Robôs Investidores – Tudo o que Você sempre Quis Saber em um Único Artigo

Nos últimos dias saiu uma notícia na mídia assim: “Robôs Investidores domina mais de 60% das transações da Bolsa de Valores”.

Há uma década, esse número essa porcentagem era de 30%. Isso mostra que os Investing Robots ou Investing Bots, como são chamados, dobrou no período – mas, o que é essa tecnologia que atua no mercado de ações?

Os Robôs Investidores também são conhecidos por Robô Trader!

Enquanto isso, os investidores chamados de discricionários humanos (que são aqueles que têm toda autonomia para escolher onde investir dinheiro) representam apenas 10% do volume total das negociações da Bolsa de Valores dos Estados UnidosDow Jones.

Pode até ser que você ainda não tenha conhecimento sobre o que são esses Robôs Investidores, mas acreditem: eles são antigos no mercado acionário.

Indicador Técnico Ichimoki Kinko Hyo – Conheça-o no Final do Artigo!

Surgiram na década de 80, onde as negociações passaram a ser programadas por computador – no que ficou chamado de Computerizes Program Trading.

Antes de continuar falando do Investing Robots, entenda um pouco da história!

A Quebra da Bolsa de Valores

A história diz que eles foram os principais culpados pela quebra da Bolsa de Valores no ano de 1987. Esse evento aconteceu no dia 19 de outubro e ficou conhecido no mundo todo como Black Monday.

O Crash começou em Hong Kong e chegou bem rapidamente na Europa toda, atingido posteriormente os Estados Unidos – levando o índice Dow Jones a mergulhar em 22,61%.

As causas sempre foram atribuídas a programas automáticos de vendas de ações.

Por quê?

Quando as ações começaram a cair, esses programas começaram a vender as ações exacerbadamente, acentuando ainda mais a queda!

Isso levou o mundo a se perguntar:

“Com o desenvolvimento da Inteligência Artificial e dos Softwares, a tecnologia está preparada para lançar no mundo algoritmos eficientes para o mercado de ações”?

Conforme pesquisas recentes os resultados não foram muito diferentes das estratégias dos investidores humanos, mas também estão longe de serem melhores.

Conforme a AllieanceBernstein Holding LP, bancos de dados estão sendo cada vez mais processados  pelos robôs investidores. Porém, as análises têm observado que os fundos podem ter desempenhos bem piores do que os fundos tradicionais geridos por humanos.

De fato, sendo aconselháveis ou não, esses softwares já representam a maior parte dos negócios nas bolsas de valores de todo o mundo.

Aí, fica a pergunta:

“Será que eles são capazes de tomar decisões tão boas quanto os humanos”?

E, mais do que isso, você teria coragem de colocar suas ações na gestão de um bot?

A Dificuldade de Investir na Bolsa de Valores

Para responder a esses questionamentos, vamos entender algumas coisas básicas.

Todo mundo, qualquer pessoa nesse mundo, que quer aplicar dinheiro na bolsa de valores precisam buscar conhecimento.

Vender ativos, subir stops, calcular position sizing… Tudo isso leva tempo, principalmente para quem opera no curto prazo, os chamados Day Traders.

Também Vamos Explicar o que é um Day Trade no Final do Artigo!

Essa é a dificuldade de investir na bolsa – tempo, paciência, dedicação. Mas, somos humanos e diferentes dos outros animais e seres justamente por isso: porque temos a diferença de pensar, de calcular, de agir com a razão.

Mas, para facilitar o “serviço”, muitos investidores, principalmente os iniciantes, optam por usar softwares que fazem tudo isso, de forma automática.

E tem uma questão importante a se levar em conta: para fazer o robôs investidores a ganhar dinheiro será preciso se atentar ao fato de que você vai precisar programar o seu software para ele fazer tudo o que quer.

Portanto, não adianta gastar toda a grana do mundo em tecnologias de última geração se você não tiver a mínima ideia de como investir na bolsa de valores.

Tem um exemplo que parece simplista demais, mas vale a pena para entender essa parte da explicação.

Diz assim: “De que adianta um pescador iniciante gastar 2 mil reais em uma vara ultra moderna, se não souber como colocar a minhoca no anzol”?

Assim, mesmo para quem indica o uso dos investing robots, nunca se deve investir neles, por mais útil que seja, se você não for um bom profissional.

Robôs Investidores – Tudo o que Você sempre Quis Saber em um Único Artigo

Reprodução: Google

Tudo o que Você sempre Quis Saber sobre os Robôs Investidores

Seja você um iniciante ou não na bolsa de valores, leia essa parte do artigo que será muito útil para o seu aprendizado sobre os robôs de investimentos.

