Saque do FGTS Inativo: sua chance de quitar as dívidas e investir o seu dinheiro

ANÚNCIO

Com o objetivo de retomar a economia do país, o presidente Michel Temer anunciou a possibilidade que os trabalhadores terão de sacar o saldo disponível em contas do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) até 31 de dezembro de 2015. Segundo apurado pelo Exame, cerca de 30 bilhões de reais estão “parados” e devem entrar em circulação em breve, no país.

Aliás, os trabalhadores já podem sacar o valor, mesmo que não tiverem dívidas à pagar, mas a ideia do governo é que, com os recursos liberados, a população quite as dívidas.

ANÚNCIO

A dica da Trovó Academy é: se você tem dívidas, aproveite para quitá-las. Se não tem, use o dinheiro para investir. Ah, não está afim de investir? Pensa na sua aposentadoria lá na frente, bonitão. Faça uma simulação da sua rentabilidade, veja os lucros, tenha uma ideia do quanto esse dinheiro possa render.

Bom, para não alongar o assunto, separamos alguns links para você entender melhor como pode investir o seu dinheiro para o seu futuro. Leia:

Reprodução: Google
Reprodução: Google

“Qualquer coisa que você puder fazer com o seu FGTS vale a pena”, diz André Massaro. “Melhor ainda se você puder quitar uma dívida pela qual você paga 10% ou mais de juros ao mês”, completa.

ANÚNCIO

Em poucas palavras, essa é a sua chance de começar o ano equilibrado financeiramente. Já falamos disso e da importância de ter as contas em dia. Relembre.

Histórico

No início, o governo queria limitar o saque à 1 mil reais, mas a ideia caiu por terra justamente porque, segundo o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, cerca de 86% das contas inativas do FGTS aptas para resgate têm menos de um salário mínimo, que agora foi reajustado e está em pouco mais de 920 reais. Em novo discurso, o valor estimado foi entre 1 mil e 1,5 mil reais.

“A rentabilidade do FGTS, hoje, é horrível em comparação a outros investimentos”, afirma Simão Silber, da FEA-USP. “Mesmo com a mudança na remuneração do FGTS, vale mais a pena pegar o dinheiro e investir em outras aplicações”.

Alôuuuuu! Queridinhos!! Ouviram isso? VALE MAIS A PENA PEGAR O DINHEIRO E INVESTIR EM OUTRAS APLICAÇÕES! E agora eu vos pergunto: você já ouviu falar das Rendas Fixas né? Veja o vídeo abaixo e tire suas principais dúvidas.

https://youtu.be/jUAM9KYD4LM

A afirmação do professor é devido à remuneração do FGTS que é de 3% ao ano mais a TR (Taxa Referencial), um valor muito abaixo da inflação, que está em mais de 6%. Em recentes notícias, o governo diz que quer aumentar esses juros para algo em torno de 5% ao ano, mais a TR. No entanto, nada disso está confirmado ainda.

FGTS Inativo

Esse tópico é apenas para fins de definição, mas é supra importante. Vamos lá: a conta do FGTS é considerada inativa quando deixa de receber depósitos mensais feitos pelo empregador. Por exemplo, quando o trabalhador sai de uma empresa, normalmente devido à um pedido de demissão.

Assim, o dinheiro passa a ficar ali, inativo. É diferente de quando a empresa o manda embora porque, nesse caso, ele terá o direito, instantâneo, de sacar o valor ali depositado.

O que isso quer dizer? Que o trabalhador pode ter várias contas inativas, uma vez que cada trabalho por ele exercido gera uma conta específica no FGTS. Mesmo se ele for demitido de uma empresa e voltar para ele depois de algum tempo, ele terá duas contas do FGTS da mesma empresa. Mas serão contas diferentes, entendeu?

Reprodução: Google
Reprodução: Google

Resumo da ópera: se você está dentro desse FGTS Inativo e foi demitido até o dia 31 de dezembro de 2015, você pode sacar o seu dinheiro. Atenção: você não vai poder tirar nenhum dinheiro do seu atual emprego, ok?

O que muda? Normalmente, quando o FGTS está inativo, o trabalhador pode retirar o dinheiro apenas na aposentadoria, para pagar financiamento de casa própria ou se ficar 3 anos sem trabalhar com carteira assinada. Essa, então, é uma nova medida, algo que até então não podia ser feito.

Calendário do FGTS Inativo

Acima detalhamos várias informações sobre o FGTS Inativo, mas não falamos de quando o trabalhador poderá efetuar os saques, você notou? Bom, vamos falar agora! O ministro do Planejamento informou que até o primeiro dia de fevereiro será lançado um cronograma para os trabalhadores que farão os saques.

Esse calendário vai funcionar de acordo com a ordem das datas de nascimento dos beneficiários.

“O histórico dos saques do FGTS não é de 100% As pessoas vão sacar para necessidades mais prementes, como pagamento de dívidas de despesas mais importantes. Não haverá restrição legal para utilização do recurso”, disse.

A afirmação do ministro é verificada pela inadimplência do mercado, que hoje chega à 75 bilhões de reais. Enfim, o que falta para sairmos das dívidas e sermos bons investidores? A resposta nesse artigo, leia e descubra!

Com informações da Exame

ANÚNCIO