Quer Ficar Rico? Revelamos o Segredo: 5 Hábitos Comuns às Pessoas Ricas – Universidade do Investidor ► AULA #05

Quer Ficar Rico? Revelamos o Segredo: 5 Hábitos Comuns às Pessoas Ricas - Universidade do Investidor ► AULA #05

 

Boa noite a todos, sejam todos bem-vindos. Aula 5. Prometo que hoje a aula vai ser mais tranquila, nada de números. A gente vai bater um papo, eu vou dar uma resumida na conversa que eu tive com o Zequinha hoje, sobre…

Há alguns anos, dois americanos fizeram uma pesquisa muito interessante, Thomas Stanley e Williams Dunk. A pesquisa que eles fizeram, pessoal, era a seguinte: eles queriam saber o que as pessoas que conseguiram atingir 1 milhão de dólares tinham em comum, se é que elas tinham algo em comum.

E eles foram fazer a pesquisa. Essa pesquisa, para vocês terem uma ideia, durou aproximadamente 20 anos.

Sabe a conclusão que eles chegaram?

Sim, as pessoas que atingem 1 milhão, na grande maioria, agem e pensam de forma muito parecida, antes mesmo delas conseguirem essa enorme façanha, que, infelizmente, uma pequena parte da população consegue.

Aqui no Brasil, há 2 anos aproximadamente, a revista Exame soltou uma reportagem, uma pesquisa, falando que aqui no Brasil todo dia, tem em torno, de aproximadamente, 20 brasileiros – 20 brasileiros por dia – que atingem seu 1° milhão.

À primeira vista assim, parece muita coisa né? “Caraca, 20 pessoas por dia no Brasil atingem o 1º milhão”. Isso dá, mais ou menos, 600 pessoas por mês ou, mais ou menos, umas 7 mil pessoas por ano.

Se a gente levar em consideração uma população de um pouquinho mais de 200 milhões de habitantes, 7 mil pessoas por ano que atingem o 1° milhão, então, para que apenas 1% da população atinja esse 1 milhão, precisaria levar 300 anos. 300 anos para que apenas 1% da população consiga chegar nessa façanha.

Então, é o seguinte, a gente está muito longe de que, infelizmente, a grande maioria da população consiga atingir esse resultado. Mas, hoje vou mostrar para vocês que não é tão difícil assim.

O 1º passo para conseguir a atingir a tão almejada Independência Financeira é ligar uma chavinha que tem no seu cérebro, que é o que eu falo para os meus alunos, o tempo todo. O nosso cérebro, o cérebro do ser humano, ele não foi feito para ganhar dinheiro, ele não foi.

Seu Cérebro Não Foi Feito Para Ganhar Dinheiro

Ele fica o tempo inteiro tentando te enganar. Então, algumas atitudes são fundamentais para que você consiga pensar como uma pessoa que quer atingir a independência financeira, mesmo antes de você ter conseguido chegar lá.

Na verdade, tem que começar a pensar desde já, tá?

E eu falei muito com o Zequinha sobre isso hoje. O Zequinha tem alguns comportamentos que não são legais, não são comportamentos que vão ajuda-lo a atingir A Independência Financeira, tá?

Antes de eu falar aqui a nossa filosofia nesse bate-papo que a gente fez junto com o Zequinha hoje, primeiro eu quero falar alguns pontos importantes da aula de ontem, tá?

Pessoal, eu estou dando aula aqui com vocês como se eu estivesse batendo um papo, como se fosse um bate-papo literalmente, tá? O importante da aula são os conceitos, é isso que vocês têm que absorver, que vocês tem que anotar: os conceitos.

Quando eu estou aqui falando de números, por exemplo, eu estou batendo um bate-papo, bate-papo com vocês. Eu não estou com calculadora na mão, não estou com planilha, não estou nada. Eu estou passando um conceito, uma ideia.

Eu vejo que muitas pessoas se prendem a detalhes: “Nossa Trovó, faltou 10 centavos ali, faltou 45 reais aqui, ai não sei o quê… não sei o quê”.

Gente, eu não estou com calculadora na mão, ó, as mãos estão livres, tá? Eu estou dando aula igual a situação bate-papo. Então, para resumir só o que eu tinha falado ontem, para vocês pegarem o conceito, que é o mais importante de tudo.

Se… Primeiro, para controle financeiro, tem dois planejamentos: você tem dívida ou você não tem dívida.

https://youtu.be/mjgTFj_4MjM

Se você tem dívida, 20% do seu salário líquido vai para a dívida. Ponto. Os outros 80% do seu salário líquido você vai ter que se virar para conseguir pagar as contas do mês. Para você ter um melhor controle, existe a Estratégia Do Envelope, que eu passei para vocês, que no caso do Zequinha, ele descobriu que as compras em supermercado são os envelopes problemáticos para ele.

E a recomendação foi: “Zequinha, meu, dá uma cortada aqui cara, está gastando muito. Reduz aqui”.

Para quem está gastando 400, tenta gastar 200. Para quem está gastando 300, tenta gastar 250. Contextualizar o exemplo, perfeito? Eu não estou com calculadora na mão. Alguém falou: “Nossa Trovó, o Zequinha acabou ficando no vermelho mesmo assim”.

Para pessoal. O objetivo é entender o plano. Falar: “Zequinha, você tem que cortar gastos com supermercado e tem que cortar gastos nas compras”. Supermercado principalmente! Com o objetivo de parar de pagar juros, parar de pagar juros, parar de ficar pagando, emprestando dinheiro do banco, pagando mínimo do cartão, que a gente já tanto falou. Tá bom?

3 Notícias Importantes sobre o Uso (Incorreto) do Cartão de Crédito:

  1. Descubra Como Sair das Dívidas Usando o Cartão de Crédito
  2. Cartão de Crédito sem Taxas
  3. Novas Regras passam a valer para o Cartão de Crédito

Para quê? Para que ele possa sair dos 80, 20 e ir para os 70, 20, 10.

