Poupar Dinheiro para Ficar Rico Definitivamente – 70 Dicas

Antes de começar essa leitura, vias de fato, responda: O Que Você Faria Se Tivesse a Certeza de Que Ficaria Rico a Partir do Momento que Começasse a Poupar Dinheiro – Você Pouparia?

Trocaria aquela Pizza Cara do Final de Semana por uma Massa Pronta e um Recheio Feito em Casa? Aceitaria Ver um Filme em Casa ao Invés de Optar pela Saborosa Pipoca do Cinema?

É sobre tudo isso – e um pouco mais – que vamos falar neste artigo.

Poupar Dinheiro é Importante para Ficar Rico, não há dúvidas disso.

As Pessoas Mais Ricas do Mundo são aquelas, justamente, que sabem fazer muito bem essas escolhas – normalmente, elas preferem o que é realmente útil e valioso.

Ainda antes de começar o artigo, vale ainda citar essa breve diferença: entre o que é Valioso e o que é Precificado. Mas, calma, não vamos demorar nessa explicação, quer ver:

– Ficar com o Seu Filho na Sexta-Feira a Noite, Assistir um Filme em Casa e ir até a Esquina Tomar um Picolé de Chocolate… Isso é Valioso para você? Com Certeza, né!

– Ficar Trabalhando até Tarde da Noite na Sexta-Feira e Chegar em Casa depois das 22 Horas com um Jogo de Video Game Novo para o Seu Filho… Isso é Valioso? Na verdade, não. Isso é Precificado.

Valioso é aquele que Verdadeiramente Tem Valor, enquanto que Precificado é o Preço que se Paga por Alguma Coisa.

Na segunda hipótese aqui descrita, você nem se importou em passar uma parte do seu dia com o seu filho… E, em troca disso, preferiu ganhar mais dinheiro, ficar indisposto com tanto trabalho e ter uma saúde física e mental praticamente destruída. Tudo isso para Poder Comprar um Game Novo para o Menino.

Já na primeira opção, você ganhou menos dinheiro, é verdade. Mas teve Tempo para o Seu Filho, deu Exemplo do que é Presença, Companheirismo e Gratidão. Além do mais, aqueles 5 reais Gastos na Sorveteria não Pesou muito no seu Bolso.

São Escolhas como Essas que Podem te Fazer Rico, acredita.

Agora sim, breve para começarmos, vale um último conselho: Durante a Leitura deste Artigo, esqueça tudo que não pertencer a Você. Esqueça, principalmente, a Opinião das Outras Pessoas.

Leve em conta Você, o seu Ego, o seu Orgulho, o seu Esforço, a Sua Disciplina, o Seu Dinheiro… Leve em conta, Você. E nada mais.

E também não venha dizer que estamos sendo hipócritas, falando da boca para fora, “porque falar é fácil”, você pode querer dizer. Mas, na real, Só Vai Ler Este Artigo quem Tiver Coragem o Suficiente para Mudar de Perspectiva e Ver que é Possível Vencer na Vida Financeira sem Ter que Fazer Muito ou Trabalhar Demais.

Se Você é do Tipo que Acredita que a Vida é Feita de Equilíbrios, inclusive nas Finanças, leia agora mesmo. Se você acha que o Dinheiro é Tudo na Vida e Quem Nasce Pobre Morre Pobre, leia também e descubra um mundo Totalmente Diferente.

O Caminho da Riqueza

Pessoa, diferente do que sempre fazemos, vamos começar este artigo de forma diferente – Pelo Fim. É verdade, se você quer Ficar Rico, então, começaremos contando a ordem cronológica para isso, mas a partir do final.

Veja a Síntese mais Óbvia e Mais Real para Ficar Rico:

FICAR RICO <- INVESTIR DINHEIRO <-SABER ESCOLHER O MELHOR INVESTIMENTO FINANCEIRO <- QUITAR AS DÍVIDAS <- POUPAR DINHEIRO <- ECONOMIZAR DINHEIRO <- TER UM PLANEJAMENTO FINANCEIRO.

