Descobrimos como dá para trabalhar de casa na pandemia sem enlouquecer em 5 passos

ANÚNCIO

Os tempos mudaram. Essa é uma frase de grandes poetas. Mas, com certeza, nem eles mesmos previam que a mudança seria tão drástica. Tanto é que hoje em dia tem muita gente querendo saber de que forma é possível trabalhar de casa na pandemia sem enlouquecer.

Isso porque essa forma de trabalho a distância, chamado de home office ou algo como trabalhar de casa, passou a ser possível e até mesmo uma alternativa para muitas empresas e funcionários. No entanto, nem todos estão adaptados a isso – ainda.

ANÚNCIO

Se você é novo nesse assunto, fique calmo e tranquilo. Afinal de contas, dá sim para manter a sua produtividade lá em cima mesmo com todos os desafios de estar em casa e, ao mesmo tempo, ter um trabalho para entregar. Tanto é que há profissionais que fazem isso há tempos.

Sobre trabalhar de casa na pandemia

O LinkedIn fez uma pesquisa em abril apontando alguns dados. Por exemplo, ao ouvir profissionais viu que mais de 60% deles se disseram estar mais estressados com o novo formato do trabalho.

O mesmo estudo mostrou que mais de 65% disseram também que passou a trabalhar, pelo menos, 1 hora a mais todos os dias. Alguns (20%) garantem que estão trabalhando 4 horas a mais nesses dias.

ANÚNCIO

E tem mais dados surpreendentes: 24% se sentem pressionados a responder rapidamente as perguntas dos outros funcionários ou clientes e 27% dizem que sempre acabam vendo e enviando e-mail após o ambiente. 18% dizem que fazem isso por medo de perder o emprego.

Bom, mas a ideia geral não é essa. O trabalho de casa é uma alternativa sim. No entanto, isso não deveria significar trabalhar mais ou ficar mais estressado, por exemplo. Logo, esse texto sobre como trabalhar de casa na pandemia sem enlouquecer faz tanto sentido.

Os passos para não enlouquecer

Por isso, separamos aqui algumas dicas bastante valiosas. Elas foram trazidas do estudo de vários comentários de pessoas que já fazem o home office há algum tempo e aprenderam a se comportar em casa, durante o horário do serviço, se podemos falar assim.

1 – Faça pausas periódicas

A primeira dica, que pode ser a que mais faça sentido para você, é justamente a de fazer pausas periódicas. Mas, quando fazer? Em vários momentos. Por exemplo: durante o café da manhã, o almoço, o café da tarde.

Aliás, não precisa ser somente na hora de comer ou de refeições. Saiba que há estudos que dizem que para manter a produtividade a cada 1h30 de trabalho você deveria “relaxar” por 20 minutos, ao menos. Então, crie um cronograma que respeite isso.

Ah, sobre o que fazer nesse tempo de descanso você deve estudar o que é melhor para você, obviamente. Dá para usar para esticar as costas, beber um café, tomar um lanche, ir na rua respirar um ar mais livre, brincar com o dog e assim por diante.

2 – Saiba a hora de parar

Assim como no escritório, considere que você precisa saber a hora de parar – que é o chamado encerrar o expediente, sabe? Claro que pode ser que isso possa ser um pouco mais tarde que o comum. Mas, você precisa entender que o seu dia de trabalho tem que ter um fim.

Isso parece óbvio, mas muita gente acaba não seguindo esse passo. A ideia é que você tenha pausas periódicas e um horário para começar e terminar o trabalho – mesmo que você tenha que lidar com clientes.

E aqui não vamos entrar no mérito de citar os horários porque isso vai depender do cronograma da empresa e da equipe. Pode ser que o seu horário seja noturno, por exemplo. Logo, a ideia é manter a carga horária ou, pelo menos, não passar o dia todo trabalhando.

3 – Tenha as metas diárias

As metas são importantes para quem trabalha de casa. Isso porque elas vão guiar as pausas e as horas de trabalho também. No entanto, você jamais deve ficar prisioneiro delas. Observe que há dias em que a produtividade será menor e que as metas não serão batidas.

De qualquer modo, elas continuam sendo úteis para te guiar e não te deixar procrastinar – que nada mais é do que ficar em casa enrolando sem entregar o trabalho. Se você faz postagens para Facebook, por exemplo, tenha uma meta diária disso. Assim por diante.

4 – Pratique exercícios físicos

Aqui a gente citou a expressão sobre exercícios físicos, mas a ideia geral é falar sobre a importância de aproveitar que você está no home office para começar a ter uma vida mais saudável. Isso vai desde a prática de atividades até a alimentação.

Então, pense em se alimentar de forma periódica, a cada 3 horas, por exemplo. E lembre-se de fazer caminhadas todos os dias. Os médicos recomendam, pelo menos, 30 minutos. Como você não perderá tempo indo para o trabalho, então, poderá fazer isso, não é mesmo?

Logo, você vai notar que a desculpa antiga de “não tenho tempo” não é mais problema. Porque agora você ganhou alguns minutos no deslocamento. Sendo assim, faça bom uso desses minutos preciosos.

5 – Jamais esqueça do lazer

O que mais estressa ou enlouquece as pessoas é justamente a falta do lazer. Definitivamente, dá para trabalhar de casa na pandemia sem enlouquecer. E uma boa dica é você lembrar que tem que ter os momentos de lazer, com amigos ou família.

Considere esses 5 livros para empreendedores para ler na quarentena

Mesmo na pandemia dá para você fazer chamadas de vídeo, dá para brincar com o filho, dá para ler um livro, jogar video game, assistir Netflix, o futebol na TV, entre tantas outras coisas que tiram aquela sensação pesada que o trabalho traz.

trabalhar de casa na pandemia sem enlouquecer

A grande recomendação para isso acontecer é você seguir bem os passos acima. Então, com certeza, vai ver que há o tempo certo para tudo: das caminhadas, a alimentação, a entrega do trabalho ao lazer, etc. É uma questão de planejamento do seu dia.

ANÚNCIO