E aí muda o planejamento, quando você não tem mais dívida, seu planejamento muda. E aí dentro desses 30% que você vai separar, 20% vai para Renda Fixa e 10% vai para Renda Variável. Mas isso é assunto para outras aulas.

Investir em Renda Fixa: O Guia Definitivo

Então, todas as vezes que eu citar algum número, lembre-se, estou contextualizando, não estou fazendo conta exata aqui porque eu não tenho calculadora e não tenho planilha. Eu estou simulando um bate papo, perfeito? Importante é entender o conceito. Se vocês ficarem se prendendo a números e não entenderem o conceito não vai adiantar nada.

Show de bola? Combinado? Muito bem.

E aí, voltando então ao bate papo a 2 com o Zequinha. Essa pesquisa foi bacana, ela durou 20 anos e eles descobriram que sim, as pessoas que atingiram seu 1° milhão de dólares têm algumas coisas em comum, muitas coisas em comum na verdade, tá? E vamos a algumas delas.

Eles dividiram essa pesquisa, eles mediram em 2 grupos: grupo 1, de pessoas que agem e pensam como ricas e grupo 2, de pessoas que agem e pensam como pobres.

O 1º ponto aqui: agir e pensar como rico e agir e pensar como pobre não tem nada a ver com o quanto de dinheiro que você tem. Nada a ver com isso. Você pode ser paupérrimo, mas o seu pensamento é um pensamento diferenciado. É isso que faz com que você tenha cabeça, tenha uma postura para conseguir com facilidade chegar ao seu 1° milhão ou a Sua Independência Financeira, tá?

Então, grupo 1, que o Stanley e Dunk dividiram, são pessoas que agem e pensam como ricas e o grupo 2 pessoas que agem e pensam como pobres, infelizmente é aqui que o Zequinha se encontra.

Ele tem algumas coisas na cabeça dele, alguns conceitos que não são legais. E que podem atrapalhar. E se você está no grupo 2, preste atenção nas dicas de hoje para que você possa virar a chavinha do seu cérebro para começar a pensar e agir da forma certa porque isso vai facilitar – e muito – a sua vida para quando você se tornar independente financeiramente.

Então, eu vou mostrar para vocês alguns comportamentos, algumas formas de pensar que são assim fundamentais para que você possa um dia atingir a sua planejada independência financeira, tá bom?

Os 10 Melhores e Mais Verdadeiros Ditados Sobre o Dinheiro para Ficar Rico em 2017

Quando eu comecei a agir dessa forma, a minha vida facilitou demais. Eu tenho certeza que a sua vida também vai facilitar, tá?

Então, vamos lá entender primeiro o grupo 1: pessoas que agem e pensam como pessoas ricas. A primeira coisa… A coisa mais importante que a pesquisa do Stanley e do Dunk descobriu foi o seguinte, pessoal – isso aqui é para deixar vocês super animados: . 86… 86% das pessoas que atingiram o primeiro 1 milhão de dólares começaram do zero, não tinham nada, apenas uma ideia e força de vontade.

1 – Começaram do ZERO e depois atingiram o primeiro 1 milhão de dólares

Não casaram com pessoas ricas, não receberam herança, não ganharam na loteria, nada disso. Nem assaltaram um banco. Eles tiveram apenas ideia, força de vontade, tá? 86%. Então todo mundo fala assim: “Ah, não nasci para ser rico”. Isso é um mito… Isso é um mito… Pode parar com isso aí né? Pode mudar a forma de pensar. Se você achar que você não nasceu para ter uma qualidade de vida diferenciada, né, classe social diferente, você vai ficar na mesmice.

Você é a média das 5 pessoas que estão ao seu redor. Isso é uma realidade, tá? Primeiro ponto, então, do grupo 1: o que que eles descobriram? As pessoas desse grupo não ostentam!

“Como assim não ostentam? Pô, os caras ricos tem carrão, tem casona”?

Não, quem faz isso aí é o pobre metido a rico, é bem diferente.

Por quê? Quando você ostenta, na cabeça da pessoa que está no grupo 1, significa o que?

Quando você ostenta, você está priorizando o presente, você está vivendo em função do que a sociedade prega, do que a sociedade pensa. E você não está se preocupando com o seu futuro. Então, você vai fazer coisas que vão te agradar no presente e que vão te prejudicar no futuro. Você vai comprar roupas caras, roupas de marcas, carrão, “pô”, isso aí não tem como você, é…

7 Passos Para Atingir Sua Independência Financeira

Valorizar… Isso só vai desvalorizar, só vai sofrer depreciação. Você vai perder valor financeiro com o passar do tempo, então, são coisas que não vão te gerar juros. Então, quando você ostenta, você está preocupado com o presente e não com o futuro, e você tem que saber que quando você ficar velhinho, já falei sobre isso várias vezes, quando você ficar velhinho, você vai ter dificuldade.

Por quê? Plano de saúde é bem mais caro, remédio é bem mais caro, a sua condição física vai ser outra, então, não dá para ficar dependendo de aposentadoria, INSS, etc, né? E daí que você tem que ter um plano. Então “pô”, para de ostentar cara, ninguém ostenta.

O pessoal que está no grupo 1,  isso é inconsciente, as pessoas não se conheciam não, isso são só pesquisas com pessoas aleatórias que conseguiram o 1° milhão e começaram a achar alguns pontos.

E não ostentam por quê? Porque é gostoso receber juros. Se um dia você puder ter um vício, eu sou totalmente contra vício, mas se tivesse que ter um, seria o vício de receber juros. É muito gostoso. Isso é gostoso, é prazeroso, tá? Você não faz mal para ninguém e você está se beneficiando com isso. Você está pensando no seu futuro. Perfeito? Então não precisa ostentar, parar de ficar querendo fazer graça para amigo, para vizinho. Isso não leva a nada. Isso é pensamento pobre. Pensamento pobre, tá?