Neste artigo falaremos especificamente sobre “Poupar Dinheiro” e um pouco sobre “Economizar Dinheiro”. Os outros passos você vão poder acompanhar no nosso blog, em matérias diversas que tratam desses assuntos.

Aqui, estamos falando de um Caminho da Riqueza que é trilhado por pessoas que conseguiram, a partir do nada, vencer na vida financeira. Então, esqueça essa ideia de Loteria que vai dar uma Virada na sua Vida ou do Reality Show que pode te transformar em um ícone global.

Esqueça até mesmo do Futebol, que pode te deixar rico ou da Música Sertaneja que pode te fazer Lucrar Milhões.

O Foco aqui é falar como é possível Ficar Rico a partir de Conceitos Financeiros Simples e Diários – como o simples hábito de fechar a torneira enquanto escova os dentes.

São Dicas, Reflexões e Sugestões para você usar no seu dia a dia, independente de onde você more ou de quanto Ganhar por Mês. Afinal, Poupar Dinheiro esse é o Verdadeiro Caminho da Riqueza.

O que é Poupar Dinheiro

“Deixar de Gastar Dinheiro reduzindo Gastos e Cancelando Compras”… Isso é Economizar Dinheiro. E você precisa fazer isso na sua vida, tenha certeza. Mas, estamos falando em Poupar Dinheiro, que é algo parecido com “Guardar Dinheiro para o Futuro, formando uma Reserva Financeira”.

Não estamos falando dos seus objetivos financeiros, mesmo que eles possam ser muitos. A ideia é como Conseguir Juntar Dinheiro para Cumprir Esses Objetivos: Poupando Dinheiro, obviamente.

Então, para você não ficar confuso, funciona assim: Você tem um OBJETIVO FINANCEIRO. Para chegar até ele, vai precisar POUPAR DINHEIRO e isso é feito através da ECONOMIA DIÁRIA DOS GASTOS.

Por fim, se você conseguiu seguir esse breve passo a passo, faltará apenas saber COMO INVESTIR DINHEIRO – mas como falamos isso é assunto para outros artigos.

Entenda que nem toda economia é uma poupança. Logo, nem sempre economizar dinheiro é o mesmo que poupar dinheiro. Por quê? Suponha que você tenha deixado de comprar um tênis de 500 reais. Mas, aí, você vai lá e compra 2 chinelos de 250 reais. Entende que você economizou no tênis, mas gastou no chinelo?

Poupar Dinheiro para Ficar Rico Definitivamente - 70 Dicas
Reprodução: Google

Portanto, nesse caso, não houve Poupança de Dinheiro.

Poupar Dinheiro só vai valer a pena e ser verdadeiramente eficaz quando você tiver o Foco de Criar uma Reserva Financeira e Juntar Dinheiro para Isso.

Brevemente falando, a Economia Auxilia o seu Poder de Poupança, portanto, ela é sempre bem vinda. Mas não adianta só economizar, é preciso poupar principalmente.

Por Que Poupar Dinheiro – 5 Principais Motivos

Nós vamos falar sobre COMO você poderá Poupar Dinheiro, na prática. Porém, antes vamos entender os Motivos que te Farão conseguir Tal Feito. Porque, sinceramente, Entender os Motivos é tão Importante quanto de fato poupar.

Você já deve ter ouvido falar em Saúde Financeira, que é o que leva uma pessoa a ter o que é considerado uma vida satisfatória. Saúde Financeira, assim sendo, é um instrumento que mede a concretização de metas e de vontades de uma pessoa. Para conseguir isso, ela precisará poupar dinheiro.

O Importante é Fazer Isso de Forma Consciente para que tudo, no Final, tenha o seu devido Valor.

Se você ainda não conseguiu ver na sua vida a importância dessa economia financeira, trouxemos alguns itens para você se atentar. Note que são apenas ALGUNS e você pode ter na sua vida pessoal qualquer outro. O importante, muito mais do que saber os motivos, é entender que eles existem.

