Como ter renda extra com o Airbnb? 10 dicas

Esse é aplicativo que tem ganhado fama nos últimos anos devido à sua facilidade, comodidade e preço baixo. Para quem viaja é mais econômico e para quem é anfitrião é uma forma de ter renda extra com o Airbnb. Veja algumas dicas de como conseguir isso…

revista exame encontrou muitos brasileiros que ganharam muito dinheiro no Airbnb.

“A partir dessa movimentação dos aluguéis resolvi comprar outro apartamento no Centro, que também devo anunciar no Airbnb”.

“Além disso, comprei uma casa em Orlando que colocamos no Airbnb e já recebemos nossos primeiros hospedes”.

“A expectativa é a de que com os aluguéis do Airbnb consigamos pagar o financiamento das duas casas”, diz Graziela Machado, servidora pública.

Quer continuar aprendendo a ganhar dinheiro com o Airbnb, aliás ganhar 2 mil reais por mês?

Quem dá a receita é Daniela Ortega, estudante de letras, que aluga seu apartamento por esse valor no Centro de São Paulo.

“Hoje eu ganho cerca de 1,3 mil reais, descontando os gastos”.

“Quando eu alugava o imóvel por um ano, eu ganhava 800 reais, mas as despesas eram menores”.

“Somando tudo, agora eu ganho 500 reais a mais do que eu ganhava com o aluguel anual”, diz Daniela.

O próprio site do Airbnb disponibiliza uma página na internet que sugere: “descubra o quanto você poderia ganhar”.

E nisso, você pode inserir sua cidade e acomodação para ter uma ideia do valor a alugar o seu espaço. Veja aqui.

O que você precisa saber sobre o Airbnb

Antes de entender como ter uma renda extra com o Airbnb, vamos entender como ele funciona.

Dois designers que tinham um espaço extra hospedaram três viajantes que estavam em busca de um lugar para ficar.

A partir disso (2008), o Airbnb nasceu e hoje é formado por um grande grupo de anfitriões e viajantes do mundo todo.

Em síntese, é uma plataforma de aluguel de acomodações que está presente em mais de 190 países e em mais de 34 mil cidades.

Qualquer pessoa pode criar uma conta gratuita e anunciar seu espaço.

Os interessados podem reservar as acomodações e o pagamento é feito com segurança.

A empresa verificar os perfis pessoais e os anúncios e mantém o sistema de mensagens inteligentes, onde anfitriões e hospedes podem trocar informações com segurança.

A questão é que se você tem um quarto sobrando ou um cômodo que não usa, pode ter renda extra com o Airbnb.

Para tanto, basta fazer um cadastro no site. O interessado vai fazer o mesmo e através de uma busca (cidade, número de hóspedes, valores, serviços, área) poderá entrar em contato com você.

O site está disponível em várias línguas e isso o torna global.

Os valores também são variados e isso o torna popular.

Portanto, há opções e lugares para todos os gostos.

Há camas compartilhadas por 20 reais assim como há mansões por 2 mil reais, dependendo do gosto do freguês.

A melhor forma de ter renda extra com o Airbnb é sendo um anfitrião. E o passo a passo para conseguir fazer isso vamos mostrar no decorrer do artigo.

10 dicas para ter renda extra com o Airbnb

Essas dicas são todos gerais e funcionam como passo a passo para quem quer encontrar maneiras de ter renda extra com o Airbnb.

Se você está pensando em ser um anfitrião desse aplicativo, leia o guia abaixo.

1 – Os comentários

Os anúncios descrevem as hospedagens e as condições gerais dos imóveis.

Normalmente, eles são ricos em imagens profissionais.

Só que há um detalhe importante nisso: esses anúncios são escritos por pessoas que estão interessadas em ter você como hóspedes.

Se você é o anfitrião, deve se colocar no lugar do hóspede e nunca esconder informações importantes.

O seu prédio tem elevador? Isso pode parecer de menor importância, mas não é.

Os anúncios são as principais fontes de informações que os viajantes têm, por isso, seja o mais pontual e preciso possível.

Lembre-se que em caso contrário, os hospedes podem rebaixar sua reputação (vamos falar mais disso no decorrer do artigo).

Hoje em dia, ninguém escolhe um lugar que tenha menos do que 4 estrelas na sua avaliação.

E quanto mais sincero você for no seu anúncio, mas estrelas vai ganhar, obviamente.

2 – Os anfitriões

Outra dica para você que é anfitrião e quer ganhar renda extra com o Airbnb é saber se posicionar como um.

É muito comum que os visitantes vão até seus destinos e saem de lá sem ter conhecido uma única pessoa responsável pela acomodação.

Dar atenção é um item básico na hora de acomodar viajantes.