Separamos tudinho – cada ponto importante – sobre eles para você entender. Está fácil, em forma de tópicos. Acompanhe atentamente.

Robôs Investidores – Quem Pode Usar?

Por ser um programa de computador que “observa” a movimentação dos preços de um ativo ao longo do tempo e que determina a compra ou venda de ações, ele nada mais é do um software usado por investidores.

Logo, qualquer pessoa que tenha uma conta em uma corretora de valores pode usar o robô de investimento nos investimentos. A partir de 1 mil reais já é possível ter acesso à eles. Mas, saiba que além deles, existem vários que são gratuitos.

Robôs Investidores – O que Fazem?

Esses programas se norteiam em setups da Bolsa de Valores. Fazem gráficos conforme a movimentação dos preços dos ativos ao longo do tempo.

Quando determinadas condições impostas pelo investidor no conceito inicial são atingidas, eles entram em operação, em uma posição de compra ou de venda.

Depois disso ou quando se atinge o Stop Loss (prejuízo máximo prorrogado) ou o Take Profit (lucro máximo) eles encerram a operação.

Robô Investidor – Como Usar?

A única necessidade do investidor é que o robô “rode” em um gráfico do programa de uma negociação específica e que dê suporte para os softwares.

Trata de uma matemática simples, que não envolve emoções.

O investidor pode interferir se quiser, de forma manual. Porém, essa não é a ideia, já que, se assim fosse, seria melhor o investidor fazer as transações por conta própria. Apesar de ser possível, a ideia não é essa.

Existem muitos investidores que deixam esses programas funcionando em um computador remoto, na nuvem, para garantir que ele não seja desligado.

Esse é um tipo de configuração que pode parecer estranho, mas é muito simples de usar.

Robô Investidor – Características e Diferenças

Cada Robô Investidor tem uma série de parâmetros, ou seja, se o investidor não definir isso, ele vai usar parâmetros aleatórios e aí o resultado pode ser bem ruim.

Isso acontece porque esses softwares fazem as médias.

Essas características são importantes para decidir quais combinações são possíveis e o X da questão é descobrir quais são os melhores parâmetros a serem usados.

Robô Trader – É apenas para Day Trade?

Normalmente, os Robôs Traders são usados por investidores no Day Trade, mas eles podem ser úteis em qualquer tempo operacional, com qualquer estratégia de investimentos ou com qualquer Setup.

A vantagem, porém, tem que ser levada em consideração: é a velocidade da tomada de decisões e a velocidade da emissão e realização das ordens.

Robôs Traders – Quais Ordens Configurar?

Ele pode fazer qualquer tipo de ordem de maneira automática, como compra ou venda, conforme o posicionamento dos stops de realização de lucro e de stops de queda.

Com a programação feita com antecedência, as decisões e as ordens são dadas em frações de segundo. Logo, torna-se recomendável que o investidor teste a estratégia antes de colocar o robô em operação no mercado real.

Robôs Investidores – Vale a Pena?

Operar com robôs investidores não é tarefa fácil, porém, a acessibilidade é possível com apenas 1 mil reais – ou menos.

“Não é preciso muito dinheiro, mas sim uma estratégia bem definida para ter sucesso”, garante Alexandre Wanderer, que é trader da Focalise e organizador do Congresso Nacional de Robôs e Algoritimos.

Ele largou as empresas de tecnologia para viver de trader há algum tempo.

“A vida de trader é bastante exaustiva. Estava me tomando de 12 a 14 horas por dia. Precisava achar uma alternativa para ter mais liberdade e deixar de envolver meu emocional nas operações, a partir deste momento comecei a desenvolver robôs para trabalharem a meu favor”, garante Wanderer.

O investidor que quer fazer a migração, como Wanderer, precisa ter uma conta em uma corretora de valores – depois os passos são técnicos: configurar a plataforma e fazer a escolha da estratégia.

“Ele entra e sai dos trades quando precisa. Muitas vezes não temos coragem de sair de uma operação quando precisamos e com robô não tem esse problema, deixamos de lado a questão emocional”, conta o especialista.

Robôs Investidores – No Brasil

A operação que usa investing robots ainda é considerada nova no Brasil.

São poucos os traders que operam nessas plataformas devidas, justamente, à carência eletrônica delas para investidores individuais. Fora isso, também tem a questão da legislação que impedia.

Agora está mudando, diz Wanderer – a CVM (Comissão de Valores Mobiliários) passou a aprovar novos níveis do chamado Acesso Direto ao Mercado, o que facilita o acesso direto do investidor aos ambientes de negociação da Bolsa de Valores.

Ele diz que antes, operar na bolsa de valores era uma opção restrita aos grandes bancos.

