Na hora de quitar a dívida, por onde começar?

Muitas pessoa têm a seguinte dúvida: qual dívida pagar primeiro? Se você tem mais do que uma dívida é possível que também já tenha se perguntado isso, certo?

Geralmente, a resposta mais correta, ainda que seja padronizada, é aquela que diz assim: -“aquelas que têm juros mais altos, como as dívidas do cartão de crédito e do cheque especial”.

Mas, hoje, neste conteúdo, vamos falar além disso. Vamos entender porque essas dívidas devem ser pagas primeiros e como isso pode ser o seu pulo do gato para sair dessa situação tão ruim!

Na hora de quitar a dívida, por onde começar?

A ordem de pagamento das dívidas

Apesar de você já sabe, nunca é demais lembrar, então, vamos listar a ordem das prioridades quando o assunto é quitar dívidas!

A primeira das dívidas a ser paga, sem dúvida alguma, é aquela que é essencial para a sua sobrevivência. E aqui estamos falando da conta de energia elétrica, água, gás!

Por que? Porque você vai pagar multa se atrasar, mas principalmente porque o maior problema é o corte do fornecimento de algo que é essencial para a sua sobrevivência. Ou vai dizer que você consegue viver sem água?

Depois, vem as dívidas que tem bens em garantia! Por exemplo: casa própria, carro, moto, terreno.

Se você deixar de pagar essa conta, certamente, perderá esse bem e além de perder esse bem, você também será cobrado com multas e juros.

Então, muita atenção para essas dívidas que tem bens em garantia. Elas são boas lá atrás, quando você consegue um juros mais baixo. Porém, em caso de não pagamento, você se complica.

E aí sim vem as dívidas que tem os juros altos. Basicamente, falamos do cheque especial e do cartão de crédito, mas também entra a dívida com aquela financeira, que você pegou emprestado ou ficou devendo.

Então, invertemos um pouco a ordem aqui, ficando com:

  • Dívidas de serviços essenciais,
  • Dívidas com bens como garantia,
  • Dívidas com altos juros cobrados mensalmente.

E já vamos te explicar porque!

Por que seguir essa ordem?

Muita gente vai por esse caminho de que “vou pagar todas as dívidas que tem juros altos primeiro” e acaba perdendo a casa, o carro ou até mesmo deixando de pagar conta de energia elétrica e águam que são prioridades dentro de casa.

Então, de fato, as dívidas com juros mais altos são aquelas que corrompem mais o seu orçamento financeiro. E disso não há dúvidas. No entanto, você não conseguiria quitá-las se não tivesse vivo, entendeu?

Além disso, você pode se complicar se começar a pagar o cartão de crédito e ficar sem carro para trabalhar, não é mesmo?

Então, não tem muita explicação cientifica: trata-se de uma questão simples e lógica de prioridades! Está bem?

Agora, vamos continuar com a nossa listagem de ordem de pagamentos de dívidas.

Continuando a ordem dos pagamentos…

Na sequência vem os carnês, os boletos, os crediários.

E nesses casos você pode segurar um pouco mais porque os juros não são tão altos como do cartão de crédito e também os itens não são tão primordiais como a energia elétrica.

Você pode fazer uma boa negociação mais alongada para eles, fazendo com que esses valores caiba no seu orçamento financeiro, com parcelas reduzidas.

Agora, muito cuidado aqui porque não dá para fazer acordos ou fazer as negociações com dívidas atrasadas para, simplesmente, depois não pagar!

Preste muita atenção neste item: só negocie só faça acordos quando você efetivamente tiver a certeza que vai quitar esse compromisso. Combinado?

Nós temos também ainda os impostos, como o do carro (IPVA) e da casa (IPTU), além do imposto de renda.

Nesses casos, quando você deve e não faz o pagamento em dia, as multas são pesadas. Por isso, muita atenção também nas suas despesas tributárias e fiscais.

Você deve estar se perguntando assim: “Mas, como é que ficam os meus amigos, meus parentes que peguei dinheiro emprestado”? Nesse caso, você deve conversar com eles, pode ser que você consiga um prazo maior!

Agora, que você pisou na bola, pisou, né: imagine um parente um amigo que acreditou em você e de repente você não paga. Você vai perder o amigo ou o parente, por isso, essa é uma situação super delicada!

Então, antes de pedir dinheiro para parente pense que você terá que pagar em dia. Caso contrário, busque por um agente financeiro.

Resumindo!

Bom, você viu aqui uma boa ideia de “por onde começar a pagar as suas contas atrasadas”. E se você já se esqueceu, fique tranquilo, vamos te lembrar:

  • Dívidas de serviços essenciais,
  • Dívidas com bens como garantia,
  • Dívidas com altos juros cobrados,
  • Dividas dos boletos, carnês e crediários,
  • Dívidas dos impostos (IPVA, etc),
  • Dívidas de amigos ou parentes!

Bom, essas são as dívidas normais, do dia a dia, que as pessoas acabam se enrolando e acabam ficando inadimplentes.

Por isso, temos hoje no Brasil mais de 60 milhões de inadimplentes!

Ou seja, pessoas que não pagam mais suas dívidas porque não tiveram esse cuidado de saber fazer as contas antes de iniciar um contrato ou até mesmo não souberam fazer com que essa prioridade fosse levada à sério.

E você fica esperto para evitar alguns tipos de empréstimos que podem trazer grandes transtornos. Mas, antes de sair fazendo acordos ou até mesmo querer pagar suas dívidas é preciso que você planeje tudo isso.

Hoje tem feirões de limpa o nome que auxilia nessa busca. Mas, não adianta quitar a dívida e fazer novas. O jeito é mudar o que está errado. Então, saiba como ter melhor controle financeiro.