Talvez você não precise estar lá o tempo todo, mas ter alguém de confiança que faça isso é um bom começo.

O aplicativo do Airbnb é ótimo como meio de comunicação e permite que você adicione o seu contato no WhatsApp, por exemplo, facilitando ainda mais a troca de mensagens.

3 – O preço

Para quem está começando, o ideal pode ser começar com um valor mais baixo para que consiga uma boa reputação.

E, depois sim, siga os valores reais de mercado.

“O mais importante como anfitrião é começar com o menor preço possível porque seu perfil é virgem. Depois da primeira avaliação positiva, o preço pode subir”, diz Christian Gessner.

Vale levar em conta que, geralmente, existem 3 tipos de acomodações:

  • quartos compartilhados,
  • quartos inteiros,
  • apartamento inteiro.

O valor também vai depender disso.

Além disso, há a localização, que interfere no valor final.

E outros elementos adicionais: hidromassagem, edifícios modernos e estruturados, vagas na garagem, piscina, mobília, recepção 24 horas, e outros serviços adicionais que agreguem valor.

4 – A avaliação

A boa avaliação é que vai te fazer mais ganhar renda extra com o Airbnb, por isso, ela é um dos tópicos mais importantes.

Como ter uma boa avaliação? Isso acontece a partir de vários critérios!

“O algoritmo principal é a avaliação. Quanto mais positiva, mais alto o anúncio no ranking. Também influenciam a taxa de rapidez na resposta e a atualização do calendário”, afirma o diretor da Airbnb, Gessner.

5 – As respostas

Ser rápido nas respostas é importante, mas não é tudo.

Você também vai precisar ficar atento às informações que cede aos visitantes.

O site tem um serviço de notificações em tempo real e avisa quando alguém está interessado no seu cômodo.

E isso agiliza.

Mas, quanto a qualidade, isso também é importante porque os visitante são sábios e usam filtros, Google maps e podem solicitar qualquer tipo de informação a qualquer momento.

Se você é um bom anfitrião, vai responder esses questionamentos rapidamente.

6 – O calendário

Outra dica é manter o calendário atualizado.

Isso pode ser tão importante quanto responder os viajantes rapidamente.

Imagine que toda vez que alguém sugere uma data, você não sabe a disponibilidade dela.

Isso seria péssimo para você enquanto anfitrião.

Leve em conta também que o preço não varia conforme a reserva antecipada, só que se não atualizar o calendários, as pessoas vão recorrer em última hora e isso causará transtornos.

7 – Reinvestir

Quando o local é melhor acomodado e mais atualizado, o aluguel poderá ser mais caro, logo o anfitrião tem maiores chances de ter renda extra com o Airbnb.

Portanto, se a sua acomodação não tiver muitos atrativos, vale a pena pensar em adicionar alguns com os próprios lucros que eles está dando, com as primeiras diárias.

“Tudo que eu recebi no primeiro mês eu investi no quarto. Comprei uma luminária, uma mesa confortável e uma cama box para substituir o sofá-cama. Com as mudanças, a procura aumentou bastante”, afirma Mariana.

8 – Custos e pagamentos

É óbvio que, de alguma forma, o Airbnb tem que ganhar dinheiro também.

E isso acontece com uma cobrança de 3% sobre o valor total da reserva. Por sinal, esse é o único pagamento que o anunciante fará à empresa pelos serviços.

Isso sem contar ainda que o anfitrião terá que arcar também com custos mensais, como água, luz, internet e outros.

Especificamente quanto ao pagamento, o Airbnb demora 24 horas para efetuá-lo após o check-in do hóspede.

Também há casos onde o anfitrião pode cobrar valores que são deixados como garantia para cobrir eventuais acidentes durante a hospedagem, como uma janela quebrada ou uma chave perdida.

9 – Lei

Para ter renda extra com o Airbnb é preciso ficar atento às mudanças na lei também.

Conforme artigo da revista The Economist, se o site manter o crescimento atual, poderá abocampnhar até 10% do faturamento total da rede hoteleira no Texas.

Por isso, essa indústria tem criado barreiras à programas como o Airbnb.

Barrar o site também é uma das lutas das empresas do setor de turismo, sobretudo com afinco às leis de habitação.

Para o jornal britânico The Guardian, a Airbnb tem sido pressionada em cidades como São Francisco, New Orleans, Malibu, Berlim, Barcelona e Nova York.

No Brasil, ainda não há nada concreto, porém o setor hoteleiro já tem se mostrado incomodado e anunciou que vai acompanhar o noticiário para ficar de olho no setor.

10 – Problemas

Aqui no Brasil, onde o programa não é tão popular, isso não acontece com tanta frequência.

Mas, nos Estados Unidos, onde o sistema é mais difundido, os jornais e mídias locais publicam artigos e notícias sobre os principais problemas do Airbnb.

