Saiba como conseguir renda extra para jovens sem atrapalhar os estudos nessas 3 dicas

Ser jovem hoje em dia é complicado. Quando a gente começa a pensar investimentos, uma das primeiras coisas é sobre como dinheiro a mais para investir mais. Por isso, vem a dúvida sobre como conseguir renda extra para jovens. Ao mesmo tempo que se tem compromissos com o estudo e a educação.

Bom, a boa notícia é que isso realmente é possível. Tanto é que a gente vê pessoas abaixo dos 30 anos sendo incrivelmente produtivas. Assim, além de estudarem, ainda conseguem um trabalho fixo e formal e algumas formas de ter renda extra. Isso é bom para quem pensa no futuro. Mas, é preciso cuidado.

De todo modo, se você acha que está em uma boa idade para conseguir acumular patrimônio, ótimo. Assim, a nossa dica é que você faça isso do jeito certo, do jeito saudável. E como fazer? Para responder isso, nós separamos 3 dicas valiosas, que é o tipo de coisa que todo adulto gostaria de saber antes.

E para fechar a introdução da matéria, vamos citar uma fala do Tulio Zanini, que é da gestão empresarial da Fundação Getúlio Vargas. “Mas, não serei eu e nem ninguém que vai dizer o caminho a tomar. Pois há algo que tenho certeza que não funciona é fazer o que os outros acham melhor para você”.

1 – O planejamento

A gente não precisa ir muito longe para saber que o planejamento faz parte de tudo na vida. Quando falamos em renda extra para jovens também. Assim, o que quer dizer, exatamente, esse planejamento? Algo como pensar no mercado e no seu cotidiano.

Por exemplo, quanto mais ligado às notícias, às tendências e as ideias você for, então, maior a chance de encontrar um trabalho. Se a gente está falando sobre renda extra, muita gente pensa logo em atuar como garçom ou motorista de Uber. E isso realmente pode funcionar.

No entanto, planeje-se para isso. Seja para fazer treinamentos de garçom ou saber os requisitos para dirigir pelo aplicativo. Além disso, o planejamento também pode estar ligado a descobrir novos campos de atuação, como na internet, onde o trabalho online é possível.

E não é só isso. Sobre se planejar para conseguir renda extra, a gente também pode citar a ideia de participar de eventos e estar em contato com as pessoas. Isso se chama networking na linguagem profissional. Assim, é dessas conversas que surgem boas oportunidades.

2 – A organização

O próximo dos passos para considerar uma renda extra para jovens é saber sobre a organização. Nesse caso, nós não estamos falando sobre planejar a vida e sim sobre organizar ela para conseguir realizar todas as tarefas, inclusive, a de ganhar dinheiro.

Se você estuda à noite, então, a saída é procurar trabalho durante o dia. E esse é só um dos passos dessa organização. A outra parte envolve também os trabalhos voluntários, estágios, participação de palestras, entrevistas, reuniões, cursos e tudo mais que é importante.

Essa organização ajuda demais no âmbito profissional. Inclusive, não fique preso somente ao tema da profissão e do trabalho. Por exemplo, em empresas de grande porte, uma das dúvidas é sobre o que o candidato faz nas horas vagas. Ou seja, como aproveita o tempo livre.

Nessa hora, se mostrar organizado com a rotina diária é muito interessante. E não só para passar na entrevista como também para conseguir realizar todas as tarefas, das mais básicas até as mais complexas.

3 – O descanso

Por último, nós temos uma dica muito importante e que pode deixar você um tanto quanto confuso. Enquanto jovens, as pessoas estão a todo vapor buscando aprendizado, experiência e acumular patrimônio. Porém, temos que avaliar uma triste realidade atual.

Saiba que hoje em dia muitos jovens estão passando por dificuldades psicológicas. O motivo? O excesso. Mas, excesso do quê? De trabalho, de preocupação, da necessidade de ter muitas coisas para fazer em pouco tempo. Logo, só há uma saída: os tópicos 1 e 2.

Ou seja, o planejamento e a organização ajuda demais nisso. Assim, além de tudo, lembre-se sempre de ter tempo para você mesmo. Ou seja, descanse, faça coisas que gosta e que tire a pressão do dia a dia. Parece difícil, mas isso tem um efeito muito positivo para o futuro.

Aliás, não vá achando que ter uma renda extra pode resolver todos os seus problemas, ok? Como falamos aqui no blog algumas vezes, saiba que o quanto você gasta é tão importante como o quanto você ganha. Por isso, repense as finanças antes de “morrer de trabalhar”.

O empreendedorismo

Depois de tudo o que falamos acima, considere que também é legal você pensar na abertura de uma empresa. Ou seja, se você obter êxito na sua atuação poderá se transformar em dono do próprio negócio. Inclusive, isso vale para quase todas as áreas e trabalhos.

renda extra para jovens

Na internet, por exemplo, você pode ser um bom tradutor de inglês e conseguir clientes. Assim, é bacana ter a própria empresa para poder emitir notas e declarar o faturamento à Receita Federal. O mesmo vale para outras áreas e trabalhos, até mesmo de motorista.

No entanto, a nossa dica está para o fato de que hoje em dia dá para se formalizar de maneiras rápida e simples, pela internet mesmo. Um bom começo é se tornar um MEI, que é o Microempreendedor Individual.

Como saber se vale a pena ser PJ? Veja os prós e os contras

Assim, ele tem toda formalização de uma empresa, só que de micro porte. Como falamos, essa não é a única saída, mas pode ser uma boa alternativa para quem está começando no empreendedorismo, viu. Se faz sentido para você, estude a possibilidade.