Descubra 65 profissões em alta no mercado de trabalho

ANÚNCIO

Existem algumas profissões em alta para os próximos anos. Outras estão em alta desde há 10 anos. Aliás, existem ainda aquelas que são novidades e merece muita atenção. Além das profissões valorizadas pelo mercado de trabalho.

Enfim, conhecer uma profissão que é tendência para os próximos pode ser importante para você. Por isso, neste artigo separamos tudo que há de melhor em termos de profissões.

ANÚNCIO

Assim, fizemos tudo muito bem separados e em formato de listas. Por exemplo, vamos listar as carreiras em alta para os próximos anos com base no que o mercado espera encontrar. E também as melhores profissões dos últimos anos.

E tudo isso é importante se você estiver pensando em seguir uma carreira para ganhar dinheiro. Aliás, ao final do artigo vamos falar também sobre como apostar na educação para ficar rico.

Ah, e temos uma curiosidade: a profissão de trader, que é especifica do mercado financeiro. Inclusive, essa também é uma das profissões em alta para os próximos anos. Assim, acompanhe e saiba como se especializar nessa área.

ANÚNCIO

As profissões com maiores salários nos últimos anos

Esse ranking foi feito pelo LinkedIn e listou as carreiras mais bem pagas nos Estados Unidos. Mas, ainda que o assunto não seja especifico no Brasil, o tema é interessante. Inclusive, ele foi divulgado também pela Forbes.

Dessa forma, o estudo foi feito levando em consideração a remuneração divulgada pelos usuários da rede social, excluindo os cargos CEO e CCO.

  • 1 – Cardiologista (29,6 mil dólares por mês)
  • 2 – Radiologista (29,5 mil dólares por mês)
  • 3 – Anestesiologista (29,1 mil dólares por mês)
  • 4 – Cirurgião (28,1 mil dólares por mês)
  • 5 – Diretor médico (19,1 mil dólares por mês)
  • 6 – Patologista (18,7 mil dólares por mês)
  • 7 – Clínico Geral (18,3 mil dólares por mês)
  • 8 – Especialista em medicina hospitalar (18,3 mil dólares por mês)
  • 9 – Psiquiatria (18,1 mil dólares por mês)
  • 10 – Conselheiro de empresas em nível superior (14,5 mil dólares por mês)
  • 11 – Engenheiro de Software em nível sênior (14,5 mil dólares por mês)
  • 12 – Dentista (13,7 mil dólares por mês)
  • 13 – Diretor de Engenharia (13,6 mil dólares por mês)
  • 14 – Diretor de Contabilidade (13,4 mil dólares por mês)
  • 15 – Diretor de Produto (13,3 mil dólares por mês)
  • 16 – Advogado Especialista em Patentes (13,3 mil dólares por mês)
  • 17 – Anestesista (13 mil dólares por mês)
  • 18 – Diretor Sênior de Engenharia de Software (12,9 mil dólares por mês)
  • 19 – Diretor Global de Marketing (12,9 mil dólares por mês)
  • 20 – Podólogo (12,5 mil dólares por mês)

As profissões com mais bilionários no mundo

O site norte-americano Go Compare levantou dados de pessoas bilionárias e listou dados dos últimos 20 anos mostrando quais as profissões que figuram por ali. Inclusive, a pesquisa foi parar até na Forbes.

Talvez essas não sejam profissões em alta, mas com certeza pode te ajudar a ser milionário.

  • 21 – Filosofia (George Soros)
  • 22 – Comércio (Robert Kuok)
  • 23 – Matemática (James Simons)
  • 24 – Ciência da Computação (Sergey Brin)
  • 25 – História
  • 26 – Física e Química (Oleg Deripaska)
  • 27 – Direito (Summer Redstone)
  • 28 – Economia (Paulo Lemann)
  • 29 – Administração de Empresas (Abilio Diniz)
  • 30 – Engenharia (Carlos Slim Helú)

Descubra 65 profissões em alta no mercado de trabalho

As profissões mais bem pagas dos últimos anos

As consultorias ManpowerGroup, Michael Page, page Personnel e Robert Half listaram as profissões que mais pagarão em 2017. Dessa forma, elas podem ser as profissões em alta para 2018 também.

Confira a lista.

  • 31 – Auditor de empresas (de 3,4 a 9,5 mil reais por mês)
  • 32 – Analista contábil (de 5,5 a 7,8 mil reais por mês)
  • 33 – Gerente de auditoria (de 13,5 a 27,8 mil reais por mês)
  • 34 – Gerente de recursos humanos (de 11 a 23,5 mil reais por mês)
  • 35 – Gerente de produto (de 8 a 20 mil reais por mês)
  • 36 – Gerente de Big Data (de 10 a 20 mil reais por mês)
  • 37 – Controller de finanças (de 14 a 24 mil reais por mês)
  • 38 – Coordenador de comunicação (de 5 a 9,5 mil reais)
  • 39 – Analista de logística (de 4,5 a 10 mil reais por mês)
  • 40 – Analisa de crédito (de 5 a 20 mil reais por mês)

As carreiras em alta para os próximos anos

A lista foi composta pelas opiniões de vários consultores – Anna Cherubina Scofano e Fernando Montovani, entre outros.

