Conheça a Mágica do Planejamento Financeiro para Você Controlar os Gastos – Universidade do Investidor ► AULA #03

Conheça a Mágica do Planejamento Financeiro para Você Controlar os Gastos - Universidade do Investidor ► AULA #03

 

 

Boa noite meus pupilos do Brasil Varonil, sejam bem vindos à “Universidade do Investidor”, Aula 3. Se você que está vendo esse vídeo agora, não assistiu às aulas anteriores, por gentileza, volte porque essa é uma sequência, tá bom?

Em plena sexta-feira, você poderia estar tomando um chopinho, mas estamos aqui para aprender. E a gente está acompanhando, então, a trajetória do Zequinha, que é um personagem que representa um brasileiro da classe C, que está endividado, então, ele faz parte lá dos 66 milhões de brasileiros que se encontram nessa situação.

Ele veio de uma família tradicional, cheio de preconceito, cheio de dúvida, cheio de medo com relação ao investimento. A gente está ajudando o Zequinha nessa trajetória, então, ao longo de vários capítulos, a gente vai estar acompanhando a transformação do Zequinha desde o perfil devedor, acomodado, poupador e até chegar no perfil de investidor, que é o que ele almeja.

E se você está na mesma situação do Zequinha, você vai acompanhando, vai fazendo as tarefas práticas, juntamente com ele, tá bom?

Na última aula deu um reboliço de e-mail que eu recebi. Muita gente falando: “Trovó, as contas não fecham, as contas não fecham”. É, as contas não fecham mesmo! Lembre-se: o Zequinha é um perfil devedor. Vamos, então, abrir aqui a nossa planilhinha.

Está aqui, então. Tive uma conversinha séria com o Zequinha né. Conversamos de homem para homem! Eu falei assim: “Zequinha é o seguinte! Seu salário líquido é 2.190 reais e você precisa poupar 219 reais, que seria os 10% do salário líquido”.

Descubra Como Poupar 10% do Salário!

Ele recebe 3 mil reais, mas, na verdade, o que entra para ele é 2.190 reais. Então, a meta do Zequinha, daqui para frente, é tentar poupar 219 reais todo mês. E aí, quando eu cheguei para conversar com o Zequinha eu fiz a seguinte pergunta: “Zequinha, quanto mais ou menos… Fala de verdade, de homem para homem, quanto você acha que você gasta por mês? Me apresente as suas contas”. E a resposta do Zequinha foi: “Trovó, não faço a menor ideia. Me ajuda aí. Dá um ‘’”.

Então, o Zequinha não sabe, ele não tem controle financeiro; ele é um devedor nato né, sem controle. E a desculpa dele foi a seguinte: “Trovó, não sei nem por onde começar”. Então, a gente vai ajudar o Zequinha a controlar as finanças para que ele consiga poupar esses 10%.

Por isso que a conta não fecha, ele não consegue. Segundo o Zequinha, ele fala que o mês fecha no zero a zero. Eu acho que ele fecha no vermelho e a gente vai descobrir isso junto com o Zequinha, tá bom? Então, vamos fazer as mesmas atividades e tudo que eu falar aqui do Zequinha vocês podem e devem realizar na prática, tá bom? Vamos para lousa então.

Aqui foi a aula de ontem, que a gente estava falando… O objetivo era poupar 219 reais, mas ele não consegue. Bem difícil e aí, somando o que ele acha que gasta com aluguel mais o que ele acha que gasta com passeio, daria o salário dele. Então, não tem como sobrar 219 reais, impossível. A conta não fecha.

Ele vai ter que ajustar isso aqui, então, eu junto com vocês, vamos ajustar a vida financeira do Zequinha para que ele consiga sobrar dinheiro, sobrar esses 219 reais, para ele começar a sair do perfil devedor para chegar no perfil de investidor. E aí, eu vou passar a primeira dica para o Zequinha, já que ele não tem controle nenhum dos investimentos dele e essa dica serve para você também que está vendo esse vídeo, tá?

Vamos, então, para a aula 3

A dica que eu dei para o Zequinha é a seguinte: “Zequinha, a partir de agora, vamos começar a controlar as suas despesas, cara. Porque não dá, né? Você quer melhorar de vida, precisa ter controle”.

Dei uma sugestão super simples para ele e que até hoje eu uso, porque é super funcional. E se você em casa fizer isso aí, junto com os seus familiares, esposa, esposo, filho, todo mundo unido, vocês vão ser divertir fazendo esse controle financeiro, que é bacana.

Eu sou um pouco contra aplicativo para controle financeiro porque eu acho que no comecinho você tem que sentir o dinheiro na mão, é diferente. Então, você sente o dinheiro saindo da sua mão, faz diferença.

A sugestão que eu dei para o Zequinha é a seguinte: Você vai numa papelaria e vai comprar 8 envelopes de cartas, esses baratinhos que custam 5, 10 centavos e você vai escrever alguns itens nesses envelopes, tá? É claro que isso é um geral. Se você tiver mais algum item que não se enquadra aqui, você pode criar um envelope extra e colocar aquele item que você acha que é importante estar controlando.

Então, a sugestão é a seguinte: 8 envelopes. Eu coloquei aqui os principais no exemplo do Zequinha, mas você pode se adequar com a sua realidade, tá bom?

  1. O primeiro envelope é Carro! O que é o carro? Tudo que envolve gasto com carro, tudo, desde IPVA, seguro, manutenção, combustível. Tudo que envolve carro vai entrar aqui, tá?
  2. Educação! Se você faz algum curso de informática, de inglês, paga escola para o seu filho, não importa, vai entrar aqui.
  3. Saúde. Praticamente remédio, plano de saúde, tá bom?
  4. Supermercado. Todas as compras para a casa, comida, produtos de limpeza, guloseimas, etc.
  5. Compras. Aqui são compras que não estão no supermercado. Que tipo de compra que vai entrar aqui? Bolsa, sapato. No caso do Zequinha, é tênis, tá… Adora comprar tênis. Então, vai entrar em coisas que geralmente não tem no supermercado.
  6. Contas da casa. O que vai entrar nesse envelope? Água, luz, telefone, aluguel, tudo que vem boleto para você pagar na sua casa vai entrar aqui. Compra de gás, etc.
  7. O envelope dos 10% do salário (risos). É aqui que vai ser a grande dificuldade do Zequinha.
  8. O envelope de Dívida caso ela exista, tá?

O Zequinha está “perdidinho” com as contas dele. Como é que vocês vão trabalhar com esses envelopes? Sugestão que eu dei para o Zequinha também, tá? Vocês vão escrever aquilo que vocês acham, que vocês acreditam, vamos dizer assim, que é quanto vocês acham que vocês gastam por mês com cada item desse. Isso é o que vocês acham. Escrevam isso, tá?

No caso aqui do Zequinha, ele me passou alguns números, eu acho que estão todos errados, mas, no decorrer de 1 mês a gente vai chocar. O objetivo é o seguinte: você comparar aquilo que você acha com o que você gasta.

