Conheça 10 serviços gratuitos do Portal do Empreendedor

ANÚNCIO

Você sabia que existem vários serviços gratuitos do Portal do Empreendedor que podem ser úteis para muita gente? Às vezes, essa plataforma passa despercebida, mas em muitos casos ela pode ajudar os novos empreendedores, inclusive, na hora de formalizarem seus negócios.

Desse modo, essa acaba sendo uma das principais plataformas para dar apoio nesse início de jornada. Os recursos que ela dispõe podem ajudar desde questões jurídicas até mesmo com dicas para manter a contabilidade em dia e sem erros.

ANÚNCIO

Além de tudo, saiba que hoje em dia, no Brasil, muita gente tem optado por abandonar os seus empregos fixos para se tornarem donas do próprio negócio. Por isso, saber e entender do empreendedorismo pode fazer toda a diferença na hora de ter sucesso na vida profissional.

Os serviços gratuitos

Para quem quer empreender ou já está empreendendo, vamos direto ao ponto. Abaixo, temos 10 serviços gratuitos do Portal do Empreendedor que você pode usar (e abusar, no bom sentido) para se enriquecer de conhecimento sobre essa área.

1 – Abertura do MEI

O principal uso do Portal do Empreendedor é para a abertura do MEI. Sendo assim, quem quer se formalizar nesse formato de trabalho pode usar a plataforma online para fazer isso. A vantagem é que você não tem que ir até uma unidade física.

ANÚNCIO

Por meio do portal, você pode realizar todos os primeiros passos da formalização, inclusive, fazer a inscrição no cadastro do MEI. Também dá para ler todas as opções e categorias de tipos de serviços que você pode prestar e até mesmo imprimir os boletos para cobrança.

2 – Fechamento do MEI

Assim como dá para abrir o MEI pelo portal, você também pode fechar a sua empresa por ele. Sendo assim, podem existir vários motivos para você não usar mais o seu registro. Nesses casos, você só precisa ir até a página e iniciar o processo de encerramento das atividades.

É o famoso “dar baixa no MEI”. Se você não estiver fazendo o uso do MEI, isso vai ser importante para você evitar ter que pagar as taxas mensais, que podem chegar a R$ 58 mensais, como está nesse ano de 2020.

3 – Suporte Contábil de Graça

O próximo dos serviços gratuitos do Portal do Empreendedor é o suporte para área da contabilidade. Saiba que todo MEI tem esse suporte gratuito através do “Contadores do Bem”. Essa rede tem o objetivo de auxiliar o MEI na criação do seu registro.

Assim sendo, eles tiram dúvidas através do portal e também de um aplicativo gratuito de celular. Para acessar a rede você só precisa buscar os menus laterais da página principal.

4 – Alteração de Cadastro

Quando você se formaliza como um MEI, o seu endereço e telefone cadastrados vão ser usados para o envio de informações, correspondências e até mesmo comprovação de dados. Portanto, é imprescindível que tais informações estejam corretas.

Sendo assim, pelo Portal do Empreendedor você pode fazer as alterações que forem necessárias. Você evita a burocracia de ter que ir até uma unidade física e tenha que pegar filas. Pelo portal é tudo online, grátis e rápido.

5 – Carnê de Pagamento

A gente já comentou acima que o MEI tem a obrigação de fazer o pagamento do carnê de pagamento mensal, chamado de DAS. Ele é uma unificação dos tributos que devem ser pagos ao governo e tem valor fixo.

O problema é que as vezes a gente atrasa no pagamento e precisa atualizar os valores com multas. Além disso, todos os anos temos que imprimir os boletos, já que nem sempre eles chegam em casa. Então, o portal é de grande utilidade para isso também.

6 – Débito Automático

Outra funcionalidade é que dá para colocar o pagamento do DAS em débito automático pelo portal. Assim sendo, você evita esquecer de pagar tal boleto e evita as multas também. Essa é uma opção muito viável para quem tem controle das finanças.

7 – Parcelar Débitos

Quando você atrasa muitos DAS, seja por esquecimento ou falha, saiba que também é possível parcelar o pagamento de tais impostos. Isso vai ser necessário para que você não fique endividado com a Receita Federal e tenha problemas no futuro.

Logo, outro dos serviços gratuitos do Portal do Empreendedor permite que você faça tal parcelamento para regularizar a sua situação negativa. Para se ter uma ideia, dependendo das condições, você pode dividir a conta em até 60 vezes, com valor mínimo de R$ 50.

8 – Emissão do Certificado

O CCMEI é o certificado de MEI. Ele é como se fosse um registro pessoal da sua empresa. E após a sua formalização e inscrição de CNPJ na Junta Comercial, você já pode fazer a sua emissão do documento. Isso é gratuito no Portal do Empreendedor.

Você pode ter interesse por ler essas outras matérias também:

9 – Declaração Anual

Também é obrigação do empreendedor fazer a declaração anual de faturamento do MEI. Esse documento precisa ser emitido todos os anos e vai para a Receita Federal. Você pode fazer ele online e sem custos por meio do Portal do Empreendedor.

É importante saber que na declaração devem estar informações como aquelas que se referem à receita bruta total do ano anterior, além das contratações de funcionários quando houver.

10 – Certidão Negativa

O último serviço de graça que o Portal permite ao MEI é o de emitir certidões negativas. Assim sendo, essa é uma prova de que a sua empresa (CNPJ) não tem obrigações tributárias com a Receita e nem mesmo na categoria de trabalhistas.

ANÚNCIO