Leitura Obrigatória: Como Viver de Juros com um salário de 2, 3 ou 5 mil reais mensais?

Acumular uma Reserva Financeira é essencial para uma vida financeira equilibrada. Mais do que isso, se você tem algum investimento que renda algum valor significativo, você tem a grande chance de garantir a “sobrevivência” financeira mensal com valores de 2, 3 ou 5 mil reais, ou mais! Outra opção, que também deve ser considerada é a garantia do estudo e da faculdade do seu filho. Quer saber como? Continue lendo!

A Fórmula da Perpetuidade, como é chamada esse investimento, é real. É aquela velha e “platônica” história de “Viver só de Juros”, sabe? Pois é, com base nos cálculos da economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, vamos mostrar quanto é preciso guardar de dinheiro por mês e por quanto tempo para viver de juros! Continue Lendo…

2 – Estudam sobre Finanças

Ponto número 2: procuram sobre estudo sobre finanças. Isso vocês já estão fazendo. Então ó, ponto positivo para vocês. A grande maioria da população abarca nesse exato momento aqui, preparando já para ver uma novela. Nada de errado com novela ou por assistir um programa sensacionalista, que é o item 3. As pessoas do grupo 1, elas fogem disso. Por quê? O que isso agrega na sua vida?

3 – Hábitos que Agregam Valor

Eu vou falar a verdade: além de você dar ibope para uma pessoa, isso agrega alguma coisa? Isso vai te deixar meio tapado para falar a verdade, isso vai te deixar pessimista. Então, procure fazer algo produtivo.

Então, é isso aí… De novo: é inconsciente. Não estou falando que quem faz isso é errado, de forma nenhuma, tá? Porque vocês que estão aqui agora, vocês não estão aí com a TV. Se você tiver com a televisão ligada, desligue, tá? Desligue. Foca aqui. É legal procurar por coisas que agregue na sua vida, como eu falei, faça o presente bem feito, o seu alicerce bem feito, para no futuro você poder usufruir tranquilo.

7 lições que o futebol pode nos ensinar sobre finanças

E quando eu falo usufruir tranquilo, não é ficar velhinho, “Ah, não adianta eu ter dinheiro e ficar velho, não pô”. Vamos tentar chegar à Independência Financeira antes de ficar idoso.

Certo? É possível? Claro que é, tá bom?

4 – Compartilhar Conhecimento

Ponto número 4: adoram compartilhar conhecimento. Esse ponto aqui o Zequinha peca, né? Porque ele tem o pensamento pobre, ele faz parte do grupo 2. Pessoal do grupo 2 pensa assim: “Ou, descobri um negócio bom cara, só que eu não vou falar para ninguém, vou fazer só para mim”. Esse é o pensamento pobre.

Quer ter Idéias de Negócios para Você Conseguir uma Grana Extra, Quitar as Dívidas e Atingir a Independência Financeira? Leia:

  1. 10 Opções de Negócios para Ficar Rico e Ser Feliz, ao mesmo tempo
  2. 30 Famosos que Investem em outros Negócios
  3. Tem 20 anos? Veja como ter uma Carreira de Sucesso em 7 Passos
  4. 8 tendências do mercado e 3 histórias surpreendentes para ganhar dinheiro
  5. Descubra como fazer o seu filho se tornar um empreendedor rico e de sucesso
  6. 3 Motivos que os Empreendedores Precisam Saber Sobre o Tesouro Direto

Conhecimento foi feito para ser compartilhado, dividido. E isso tem que ser de forma espontânea. Eu estou aqui com vocês, poxa, eu vivo pelo comentário de vocês. É muito gostoso. Você sente que você faz o bem para as pessoas. Isso é legal. Isso é bacana, por quê?

O Brasil hoje é carente de educação financeira. E é um assunto chato, é um assunto complicado. Eu até tento colocar aqui um pouco de humor, de uma forma diferente para que vocês possam estar absorvendo esse conhecimento. Porque eu sei que é importante. Porque se vocês não fizerem isso agora, mais tarde vai ficar complicado, muito complicado.

Educação Financeira – O que Falta para Sairmos das Dívidas e sermos Bons Investidores?

Então, sempre que vocês aprendam algo novo, divida conhecimento, compartilhe. Vocês não tem ideia quanto isso é gratificante. Então, para de ser mesquinha e ficar guardando as coisas só para você. Isso não é pensamento de uma pessoa diferenciada, não é, tá?

E o 5° ponto que é o ponto que eu posso falar com certeza, é que pessoas do grupo 1 odeiam, mas assim, tem nojo, de pagar juros. Não gostam, se incomodam, se incomodam. Porque incomoda? Porque toda vez que você paga juros, você está enriquecendo outra pessoa e não você. É isso.

Definição de Juros Compostos: Nos Juros Compostos, a cada período é acrescentado um valor de juros proporcional ao valor que você já acumulou. Ou seja, você recebe uma taxa de juros sobre o valor que tem acumulado. Isso vai aumentando a cada período. Algumas pessoas os chamam de Capitalização Acumulativa. Entenda mais sobre isso e veja como é fácil enriquecer!

Você acha justo com você isso? Você trabalha para caramba, se mata para conseguir juntar um dinheiro, para dar para o outro? Então que que está faltando para você? Um caminho, para saber para onde ir. Porque eu tenho certeza que você não gosta de enriquecer os outros, eu tenho certeza. Você gosta de ajudar, não de enriquecer.

5 Verdades Para Enriquecer

Ajudar é importantíssimo, tá? Principalmente compartilhando conhecimento. Então, essa série aqui é uma forma de vocês estarem ajudando, compartilhe esse vídeo com amigos, vocês compartilham tanta coisa, eu não estou querendo ser chato, pessoal, mas vocês compartilham tanta coisa, piadinha, música, etc.