Então, a regra é a seguinte! Por exemplo, carro! Toda vez que você vai abastecer o carro, você vai pegar o recibo. Esse envelope fica com você! Você pode deixar dentro do carro esse envelope. Você vai abastecer o carro, pega o recibo e coloca dentro do envelope. Então todos os recibos têm que estar dentro dos respectivos envelopes.

Alguns envelopes que eu deixo dentro do carro, por exemplo: compras fica dentro do carro, supermercado fica dentro do carro, o de saúde fica dentro do carro (quando eu vou comprar algum remédio, alguma coisa) e o próprio carro fica dentro do carro.

Então, eles ficam lá no porta-luvas e quando, por exemplo, eu vou em uma farmácia, compro um remédio, eu pego o recibinho, coloco dentro do envelope de saúde.

Todos os gastos dentro dos respectivos envelopes.

E ao final de 30 dias, eu vou somar para saber quanto que eu gastei, de verdade. A mágica do controle financeiro acontece agora! Porque, antes de vocês somarem… Vai passar 1 mês, vocês vão somar essas contas, mas antes você vai escrever no envelope quanto vocês acham que vocês gastam ou quanto que vocês vão gastar.

Uma pessoa que não tem controle, ela costuma errar feio. Ela fala: “Pô, de carro…”, no caso do Zequinha: “Ah, eu gasto 150 reais por mês”. Vou colocar em azul aqui. “150 reais por mês, Trovó”, segundo o Zequinha. Aí ele vai pegar toda vez que ele abastecer o carro, fazer manutenção, furar um pneu, pagar a parcela do seguro do carro, a do IPVA, não importa, toda vez que tiver algum gasto relacionado à carro, ele vai colocar nesse envelope, tá?

E, ao final de 1 mês, ele vai pegar todos esses recibos, vai somar e vai escrever em vermelho quanto realmente ele gastou. E aí ele vai chocar aquilo que ele acha que ele gasta com aquilo que realmente ele gasta. E, a partir daí, a gente vai começar fazer controle.

Aquele que der a maior diferença do almejado (que é aquilo que você acha com aquilo que acontece), é o que a gente chama de envelope de sangria. É esse envelope que é o envelope que a gente vai ter que controlar porque, via de regra, em 6 ou 7 envelopes a diferença daquilo que você acha que você gasta com aquilo que você vai gastar não costuma ser muita não, mas sempre tem um envelope que é o envelope crucial, que você fala: “Caraca, errei feio … errei feio”, tá?

  1. É educação! O Zequinha, por enquanto, está acomodado, não está estudando, está parado, mas daqui a pouco ele vai fazer curso.
  2. Saúde: o Zequinha acha que gasta aí uns 60 reais por mês, tá? Não paga plano de saúde por enquanto, lembrando que o Zequinha é um homem de 23 anos, mora sozinho, ganha um salário bruto de 3 mil reais, tá?
  3. Supermercado! Aqui o Zequinha falou que gasta uns 300 reais por mês, que ele acha que gasta, né?
  4. Compras: ele falou que é mais ou menos uns 200 reais, nós vamos descobrir depois.
  5. Contas da casa… Aqui vai entrar aluguel, água, luz, telefone, gás, internet se tiver, TV à cabo, etc. Segundo o Zequinha, 900 reais.
  6. 10% do salário!
  7. Ele não sabe o que é e dívida, diz ele que está faltando lá 300 reais para pagar no cartão.

Bom, qual que é o nosso objetivo? A partir de agora, que o Zequinha vai fazer? Isso aqui é o que ele acha. Deixa eu colocar educação aqui, zero, porque por enquanto ele não tem nada, não está estudando, vou fazer ele voltar a estudar, tá?

Então, vocês que estão vendo, que estão acompanhando a trajetória do Zequinha, façam a mesma coisa em casa, pegam esses 8 envelopes, vocês não vão gastar 1 real com envelopes, é super baratinho, tá?

Deixa eu voltar aqui para… Pronto! Vocês estão me vendo agora. Então, a gente está de verde. Verde significa que é conteúdo, então, essa lição de casa aqui para vocês, ela é super importante. Então, para amanhã cedinho, já aproveita corre na papelaria, compra os 8 envelopes, dividam pelos temas principais.

“Pô, Trovó, eu tenho mais alguns assuntos que não estão aqui”.

Então, cria um envelope, por exemplo, que você acha que é importante, que é um item importante, que tem um gasto que tem relevância no seu controle financeiro. E começa a escrever. Começa a escrever em azul no envelope, escreva aquilo que você acha que você gasta e a partir daí vocês vão começar a colocar todos os comprovantes dentro dos respectivos envelopes.

Pela minha experiência, tá, pela minha experiência, o envelope que costuma dar problema é o de Compras.

Vamos voltar para a lousa aqui. O envelope de compras costuma ser o problemático. Sabe aquelas comprinhas que a gente faz fora de hora? “Ah, meu tênis está velho, vou comprar outro tênis”. “Ah, vou comprar uma calça”, “Ah, enjoei dessa roupa”, “Vou comprar um item para casa”, “Comprei um colchão novo”, certo?

20 Passos para Economizar Dinheiro, Ficar Rico e chegar a Independência Financeira em 2017

Tudo que é compra vai entrar aqui, são coisas que vocês não fazem sempre. São aquelas compras, diz assim, o consumismo. Esse é um dos principais envelopes. É o envelope, vamos dizer assim, responsável por hoje a gente ter 66 milhões de pessoas endividadas.

Geralmente, é aqui que é o problema, tá? Vocês vão cair de costa. Então, a tarefa de vocês por 30 dias é estar preenchendo os comprovantes dentro de cada envelope. Lembrando que envelope de carro, o de compra, o de saúde e o do supermercado: esses 4 vão ficar dentro do porta-luvas porque se a gente fizer uma compra, dificilmente você vai estar saindo a pé.

Se você não anda de carro, pode deixar dentro da sua bolsa, tá? Ou da sua carteira! Mas é importante estar junto, não deixar passar nada, tá bom?

Eu, na hora que eu estou com o carro, que eu saio, faço uma compra, já entro no carro, pego o envelope que está no porta-luvas, coloco o comprovante dentro e “pum”. E coloco lá e só vou ver daqui 1 mês. Aí quando passar 1 mês, eu vou somar e vou escrever e vou comparar com aquilo que eu acho que eu gasto.

Hoje, eu erro por centavos. Parece piada que eu estou falando, mas eu erro por centavos. Faz muitos anos que eu faço isso, então, o meu controle financeiro é absurdo.

E se você quer ser um excelente investidor, a primeira coisa que você tem que ter é saber para onde está indo o seu dinheiro porque eu já conheci muitas pessoas que entraram para o mercado financeiro, ganharam dinheiro, mas torravam tudo. O que eles ganhavam no mercado financeiro, eles gastavam. Não tinham um controle, não conseguiam poupar e é o caso do Zequinha.

Está com dívida, ele acha que é 300 reais, então, eu vou descobrir, né? Não está estudando e colocou uns números aqui que eu estou meio desconfiado. Na segunda-feira, a gente vai simular que passaram-se 30 dias para poder chocar com os números que realmente deram nos envelopes do Zequinha.

