Conheça 5 dicas para se manter motivado nos investimentos

ANÚNCIO

Quando alguém decide colocar um plano em prática é muito comum ter aquela grande empolgação inicial. Porém, com o tempo, isso vai se definhando. E assim muita gente desiste dos sonhos. A ideia hoje é dar dicas para você se manter motivado nos investimentos.

E não desistir de guardar dinheiro mensalmente. Isso também inclui dicas sobre economizar na hora de fazer suas compras, criar hábitos saudáveis e tudo mais que é importante para ter uma vida financeira mais equilibrada.

ANÚNCIO

Os motivos para a desistência podem ser dos mais variados. Por exemplo, não estar se adaptando bem a nova rotina, sem contar com a ansiedade que sempre atrapalha e até mesmo em acreditar que poderia ter ganhado mais no rendimento final do ativo.

A boa notícia é que isso é super normal. E melhor que isso é saber que há dicas como as que vamos citar abaixo que podem te ajudar se “manter na linha”. Afinal, até grandes investidores caem nessas armadilhas financeiras criadas pelas nossas próprias mentes.

As 5 dicas para se motivar sempre

Só que você não pode ser deixar abater nesses momentos de dificuldade e desânimos. E nessa hora é fundamental mostrar a sua força interior. Deixando de lado esse tema meio que “Darth Vader”, vamos direto ao ponto. Anote aí essas dicas e comece a praticar hoje mesmo.

ANÚNCIO

1 – Relembre quais são os seus objetivos

A primeira dica para se manter motivado nos investimentos é justamente ter foco nos objetivos que se quer alcançar. Comprar uma casa, um carro, casar, fazer uma faculdade, aposentadoria ou qualquer outro pode ser o seu grande sonho.

Logo, as possibilidades e opções para usar aquela grana que está investindo vai fazer sentido. Assim, o simples fato de conseguir esse sonho deve ser maior que sua vontade de desistir.

Até mesmo porque todas as dificuldades de morar numa casa de aluguel e as vantagens de ter sua própria casa, por exemplo, podem ser determinantes para essa tomada de decisão. O sacrífico de agora vai ser muito recompensado lá na frente.

Para não se esquecer dessas metas, uma boa ideia é fazer um mural com seu sonho, objetivo e todo dia olhe para ele. Então, saiba que nada daquilo está sendo em vão. Se por acaso, na hora que começou a investir dinheiro você não tinha um objetivo, saiba que está tudo errado.

2 – Transforme os seus sonhos em números

Se por um lado ter objetivos é importante, por outro saiba que você precisa ser bem realista com os seus planos. Assim, não adianta achar que vai comprar um Ferrari em 2 anos se não tem um grande salário hoje. Comece por um carro de valor menor, obviamente.

Outra coisa é sobre criar metas inatingíveis, sendo esse um dos grandes motivos de desânimo dos investidores. Para arrumar isso, você deve transformar os seus sonhos em números. Por exemplo, você precisa juntar R$ 40 mil para fazer uma faculdade – então, esse é o valor.

Além do mais, ficar guardando dinheiro apenas pensando que quer se formar pode ser frustrante, pois pode juntar uma boa quantia e quando descobrir o valor correto irá desanimar de vez. Algo que não aconteceria se soubesse desde o começo quanto deveria guardar.

3 – Veja de perto o seu desenvolvimento

Investir dinheiro não é simplesmente comprar um título ou aplicar no Tesouro Direto uma vez e rezar para ficar rico. E você deve saber disso, né. Logo, saiba que você precisa ser bem ativo, aplicando todo mês, se quiser enriquecer ao longo do tempo.

E tem que fazer isso verificando o quanto ganha e ao ver que seu dinheiro está aumento com o passar dos dias, por conta de juros. Assim, isso será um grande incentivo para perceber que está indo no caminho correto.

Saiba exatamente onde está investindo para não se decepcionar. Por exemplo, aplicar na poupança é algo bem seguro, com a certeza que todo mês ainda ganhará com juros. No entanto, se estiver esperando dar um salto no orçamento, saiba não será assim.

Isso porque a caderneta da poupança está longe de ser um bom ativo, que seja rentável o suficiente para te alegrar. Ainda assim pode ser vista como forma de manter o dinheiro salvo – já que o deixar em casa seria uma perdição.

4 – Descubra quais são as suas dificuldades 

Cada pessoa tem uma realidade e enfrenta desafios diferentes para conseguir separar um dinheiro para investir todo mês. Saber quais são os seus é uma boa forma para aprender a superar os desânimos da vida.

A partir disso, poderá ter ideias e elaborar estratégias para superar suas dificuldades. Por exemplo, você usa muito cartão de crédito e por conta disso acaba fazendo muitas dívidas. Como resultado disso precisará desviar capital que seria usado para investir como solução.

O problema de fazer isso é que vai desanimar cada vez mais, pois acreditará que aquilo não é uma prioridade. Nesse caso, uma solução é comprar mais à vista, parar de usar cartão e diminuir ao máximo a quantidade que tem dessa ferramenta.

5 – Faça do seu sonho uma prioridade

A melhor forma de resolver seu problema sobre investimento é tratar seu sonho como a prioridade da sua vida. E assim a gente fecha esse texto com as se manter motivado nos investimentos.

Pare de gastar todo seu dinheiro e o que sobrar aplicar. A ideia é fazer totalmente o contrário, assim que receber seu salário, já separe a quantia programada. Com o tempo, fazer isso será um hábito e sua meta estará cada vez mais próximo toda vez que fizer um novo investimento.

Lembre-se: o seu dinheiro deverá trabalhar para você

Conforme seus investimentos começarem a apresentar resultados positivos, você irá perceber que conseguirá ganhar uma boa grana apenas com os juros do que foi investido mensalmente. Lógico que isso levará alguns anos para acontecer, mas vale a pena.

se manter motivado nos investimentos

Ao analisar a projeção e ver seu dinheiro está trabalhando para você é uma sensação incrível. Saber que tudo vai valer a pena é a melhor forma de se manter animado. Com certeza, essa será a sua maior motivação para continuar. Assim, acaba sendo uma dica bônus para quem quer se manter motivado nos investimentos.

ANÚNCIO