Descubra se tem como ser casado e ser rico ao mesmo tempo

PROPAGANDA

Hoje o assunto é para falar sobre finanças no casamento. Mais especificamente sobre como lidar com o dinheiro dentro de um casamento. Afinal, será que dá para ser casado e ser rico ao mesmo tempo? Sim, claro que dá. Só que é preciso tomar alguns cuidados.

Afinal de contas, quando o casal prospera junto, ele vive mais feliz também. E permite a realização de sonhos juntos. Desde ter um filho até mesmo viagens internacionais, a compra de um imóvel, de carros e etc. Por isso, o assunto é tão interessante para os dias atuais.

PROPAGANDA

Descubra se tem como ser casado e ser rico ao mesmo tempo

Aliás, o nosso foco também são os jovens recém-casados. Já que é muito comum existir uma dificuldade para descobrir a melhor forma de lidar com os ganhos de cada um no início do casamento. Como definir os gastos e como saber quem paga os boletos? Acompanhe!

Abaixo vamos descobrir tudo isso e muito mais. Inclusive, vamos falar também se é melhor fazer uma conta conjunta ou manter as contas separadas. E falaremos sobre os investimento financeiros. E até o fim do conteúdo você vai ver como dá para ser casado e ser rico ao mesmo tempo!

PROPAGANDA

A união do casamento

Acima a gente buscou questões que a primeira vista parecem difíceis de responder. Mas, com o tempo e a busca por conhecimento, elas se tornam respondidas. Para isso, basta refletir um pouco sobre o real significado da palavra casamento. E aí, tudo fica mais simples.

Casamento, em quase todas as traduções, significa união. Portanto, essa palavra de ordem que deve pautar uma vida a dois. Independente do tipo de casal que você forma com o seu marido ou com a sua esposa.

Daí que para garantir equilíbrio e acelerar a construção de riqueza, você vai ter que ter união. Aliás, o casal vai ter que ser unido. Ainda mais entre um cenário totalmente novo, que é composto por dois salários ou duas fontes de renda.

Mesmo porque duas cabeças pensantes e duas formas totalmente distintas de lidar com o dinheiro vai estar juntas.

Agora, imagine a dificuldade dessa relação se cada um dos dois envolvidos não estão pensando nos mesmos objetivos financeiros. E nem mesmo no próprio orçamento, nos próprios investimentos.

Será que isso vai dar certo? A verdade é que pode até funcionar no início, mas com o tempo o desequilíbrio financeiro desse casal será inevitável.

A união dos objetivos financeiros

Descubra se tem como ser casado e ser rico ao mesmo tempo

Como resultado do tópico acima, podemos ver que tem que haver uma união no casamento. E só isso é que vai permitir dar certo o relacionamento. Isso vale também para a questão financeira.

Afinal, quando os dois  envolvidos trabalham em equipe, com planos e objetivos em comum, fica mais fácil e tende a dar mais certo. É justamente assim que é possível ser casado e ser rico ao mesmo tempo, em pleno século 21.

Então, comece aí a anotar as dicas que vamos citar desde agora.

Saiba que se tudo no seu relacionamento for dividido e separado, esses planos em comum jamais serão construídos de maneira eficiente. O resultado final, como consequência, é que eles jamais terão os resultados que se espera.

É por isso que o principal conselho que a gente vê os especialistas dando para os recém-casados é sobre a união dos objetivos financeiros. E isso, sim, vai acabar refletindo também na união das contas. Mas, não que isso seja obrigatório ou necessário.

O fato é que hoje em dia muitos casais tem contas individuais. E tudo bem nisso. Mas, temos que estudar por que isso acontece. Um dos motivos é porque recebem seu salários em bancos distintos, por exemplo.

Agora, o que não é aceitável é que tudo diz a respeito ao planejamento financeiro e investimentos sejam ou estejam separados. Isso, com certeza, deve ser feito em conjunto e pelo dois.

A união da vida financeira

O último tópico do conteúdo é para falar sobre a união da vida financeira. Que é, de fato, o grande segredo para ser casado e ser rico.

Então, vamos voltar e falar um pouco sobre o fato de ambos terem objetivos em comum. Isso é importante primeiro porque os fundos de investimentos mais rentáveis são para quem tem mais dinheiro aplicado. Portanto, dividir os investimentos em dois pode te fazer perder rendimentos.

Juntos, com certeza, vocês terão mais dinheiro. Entende isso? A partir do momento que somarem seus recursos, vocês terão um patrimônio que rende mais no fim do mês do que se as contas de investimentos estivessem separadas.

Economia

O segundo motivo para pensarem juntos é porque não vão precisar pagar dois pacotes e nem mesmo duas tarifas bancárias. E isso aconteceria no caso de terem duas contas. Outra boa economia para o bolso de vocês. Se bem que hoje tem as contas digitais, então, dá para ter contas de graça.

Agora, uma última dica, é sobre analisar que muitos casais alegam que mantêm contas separadas. E isso tem o motivo bem típico porque eles querem liberdade. Só que não há mal nenhum em perceber que um dos dois pode ser mais organizado do que o outro.

Por isso, seria difícil criar uma estratégia que beneficia a ambos. E claro que isso seria feito com base na opinião de ambos. Então, esqueça essa desculpa e esse pensamento só vai levar vocês adiar suas conquistas. Que é o de ter a sua própria conta para manter a sua vida independente.

Se um dos dois é mais organizado, que tem controle sobre seus gastos, mostra para o outro que seria melhor ele assumir a administração da conta em conjunta.

Orçamento financeiro: 3 passos para um casamento feliz

Mas, vai precisar ser aquela parte do casal que é mais racional. Inclusive, porque o papel dele vai aparecer impondo limites. E quem não está à frente da conta, também deve ter que impor limites às vezes.

Não restam dúvidas de que o planejamento conjunto vai ser um grande aliado para amainar os conflitos da vida a dois. E isso ainda pode aprofundar conhecimentos e as experiências. Além de multiplicar os resultados que vocês dois buscam!

PROPAGANDA