Para você que está vendo essa aula aqui, você tem a tarefa agora de 30 dias! Você precisa fazer essa lição de casa para saber quanto você acha que você gasta, quanto você gasta de verdade, e aquele envelope que der a maior diferença entre o que você escreveu em azul (antes de começar a tarefa) e o que você escreveu em vermelho é o envelope que você vai focar, é nele que você vai cortar despesa, tá?

Então, a gente vai ajudar o Zequinha nessa trajetória. É gostoso, no começo é um pouquinho chato, mas depois você vai pegar o gosto e é muito legal para você ter controle sobre suas finanças. A hora que você pegar o jeito, depois de uns 4, 5 meses fazendo esse controle com os envelopes, aí sim você pode ir para um aplicativo financeiro, para uma planilha no excel, mas para começar o envelope é legal.

Novo Aplicativo: SR Invest

Você sente o danado ali, você começa… Toda vez que você coloca um recibo dentro do envelope, você fala: “Caraca, estou gastando, isso não é legal”. Tá bom pessoal?

Então, está explicado porque que as contas não fecharam, o Zequinha não tem a menor ideia do que ele gasta e ele precisa economizar esses 10%. Esse envelope, hoje, vai estar vazio, mas a gente vai colocar aí os 219 reais da conta dele.

Então, está aí a lição de casa: amanhã, comprem os envelopes. Na segunda-feira quero ver todo mundo já com os envelopes comprados, preenchidos em azul e já começar a colocar os recibos dentro. Perfeito? Posso contar com vocês?

E não se esqueça de se inscrever no nosso canal, deixar um joinha e deixar um comentário: Qual o envelope vocês acham que vai ter o maior problema aqui para o Zequinha, quanto vocês acham que ele gasta com a conta?

Dê a opinião de vocês, passem um valor para mim, mais ou menos, no comentário aqui do vídeo quantos vocês acham que o Zequinha realmente gasta. Do salário líquido dele, quanto que você acha que sobra para ele? Depois a gente vai comparar, tá?

Então tá! E convide as pessoas que estão próximas à vocês a fazerem esse exercício aqui que é super importante. Pelo amor de Deus, são 66 milhões de brasileiros que tem dívida por não ter esse tipo de controle que é super simples, super barato e super fácil de fazer, além de ser muito divertido. Tá bom?

Até segunda-feira, então, quando a gente vai simular que se passaram 30 dias. A gente vai comparar realmente aquilo que o Zequinha gastou para a gente poder ajudá-lo a melhorar as finanças dele, sobrar os 10% e aí a coisa começar a caminhar para ele poder parar de pagar juros e começar a receber.


Olá pessoal, aqui é o Trovó e nesse vídeo eu quero fazer um convite super especial para você que quer muito aprender do zero e na prática, a investir o seu dinheiro no mercado financeiro ou você que já investe, porém ainda não conseguiu enxergar resultados.

Sabia que existem outros tipos de investimento que geram mais recebimentos de juros do que a tão conhecida poupança?

Então se quiser se juntar a um grupo de pessoas que estão a caminho de alavancar a sua independência financeira e se você quer cuidar melhor do seu dinheiro, eu quero te convidar para participar do meu Workshop gratuito.

Você terá acesso a uma série de vídeos de dicas e técnicas 100% gratuitos.

São conceitos poderosos e que abrirão a sua mente e mudará a sua maneira de enxergar o mercado financeiro. Então aqui nesse vídeo, em algum lugar por aqui, tem um link para você clicar e se inscrever. Te espero lá, um grande abraço. Tchau

Da Redação

Revelada a Fórmula para Investir Dinheiro mesmo Ganhando Pouco – Universidade do Investidor ► AULA #02

Revelada a Fórmula para Investir Dinheiro mesmo Ganhando Pouco - Universidade do Investidor ► AULA #02

 

Boa noite, sejam todos bem vindos ao segundo dia da “Universidade do Investidor”.

Estou super feliz. Ontem realmente foi fantástico: a gente teve quase 1,6 mil pessoas participando até o final da primeira aula. Estou super contente e lembrando que é um projeto para toda a família, então, se você está na sua casa agora, pega o papai, mamãe, namorada, namorado, marido, esposa, filho, os amigos, os vizinhos. Traga todo mundo aqui para aprender.

Como eu falei ontem, o objetivo da “Universidade do Investidor”…

Hoje a gente está de camisa nova, camisa branca, lembrando que sempre que for branca vai ser sobre dicas, tá? Vermelha vai ser puxão de orelha, a branca vai ser dica e a verde vai ser conteúdo.

A gente criou aqui um personagem, chamado Zequinha. O Zequinha é um personagem que representa o povo brasileiro, então ao longo desta série de vários vídeos da “Universidade do Investidor”, a gente vai estar acompanhando a trajetória do Zequinha.

Hoje, o Zequinha é uma pessoa endividada, como a maioria dos brasileiros. Hoje, infelizmente, ele não ganha muito e a gente vai acompanhar a trajetória dele desde quando ele sai das dívidas.

Todos os conteúdos, toda a sabedoria que ele vai precisar ter, todos os macetes para:

  • Conseguir sair da dívida,
  • Começar a sobrar dinheiro,
  • Começar a escolher uma corretora,
  • Começar a investir,
  • Parar de pagar juros e
  • Começar a receber juros.

Então, essa é uma trajetória super bonita, super bacana e se o Zequinha vai conseguir, vocês também conseguem, tá?

Então, é bacana estar acompanhando aula a aula, não perder nenhum capítulo porque as aulas são todas sequenciais para que vocês possam realmente acompanhar a trajetória do Zequinha desde o comecinho, que é endividado, né, até o pescoço. Aqui de dívida. Até onde ele consegue o sucesso dele, a independência financeira dele.

Está com a Corda no Pescoço? Leia Agora!

Ahn… Ontem a gente falou um pouquinho…

Antes de a gente começar a falar da trajetória do Zequinha, a gente falou um pouquinho ontem sobre o grande perigo, o grande vilão do brasileiro, principalmente, que é com relação a empréstimo. O descontrole na hora de adquirir o cartão de crédito! Esse é o grande problema.

Ontem, eu comentei sobre o perigo de estar pagando o mínimo da fatura, vocês viram lá que a maioria dos bancos, ao longo de 1 ano, com você pagando o mínimo da fatura, a sua dívida multiplica por 7. Então, se você porventura, faz um empréstimo e sai gastando tudo, gasta lá seus 10 mil reais no mês e a partir daí começa a pagar o mínimo da fatura, ao final de 1 ano, a sua dívida que era de 10 mil reais passa a ser de 70 mil reais e aí dificilmente você consegue sair.

Leia Também: Vilão FinanceiroNovas Regras passam a valer para o Cartão de Crédito, entenda como elas funcionam!

O Zequinha não está em uma situação tão ruim assim, mas a partir de amanhã a gente vai começar já a mostrar a situação que ele se encontra, a gente vai começar a alinhar, passar as dicas para ele, o que ele precisa fazer.

E quem estiver na mesma situação pode seguir a trajetória do Zequinha, tá?

O objetivo é que ao final da “Universidade do Investidor”, o Zequinha, que começou endividado, começou sem saber nada, totalmente confuso, nunca teve noção nenhuma de educação financeira, vai chegar lá no último capítulo e ser um investidor top, conseguindo receber juros com as suas aplicações.