O conhecimento… compartilhar conhecimento é muito gratificante. São para poucas pessoas, tá? Pessoas nobres. E se você se sente uma pessoa… Fala: “Poxa, está na hora de eu virar a chavinha do meu cérebro”. Começa a compartilhar esses vídeos. A Universidade do Investidor é um programa, até certo ponto, divertido e que agrega muito conhecimento para vocês, tá?

Vai ser praticamente 3, 4 semanas, que vão passar voando, mas que vão fazer diferença na vida suas e na vida das outras pessoas que vão estar sabendo disso. Então, para que esse programa possa ser um sucesso financeiro, a sua participação aqui é fundamental.

Então compartilhe conhecimento, curta, deixa um comentário. Não tenha preguiça de escrever, tá? Esse feedback é super importante. E comece a se atentar para esses 5 pontos. Quantos desses 5 pontos aqui você tem com você? Deixa no comentário, é importante.

Conversei com o Zequinha hoje, ele é grupo 2. Adora ostentar. Toda vez que sobra dinheiro, o que ele faz? Vai comprar uma roupa cara para se aparecer para os amigos. Eu falei: “Pô Zequinha, é criancice cara”. “Não, mas pô, eu quero  dar impressão que eu estou bem”.

Dar impressão que você está bem? Quando você vive em função do que os outros pensam, você faz parte do grupo 2. Você está pensando em você, você ajuda os outros em conhecimento, mas não fica vivendo em função do que a sociedade pensa. Isso não é legal, tá?

7 Atitudes para Ficar Rico que todo mundo sabe, mas só os milionários fazem!

Adora o programa “Barraco Na Tv”. Zequinha adora isso aí. É divertido, tem hora que é gostoso, mas todo dia? Pô, começar a virar a chavinha. Falei “pô Zequinha, você fica até uma pessoa agressiva”. Vai conversar com ele, você fica agressivo. Sente que está pessimista com relação ao país porque só vê coisa ruim. Nada contra esses programas, pessoal, nada contra.

Mas, poxa, precisa ser todo dia? Toda hora? Começa a perceber, comecem a conversar com pessoas que assistem esses programas, são pessoas pessimistas. Que começam a desacreditar do país. Começam a desacreditar de você, tá?

E como eu falei: esse comportamento é inconsciente, cara. As pessoas, elas não sabiam que tinham esse comportamento. A pessoa simplesmente vai e age por conta própria. Então, poxa, é o primeiro caminho. É mudar a chavinha, tá?

E compartilhar conhecimento, acho que é super importante e, principalmente, o Zequinha também estava. É…, não queria saber de estudar, só de ficar no videogame, filme, etc. Agora está procurando estudos sobre finanças, como vocês. E estava pagando dívidas e agora ele vai parar, né? Ele vai completar o mês dele. Está na regrinha lá dos 80, 20. Vai fechar no 0 a 0, com alguns “ajustezinhos” ali de números. E, vai entrar para o 70, 20, 10, que aí é o nível top… nível top.

Felicidade Garantida: Como Ficar Rico em 2017 e Viver de Juros

Quando você consegue, com 70% do seu salário, viver tranquilo, 20% vai para uma Renda Fixa, que eu vou falar na próxima aula. Para onde vai os 20%, tá? E os 10% para Renda Variável a gente vai falar mais para frente. Então, não faça parte do grupo 2, pelo amor de Deus. Seja diferente, tente fazer parte do 1% das pessoas que fazem a diferença em mais de 99% das pessoas do país.

É esse 1% que o movimento brasileiro sofre. É aqui que vocês tem que estar, não seja como a maioria, infelizmente. Tá bom? Show de bola?

Então, a partir de agora todo mundo dentro do grupo 1 e deixa um comentário aqui abaixo falando qual desses 5 itens você tem, e em que ponto você precisa melhorar. O Zequinha não tinha nenhum dos 5… O Zequinha não tinha nenhum dos 5 pontos e agora a gente começou a ajustar. Ele estava totalmente na contramão, no grupo 2.

Então, põe seu comentário aqui abaixo. Coloca: “Pô Trovó, desses 5 itens aí do grupo 1 … o 2 e o 3 eu não consegui ainda, cara. Eu estou pecando nesse ponto”. Legal, já é um caminho, tá? Seu comentário abaixo é super importante. E compartilhe com o amigo, pessoal, compartilhar conhecimento, ainda mais coisas legais, coisas que vão fazer diferença. Para mim faz diferença e para você vai fazer também? Um abraço e até amanhã.


Olá pessoal, aqui é o Trovó e nesse vídeo eu quero fazer um convite super especial para você que quer muito aprender do zero e na prática, a investir o seu dinheiro no mercado financeiro ou você que já investe, porém ainda não conseguiu enxergar resultados.

Sabia que existem outros tipos de investimentos que geram mais recebimentos de juros do que a tão conhecida poupança? Então se quiser se juntar a um grupo de pessoas que estão a caminho de alavancar a sua independência financeira e se você quer cuidar melhor do seu dinheiro, eu quero te convidar para participar do meu Workshop Gratuito.

Você terá acesso a uma série de vídeos de dicas e técnicas 100% gratuitos. São conceitos poderosos e que abrirão a sua mente e mudará a sua maneira de enxergar o mercado financeiro. Então aqui nesse vídeo, em algum lugar por aqui, tem um link para você clicar e se inscrever. Te espero lá, um grande abraço. Tchau

Como Pensa Quem Alcançou o 1º Milhão de Reais

Como Pensa Quem Alcançou o 1º Milhão de Reais

Hoje nós vamos conversar sobre o que é Independência Financeira. Mas, antes de explicar como alcançá-la, precisamos passar pelo conceito e pela compreensão sobre o que é, de fato, a Independência Financeira. Já de cara, então, acreditamos que muitos de vocês já devem estar se perguntando: “Eu não sei bem, ao certo, o que é isso, Trovó, mas, suspeito ser algo muito bom”.