“Para quem está começando a investir através de robôs, o aconselhável é começar com pouco dinheiro mesmo. Primeiramente, se acostumar com os ganhos e perdas e ver se aquele é o seu perfil”, diz Wanderer.

“Existem vários tipos de sinal para os robôs, a pessoa tem que escolher o que melhor se ajusta a ela. Tem robôs para perfil mais agressivo ou para aqueles que já são mais cometidos”, explica.

Indicador Técnico Ichimoku Kinko Hyo – O que é

Esse é um dos indicadores mais conhecidos e mais usados no mercado acionário – caracteriza pelos níveis de resistência e suporte, gerando sinais de compra e venda.

Quando se define os valores dos parâmetros, quatro intervalos de tempo diferentes são usados. Os valores das linhas individuais que compõe esse intervalo são os seguintes…

Tenkan-sen

Mostra o valor médio do preço durante o primeiro intervalo de tempo, definido como a soma do máximo e do mínimo dentro desse intervalo, dividido por dois.

Kijun-sen

Esse valor mostra o valor médio do preço durante o segundo intervalo de tempo.

Senkou Span A

Mostra a média da distância entre as duas linhas anteriores, deslocado para a frente pelo valor do segundo intervalo de tempo.

Senkou Span B

Mostra o valor médio do preço durante o terceiro intervalo de tempo, deslocado para a frente pelo valor do segundo intervalor de tempo.

Robôs Investidores – Tudo o que Você sempre Quis Saber em um Único Artigo

Reprodução: Google

Day Trade – O que é?

A transação de ativos na bolsa de valores é constante, todos os dias, ao redor do mundo. Boa parte desse dinheiro é movimentada de forma única e exclusiva em um tipo de operação chamada de Day Trade.

A expressão americana significa “negócio”, mas no mercado financeiro Day Trade se traduz em uma negociação feita com um ativo na qual ocorre a venda e a compra no mesmo dia, sem se importar, necessariamente, com o resultado dessa transação.

Day é dia, Trade é negócio. Obviamente, quando um trader realiza uma ação de um mesmo ativo no mesmo dia, então, Day Trade.

Sendo assim, o trader tem como objetivo encontrar as melhores oportunidades para fazer trades (negócios) rápidos, sempre observando o tipo de variação dos preços.

Na prática, imagine que um produto custe 10 reais a unidade. Então, você compra 10 mil unidades desse produto. Mais tarde, o valor sobe para 10,05 reais a unidade. Então, você vende todo o seu lote e lucra 500 reais nessa única operação.

Quem pode fazer um Day Trade?

Qualquer pessoa física que esteja inserida na Bolsa de Valores, lembrando que essa é uma atividade totalmente legalizada e regulamentada. Se você ainda não tem conta na BM&FBovespa, então, vai precisar abrir conta em uma corretora, para só depois chegar à esse passo.

Custos do Day Trade

Os principais custos do Day Trade são: Custo da Bolsa de Valores, Custo da Corretagem e o Custo do Imposto de Renda. Separamos algumas informações sobre cada item para que você compreenda de forma didática.

custo da bolsa de valores varia conforme o ativo operado, mas, normalmente, é calculado como uma porcentagem do valor financeiro movimentado em seus trades.

custo da corretagem é cobra de forma direta quando você negocia na bolsa e é cobrado pela corretora em que você é cadastrado. Normalmente, essas corretoras oferecem pacotes fechados e que melhoram os custos finais para o cliente.

Já o custo com o Imposto de Renda é uma alíquota de 20% para os Day Trade, onde não há isenção. A apuração desse imposto em casos de ganho tem que ser feito mensalmente, por meio de uma DARF.

É mesmo possível Ficar Rico operando em Day Trade na Bolsa de Valores?

Possível, sim. Como visto os valores negociados costumam ser altos, por isso, há grande chance de ganhos. Ao mesmo tempo, de perdas, também. Tudo vai depender da ousadia do trader, assim como do conhecimento aplicado na negociação.

Para muitos que não compreendem o mercado financeiro, o Trader pode ser considerada a melhor profissão do mundo e que realmente será se o profissional fazer aquilo com gosto, com prazer.

Para isso, é preciso apenas um bom computador com uma excelente conexão com a internet e algumas horas por dia, além de um pouco de dinheiro no início.

Só que, por outro lado, a profissão de trader exige um alto nível de comprometimento, além de centenas de horas trabalhadas no mercado financeiro.

Trata-se de uma atividade de risco, ao menos no sentido financeiro da palavra, lembrando que não existem certezas e sim possibilidades.

Como Ficar Rico na Bolsa de Valores operando em Day Trade?

Enfim, agora que você já conhece a profissão e viu que é possível ficar rico atuando como trader, então, seguem algumas dicas de como conseguir fazer isso.