E hoje, como eu prometi, eu falei que eu ia dar algumas dicas para vocês de como escapar, como não pagar o mínimo da fatura do cartão, tá? Então, a gente tem que tentar pagar a fatura integral e começar a fazer alguns controles em cima disso.

Dei para vocês também ontem duas atividades:

1 – Que vocês entrassem no nosso blog: Trovoacademy.com/dinheiro e fizesse o teste de perfil para vocês se situarem aonde vocês estão. Como eu falei, o nosso personagem que é o Zequinha, ele está num perfil devedor, a gente vai acompanhar toda a trajetória dele durante todos esses capítulos, até o ultimo dia, onde ele vai conseguir se tornar um investidor top, tá?

Então, é importante vocês fazerem esse teste de perfil lá no nosso blog, na trovoacademy.com/dinheiro, para vocês se identificarem aonde que vocês se encontram nessa trajetória aí. Vai ser uma trajetória bem bonita, bem bacana, bem prática. Então, para você que nunca ouviu falar sobre investimento, também está com dívida que não sabe por onde começar, acompanhe todos os episódios.

A gente começou ontem. Se você está chegando agora, eu recomendo que você pause esse vídeo, assista o vídeo 1 para entender toda a sequência e a partir daí começa a assistir as aulas na sequência, tá bom? Assista o 1º Vídeo da Série Universidade do Investidor!

Então, hoje, conforme prometido, a gente vai passar o “macetinho” para vocês de como escapar de pagar o mínimo da fatura. E a partir daí, é onde a gente vai começar a ajudar o Zequinha a escapar da dívida até conseguir chegar à sua independência financeira. Como eu falei, as aulas são super curtas, mas super práticas. Com situações reais, que eu vou estar passando para vocês aqui, para que vocês possam estar aplicando dinheiro, tá?

E a primeira dica que eu vou passar hoje é uma dica para vocês começaram a aplicar amanhã para controlar a fatura do cartão de crédito. Para evitar pagar o mínimo da fatura… Se pagar o mínimo da fatura o que acontece ao final de 1 ano? A dívida multiplica por 7. Então, dificilmente vai conseguir sair. Show de bola?

Vamos, então, para as dicas.

A primeira dica né, que tem até algumas regras de ouro para que vocês não paguem o mínimo da fatura. A primeira dica, a dica mais importante, vou pegar o exemplo aqui do Zequinha, que é o nosso exemplo, que a gente vai acompanhar o Zequinha até o final da “Universidade do Investidor” é você saber o seu salário líquido, tá?

Porque que eu falo isso?

Muitas pessoas falam assim: “Ah Trovó, eu ganho 3 mil reais, só que quando eu vou ver lá no banco só tem 2 e pouco”. Então seu salário não é 3 mil reais, infelizmente. Você recebe bruto isso, mas uma boa parte é para imposto, é descontada. E hoje um dos impostos mais caros que existem no nosso país é o imposto de renda, ele pesa para chuchu.

Então, você não pode contar com esse dinheiro, você não pode contar com esse dinheiro. Então é muito bonito você falar assim: “Nossa, meu salário é 3 mil reais, Trovó”, só que você não tem 3 mil reais. No caso do Zequinha, ele ganha 3 mil reais bruto, então, a gente vai começar a acompanhar a trajetória dele desde já.

Então, o que eu tenho que descontar aqui é… Como ele já ganha acima de 3 mil reais, vai pagar aí o máximo de imposto de renda, né: 27,5%! Então, vamos contar já. Vamos ver quanto que realmente sobra de dinheiro para ele, tá? 2.190 reais… 2.190,00 reais!

O salário bruto do Zequinha é 3 mil reais, só que ele não pode contar com isso; e o líquido é 2.190 reais: esse é o dinheiro que o Zequinha vai poder utilizar.

Primeira regra, mesmo para você que está endividado, é super importante começar já – eu sei que é difícil, eu sei que é complicado, mas começar já – a criar o hábito de começar a separar uma parte do seu dinheiro, pelo menos 10% do seu salário para começar a investir.

Por quê é importante começar a investir?

Quando você quitar as dívidas, provavelmente, esses seus 10% vai passar a ser 20, 25% do seu salário e esse aporte mensal, esse montante, que você começa a depositar todo mês da sobra do seu salário vai fazer muita diferença na sua vida financeira lá na frente, mas muita mesmo, tá?

Aprenda a Poupar 10% do seu Salario… É a hora de receber juros!

Então, no caso do Zequinha, a gente já vai orientá-lo a estar investindo aqui 10% do salário bruto, que é o que realmente sobra para ele.

Então, vai ser 2 mil reais… 2 mil reais não né: 219 reais. Isso é o que o Zequinha vai separar para começar a receber juros. E ele não sabe ainda como fazer, não sabe onde colocar o dinheiro, não sabe que corretora escolher, não sabe nada, mas ele vai aprender ao longo dessa trajetória junto com vocês, tá bom?

Por enquanto, o que ele sabe é o seguinte: Zequinha, não vamos mais pagar o mínimo da fatura do cartão, vamos já começar a encaixar os pingos nos i’s.

Ponto número 2! Então, 10% do salário reservar para o recebimento de juros.

Ao longo dos próximos capítulos, a gente vai aprender juntos aonde colocar esse dinheiro, como escolher renda fixa, como escolher corretora, como abrir corretora, porque não ficar no banco, etc, etc… Aguardem! Enquanto isso, leia o nosso e-book GRATUITO e COMPLETO de como investir nas Rendas Fixas!

Como Investir em Renda Fixa: O Guia Definitivo

Passo número 3! Essa aqui é uma dica super importante. Se você mora de aluguel ou se você paga o financiamento de uma casa, não importa … Não importa. O ideal é que você utilize no máximo 30% do seu salário bruto, então, 30% do seu salário bruto pode (até 30%) pode ser utilizado para pagar aluguel ou pode ser utilizado para financiar uma casa, nunca mais do que 30% do bruto e não do líquido.

Se você levar em consideração o salário líquido, lá na frente a conta não vai fechar. Porque os 3 mil reais que o Zequinha achou que ele ganhava, na verdade ele só pode usar 2.190 reais, o resto foi embora, desapareceu para o governo. Então, 30%!

Vamos ver, então, quanto que o Zequinha pode pagar de aluguel, tá?

Por enquanto, o Zequinha está morando de aluguel. O que é melhor: aluguel ou financiar uma casa? Isso é um assunto mais para frente que a gente vai comentar. Por enquanto vamos apenas ajustar o montante do Zequinha, vamos lá então. A conta é o seguinte: 30%. 2.190 reais. 657 reais. Esse aqui seria o valor máximo de aluguel que o Zequinha poderia estar pagando.

Comprar Casa é para Otário! Será mesmo?

Ah Trovó, não tem como, não acha casa nesse valor”. Acha sim, pode procurar, tá? Eu fiz uma pesquisa, acha casa de… Você não pode achar a casa dos seus sonhos que você quer morar, mas você encontra sim muitas casas boas, muitas casas boas nesse valor. Casas aí, com 2 dormitórios, banheiro, algumas até com 2 banheiros, tá? Sala, cozinha.