Assim, é possível tomar medidas para reverter o prejuízo.

“Esses casos pela mídia têm em comum o fato de o anfitrião ter aceitado um hóspede que não tinha um perfil completamente preenchido e avaliações positivas”.

“A confiança é a chave da nossa plataforma e cada usuário tem um perfil que permite identificar se a pessoa é confiável ou não, com informações como telefone, documentos e os amigos em comum nas redes sociais”, afirma o diretor da Airbnb.

renda extra com o Airbnb 1

Como ser anfitrião no Airbnb?

Esse é um verdadeiro passo a passo e foi disponibilizado pelo próprio aplicativo.

É fácil se tornar um anfitrião do Airbnb na maioria das áreas e a criação de um anúncio é sempre gratuita.

Apartamentos e casas inteiras, quartos privados, casas na árvore e castelos são apenas algumas das propriedades compartilhadas por anfitriões no Airbnb.

Para saber mais sobre o que é esperado dos anfitriões, consulte os padrões da comunidade do Airbnb, que abordam padrões de segurança, responsabilidade e hospitalidade, ajudando os anfitriões a conseguirem ótimos comentários.

Crie seu anúncio

É fácil e gratuito criar um anúncio no Airbnb. Descreva seu espaço, quantos hóspedes você pode acomodar e adicione fotos e informações.

Nossa ferramenta de preços pode recomendar tarifas competitivas, mas o que você cobra fica a seu critério.

O que você cobra sempre depende de você, mas fornecemos dicas para ajudar a tornar seu espaço mais competitivo.

Quando você cria um anúncio no Airbnb, sugerimos um preço para sua propriedade com base em sua localização e outros fatores.

Você pode definir tarifas por noite, semana e/ou por mês.

Nossa ferramenta de Preço Inteligente pode ajudar você a obter o máximo do seu Airbnb.

Receba seus hóspedes

Conheça os hóspedes antes da chegada trocando mensagens com eles em nossa plataforma.

A maior parte dos anfitriões limpa os espaços que os hóspedes podem usar e fornece itens essenciais como lençóis limpos, toalhas e papel higiênico.

Você pode receber os hóspedes pessoalmente com uma chave ou enviar a eles um código de acesso para a porta.

Acidentes são raros no Airbnb mas, mesmo assim, estamos aqui por você.

Nossa Garantia ao Anfitrião fornece uma cobertura de até R$3.000.000 em caso de danos à propriedade e o nosso Seguro de Proteção ao Anfitrião fornece uma cobertura de responsabilidade civil de até R$3.000.000, para cada anúncio“.

Também fornecemos um suporte ao anfitrião que funciona 24 horas, 7 dias por semana — porque a sua paz de espírito não tem preço.

Receba pagamentos

Com sistema de pagamento seguro do Airbnb, você nunca precisa lidar com o dinheiro diretamente.

Os hóspedes são cobrados antes da chegada, e você é pago automaticamente após o check-in, menos os 3% da taxa de serviço.

Você pode ser pago pelo PayPal, depósito direto ou transferência internacional, entre outras formas.

Todos os pagamentos são processados com segurança através do sistema de pagamento online do Airbnb.

Os hóspedes são cobrados quando a reserva é feita e os anfitriões recebem o pagamento 24 horas depois do check-in.

Como você é pago só depende de você: pode ser através de depósito direto, PayPal ou várias outras opções.

Bônus – Juntar Dinheiro para a Viagem de Fim de Ano

O ano está no fim…

E a crise fez com que muitas pessoas ralassem muito para conseguir pagar as contas e evitar os empréstimos financeiros. Agora, ao que tudo indica, é hora de comemorar.

Mas, como juntar dinheiro para conseguir uma viagem de fim de ano?

Independente do lugar, isso custará dinheiro, por isso precisa de planejamento financeiro e muito estudo matemática.

A nossa missão é fazer um guia rápido com dicas de como conseguir juntar dinheiro rapidamente, confira!

A Meta da Viagem

Trate a sua viagem como uma meta financeira.

A sua meta é juntar dinheiro rápido, mas em quanto tempo?

O seu destino já está marcado?

Tenha tudo muito bem definido porque ainda que não seja possível concretizá-lo, você terá um norte por onde seguir.

A dica aqui é analisar o quanto você ganha, quais as despesas terá na viagem e quanto tempo ainda falta para chegar essa data tão especial.

É claro que esse planejamento é difícil de ser feito, por isso, as dicas abaixo!

Corte os Gastos

Aqui não há muita firula não… Cortar os gastos é essencial.

Quais são esses gastos é que é o grande X da questão a se considerar.

A mensalidade da academia pode ser economizada – pratique em casa.

Evite os jantares fora – leve marmita feita em casa.

