intenso e está ligado ao ambiente profissional.

E como a empresa pretende atuar nisso? Mapeando o nível de estresse dos colaboradores. “A Hisnëk encaminha essas pessoas por algumas trilhas, como meditação, comunicação não violenta e administração de estresse”, diz a CEO.

E completa: “isso vai permitir como está o nível de estresse do time e ações que podem ser implementadas para melhoria do quadro”, aponta.

Esse pode ser só o começo

Carol Dassie diz que atualmente esse é o único projeto que oferece esses serviços que “amarram” todas as necessidades do RH no mercado com relação à prevenção do transtorno de ansiedade no trabalho.

“E também olhamos de maneira completa todas as soluções que o próprio RG já oferece e as tornarmos cada vez mais conectadas com todos”, completa.

transtorno de ansiedade no trabalho

Para ela, a empresa sentiu grande dificuldade de as empresas entenderem o modelo de negócios da Hisnëk. No entanto, quando eles colheram o resultado conseguiram compreender do que se tratava

“Estamos começando a alcançar esse reconhecimento. Principalmente porque já estamos sendo procurados pelas empresas. Um RH vai falando para o outro e, assim, temos muitas empresas batendo na porta”, comemora. Logo, a ideia é que seja apenas o começo.

ANÚNCIO