É claro que cada cidade é uma realidade, mas se a sua situação financeira é essa, você não pode ultrapassar esse valor porque você não vai conseguir fechar no azul. Você vai ficar… O que a gente não quer? O que a gente quer fazer nesse momento: tirar o Zequinha daquele grupo de 66 milhões de brasileiros que estão endividados.

E por que estão endividados? Porque estão desequilibrados com as suas finanças. E, infelizmente, essa é uma realidade, tá? Hoje a grande maioria dos brasileiros… Os casais acabam se unindo para dividir as contas, tanto as contas da casa quanto as contas de plano de saúde, etc, etc. Isso é super importante, acho super válido isso.

Inclusive, se você estiver assistindo esse vídeo sozinho, chama seu companheiro, sua companheira para estar aqui junto. Em família tudo é mais fácil, é tudo mais prático. É super importante que vocês tenham esse contato, tá? Então vamos lá.

Problemas com Dinheiro é a principal causa dos divórcios: 3 passos para ter um Bom Planejamento Financeiro Familiar em 2017

Então, no caso aqui do Zequinha, qual é a situação dele? Ele pode estar pagando 657 reais em financiamento.

Amanhã eu vou apresentar a “planilhinha” do Zequinha, a situação que ele se encontra e a partir daí a gente vai começar a seguir as regras, tá? E o restante, 70% do salário, pode ser gasto com coisas do dia a dia, plano de saúde, passeios, etc. Vamos ver quanto sobra nessa brincadeira, então. Então, 2.190 reais. 70%. 1.533 reais.

Vamos confirmar, então: 2.190 reais vezes 70% é igual 1.533 reais. Na teoria, tá? Esse é o valor que o Zequinha poderia estar pagando na fatura do cartão de crédito dele. Se ele precisasse usar o cartão de crédito, o máximo que ele poderia utilizar seria 1.533 reais. Por quê? Dessa forma, ele vai conseguir pagar a fatura integral. E nessa fatura aí estaria tudo, né? Estaria compras no supermercado, abastecimento de carro, passeio, presente, plano de saúde, manutenção do carro, etc, etc, etc.

Tem que caber tudo dentro desses 1.533 reais, tá? Vou voltar aqui para minha cara, então. Vocês estão vendo, pessoal: essa é uma situação real em que vamos estar acompanhando desde o início da situação do Zequinha até a hora que ele consegue realmente ser um cara que vai ser um baita investidor, que vai conseguir sair dessa situação super complicada.

Então, com o salário de 3 mil reais bruto, ele só pode usar 2.190 reais. Desses 2.190 reais:

  • Ele vai reservar 219 reais para investimento (que ele ainda não sabe o que fazer com o dinheiro, mas ele já vai reservar),
  • 657 reais para financiar uma casa ou para pagar um aluguel (a gente vai discutindo isso ao longo de todos os episódios) e
  • 70% do salário bruto, 1.533 reais ele poderá estar usando da forma que ele quiser (inclusive se ele quiser usar o cartão de crédito ele pode, desde que não ultrapasse esse valor).

E quando vencer a fatura dele, próxima de 1.533 reais, ele vai pagar a fatura integral porque ele não vai mais enriquecer os bancos, tá bom? Então, está aqui uma situação real de um personagem hipotético que a gente vai estar acompanhando ao longo de toda a série.

A dúvida do Zequinha agora é a seguinte: “Trovó, como é que eu vou fazer para me virar com 1.533 reais”? Amanhã vou passar uma dica para vocês de como fazer esse controle para que vocês consigam viver tranquilamente sem precisar desesperar com apenas 70% do salário bruto.

E, a partir de agora, vocês vão começar a acompanhar a trajetória do Zequinha e vocês vão ver que eu vou colocar aqui exemplos bem reais, bem compatíveis com a situação do nosso “Brasilzão” até o último capítulo, onde ele vai saber, exatamente, o que fazer:

  • Como controlar finanças,
  • Como parar de pagar juros,
  • Como investir,
  • Onde investir,
  • Qual corretora escolher,
  • Quais ações comprar,
  • Quais riscos correr, etc.

Já adiantamos uma coisa: Veja Como Investir sem Risco com esse Curso Gratuito!

E não esqueça, então de curtir esse vídeo, que é super importante, compartilhar com o amigo, convidar a família e principalmente se inscrever no canal, tá bom? Daqui a pouquinho, conforme o Zequinha for evoluindo na sua trajetória, ao longo desses dias, vão haver alguns bônus, alguns prêmios para quem estiver ao vivo aqui participando da “Universidade do Investidor”, show de bola?

Então, amanhã não percam o próximo episódio que eu vou ensinar para o Zequinha e para vocês como conseguir equilibrar, para conseguir viver, ter uma vida bacana com apenas 1.533 reais, que é 70%.

Vamos voltar aqui para finalizar: que é 70% de tudo aquilo que o Zequinha tem, que ele pode usufruir, para que ele não se endivide. É claro que todo mundo quer ter aquela vida de bruxo, né? Quer ter um casão, quer ter um carrão. Isso pode acontecer? Isso é legal? Isso é legal, mas isso tem que vir com o tempo, vocês tem que caminhar juntos, tá? Caminhar no passo a passo sem desesperar. Esse é o ponto mais importante. Show de bola?

Então, amanhã é o dia que eu vou ensinar para vocês o que fazer com os 70%, como controlar. Vou colocar aqui a situação do Zequinha, uma planilhinha e todos os gastos dele.

A gente vai começar a cortar aquilo que é supérfluo, aquilo que ele pode economizar, aquilo que ele pode gastar um pouquinho mais, para caber dentro desses 1.533 reais e, a partir de agora, a gente vai ajudar o Zequinha a começar a sair da dívida, começar a sobrar dinheiro para começar a caminhar rumo à independência financeira dele; é claro que isso não é do dia para noite, vão ser vários episódios, vários capítulos e eu espero que você não perca nenhum, tá bom?

Então deixa um joinha aqui no vídeo, compartilhe e se inscreva no nosso canal gente.


Recado do Trovó: Olá pessoal, aqui é o Trovó e nesse vídeo eu quero fazer um convite super especial para você que quer muito aprender do zero e na prática, a investir o seu dinheiro no mercado financeiro ou você que já investe, porém ainda não conseguiu enxergar resultados.

Sabia que existem outros tipos de investimento que geram mais recebimentos de juros do que a tão conhecida poupança?

Então se quiser se juntar a um grupo de pessoas que estão a caminho de alavancar a sua independência financeira e se você quer cuidar melhor do seu dinheiro, eu quero te convidar para participar do meu Workshop gratuito.

Você terá acesso a uma série de vídeos de dicas e técnicas 100% gratuitos.

São conceitos poderosos e que abrirão a sua mente e mudará a sua maneira de enxergar o mercado financeiro. Então aqui nesse vídeo, em algum lugar por aqui, tem um link para você clicar e se inscrever.