E você tem razão! Com certeza, é. E, basicamente, ser independente financeiramente significa você receber dinheiro suficiente para pagar as suas despesas e sobrar dinheiro ao final do mês, sem precisar trabalhar ou mesmo sempre precisar estar no ambiente de trabalho onde a receita financeira é gerada.

Um exemplo para vocês entenderem bem esse conceito, pessoal: imagina uma pessoa, ou melhor, uma família que tem um gasto ao redor de 4 mil reais todo mês e recebe de aluguel 5 mil reais, de imóveis que ela adquiriu durante a sua vida. Ela não precisa estar lá no ambiente para receber o aluguel desse imóvel, certo? Ele pode estar viajando, passeando… Que, mesmo assim, todo mês o dinheiro pinga na conta dele, desde que o inquilino, é claro, não dê dor de cabeça.

Informação Extra! Já que tocamos no assunto da Casa Própria, o que vocês acham que compensa mais: Financiar a Casa Própria ou Alugar uma Casa? Para que você possa ter essa resposta, você vai precisar entender algumas coisas. Vou colocar algumas vantagens e desvantagens de ter a casa própria financiada e morar de aluguel. E, em cima disso, a gente vai criar uma linha de pensamento… A resposta, você encontra nesse link! 

Outro exemplo de independência financeira é: você criar um negócio online, de vendas de produto pela internet, que mesmo você estando dormindo, esse dinheiro cai na sua conta. Aliás, Quer ganhar dinheiro em casa, dormindo ou com uma franquia? Veja essas dicas de negócios… Foi essa a matéria que publicamos recentemente nos últimos dias e que gerou muitos comentários. Leia!

Como Pensa Quem Alcançou o 1º Milhão de Reais
Reprodução: PixaBay

Então , ser independente financeiramente não significa, obrigatoriamente, ter que parar de trabalhar, mas, na verdade, você até pode continuar trabalhando, mas é porque você quer e não porque você precisa. E essa é uma grande diferença de quem é independente financeiramente.

Agora, vamos citar, rapidamente, algumas formas de chegar ao primeiro 1 milhão. Temos certeza de que a maioria você já conhece, mas nem todas…

  1. Casar Bem: Achar alguém que te sustente e te paparique, principalmente para os homens de plantão, né? Apesar de que ter uma mulher que tenha dinheiro, que seja milionária, não é para qualquer um, você tem que ter o dom da conquista. Para mim, esse caminho não serviu, eu não nasci com esse dom de conquista, tá? Se pra você também não, esse tópico não te interessa, vamos para a outra alternativa.
  2. Ter uma boa herança: Só que aí é o seguinte: tem que ser suficiente para durar enquanto você torra tudo. É isso mesmo que, provavelmente, vai acontecer. Como o dinheiro veio fácil, provavelmente, vai fácil também e você não tem preparo para conseguir administrar esse dinheiro. “Oh Trovó, eu não tenho parente rico”. Perfeito, sem problema nenhum. Outra alternativa.
  3. Ter a sorte grande e ganhar na loteria: “Nossa Trovó, ganhar na loteria está muito difícil. Eu não ganho nem frango em bingo”. Bom, eu parti do mesmo grupo que você. Também não tenho muita sorte com isso. E agora? Bom, agora tem mais uma alternativa, que é a quarta. E que é a que eu acredito e a que eu vou prepará-lo para que você também consiga atingir seu primeiro 1 milhão. Qual a alternativa 4?
  4. Ter um planejamento e estudar! Muito, não é pouco não. Tem que estudar muito e aplicar o seu dinheiro para receber juros. O objetivo é parar de pagar juros e começar a receber.

O que fazem os Ricos e o que fazem os Pobres?

Tem uma pesquisa que foi feita nos Estados Unidos com 2 pesquisadores: o Thomas Stanley e William Danko. Por 20 anos eles estudaram a fundo algumas pessoas que se tornaram independentes financeiramente. E descobriram comportamentos e pensamentos muito parecidos com quem já se enquadrava nesse grupo.

Como Pensa Quem Alcançou o 1º Milhão de Reais
Reprodução: PixaBay

Dentre os pontos de maior destaque da pesquisa do Stanley e do William, selecionamos esse: 82% das pessoas que atingiram um milhão de dólares começaram do zero, do zero. Ou seja, não eram ricos, não casaram com mulheres ricas, não ganharam na “sena” e nem herdaram fortunas.

Portanto, há uma luz no fim do túnel. Só para vocês terem uma ideia, aqui no Brasil, aproximadamente, 20 pessoas por dia atingem 1 milhão de reais, segundo a revista “Exame”. Não parece ser muito esse número né, mas isso dá aproximadamente 7 mil pessoas por ano. Se a gente considerar uma população aproximadamente 230 milhões de pessoas, vai levar em média 300 anos para que apenas 1% da população atinja 1 milhão de reais.

E então, o Stanley e o Danko, dentro da pesquisa deles, classificaram as pessoas em 2 grupos. O que eles perceberam na pesquisa? Que o que diferenciava um grupo de outro é a forma com que eles pensavam e agiam! Esses 2 grupos eram: o das pessoas que agem e pensam como ricos e o das que agem e pensam como pobres.

Eu vou deixar bem claro que agir e pensar como rico e agir e pensar como pobre não tem nada a ver com a pessoa ser rica, pobre ou paupérrima. A pessoa pode ter nascido em um lugar extremamente humilde, ela não teve culpa, mas a forma de pensar dela é que pode fazer ela crescer, tá? Então vamos lá.

Grupo 1, das pessoas que pensam e agem como ricos! 

O primeiro ponto importante que vocês tem que saber do grupo 1 é que é nesse grupo que vocês tem que estar, tá? A forma de pensar, pessoal, é o 1º passo para se chegar no primeiro 1 milhão. Selecionamos alguns pontos que são comuns entre essas pessoas! Confira!

