Saiba qual foi o investimento mais procurando na internet em 2016 e mais: os Fundos que Superaram o Ibovespa no ano

ANÚNCIO

A palavra “Ações” continua tendo grande destaque no maior site de busca do mundo, o Google. A novidade nesse ano foi a queda da “Poupança” para “Ações” e também para “Títulos Públicos”. Isso é o que mostra o levantamento feito pelo site de pesquisas da Exame sobre os investimentos mais procurados no Brasil. Depois, as maiores buscas são “CDBs”, “Fundos” e “Commodities”.

“As buscas no Google são um termômetro bastante fiel do sentimento econômico”, diz Roberto Terzini, do Google Brasil. “Estamos em um momento de crise em que as pessoas estão motivadas a procurar novas alternativas para fazer render o seu dinheiro”. Para Guilhermo Bressane, também do Google Brasil, os bancos merecem destaque , já que estão “fazendo de tudo” para apresentar aos clientes os produtos de seus investimentos.

ANÚNCIO

Essa procura refletiu diretamente no desempenho do Ibovespa, o principal índice da Bolsa de Valores do Brasil, que subiu mais de 30% no ano passado. “A fatia de pequenos investidores de varejo do mercado chegou à 20% no decorrer do ano”, analisa Marcio Cardoso, da corretora Easyinvest.

15 Notícias Super Importantes do Mercado de Ações, incluindo as companhias Petrobras e Vale

Ele também ressalta que o cenário continua a favor da Renda Fixa, mesmo com a expectativa de cortes na Selic. “A inflação está voltando para perto do centro da meta do governo, de 4,5% ao ano, e isso mantém o ganho real dos produtos de renda fixa em um nível elevado. O ideal é que, se a pessoa estiver disposta a correr riscos, coloque uma pequena parte dos investimentos na renda variável e a maior parte em renda fixa”.

ANÚNCIO

Leia Também: Como ficam as empresas e os investimentos dos brasileiros após a posse de Donald Trump? Ele ainda não falou claramente ao mercado sobre as suas medidas, porém, o que todos sabem é que a agenda econômica do novo presidente americano é voltada à elevação dos investimentos em infraestrutura e ao protecionismo. “As primeiras a sentirem os impactos serão as empresas que tem os custos ou as dívidas atreladas ao dólar”, comenta Samuel Torres, da Spinelli Corretora. Leia Mais!

Uma das opções de Renda Fixa do mercado é o Título Público, confira algumas dicas.

Investir em Títulos Públicos

O Tesouro Direto é o mais dinâmico e democrático, já que conta com um investimento inicial de 30 reais e a plataforma é online, facilitando a vida do investidor. Dentro dessa opção existem várias alternativas, como os títulos prefixados, que mesmo com a queda da Selic, tem bons ventos para 2017.

O importante, segundo especialistas, é que o dinheiro fique fixado até o vencimento do título para que o papel não perca a rentabilidade.

A observação que precisa ser feita é sobre as taxas cobradas pelas instituições financeiras, que também são conhecidas como agentes de custódia. Algumas delas cobram até 2% de taxa ao ano, que, rigorosamente, compromete os ganhos. Fora isso, o Imposto de Renda também é descontado e pode chegar à 22,5%.

Saiba qual foi o investimento mais procurando na internet em 2016 e mais: os Fundos que Superaram o Ibovespa no ano
Reprodução: Google

Mas vale a pena investir no Tesouro Direto? Fabiano Pessanha é consultor financeiro na BankRio e diz: “Melhor do que investir muito, é investir sempre”. Mesmo que comece apenas com 50 reais por mês, o importante é começar, independente do valor.

Investir para ter uma reserva de emergência ou realizar sonhos é o ideal. “Não é momento de contrair dívidas, e sim de capitalizar mais”, recomenda Reinaldo Domingos, da Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin). Ele indica manter o maior valor possível capitalizado em 2017, afinal, é preciso cautela para encarar a incerteza econômica que está por vir.

O que é Tesouro Direto? Os 5 Melhores Motivos para aplicar no Investimento Mais Democrático do Brasil

Se você ainda não tem nenhuma aplicação financeira, o primeiro passo é guardar dinheiro para emergências, e ele recomenda que seja até 6 salários. Ou seja, você pode ter o valor de 6 meses de trabalho, caso o pior, profissionalmente dizendo, aconteça.