Da Redação

Descubra Como Sair das Dívidas Usando o Cartão de Crédito – Universidade do Investidor ► AULA #01

Descubra Como Sair das Dívidas Usando o Cartão de Crédito - Universidade do Investidor ► AULA #01

 

Primeiramente quero desejar os parabéns para todo mundo, por estarem aqui, em plena quarta-feira, 8 horas da noite. Poderia estar assistindo uma novelinha, estar assistindo um filminho, mas estão aqui, decididos a aprender. Isso é super importante, tá?

Para quem está vendo a gravação, saiba que a “Universidade do Investidor” é todo dia ao vivo, de segunda à sexta, às 20 horas. Ok? Então, para quem não está sabendo, vai ver a gravação depois e vai conseguir acompanhar a gente ao vivo, que ao vivo é diferente, né? É outra vibe, outra pegada.

O objetivo do projeto aqui, primeiramente, é tentar passar um pouco da minha trajetória, passar um pouco, vamos dizer assim, dos caminhos que todo mundo precisa percorrer para tentar atingir… Até almejar a independência financeira que é o que todo mundo busca.

7 Passos Para Atingir Sua Independência Financeira

Só que para poder chegar lá, primeiro a gente tem que saber em que situação a gente se encontra e esse é um dos pontos que eu vou estar focando bastante hoje.

  • Será que você é uma pessoa que tem o perfil de endividado?
  • Um perfil de acomodado?
  • Um perfil de investidor?
  • Qual o perfil que você está?
  • Qual perfil que você se encontra?
  • Será que você está se enriquecendo ou enriquecendo os bancos?

Isso é uma coisa super importante que vocês tem que estar ciente porque se você tiver enriquecendo o banco, com certeza você está caminhando para a pobreza.

E nessa primeira aula, de hoje, a gente vai falar exatamente sobre isso. Sobre parar de enriquecer banco para começar a enriquecer você, porque você tem que pensar em você, seu futuro, ó… Você piscou o olho, já está velhinho.

E quando você tiver velhinho, você tem que estar com tudo preparado. Não dá para esperar ficar idoso para poder correr atrás das coisas, você não vai ter fôlego mais, não vai ter saúde mais, poucas pessoas vão te ajudar. Então, é importante correr atrás agora, enquanto ainda tem pique.

Vamos lá, vamos conhecer os perfis, o perfil que você pode estar.

A gente, aqui na “Universidade do Investidor”… Vão ser algumas semanas de aulas ao vivo, a gente vai caminhar desde o perfil devedor, dando dicas, até chegar no perfil investidor, tá?

Então, existe uma etapa, uma trajetória, que a gente vai subindo a escadinha até chegar em como abrir conta em corretora, como que a gente faz, que papéis a gente opera, etc, etc.

Mas, para chegar lá, estar investindo mesmo, começar a receber juros, a gente tem que primeiro, fazer sobrar dinheiro no final do mês. E para sobrar dinheiro no final do mês, você não pode estar no perfil devedor.

E como é que você escapa do perfil devedor? Primeiro, eu preciso te conscientizar do que acontece quando você, por exemplo, paga o mínimo da fatura do seu cartão.

Leia Também: Está Atolado até o Pescoço? Respire Fundo e Saiba o que Fazer!

Tem um dado aqui, que é um dado um pouco assustador, mas é importante que vocês vejam. Aqui está o lucro, em bilhões. Bilhões de reais, dos 3 maiores bancos, tá? Do Brasil! Então, a gente tem aqui Santander, Itaú e Banco do Brasil. Vocês podem ver que desde 2015 praticamente, né? A gente está gerando aí em torno de 14 bilhões de reais de lucro para os bancos, esse é um dado assustador. É muita grana.

Sobre o Lucro dos Bancos:

  1. Em ranking de 10 empresas que mais valorizaram em 2016, 5 são bancos!
  2. Empresas de Capital Aberto somam lucro de R$ 25 bilhões e 4 são bancos
  3. 7 Mentiras que os Bancos Contam e Como não Cair nessas Conversas Fiadas
  4. 9 dicas realmente eficazes para renegociar dívidas com os bancos

Por outro lado, hoje, a população economicamente ativa é de 200 e pouco milhões de brasileiros, mas apenas  100 milhões geram receita. Desses 100 milhões, 66 milhões de pessoas estão no perfil devedor, estão endividadas. 66% da população economicamente ativa está endividada. Isso é um absurdo.

E porque que endivida tanto? Porque ainda acreditam que o banco é um amigo.

Fuja dos Empréstimos dos Bancos

Poxa, quando eu tiver numa hora difícil, o banco que vai me ajudar, tem onde eu recorrer, inclusive eu converso com muitas pessoas que ainda acham que o rotativo, por exemplo, faz parte do salário, que o consignado faz parte do salário. O pessoal conta com esse dinheiro. Não pode ser assim.

Se não, o que acontece? Vai acontecer esse roubo aqui, ó. Vocês vão enriquecer os bancos.

Hoje, a gente vai ter 3 camisetas aqui na “Universidade do Investidor”, a vermelha que vai ser um sinal de alerta, vai ser o dia que eu vou estar puxando a orelhinha de vocês. Vai ter a branca, que vão ser dicas de investimento e vai ser a verde que vai ser conteúdo.

Então, hoje a gente vai começar inaugurando com a vermelha: puxando a orelha.

Como é que os bancos enriquecem? Quando eles emprestam dinheiro para você. E quando que eles emprestam dinheiro para você? Quando você, por exemplo, usa o seu cartão de crédito e paga o mínimo da fatura.

Sabe o que acontece quando você paga o mínimo da fatura? “Ah, eu pago o mínimo da fatura. Eu pago uma parcela que caiba no seu bolso … que caiba no meu bolso”. Teoricamente é isso. Geralmente, claro que depende de banco para banco, tá? Mas, geralmente, o mínimo da fatura equivale a 15% do valor total da fatura, tá?

Então se a fatura, por exemplo, for 1 mil reais total, o mínimo gira em torno de 150 reais. Aí o que começa a acontecer? Você fala: “Poxa, não tenho o dinheiro para pagar a fatura inteira, vou pagar somente o mínimo, vou pagar esses 15% do total”. E quando você faz isso, automaticamente, você está dizendo para o banco: “Opa, pode cobrar juros de mim”.

Na média… Na média, esses bancos aqui que vocês estão vendo, na média, a soma deles está dando por volta de 14 bilhões por trimestre, e eles cobram na média aí, vou falar bem devagar, 200% ao ano de juros. 200% ao ano de juros.

Para você ter uma ideia, hoje a Melhor Renda Fixa paga em torno de 13% ao ano. (Leia TambémComo Investir em Renda Fixa: O Guia Definitivo!)

Então, impossível você conseguir algo que vai conseguir competir os juros que você paga, não dá. Os juros que você recebe nunca vai ser igual, nunca vai ser igual, aos juros que você paga. É um absurdo.

E agora eu vou mostrar para você um absurdo maior ainda, quando você paga o mínimo da fatura do cartão. Usar cartão de crédito não tem problema nenhum, eu concordo que tem muitas facilidades. Ajuda no controle das finanças, você vai pagar as contas tudo de uma vez só, você vai conseguir ter um controle do que você está gastando, vai acumular milha. Um monte de coisa! O problema é se você vai ter disciplina para pagar o valor total da fatura.