1 – Elas não ostentam. Ou seja, gastam menos do que recebem e sempre poupam, no mínimo 10%, do que ganham. “Trovó, eu não consigo guardar dinheiro”. Tá, esse é o primeiro passo: e você vai precisar guardar, tá?

Como é que faz para guardar 10% do salário? 

Isso é crucial, pessoal! Poupar 10% do salário, a partir de agora, é condição fundamental para que vocês consigam crescer.

“Você falou que o pessoal não ostenta, Trovó”. Sim, não ostentam. “Ah, mas está cheio de rico aí com carrão, com casão”. Essas pessoas não pensam como milionários, apesar delas serem milionárias. Então qual a diferença? A diferença é que, via de regra, são pessoas que tem um talento, fora de série, tá? Pode ser um artista, um jogador de futebol, etc.

E tem a sorte grande de achar um empresário que consiga alavancar a carreira dessa pessoa. Aí, o que acontece? A carreira é curta e ela ganha muito dinheiro por um período muito curto de tempo. E quando a carreira termina, ela não tem preparo para conseguir se manter, para conseguir sustentar esse padrão de vida que ela conseguiu, tá? Então quando tem ostentação, via de regra, você está rasgando dinheiro.

2 – Essas pessoas procuram por estudos sobre finanças, já que isso não é ensinado na escola, infelizmente. Eu sou da opinião que isso deveria ser dado desde do ginásio, a partir da 5º série, tá?

Então, o que eu aconselho à vocês, pessoal, é que encham o baú de conhecimento. Saber sobre finanças é primordial. “É muito chato esse assunto, Trovó”. Concordo, mas eu vou tentar, de uma forma bem humorada e com linguagem bem simples, despertar esse interesse em vocês, tá?

Continue nos acompanhando aqui no blog e aprenda um pouco a mais, a cada dia!

3 – Esse grupo odeia pagar juros, eles odeiam. O que eles fazem, então, para suprir isso? Começam a receber juros. Então, ao invés deles emprestarem dinheiro do banco, eles emprestam dinheiro para o banco, tá? Ou emprestam dinheiro para o governo. “Ah Trovó, tem que ter muito dinheiro pra fazer isso, como é que eu vou emprestar dinheiro para o banco, como é que eu vou emprestar dinheiro para o governo?”.

O Tesouro Direto é o melhor exemplo para responder essa dúvida, afinal de contas, com apenas 30 reais você se torna um investidor e empresta dinheiro para o governo! Aqui no blog, muito já falamos dessa opção de investimento que, inclusive, está sendo chamada de a Nova Poupança, porque ele tem a mesma garantia (ou mais), além de ter maior rentabilidade! Confira algumas notícias sobre o Tesouro Direto!

Pessoal, isso é muito simples de fazer. Tem técnicas para isso, estratégias para isso, que você não precisa ter muito dinheiro, tá? Basta ver as dicas das notícias acima e comprovar!

4 – Essas Pessoas compram imóveis, até mesmo financiados, tá? Até aí, sem problema. A questão é que o imóvel que elas adquirem é, no máximo, 3 vezes o valor da receita anual do salário, tá? Acima disso é ostentação.

Então, ó, vou dar um exemplo numérico para vocês entenderem: Se o sujeito ganha uma salário líquido de aproximadamente 3 mil reais por mês… [Por que eu falo líquido? Porque vai ter imposto de renda, etc, etc, etc, tá?] Então, se ele ganha 3 mil, a gente multiplicar isso por 12 (ano). Nesse ano, ele teria recebido 36 mil reais, portanto, o valor máximo da casa que ele poderia adquirir seria 36 vezes 3. Então, seria um imóvel de 108 mil reais.

Então, para quem ganha 3 mil reais líquido, o valor máximo do imóvel que ele poderia financiar seria de 108 mil reais. No entanto, esse valor é o que você deve ter em mente, porque, na verdade, os bancos e financiadores aumentam um pouco mais esse limite, confira aqui: Saiba qual deve ser a Renda Mínima para Financiar um Imóvel!

5 – Pessoas ricas (ou com pensamentos ricos) investem em ações! Pessoal, esse é o famoso “pulo do gato”, afinal, 99% dessas pessoas investem em ações. E aqui não tem chororô: ou você aprende a fazer esse tipo de aplicação ou jamais vai conseguir chegar lá, tá?

Risco não se evita, se administra.

Lembrando gente, que essas atitudes não aparecem apenas depois que essas pessoas alcançaram a independência financeira. Elas chegaram à riqueza porque pensaram assim, mesmo antes de terem esse dinheiro. Se você ainda tem dúvidas de como fazer para investir no mercado acionário com segurança, e sem correr risco, acesse nosso curso, que é GRATUITO:

Workshop 100% Online e Gratuito: Risco Zero nos Investimentos

E agora, a gente vai falar do outro grupo, do grupo 2: pessoas que agem e pensam como pobres, tá? Lembrando que essa pesquisa do Danko e do Stanley levou mais de 20 anos. Vamos ver, vamos conhecer um pouquinho então do grupo 2.

Grupo 2, das pessoas que pensam e agem como pobres! 

1 – Esse tipo de pessoal gosta de ostentar muito! Elas compram imóveis muito acima dos 3 vezes a receita anual. Querem um exemplo? A pessoa ganha 5 mil reais por mês, tá? Então, no ano ela teria ganho 60 mil reais, aí ela vai lá e financia uma casa de 600 mil reais. É 10 vezes mais o que ela ganha no ano. Isso é ostentação, tá? Não precisa disso.

É o mesmo de quando a gente fala de carro, a gente tem que comprar por etapas. Você não sai comprando uma Ferrari logo que você começa a ganhar seu primeiro dinheiro. Comigo foi assim: meu primeiro veículo foi uma bicicleta, depois o segundo veículo foi uma mobilete, depois foi uma saveiro e foi crescendo aos poucos.