Reduza os vários canais da televisão – assine o Netflix (se for mais barato).

Entre outras medidas que podem significar uma boa redução de custos.

Transforme passivos em ativos financeiros

Se você tem muitos livros lidos e sem mais utilidade, que tal vende-los?

Sabe aquelas roupas que estão no seu guarda-roupa há muito tempo? Então, elas podem ser uteis para outras pessoas.

A ideia é transformar tudo aquilo que está parado em ativo, ou seja, você conseguirá acumular algum patrimônio muito rapidamente.

Existem muitos sites que podem te ajudar com essa missão.

Ganhe um Dinheiro Extra

A ideia do dinheiro extra vale muito a pena, principalmente nessa época do ano – que é de férias para muitas pessoas.

Preste atenção nas suas habilidades – gosta de cozinhar, sabe fazer crochê, vender coco na praia, vender sorvetes, fazer artesanatos?

Tudo pode ser uma nova fonte de renda, ainda que seja temporária.

Opções é o que não falta! Você até mesmo levar os pets dos vizinhos para um passeio ou alugar um quarto da sua casa no Airbnb – seja criativo.

Deixe a vaidade de lado

Se você gasta 200 reais com o corte de cabelo mensalmente, tente otimizar isso e reduza em alguma porcentagem – qualquer valor é válido para a economia.

Por exemplo, em caso de mulheres que tem o hábito de fazer cabelo, unhas, maquiagens, limpeza de pele, entre outros serviços…

Saibam que existem muitos tutoriais uteis na internet para te ajudar a reduzir esse gasto.

Considere o gasto com o Carro

O carro é um dos itens no qual mais se pode economizar dinheiro justamente porque é um dos que representam um dos maiores gastos.

Considere ir trabalhar de transporte coletivo ou a pé (de bicicleta, skate, patinete). Se você tem o sonho da viagem, essa economia mensal pode fazer toda a diferença.

O gosto com o carro não é apenas o de combustível, há também o de manutenção, seguro, estacionamento, entre outros.

Tenha Foco

Observe que todos os passos aqui listados tem o intuito de te fazer viajar no fim de ano, lembra?

Portanto, tenha foco no seu proposito.

Coloque na ponta do lápis quanto será possível economizar no período.

Aplicativos para Economizar na Viagem

Com informações do Canal “Um Bilhete, Por Favor“, selecionamos os 10 melhores aplicativos para economizar dinheiro durante a viagem, ou antes dela, como é o caso do 1º app, confira!

AirBNB 

É um serviços que permite que qualquer pessoa coloque a sua casa ou o seu quarto para alugar.

Ele é disponibilizado em vários lugares do mundo, até mesmo em lugares internacionais.

É a melhor maneira de procurar um apartamento ou casa e fechar diretamente com o “anfitrião”. Nele é possível filtrar a busca, seja por número de quartos ou valor, por exemplo.

Trip Advisor 

É o maior site de avaliação de turismo do mundo. É um ótimo guia. Ele encontra os lugares que “estão perto de você”, por exemplo.

É um aplicativo geral, que pesquisa não apenas quartos e casas, mas sim, restaurantes, atrações, atividades, entre outros.

WorldMate 

É gratuito, mas tem a versão paga com mais funcionalidade. É um agente de viagens, que vai organizar toda “papelada” da sua viagem, como tickets e reservas, por exemplo.

Até a hora que você tem que devolver o carro, ele organiza. Para isso, basta enviar tudo por e-mail e ele organiza tudo para você.

SkyScanner 

Economizar com passagens é aqui: ele procura por viagens mais baratas em qualquer época do ano e para qualquer lugar.

A diferença é que você tem que pesquisa data por data, e aí, você consegue ver qual é o dia mais barato.

FoursQuare 

É para você encontrar o que você pode fazer perto de onde esteja. Tudo dividido por áreas: compras, restaurantes, vida noturna e outros.

Melhores Destinos 

Você encontra dicas de passagens também, além de pode verificar os melhores lugares. É um dos favoritos para passagens promocionais, segundo a blogueira Aysha Nynon.

Booking 

Aluga hotéis e faz reservas no mundo inteiro.

Currency 

É super útil porque converte a moeda, comenta outra blogueira, Ana Carolina Alves.

É um aplicativo que pode ser usado em todos os países porque converte todas as moedas. “Assim, você vai saber o que vai sair caro ou não”.

Moovit 

É como o Google Maps só que mais explicável, incluindo todos os tipos de transportes públicos.

“Ele indica o caminho a fazer, dependendo da sua escolha, seja a pé, de ônibus ou táxi”, comenta Alves.

RetailMenot 

É um aplicativo de desconto de cupom, mas só se você for para os Estados Unidos, diz Alves.

Com informações do melhoresdestinos e airbnb