A fatura chega dia 15, por exemplo, você vai lá e quita tudo. E recomeça.Não tem problema nenhum!

Se você paga o mínimo, olha o que acontece: Eu vou simular aqui para vocês um empréstimo de 500 reais, apenas 500 reais, pagando o mínimo da fatura do cartão de crédito. Olha o que acontece ao final de 1 ano, a sua dívida que era de 500 reais, vamos pegar por exemplo o Itaú, que é o que cobra a maior taxa e é o que ganha mais dinheiro, hoje ele é o banco que tem mais faturamento.

Um empréstimo de 500 reais, você está pagando o mínimo do cartão, em um ano, a sua dívida que era de 500 reais vai para 3,6 mil reais. Você praticamente multiplicou a sua dívida por 7. Agora eu vou colocar um exemplo um pouquinho mais pesado.

Se você gastar 10 mil reais no seu cartão de crédito. 10 mil reais no seu cartão de crédito e pagar somente o mínimo todo mês, em 1 ano a sua dívida, que era de 10 mil reais vai passar a ser 70 mil reais.

E aí, dificilmente você sai. E aí você vai fazer parte, infelizmente, da estatística dos 66 milhões de pessoas que estão devendo hoje no nosso Brasil. A dívida média gira em torno de 5 mil reais. É muita coisa, é muita coisa. Então, parem com esse negócio de ter que ficar pagando o mínimo porque cabe no bolso. Não! Vocês estão enriquecendo o banco, não tem condição. Em 1 ano aqui, ó, se você tiver no Itaú, por exemplo, a sua dívida multiplica por 7.

Então, você tem que mudar o conceito, você está caminhando… toda vez que você paga juros, você está caminhando para a pobreza.

Quando você recebe juros, independente do valor, está caminhando para a riqueza, está caminhando para a riqueza. Então para começar a enriquecer, o que tem que fazer? Parar de pagar juros e começar a receber. E para parar de pagar juros, primeiro tem que parar de pagar o mínimo da fatura. Esses dados eu sei que são assustadores e revoltantes, né?

Saiba Como Funciona a Pobreza – Genial

Porque quando você pega, por exemplo, é… Um lucro absurdo desses bancos e vê as pessoas hoje todas endividadas, chega a ser uma baita de uma sacanagem, então o que acontece? As pessoas, elas não são orientadas, né? Elas não são orientadas. Então, eu estou aqui para isso, para procurar orientar vocês, tá? Isso que é importante.

Então, tem que se sentir revoltado, tem que se sentir enganado e começar a pensar: “Poxa, será que vale a pena? Será que é isso que eu quero para mim?”. Daí você fala assim: “Não Trovó, o meu perfil é um perfil de investidor”. Aqui vai a primeira dica, a primeira tarefa de casa para vocês, tá?

Aqui é o nosso blog para quem ainda não conhece. Eu vou deixar aqui a descrição abaixo do vídeo: trovoacademy.com/dinheiro. Eu vou deixar o link aqui desse teste, que é um teste gratuito, com algumas perguntinhas, muitas, com alternativas que vai te dizer qual é o seu perfil, se é um perfil acomodado, se é um perfil poupador, se é um perfil de investidor ou se é um perfil devedor.

Descubra o Seu Perfil para Investir: 

Qual é o seu Perfil Para Investir?

Às vezes, a pessoa não tem essa consciência e com algumas respostas aqui, o teste vai conseguir te direcionar. O ideal é que você esteja num perfil investidor, já esteja parando de pagar juros e começando a receber, mas… a dica de hoje, tá?

A gente vai começar subindo escadinha, na última aula vocês vão estar analisando as ações já, analisando gráfico, abrindo conta em corretora, tudo certo. Mas, antes da gente começar é o seguinte, ó. Lição de casa, pegar a sua fatura do cartão de crédito e falar: “Pô, a partir de agora… a partir de agora nunca mais vou pagar o mínimo da fatura”.

Por quê? Eu não quero mais enriquecer o banco, eu quero eu enriquecer. Eu quero parar de pagar juros e quero começar a receber, tá? Então, é obrigatório.

Você está vendo essa “live” aqui, ao vivo, ou quem está vendo a gravação depois, tem entrar aqui no link, está na descrição do vídeo: Trovoacademy.com/dinheiro, fazer esse teste. Vou passar para vocês aqui ó, tem algumas perguntinhas, faça o teste e depois, analise o seu perfil. Pelos pontos que você fez, ele vai te dizer, vai te dar algumas orientações. Perfeito?

A “Universidade do investidor”, qual que é o objetivo? É estar conscientizando as pessoas no mundo dos investimentos. Eu sou de uma família super tradicional, onde desde criança, a gente não teve educação financeira e acho que a grande maioria de vocês que estão assistindo também não tiveram isso.

Então, a gente tem alguns conceitos, né? Por exemplo, casa própria é importante ter, um carro é importante ter. É… Investir na poupança é importante. Então, aos poucos a gente vai desmistificando tudo isso aí, tá? Eu prometo para vocês que eu vou dar a minha parte para fazer o melhor. As aulas vão ser super curtinhas, todo dia um pouquinho, mas super pontual.

Vou fazer igual quando você aprende com o idioma, você aprende pouco, mas com o contato diário, aí quando você soma tudo lá na frente, você vai ver a gama de conhecimento que vocês vão ter. Então para hoje, vocês tem 2 lições de casa:

  1. Fazer o teste no blog: trovoacademy.com/dinheiro, e
  2. Prometer para você mesmoque você vai parar de pagar o mínimo do cartão!

E na “live” de amanhã eu vou explicar para você algumas dicas de como conseguir pagar a fatura do cartão. Porque é muito fácil falar: “Ah Trovó, tem que pagar, mas eu não consigo. Por onde eu começo? Quais contas são mais importantes? Onde que eu consigo cortar gastos?”.

Então, a gente vai caminhando, conforme eu falei, em uma escadinha até conseguir chegar lá no perfil de investidor. As aulas vão ser diárias, vão ser aulas curtas, de 20 minutos, mas vão ser de extremo conteúdo prático.

O objetivo aqui, da “Universidade do investidor”, é fazer o conteúdo prático, para vocês estarem absorvendo, estarem crescendo e daqui a algumas semanas, estarem voando. Tá bom?

Então, eu espero que para os próximos você possa convidar a sua família, convidar o esposo, a esposa, os filhos, todo mundo para estarem participando. E a tendência, conforme vocês forem participando, a gente vai começar a interagir mais, tá bom, pessoal? Então, eu espero vocês amanhã às 20 horas para aula número 2.

Lição de casa, então: fazer o teste no nosso blog e conscientizar que não dá mais para pagar o mínimo da fatura porque multiplicar a dívida por 7 realmente não dá, né gente? É um absurdo. Virar a chavinha, parar de empobrecer para começar a enriquecer.

Para você começar a enriquecer tem que começar a receber juros e parar de pagar juros. Para parar de pagar juros o primeiro ponto é controlar o seu cartão de crédito. Tá bom?