E já que o assunto é carro, nas últimas semanas, publicamos uma notícia muito (mas muito mesmo) interessante. “O que compensa mais – Andar de Carro, de Uber ou de Táxi“? E você, sabe a resposta? Já parou para pensar nisso? Confira a resposta no link abaixo:

O imóvel deveria ser da mesma forma, mas as pessoas quando falam de imóvel acham que aquele imóvel é para vida toda e dão um passo maior do que a perna e financiam um imóvel que está muito além da sua finança, tá?

E agora a pergunta: “Para que você quer comprar um imóvel luxuoso?” É para você morar bem ou para mostrar paras as pessoas que você mora bem? Isso é um ponto que vocês têm que prestar bastante atenção e refletirem, tá?

2 – Essas pessoas odeiam estudar finanças. Aqui, nesse grupo, os programas assistidos são todos aqueles sensacionalistas e as novelas. E, vamos combinar, até aí tá tudo certo, está bem? O humor faz parte da nossa vida, desde que isso não se torne rotina porque qualquer tipo de rotina, pessoal, atrapalha o raciocínio, tá? Então, literalmente, use com moderação!

3 – As pessoas com pensamentos pobres não emprestam dinheiro para o banco, eles emprestam dinheiro do banco. Então estão sempre devendo, sempre com dívidas, aumentando cada vez mais, tá? Essa é uma diferença muito básica: uma coisa é você receber juros e outra, bem distante, é pagar juros!

Como Pensa Quem Alcançou o 1º Milhão de Reais
Reprodução: PixaBay

Tá, vamos exemplificar as coisas! Pense no cartão de crédito… Já ouviu dizer que o Brasil é o país que tem o maior valor de juros dessa opção de compra? É absurdamente alto. (Leia Isso: Cartão de Crédito já tem juros altos e agora ainda terá o preço diferenciado… Entenda essa história)!

E o cheque especial, então… Você já parou para pensar que de Especial ele não tem nadica de nada? Confirme: Cheque Especial é a 2ª linha de crédito mais cara do país!

4 – Essas pessoas querem resultados imediatos. Elas não têm paciência e nem constância de propósito. O que é constância de propósito? Começa uma coisa e primeira dificuldade, para, desiste. Pula para a próxima: começa um negócio, dificuldade, para e desiste. Isso é um ciclo vicioso porquê quer resultado de imediato.

Na verdade, é a mesma coisa que acontece no futebol. Pensa aqui ó: você é diretor de um clube de futebol, então você contrata um bom técnico e seleciona os melhores jogadores, na sua visão, para compor o elenco. Daí que, mesmo tendo os melhores jogadores, dificilmente você vai conseguir ganhar todos os primeiros jogos. Por que? Porque é preciso entrosamento!

Apesar de você conhecer as características de cada jogador, você precisa saber como eles vão se comportar em equipe. E mais do que isso, né, você precisa ver o quanto eles vão render dentro de campo. E, mais ainda disso, eles precisam se conhecer dentro das 4 linhas, combinar as jogadas. Então, mesmo tendo uma boa estratégia, você vai precisar de um pouco de tempo para que seu time comece a gerar bons resultados, até chegar ao título.

Essa é apenas uma das lições que o Futebol pode nos ensinar sobre o Mercado Financeiro!

Conclusão: Para chegar no primeiro milhão não é de uma hora para a outra, tá?

Para Saber Mais – Trading Esportivo: O que é e o que isso tem a ver com a Bolsa de Valores?

5 – As pessoas que deixam o pensamento pobre sobrais, são, normalmente, mesquinhas e costumam ter um comportamento egoísta. Quando aprendem algo, por exemplo, elas guardam à sete chaves e não compartilham isso com as pessoas que estão ao seu redor.

Gente, conhecimento foi feito para ser compartilhado, tá? Tem que passar conhecimento.

6 – E a grande desvantagem dessas pessoas é que estão sempre pagando parcelas de coisas que não geram receita nenhuma, tá? Então, a pessoa paga uma parcela de algo que vai depreciar ao longo do tempo, ou seja, vai perder valor e depois vai vender por um preço muito mais barato. Então, compra muito mais caro e vende muito mais barato.

Um exemplo é financiar um carro. O carro tem essa característica: quando você compra, você já perde dinheiro. Se você comprou financiado, você pagou juros absurdos. E daqui 4 ou 5 anos, quando você for vender esse carro, o preço do carro despencou por causa da depreciação.

É triste, né pessoal, saber que a grande parte da população mundial, infelizmente, se encaixa no grupo 2. Mas, a boa notícia é que agora vocês podem identificar em qual grupo vocês pertencem e querem pertencer. E ainda dá tempo de chegar lá, só precisa mudar de atitude.

Não desanimem, lembrem-se que 82% das pessoas que atingiram seu primeiro 1 milhão começaram do zero. A seguir, então, eu quero mostrar para vocês um resuminho das etapas que vocês terão que ultrapassar para poder chegar no seu primeiro 1 milhão.

7 Passos Para Atingir a Independência Financeira

Aqui, pessoal, tem uma sequência de barreiras que vocês vão ter que passar, tá? É o que a gente chama de muros para conquistar a independência financeira. Vocês precisam observar em qual muro vocês se encontram. E é importante que vocês percebam aonde que vocês vão ter que chegar, tá?

1 – Dívidas totalmente descontroladas

Essa é a situação mais crítica e, por isso, é também o primeiro passo. Se você tiver aqui, vai ter que tomar uma atitude urgente! Dívidas totalmente descontroladas. Esse é o nível mais baixo. Sem problemas nenhum em ter dívida, mas, a partir de agora, tem que se disciplinar para poder pagar a dívida, tá?

“O que é uma dívida sem controle, Trovó?” Vamos colocar números para vocês entenderem. Vamos supor que você ganham 2 mil reais por mês e tem um dívida de 20 mil reais, ou seja, a dívida é 10 vezes maior do que o seu salário mensal.

Eu não vou considerar aqui financiamento nem de carro, nem de automóvel, tá? A dívida que eu falo é dívida de cartão de crédito, dívida com cheque especial.