“A demanda do mercado de trabalho por novas competências e conhecimentos não significa que outras áreas perderam destaque. Afinal, elas fazem parte da sustentabilidade de toda organização”.

  • 41 – Analista de BI (Business intelligence)
  • 42 – Analista de cibersecurity
  • 43 – Analista de compliance
  • 44 – Analista de marketing digital
  • 45 – Atuário
  • 46 – Biotecnólogo
  • 47 – Cientista de alimentos
  • 48 – Cientista de dados
  • 49 – Desenvolvedor de jogos eletrônicos
  • 50 – Designer
  • 51 – Engenheiro Ambiental
  • 52 – Engenheiro de Energia
  • 53 – Engenheiro de Redes
  • 54 – Engenheiro de Telecomunicações
  • 55 – Gestor de logística
  • 56 – Gestor de projetos de resíduos
  • 57 – Gestor de redes

As profissões que podem te fazer feliz e rico

As informações agora são da Bussiness Insider, que usou uma classificação de carreiras mais bem pagas e que mais deixam os profissionais felizes.

  • 58 – Diretor de tecnologia
  • 59 – Oficial de empréstimo hipotecário
  • 60 – Recrutador corporativo
  • 61 – Engenheiro de garantia de qualidade
  • 62 – Chef executivo
  • 63 – Administrador de database Oracle
  • 64 – Gerente de construção

Trader – como essa profissão pode te fazer ficar rico?

E a nossa última dica de profissões em alta (65) é a de Trader. Ou melhor, para quem não sabe, o trader é um profissional que atua no mercado financeiro. Aliás, esse é um mercado constante porque o mercado é considerado de alta liquidez, além de ser volátil.

Descubra 65 profissões em alta no mercado de trabalho

Então, o trader pode ganhar tanto na alta quanto na queda dos preços, pouco importante se o mercado estará subindo ou descendo. Assim, o trader também costuma atuar com contratos futuros do que propriamente com o mercado de ações.

Já que assim é possível operar um volume financeiro muito maior do que o capital que você possui naquele momento. Essa ação também é chamada de alavancagem.

No Brasil, o mercado ainda não é tão evoluído quanto no resto do mundo, sendo que aqui estamos restritos ao mercado de ações, contratos futuros, dólar e juros. Mas, produtos como ETF (Exchanged Traded Funds) possuem forte liquides em outros mercados.

Nos Estados Unidos, para se ter uma ideia, existem mais de 1,5 mil ETFs que representam quase 30% do volume negociado na Bolsa de Valores Americana. No Brasil, existem apenas 16 fundos de índices.

Como me tornar um Trader?

O caminho para chegar ao topo e se tornar um trader não é tão fácil quanto parece. Apesar de, inicialmente, não exigir nenhum curso acadêmico, o profissional precisa ter muito conhecimento.

Podemos conferir essa profissão à de um empreendedor, que, mesmo que não tenha formação em administração, vai precisar saber muito sobre:

  • capital de giro,
  • finanças e
  • organização de recursos humanos.

Aliás, também vai precisar de um investimento inicial, para suportar custos de aprendizagem, além dos custos fixos.

Separamos alguns custos que você precisa ter em mente antes de iniciar a carreira de trader:

  • Custo com a Plataforma,
  • Com a Aprendizagem,
  • Operacional,
  • Custo de Infraestrutura.

Aliás, se existe um lado bom disso é que alguns desses itens você consegue fazer gratuitamente ou, pelo menos, sem gastar muito dinheiro. Por exemplo, o Custo com a Aprendizagem. Dessa forma, temos um curso gratuito para você entender o básico do mercado financeiro.

Antes de começar a operar na Bolsa de Valores, você tem que fazê-lo. É curtinho, com apenas 4 vídeos-aulas.

FAÇA UM CURSO ONLINE E GRATUITO AGORA!

Assim sendo, sem a economia desse custo, alguns especialistas estimam que todos esses custos podem representar um investimento inicial de aproximadamente 15 mil reais.

“Isso se tratando de um trader disciplinado e que teve acesso às informações adequadas”.

Por que devo pensar em me tornar um Trader?

No entanto, tornar-se um trader não é fácil, mas o investimento costuma compensar. Com isso, saiba que em 1º lugar, você tem possibilidade de altos ganhos. Aliás, esse é um fato que dificilmente vai acontecer em outras profissões.

Além disso, existe a liberdade do trabalho, sem ter que atender aos chamados de chefes ou cumprir horários fixos e também a facilidade em conseguir trabalhar poucas horas por dia. Com isso, você acaba tendo maior tempo livre para outras atividades e família.

Desse modo, há um parâmetro que diz que um bom trader tem 14 dias positivos em um total de 20 dias do mês, ou seja, esses dias positivos podem gerar ganhos que vão de 1,5 mil reais à 20 mil reais.

ANÚNCIO