O que é uma securitizadora de créditos financeiros? Conheça o exemplo da Ativos S.A.

Antes de tudo, a gente tem que entender o que é o trabalho dessas empresas. Por isso, vamos responder à pergunta sobre o que é uma securitizadora de créditos financeiros. Logo, temos uma explicação que vai falar disso na prática.

Imagine só que você esteja devendo para um banco ou outra instituição financeira. Logo, se você tem dívidas é porque está pagando juros. No entanto, nem todo consumidor considera a renegociação de dívidas porque isso daria “trabalho demais”.

Se o consumidor e cliente não entra em contato com a empresa nos primeiros momentos, então, pode perder as melhores chances de negociação. Mas, ao mesmo tempo, nem bancos e nem financeiras querem esperar o pagamento “a vida toda”.

Por isso, essas empresas credoras acabam optando pelo trabalho das securitizadoras. Esse é o caso da Ativos S.A., que vamos mencionar aqui. Basicamente, o que elas fazem é transformar a dívida em títulos. Com o dinheiro dos investidores, elas pagam o devedor.

Situação regularizada?

Então, após isso, a situação fica regularizada? De fato, quando isso acontece, a pessoa até tem a situação regularizada com o credor. No entanto, acaba fazendo um novo compromisso, já que terá que fazer o pagamento com a securitizadora.

Caso não faça o pagamento, então, o nome volta a ficar sujo.

Então, para entender de fato o que é uma securitizadora de créditos financeiros podemos dizer que ela faz o “meio-campo” entre o consumidor devedor e a instituição financeira credora. Mas, por que isso seria bom?

Uma das vantagens é que, quase sempre, o valor das parcelas ou prazo da negociação nova costumam ser mais atrativos para o consumidor. Logo, temos como definição prática um “processo de transformar dívidas em títulos mobiliários disponíveis em investimentos”.

Investimento?

A ideia do investimento não é tão importante aqui. O que você precisa saber é que a sua dívida vira investimento para outra pessoa. Assim, ela vai receber juros por isso. Logo, você terá que pagar esses juros, já que estão negociando melhores condições no novo contrato.

De modo geral, essas empresas securitizadoras garantem que o devedor tenha a dívida paga, evitando problemas como o nome sujo. Assim, o devedor deixa de ter dívida com a antiga empresa e passa a ter um novo contrato com a securitizadora.

Obviamente, mesmo que as condições sejam melhores, isso poderia ficar mais caro para o devedor, que pode ter taxas embutidas, por exemplo. Portanto, é bom, mas nem tanto, ok?

O que diz a Lei

Esse último tópico antes de falar da Ativos é para comentar da lei. Afinal, muita gente diz que é proibido fazer esse tipo de negociação. Porém, não é bem assim que funciona. Para entender por completo o que é uma securitizadora de créditos financeiros vamos ao que diz a lei.

Considere que está no Código Civil Brasileiro, conforme Lei 10.406 de 2002, que bancos e instituições financeiras podem vender a sua dívida para uma empresa securitizadora. Logo, não é nada fora da lei essa possibilidade.

A explicação se dá pelo fato de que os bancos não querem ou não veem vantagem em fazer essa “cobrança de dívida” ou “administração de dívidas” dos clientes. Logo, eles podem optar pela terceirização do serviço.

O que acontece se você quebrar um acordo de dívida atrasada? Entenda tudo

É por isso que nesses casos é preciso ler o contrato em que se está assinando. Afinal, lá vai ter os dizeres sobre a “compra da dívida”. Geralmente, é nesse documento que estão todas as informações, como taxas, do novo contrato.

Só que para isso dar certo, você tem que saber se a securitizadora é confiável.

Falando da Ativos S.A.

Na internet, quando o assunto tem a ver com essas empresas, nós vimos que a maior dúvida dos brasileiros tem a ver com a Ativos S.A. Por isso, nós não vamos recomendar ou não recomendar a assinatura de um contrato com ela.

O que vamos fazer é colher informações para que você tenha a própria resposta, combinado?

A Ativos S.A. no Reclame Aqui

Em setembro de 2020, a nota da Ativos S.A. no Reclame Aqui foi de 6 de um total de 10. Ou seja, não é considerada uma empresa “boa” e nem “ótima”. Mas, sim, “regular”. Isso considerando os critérios do Reclame Aqui.

No entanto, se há um ponto positivo é que a Ativos S.A. respondeu a todos os questionamentos feitos pelos seus consumidores reclamantes. Assim, conseguiu resolver a questão em 60% das vezes.

O lado ruim é que entre as pessoas que reclamaram, apenas 35% diz que voltaria a fazer negócios com essa empresa. E entre as reclamações mais comuns, nós tivemos: cobranças indevidas, dificuldades nos acordos, dívidas inexistentes.

securitizadora de créditos financeiros

A Ativos S.A. na Proteste

A Proteste também tem um site que é voltado para a reclamação de empresas por parte dos consumidores. No entanto, nessa plataforma, a securitizadora tem uma boa nota, de 66, de um total de 100 pontos.

O índice de reclamações resolvidas apresentada é de 100%. Então, isso quer dizer que a Ativos é boa? Não. Quer dizer que assim como tem reclamações também tem indicações. Logo, você tem que continuar lendo e estudando para saber se vale a pena para você.

Inclusive, para casos de dúvidas, você também pode ligar no 0800-644-303 ou mandar um e-mail para sac@ativossa.com.br. A empresa garante que sempre dá um retorno a seus clientes. Mas, para denunciar, o e-mail deverá ir para denuncia@ativossa.com.br.