O Tesouro Direto em números

Na terça-feira (24) a Secretaria do Tesouro Nacional divulgou um comunicado afirmando que os títulos do Tesouro Direto atingiu a marca inédita de 41,1 bilhões de reais. Em relação à novembro, o aumento foi de 3,7%, já em comparação à a alta foi de mais de 60%. Os títulos atrelados à inflação respondem pelo maior volume no estoque.

“A maior parte das aplicações (mais de 70%) é relativa à valores de até 5 mil reais, o que reforça a utilização do Tesouro Direto por pequenos investidores”, afirmou o Tesouro Nacional.

Como Investir no Tesouro Direto mês a mês

De acordo com o governo, o número de investidores chegou à 401.799 em dezembro de 2016, aumento de 71% no último ano. “Em dezembro, foram realizadas 187.270 operações de investimento no Tesouro Direto, também o maior número registrado em um mês desde o lançamento do Programa”, comentou o Tesouro. Só no último mês, as aplicações somaram 1,7 bilhão de dólares.

O interesse deve-se, entre outros fatos, à queda da rentabilidade e atratividade da poupança, que ficou limitado à 6,17% ao ano. A alta da inflação também tem feito as cadernetas perderem campo. Já os títulos do Tesouro Direto oferecem valores acima dessa taxa. E, para mais saber, em 2016 os saques da poupança foram superior aos depósitos, desta vez em 40,7 bilhões de reais.

Como Investir em Renda Fixa: O Guia Definitivo

No Tesouro Direto, assim como a maioria dos investimentos, a cobrança do Imposto de Renda existem e a alíquota é regressiva em ambos os casos. Ou seja, quanto mais tempo de recurso aplicado, menor será o IR. Para aplicar no programa, o interessado deve fazer um cadastro em alguma instituição financeira no site do Tesouro Direto.

Fundos que Superaram o Ibovespa no ano

Voltando ao Mercado de Ações, e também à alta do Ibovespa, os especialistas comentam sobre o ânimo reservado aos Fundos de Ações. No entanto, a verdade é que poucos conseguiram ganhar dos quase 39% do Ibovespa em 2016. Na real, foram 7 carteiras que conseguiram superar o índice, conforme informações da Economatica, feita em 55 fundos de ações.

Veja a lista dos fundos mais rentáveis em 2017!

  1. Guepardo Instit. 60
  2. Itaú Ações Dividendos
  3. XP Investor FIA
  4. Bozano Fundamental
  5. Oceana Valor
  6. Perfin Institucional
  7. Itaú Person. Valor

Workshop 100% Online e Gratuito: Risco Zero nos Investimentos

Agora, a lista com os menores rendimentos.

  1. Geração Futuro Dividendos
  2. Brasil Plural
  3. Geração Programado
  4. Brasil Plural
  5. Geração FIA
  6. Itau Person. Seleção
  7. Santander FI

E agora, por fim, os maiores crescimentos de patrimônio.

  1. BNP Paribas Action
  2. XP Investor
  3. Oceana Valor
  4. JGP Long Only
  5. BRZ Valor
  6. Gap Ações
  7. Perfin Institucional

Aplicação Automática no Banco

Vale a pena autorizar o banco a aplicar o seu dinheiro? Depende da aplicação. Por exemplo, como a maior parte das pessoas deixa o dinheiro parado por pouco tempo, a fração do rendimento será muito pequena, então, não vale a pena.

Banco Santander antecipa saque do FGTS Inativo: 5 Motivos para saber se Vale a Pena

“Nunca vi rendimento de aplicações automáticas que passe de centavos. Dificilmente alguém vai deixar um montante significativo na conta corrente parado se não tiver utilização no curto prazo. Para quem tiver, vale mais a pena buscar aplicações que dão um retorno maior”, diz Ione Amorim, do IDEC (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor).

É válido levantar em conta também que manter o dinheiro parado na conta corrente por período longo é mais difícil do que aplicá-lo, principalmente se você não tiver disciplina financeira. “Na aplicação automática, informações sobre taxas que incidem na operação podem não ser tão claras. Fora que fica no ar o questionamento sobre qual o porcentual do rendimento que fica com o banco”.

Saiba qual foi o investimento mais procurando na internet em 2016 e mais: os Fundos que Superaram o Ibovespa no ano
Reprodução: Google

Para saber dos seus direitos: o banco não pode pedir autorização do cliente para aplicações automáticas do dinheiro parado na conta corrente nas entrelinhas de um contrato, de acordo com Ione. “A prática pode ser considerada abusiva”. Inclusive, isso pode render ações por danos morais.

Com informações da Exame

ANÚNCIO