O 1º passo é o conhecimento. Ninguém vai conseguir ganhar muito dinheiro na bolsa de valores se não souber nada sobre ela. Ainda mais se for um trader, que precisa agir com rapidez, mas sem ser por impulso. Além disso, é preciso saber, antes de tudo, qual o seu perfil investidor.

Se for conservador demais, então, o ideal é começar pela renda fixa antes de partir para algo mais ousado.

Depois, o fluxo seguirá naturalmente: com objetivos traçados, boas análises e o acompanhamento do mercado. Sempre vai ser preciso ficar atualizado com o que está acontecendo no mercado ou você poderá perder as melhores chances da sua vida.

Para quem tem muito dinheiro

Se você tem muito dinheiro e pretende se tornar um trader, então precisa conhecer o Swing Trader, uma forma de investir a curto prazo, mas não em apenas um dia e sim em semanas.

Nesses casos, os resultados costumam variar de 1 à 4%, no entanto, a desvantagem é que não são permitidos a alavancagem, então, por isso a necessidade de se ter um bom dinheiro inicial.

Para aplicar dinheiro nesse tipo de investimento, o trader precisa saber qual é o prazo de oportunidade que deseja realizar, mas não sem antes entender como o mercado funcional, quais as tolerâncias aos riscos, além de ter uma boa estratégia financeira.

No fundo, tanto os de curto prazo quanto os de longo prazo necessitam de conhecimento para gerarem bons resultados.

Como é o Mercado do Trader

É um mercado constante porque o mercado é considerado de alta liquidez, além de ser volátil. Então, o trader pode ganhar tanto na alta quanto na queda dos preços, pouco importante se o mercado estará subindo ou descendo.

O trader também costuma atuar com contratos futuros do que propriamente com o mercado de ações, já que assim é possível operar um volume financeiro muito maior do que o capital que você possui naquele momento. Essa ação também é chamada de alavancagem.

No Brasil, o mercado ainda não é tão evoluído quanto no resto do mundo, sendo que aqui estamos restritos ao mercado de ações, contratos futuros, dólar e juros. Mas, produtos como ETF (Exchanged Traded Funds) possuem forte liquides em outros mercados.

Nos Estados Unidos, para se ter uma ideia, existem mais de 1,5 mil ETFs que representam quase 30% do volume negociado na Bolsa de Valores Americana. No Brasil, existem apenas 16 fundos de índices.

Como me tornar um Trader?

O caminho para chegar ao topo e se tornar um trader não é tão fácil quanto parece. Apesar de, inicialmente, não exigir nenhum curso acadêmico, o profissional precisa ter muito conhecimento.

Podemos conferir essa profissão à de um empreendedor, que, mesmo que não tenha formação em administração, vai precisar saber muito sobre capital de giro, finanças e organização de recursos humanos. Aliás, também vai precisar de um investimento inicial, para suportar custos de aprendizagem, além dos custos fixos.

Separamos alguns custos que você precisa ter em mente antes de iniciar a carreira de trader:

  • Custo com a Plataforma,
  • Custo com a Aprendizagem,
  • Custo Operacional,
  • Custo de Infraestrutura.

E, se existe um lado bom disso é que alguns desses itens você consegue fazer gratuitamente ou, pelo menos, sem gastar muito dinheiro. Um deles é o Custo com a Aprendizagem. Aqui mesmo, no blog, temos um curso gratuito para você entender o básico do mercado financeiro.

Antes de começar a operar na Bolsa de Valores, você tem que fazê-lo. É curtinho, com apenas 4 vídeos-aulas.

FAÇA UM CURSO ONLINE E GRATUITO AGORA!

Assim sendo, sem a economia desse custo, alguns especialistas estimam que todos esses custos podem representar um investimento inicial de aproximadamente 15 mil reais. “Isso se tratando de um trader disciplinado e que teve acesso às informações adequadas”.

Por que devo pensar em me tornar um Trader?

Bom, tornar-se um trader não é fácil, mas o investimento costuma compensar. Em 1º lugar, você tem possibilidade de altos ganhos, fato que dificilmente vai acontecer em outras profissões.

Além disso, existe a liberdade do trabalho, sem ter que atender aos chamados de chefes ou cumprir horários fixos e também a facilidade em conseguir trabalhar poucas horas por dia, tendo maior tempo livre para outras atividades e família.

No geral, há um parâmetro que diz que um bom trader tem 14 dias positivos em um total de 20 dias do mês, ou seja, esses dias positivos podem gerar ganhos que vão de 1,5 mil reais à 20 mil reais.

Com informações do Showmetech, SenhorMercado, EquipeTrader