O primeiro ponto é quitar essa dívida. No nosso site – Trovó Academy.com – tem dicas de como quitar dívida, depois vocês acessem, tá? Aliás, vamos ser práticos! Selecionamos as principais notícias sobre “Como Sair das Dívidas“, acompanhe:

“Pô, Trovó, não estou nesse nível de muro. Eu tenho dívidas, mas eu tenho controle sobre minhas dívidas”. Tá, então você está no segundo passo.

2 – Você tem dívidas, mas são dividias controladas

Aqui entra financiamento de carro, financiamento de casa. “Trovó eu ganho meus 3 mil reais por mês, uma boa parte desse salário vai para financiar a casa e o carro, mais sobra dinheiro. Eu não fecho o mês no vermelho”. Tá. Perfeito. Então você já passou de uma fase mais complicada, mais ainda se mantém em um nível que tem dívida.

A pergunta é: será que o financiamento desse carro e dessa casa estavam dentro do seu orçamento? Será que você seguiu a regrinha dos 3 vezes o salário anual?

“O Trovó eu não tenho dívida nenhuma”. Ponto. Já passou mais um muro. Qual é o próximo muro? Você ganha razoavelmente bem e gasta muito, mas você não tem dívida, mas também não consegue guardar dinheiro todo mês.

Como Pensa Quem Alcançou o 1º Milhão de Reais
Reprodução: PixaBay

3 – Você não tem dívida, mas também não consegue guardar dinheiro todo mês

Aqui também tem uma técnica, lembra o que eu falei pra vocês? Poupar 10% do salário é primordial. Tem que aprender a poupar. “Ah mais não dá Trovó, eu gasto muito”. Lógico que dá. Com certeza, isso é coisas que vocês estão esbanjando.

Então, dá para conseguir poupar tranquilamente. Aprendeu a poupar 10% do salário? Sim. Não tenho dívidas? Perfeito. Qual é o próximo passo, agora? Conhecer indicadores econômicos.

4 – Conhecer indicadores econômicos

“Nossa isso aí é muito chato, eu não quero aprender isso”. Concordo, eu também tinha a mesma dificuldade quando eu comecei, odiava matemática, tá? Só que não precisa entender a fundo indicadores econômicos. Você tem que saber inflação, tem que saber SELIC, tem que saber poupança, coisas básicas.

E aí, já sabe qual é o “papel” da Taxa Selic? Conhece tudo sobre a poupança, incluindo a rentabilidade anual dela? E as Rendas Fixas, já ouviu falar? Pois é, sinto-lhes informar que… Esses são assuntos básicos do mercado de investimentos, então, você precisa ficar por dentro o mais breve possível!

E, a partir daí, aprender a comparar os investimentos, tá? Isso também é muito tranquilo de fazer. A gente também tem e-book sobre isso, ensinando de forma simples e bem humorada toda essa parte de indicadores econômicos. Domina isso aí? Perfeito.

5 – Começar a Investir

Agora sim você vai começar a investir. Então, olha o perigo: geralmente as pessoas começam a investir para querer pagar dívida e aí é onde desmorona o patrimônio, tá? Porque vai gerar desespero. Você precisa conseguir arrecadar dinheiro de algum lugar para poder pagar a dívida. Sabe o que que acontece? Vai pra falência rapidinho.

Então, mercado financeiro não tem nada a ver com dívida, tá?

Para você fazer o patrimônio crescer, primeiro, você tem que estar com a sua saúde financeira toda quitada. Então, se não tem divida, poupa 10% do salário, entende o mínimo de indicador, a partir de agora você vai investir.

Qual é o próximo muro então? Renda fixa, tá?

6 – Renda Fixa

O que é a renda fixa: é emprestar dinheiro para o governo ou emprestar dinheiro para o banco. Tem várias estratégias, vários artigos que a gente pode fazer isso, tá? Eu não vou entrar em detalhes, mas isso é um ponto que vocês vão precisar ter, tá?

Como Investir em Renda Fixa: O Guia Definitivo

6 – Renda Variável

E a partir daqui, renda variável. O que é renda variável? Ações. Percebam onde estão as ações, ó, está lá na frente. Eu tenho que passar por todos esses muros para que eu consiga chegar lá, tá? Nessa fase aqui, o que o pessoal pensa? Vou aprender uma estratégia através de um livro ou DVD e vou começar a investir. Vocês vão ver que isso é totalmente errado. Dependendo do capital que você tem, é um tipo de estratégia, tá?

Depois que você dominou, o seu patrimônio começou a crescer, aí aparece um outro muro que é que a gente chama de grande tacada. O que é a grande tacada? É uma estratégia específica que você vai usar para alavancar seu patrimônio.

7 – Estratégia específica

Mas, para fazer isso, você vai ter que estar dominando bastante o mercado financeiro. E, após você ultrapassar esse muro, você consegue ser independente financeiramente e muito provavelmente já alcançou seu primeiro 1 milhão.

Workshop 100% Online e Gratuito: Risco Zero nos Investimentos

Mas ó, antes de vocês irem embora, tem algo importante que eu quero dizer a você. Se você estiver fazendo qualquer coisa agora, além de assistir essa palestra, pare por 2 minutos porque isso aqui realmente é importante.

Nós temos um treinamento destinado para algumas pessoas que querem trilhar o mesmo caminho que eu trilhei. Não é simplesmente um curso, tá? Porque eu acredito que é necessário um acompanhamento mais próximo.

Se você ainda tem medo de investir na Bolsa de Valores, precisa conhecer o nosso Workshop 100% Online e Gratuito: Risco Zero nos Investimentos! Antes de mais nada, fique sabendo que ele é gratuito e não vai te tomar muito tempo, aliás, os vídeos são curtos e muito dinâmicos.

Workshop 100% Online e Gratuito: Risco Zero nos Investimentos

Um forte abraço gente, valeu.