Crise Econômica

Em períodos de Estresse Financeiro no Brasil ou no Mundo, a palavra chave torna-se RECESSÃO. Então, para esses casos, a poupança é vista com bons olhos, afinal, nunca sabemos quando vamos precisar de um Plano B para os contextos instáveis.

Imprevistos Acontecem

Não adianta dizer que você é uma pessoa abençoada ou de boa fé. Os imprevistos acontecem com todo mundo – seja problemas profissionais ou de saúde, por exemplo. Todo mundo aqui na Terra está sujeito a isso. Logo, é importante ter um dinheiro poupado para esses casos.

Compras à Vista geram Descontos 

E portanto, economia de dinheiro. Então, se você pretende – mesmo que no longo prazo – trocar de Televisão ou de Carro ou fazer um Banho de Loja, então, é ideal que comece a Poupar Dinheiro desde já. Na hora de comprar, pague à vista e pague mais barato.

Aposentadoria Confortável 

Se você tem ficado com medo da Aposentadoria Pública, do Governo e já viu que o INSS não vai conseguir “pagar” todo mundo, então, já sabe que precisa ter Dinheiro Guardado para conseguir aposentar mais tranquilamente.

Multiplicar o Dinheiro 

Aqui estamos falando de poupança, mas não é a poupança que você conhece. Poupança, neste texto, vem de poupar e, posterior à isso, é preciso investir dinheiro – e não na poupança, mas em Renda Fixa. Assim, você multiplica o seu dinheiro e não tem o patrimônio desvalorizado.

Quitar as Dívidas ou Poupar Dinheiro para Investir?

Essa é uma pergunta habitual na vida de qualquer pessoa. Afinal, hoje são mais de 60 milhões de brasileiros endividados, mas, desse total muitos querem mudar de vida e isso só acontece, de fato, quando essas pessoas começam a investir dinheiro em aplicações financeiras que rendem bons juros.

No entanto, em meio há tantas dívidas e juros, será que compensa ir pagando-as aos poucos e usar uma parte do dinheiro para investir nessas aplicações financeiras?

Bom, se você quer uma resposta rápida, aqui vai ela: SIM! Vale a pena ir pagando as dívidas aos poucos e começar a investir agora mesmo.

Mas, claro que tudo vai depender de você mesmo, dos seus gastos, da sua disciplina financeira, da sua dedicação, planejamento e objetivos financeiros.

Se você ainda não entendeu como os especialistas financeiros aconselham começar a investir mesmo estando com dívidas, acompanhe este artigo!

Consciência Financeira

Antes de darmos continuidade neste texto, entenda que você é o agente principal dessa missão. Logo, o seu sucesso financeiro vai depender de você e do seu esforço. Isso quer dizer que você, com certeza, terá que abrir de muitas coisas e fazer escolhas que levam em conta a prioridade financeira.

Se você tem o costume de jantar fora todos os dias, tem que começar a repensar isso. Se não abre mão das baladas todos os sábados do ano, também precisa rever esse conceito.

E esses são apenas exemplos da mudança de comportamento e hábito que deve acontecer na sua vida se você realmente quiser enriquecer mesmo tendo algumas dívidas a pagar.

Juros das Dívidas versus Juros dos Investimentos

É lógico que se você entende o mínimo do mercado financeiro, deve ter se questionado:

  • “Como essa lógica faz sentido se os juros das dívidas são muito maiores do que os dos investimentos”?

Você está totalmente certo quanto à isso e não há contra argumentos para este caso.

No entanto, se você mudar a direção da sua visão, pode perceber que o endividamento acontece por 2 motivos básicos: quando surge algum gasto imprevisto (ou seja, que não era esperado) ou quando adquirimos algum bem que não tínhamos dinheiro a vista (ao qual acabamos por financiá-lo).