Recado do Trovó: Olá pessoal, aqui é o Trovó e nesse vídeo eu quero fazer um convite super especial para você que quer muito aprender do zero e na prática, a investir o seu dinheiro no mercado financeiro ou você que já investe, porém ainda não conseguiu enxergar resultados.

Sabia que existem outros tipos de investimento que geram mais recebimentos de juros do que a tão conhecida poupança?

Então se quiser se juntar a um grupo de pessoas que estão a caminho de alavancar a sua independência financeira e se você quer cuidar melhor do seu dinheiro, eu quero te convidar para participar do meu Workshop gratuito.

Você terá acesso a uma série de vídeos de dicas e técnicas 100% gratuitos.

São conceitos poderosos e que abrirão a sua mente e mudará a sua maneira de enxergar o mercado financeiro. Então aqui nesse vídeo, em algum lugar por aqui, tem um link para você clicar e se inscrever.

Da Redação

Qual é o seu Perfil Para Investir?

Qual é o seu Perfil Para Investir?

 

Essa semana bombou na internet um teste que a Trovó Academy desenvolveu para descobrir qual é o seu perfil para investir: você é devedor, acomodado, poupador ou investidor?

Quer saber qual que é o seu perfil de verdade? Então, vou colocar o teste aqui para vocês!

Funciona assim: vão aparecer na tela as perguntas. Peguem papel e caneta porque vocês vão precisar escolher cada uma das quatro alternativas de cada pergunta.

Para você ter um exemplo, vão ter perguntas assim:

Qual o seu animal de estimação favorito?

  • Alternativa A – Cão Rabugento!
  • Alternativa B – Gato de Botas!
  • Alternativa C – Grenlins!

Você vai lá e escreve a alternativa que melhor te representa no papel!

Entendeu?

Você vai escrever somente a alternativa no papel, bora lá?

Vou colocar, para vocês, o teste na tela!

Prestem atenção ein! Afinal, o perfil que vocês têm é super importante para determinar o sucesso que vocês vão ter no mundo das finanças!

Eu Descobri o Motivo de Você Não Ser Rico!

Muito bem!

1 – Sobre o seu salário…

  • Alternativa A – “Não dá para pagar as contas, Trovó. Não sobra nada”.
  • Alternativa B – “Trovó, dá para pagar as contas e só”.
  • Alternativa C – Paga as contas e sobra um dinheirinho no final do mês.
  • Alternativa D – “Trovó, o salário é apenas parte da renda já que eu possuo rendas de outros investimentos”.

Veja qual que é o seu perfil e anote no papel qual que é a alternativa: A B C ou D?

2 – Quando surge um gasto inesperado – como comprar remédios, uma doença, conserto do carro, mecânico – o que você faz?

  • Alternativa A – “Procuro um empréstimo ou crédito para pagar e, assim, eu crio uma nova dívida no banco”.
  • Alternativa B – Você precisa reduzir gastos supérfluos – como cerveja com os amigos e cafezinho – e aí sim, você consegue pagar.
  • Alternativa C – Consegue utilizar algum dinheiro que você tem reservado.
  • Alternativa D – Geralmente nem sente falta quando aparece algum empecilho, já que sempre sobra algum dinheiro do seu salário ou do seu investimento.

Anotaram?

3 – Para gastos mais caros – como aquisição de um carro novo, reforma de uma casa e compra de uma geladeira – o que você faz?

  • Alternativa A – “Financio o máximo que dá, Trovó, De preferência, em várias prestações que caibam no meu bolso”.
  • Alternativa B – Você financia e passa a se planejar para economizar.
  • Alternativa C – Você se planeja financeiramente para comprar à vista.
  • Alternativa D – Você utiliza a renda de algum investimento para fazer essa compra.

4 – O que você faz quando você ganha um dinheiro extra – como um bônus da empresa ou um prêmio de 13º salário?

  • Alternativa A – Você paga as dívidas.
  • Alternativa B – Você compra algo que deseja muito.
  • Alternativa C – Gasta uma parte e economiza a outra.
  • Alternativa D – Investe este dinheiro.

5 – Para você, que está vendo esse vídeo aqui e fazendo esse teste, economizar 10% do salário…

  • Alternativa A – “É impossível, Trovó. Não consigo”.
  • Anota lá no papel!
  • Alternativa B – “É muito difícil. Eu precisaria parar de fazer algumas compras”.
  • Alternativa C – “É algo que eu sempre faço e coloco na poupança o que sobra”.
  • Alternativa D – “É o valor mínimo que eu utilizo para investir, Trovó. Já faço isso a um bom tempo”.

Show de bola!

Agora, o pulo do gato: vocês vão pegar e vão somar a pontuação que vocês tiveram cada alternativa!

Veja a tabela de pontos:

  • Alternativa A – 1 ponto.
  • Alternativa B – 2 pontos.
  • Alternativa C – 3 pontos.
  • Alternativa D – 4 pontos!

Vamos ao resultado, então!

De 5 a 9 pontos: Devedor!

Você precisa melhorar. Qual é a dica que eu dou aqui?

Para quem é devedor, procure apenas 70% de tudo que você ganha – o que vem do salário líquido – com gastos do dia a dia, tais como aluguel, água, luz, telefone, lazer, restaurante, guloseimas. E 20% desse salário você deixe guardadinho para uma reserva de emergência.

Conheça a técnica dos Envelopes: a melhor forma de fazer  o seu planejamento financeiro pessoal.

Lembrando que você tem que descontar todos os impostos! O salário que eu falo é aquele que realmente entra na sua conta no banco. É aquele que você pode utilizar.

Entre 10 e 13 pontos: Perfil acomodado!

Poxa! Você ainda não está devendo, mas não está sobrando dinheiro no final do mês, não é?

Dica que eu dou aqui: pegue 90% de tudo que você ganha e se esbalde! Vá para festas, brinque, viaje… Faça o que quiser!

Mas, 10% de tudo que você ganha, você precisa reservar para um investimento!

Saiba Como Poupar 10% do Seu Salário!

De 14 a 17 pontos: Poupador!

Está sobrando dinheiro para você no final do mês, o problema é que você continua investindo na poupança.

3 Motivos para Não Investir na Poupança.

Por que poupança investir na poupança é um problema? Gente, pelo amor de Deus. Vamos lá, em 2012 mudou a regra lembra? A poupança, com a regra nova, está perdendo para a inflação e se você perde para a inflação, você está perdendo poder aquisitivo! Se você está perdendo poder aquisitivo, você está caminhando para a pobreza. Então, o ideal é que você substitua a poupança por Renda Fixa, ok?

Como Escolher a Melhor Renda Fixa? Clique e descubra!

Acima de 17 pontos: Você tem o Perfil Investidor!

Você nunca fecha o mês no vermelho, dificilmente investe na poupança, dificilmente passa por apertos e sempre que tem uma emergência, você tem dinheiro sobrando.

Inclusive para emprestar para um amigo seu, mas, cuidado! Você não pode emprestar de graça, não! Tem que cobrar juros porque tudo que vem fácil, vai fácil!

6 Dicas para Calcular Juros Compostos e Ficar Milionário.