Descubra qual é o melhor jeito para quitar a fatura do cartão de crédito

ANÚNCIO

No Brasil, assim como em vários outros países, infelizmente, muita gente acaba não tendo muita sabedoria na hora de usar o cartão. É por isso que falar sobre como quitar a fatura do cartão de crédito é um tema tão importante atualmente.

Assim sendo, você é uma das pessoas que passou do limite nos meses passados, saiba que é natural que agora esteja passando por uma grande turbulência financeira. Só que a boa notícia é que nunca é tarde para repensar, renegociar e quitar o seu débito.

ANÚNCIO

Descubra qual é o melhor jeito para quitar a fatura do cartão de crédito

A pergunta que se faz, geralmente, é: “como quitar a dívida do cartão”. Afinal de contas, a gente está cansado de dizer aqui que parcelar a fatura do cartão não é, de longe, a melhor opção que você tem, né. Então, qual pode ser a sua melhor opção de escolha?

Por que parcelar a fatura não é uma boa ideia

Antes de qualquer coisa, vamos começar falando do porquê parcelar a fatura do cartão de crédito não é uma boa ideia. Ok? E isso é bem fácil de explicar, ainda mais se você já viu ou leu algo sobre os juros cobrados nesse tipo de produto.

ANÚNCIO

E aqui a gente não vai delongar a história, não. Imagine que a tabela de juros média dos cartões no Brasil pode ultrapassar os 14% ao mês. Enquanto isso, você pode achar empréstimos pessoais a partir de 1% em alguns casos com garantias.

Então, também não dá para falar exatamente o quanto isso é arriscado. Mas, saiba que se você está com uma fatura alta no seu cartão, o ideal é não parcelar porque, mesmo que a parcela caiba no seu bolso, os juros serão altos demais.

Isso quer dizer que se você tem uma fatura de R$ 3 mil poderá acabar pagando mais de R$ 6 mil no final de 12 meses, por exemplo. E esse é só um exemplo hipotético para você entender como vai perder dinheiro se parcelar a fatura.

As ideias mais práticas que você pode ter

Agora, criamos um conteúdo para trazer aquelas ideias mais práticas e mais objetivas que você poderá ter na hora de quitar a fatura do cartão de crédito. E uma delas, que talvez seja aquela mais indicada é usar alguns benefícios para isso.

Por exemplo, está no fim do ano, não é mesmo? Então, pode ser que você, sendo um trabalhador assalariado, vai ter o seu 13º salário a ser pago. E aí, já sabe o que fazer com ele? Uma boa ideia é usar para pagar a conta do cartão, viu.

Pode parecer que esse seja um uso meio ruim para o seu dinheiro, mas não é. Ainda mais considerando os riscos de endividamento que o cartão traz impresso.

Além do 13º salário, a gente ainda pode considerar outras coisas e outros benefícios. Talvez um bônus da empresa ou quem sabe um 14º salário que algumas empresas pagam. Tem ainda o PIS, que é uma espécie de abono salarial e por aí vai.

Bom, além dos benefícios, também podemos pensar em aumentar a nossa renda. Isso pode ser feito de várias formas: seja fazendo uma hora extra no trabalho ou fazendo algum bico de final de semana, como de garçom ou recepcionista, por exemplo.

Ah, e também podemos considerar como ótima alternativa para você, o fato de vender alguma coisa que não usa mais em casa. Sempre tem aqueles CDs, Vinis, Peças, Produtos, Brinquedos e Roupas que você não usa mais, né.

O melhor jeito para você quitar a dívida

Agora, vamos supor que você não tenha nenhum desses benefícios ou que já tenha usado para outros fins. Ou ainda que você não tenha nada para vender em casa. Então, a gente vai para um próximo ponto, que é o de renegociar a sua dívida.

E como isso pode ser feito se você sabe que não dá para parcelar a fatura? Através de um empréstimo pessoal. Inclusive, hoje em dia tem empréstimo pessoal online também, viu. Com ele, você pode acessar taxas de juros bem mais baixas do que as praticadas no mercado.

Assim sendo, se existe um passo a passo para isso, saiba que o primeiro deles é você ir até o banco e saber como pode quitar aquele débito integralmente. E quanto isso vai te render de desconto. Geralmente, os bancos dão descontos para pagamentos a vista de dívidas.

Após saber isso, considere buscar no mesmo banco, mas também em outras instituições o empréstimo pessoal. Apesar de você poder estar com o nome sujo, saiba que algumas oferecem um tipo de crédito diferencial, que é o consignado ou com garantia.

Ele também se torna ótima opção para você. E funciona bem simples: você simula o empréstimo, depois contrata. E aí, você usa o dinheiro para quitar a sua fatura do cartão, que tem juros altos e, por fim, paga as parcelas do empréstimo.

Você também pode gostar de ler:

Os cuidados ao quitar a fatura do cartão de crédito

Descubra qual é o melhor jeito para quitar a fatura do cartão de crédito

Para terminar este conteúdo, temos que considerar que isso só vai valer a pena se você encontrar um bom empréstimo para você. Além disso, vai depender também do que o seu banco oferece para quitar o débito à vista.

Por isso, a nossa dica é você sempre analisar muito bem as possibilidades que tem para quitar a fatura do cartão de crédito. Dessa forma, você poderá escolher aquela que é mais viável para você naquele momento.

E não se esqueça de que, em praticamente nenhuma hipótese, parcelar a fatura será uma boa escolha, viu. Comece a estudar os empréstimos online, por exemplo. No mercado nacional há várias empresas de confiança que possibilitam o crédito mais barato.

ANÚNCIO