Tire as 7 principais dúvidas sobre os robôs que operam na bolsa

ANÚNCIO

Se você ainda não ouviu falar sobre os robôs de investimento é porque não anda lendo muito sobre finanças e a bolsa de valores. Mas, tudo bem. O assunto não é tão divulgado assim. Por isso, hoje vamos tirar as principais dúvidas sobre os robôs que operam na bolsa.

Curiosamente, considere que essa tecnologia está invadindo o mercado financeiro e tem muita gente ganhando dinheiro com isso. Especialmente, na hora de montar uma carteira de ações rentável. Quer saber mais? Continue lendo e entenda tudo através dessas respostas.

ANÚNCIO

Antes de tudo, saiba que a função desses robôs é bem simples de entender: eles fazem operações de formas automáticas se baseando em algoritmos. Ficou com medo, inseguro ou com dúvidas? Então, vamos responder a esses questionamentos.

O robô funciona mesmo?

Essa é uma pergunta inicial, mas ainda não é uma das 7 principais dúvidas. A verdade é que não há resposta para saber se ele funciona mesmo. Porque ele funciona, mas pode não ser bom para você. Como saber?

Teoricamente, vamos entender que eles são responsáveis por descobrir quais são os padrões oferecidos no mercado. Então, também analisam o perfil do investidor. A partir disso, eles criam estratégias para seguir padrões propostos ideais para o investidor.

ANÚNCIO

Ao mesmo tempo que ele pode ajudar a ganhar dinheiro, ele também pode auxiliar a minimizar perdas, através de várias ferramentas. Achou interessante? Vamos explicar melhor sobre esses robôs que operam na bolsa.

1 – Há um lucro garantido?

Obviamente, no mercado de ações, que é variável, jamais existe um lucro garantido. No entanto, ao utilizar os serviços de um robô, saiba que eles farão bilhões de operações para identificar as melhores estratégias para conseguir um bom retorno.

Mesmo assim, vamos falar a verdade: não existe segurança de que haverá lucros até porque estamos falando de uma renda variável. Finalizando essa pergunta, saiba que os robôs são operacionais, o que quer dizer que “agem” com razão e não com a emoção de um humano.

Além do mais, estamos falando de usar robôs para ações. Então, saiba que você também pode investir em ações de outras formas, como em fundos de investimentos. A gente tem um conteúdo que mostra a diferença entre fundos e robôs. Leia.

2 – Qual o melhor robô?

Para você decidir qual é o melhor robô de investimentos para você, considere que será necessário identificar o histórico de rentabilidade e isso tem que ser estudado com base na ação, no investidor, no robô, etc.

De forma resumida, os robôs para pessoas físicas que tiveram melhores resultados no Brasil, no ano passado, foram criados pela empresa catarinense AlgoTrading. No ranking dos 20 melhores robôs do mundo, 5 são dessa empresa.

No entanto, não podemos desconsiderar que existem muitos desses robôs que apresentam uma liquidez acumulada que ultrapassa o 100% em um ano. O que mais obteve lucro conseguiu a marca de 360% de lucro nos 13 meses derradeiros.

Recentemente, até fizemos um conteúdo comparativo de robôs de investimentos, onde citamos 3 das melhores opções que existem no Brasil. Leia.

3 – A rentabilidade do robô basta?

Claro que não. Na verdade, não é bem assim que isso funciona. A verdade é que é preciso estar atento na consistência da ferramenta e em quantos meses o lucro aconteceu, além de ver em quais meses teve prejuízo, etc.

O estudo mais completo deve ser feito através de um sistema de gerenciamento de risco. Só assim você vai saber se os robôs que operam na bolsa são válidos e bons para você.

4 – Onde os robôs podem operar?

Não existe uma restrição de onde você pode operar no mercado financeiro com os seus robôs. Muito pelo contrário, na bolsa de valores, por exemplo, ele pode operar em todos os mercados, como ações e fundos monetários.

Porém, ainda assim, os melhores ativos são aqueles que oferecem minicontratos, os que garantem uma liquidez brutal. Isso porque eles evitam distorções de preços no caso de muitas entradas ou saídas de investidores naquela modalidade.

5 – Quanto gastar em um robô?

O gasto com um robô de investimento também pode ser considerado um investimento. Mas, o fato é que uma das grandes vantagens de usar robô é justamente não precisar ser especialista em matemática ou ter conhecimento sobre TI para isso.

Pois os robôs foram criados exatamente para fazer todas as operações por você. Assim sendo, para começar a operar com os robôs da AlgoTrading, por exemplo, você precisará ter entre R$ 5 e R$ 10 mil aplicados ou para investir em alguma corretora.

6 – As operações automatizadas são melhores?

Se você optar por robôs para fazer suas operações de forma automatizadas terá duas grandes vantagens quando comparado com as operações manuais.

O tempo é a primeira delas. Como a tecnologia fará todos os cálculos com você não precisará ficar caçando todas as oportunidades que o mercado está oferecendo. Nem será necessário ser um investidor experiente, já que os robôs fazem o trabalho deles.

A segurança emocional é a segunda grande vantagem. Sabe aquele seu medo de perder ou excesso de confiança para ganhar ainda mais? Não são pontos avaliados nas operações dos robôs. Logo, ele não age por impulso, mas sim racionalmente.

7 – Qual a melhor plataforma de robôs?

Há uma variedade grande de plataformas que são utilizadas para quem utilizar robôs para investir dinheiro na bolsa. Porém, a mais utilizada em todo o mundo é o Metatrader. Ao redor do mondo, ela roda em um número superior a 2.500 corretoras, espalhadas em 40 países.

Aqui no Brasil, ela pode ser usada pela corretora XP investimentos, por exemplo. Além disso, você não deverá pagar nada para poder utiliza-la.

Ainda com dúvidas?

Se você ainda tem dúvidas sobre os robôs que operam na bolsa, saiba que a gente tem um conteúdo mais antigo que cita outras das dúvidas mais frequentes sobre o assunto. Por exemplo: o que eles fazem, como usar, os benefícios, a programação e os tipos de robôs.

robôs que operam na bolsa

Ficou curioso? Leia essa matéria que é um pouco mais antiga e faz sucesso até hoje no blog.

ANÚNCIO