Sendo assim, ainda que opte por quitar essas dívidas, você vai precisar juntar dinheiro, concorda?

Essa ação – de juntar dinheiro – é que é o 1º passo para entrar no mercado de investimentos. Logo, mesmo que opte por quitar as suas dívidas, o ideal é fazer isso investindo dinheiro, ao mesmo tempo.

Se você ficou confuso, observe que, de forma prática, quando conseguimos organizar nossa vida financeira, pensando em investir dinheiro, conseguimos frear o consumo e os hábitos consumistas. E isso faz sobrar dinheiro no final do mês.

Sim, você consegue fazer sobrar dinheiro mesmo estando endividado e esse é o grande segredo!

Por Que Investir Dinheiro

Você tem que ter um motivo para Investir Dinheiro e no caso das pessoas endividadas, o melhor objetivo é pensar em uma Reserva Financeira. Desse modo, o novo investidor passa a ter o que os analistas chamam de “Segurança Financeira”, onde as possibilidades de você precisar de um novo “empréstimo” vão ser diminuídas.

Em termos emocionais, o sentimento de conseguir economizar dinheiro todos os meses serão tão prazeroso que acaba por incentivar as pessoas não apenas a economizar mais e mais, mas também a estudar e buscar conhecimento sobre o mercado do dinheiro.

Poupar Dinheiro para Ficar Rico Definitivamente - 70 Dicas
Reprodução: Google

Assim sendo, mesmo quando você tiver um imprevisto, a sua vida financeira não vai precisar virar de cabeças para o ar, sendo que você terá o dinheiro a vista ou, no mínimo, vai conseguir encontrar as melhores alternativas para manter o equilíbrio financeiro.

Como Enriquecer mesmo com Dívidas

Bem, a regra é muito simples, mas nela há muitos detalhes. Portanto, vamos combinar o seguinte: nós adiantamos qual é o segredo para você enriquecer mesmo tendo algumas dívidas a pagar, porém, se você quiser ir além e conhecer os investimentos certos para aplicar dinheiro, você terá que assistir à 4 vídeo-aulas TOTALMENTE GRATUITAS.

Pode ser assim?

Então, nós vamos cumprir a nossa parte do contrato.

É o seguinte: você vai precisar ter um excelente cronograma financeiro. Essa é a chave do negócio. Nesse planejamento tem que estar tudo, realmente tudo: gastos e receitas. Centavo por centavo… até a bala que você comprou na padaria.

Depois, você vai precisar dividir seu planejamento da seguinte forma:

  • 70% para cobrir as despesas mensais,
  • 20% para pagar as dívidas,
  • 10% para investimento.

Essa é a regra, ok?

Se a sua renda mensal não der para cobrir os 70% dos gastos, você terá 2 opções de escolha:

  1. Aumentar a receita (com trabalhos freelancers, por exemplo), ou
  2. Diminuir esses gastos (cortando os jantares fora de casa, por exemplo).

A melhor notícia de todas é que essas 2 opções são possíveis de serem realizadas e, melhor do que isso, de formas muito mais simples do que você imagina.

Aqui no blog nós já fizemos várias listas de como você pode conseguir economizar dinheiro e diminuir os gastos, assim como já mostramos como é possível conseguir um dinheiro extra mesmo mantendo o atual emprego. Se você não viu nada disso, vamos deixar algumas indicações no final do artigo.

Depois, sobre os 20% para pagar dívidas, não há muitas questões. Você vai precisar renegociar todas as suas dívidas e, se possível, coloca-las em uma única dívida.

Aí, você tem que saber quanto representa 20% do seu salário e combinar com o seu credor de fazer esse pagamento mensal, mesmo que para tanto aumente o prazo de pagamento final.

Já sobre os 10% para investimentos, o único grande segredo é saber qual a melhor aplicação a escolher. E isso, vamos combinar, não é tão fácil quanto parece. Você precisará analisar muitos fatores, como taxas, impostos, rentabilidades, liquidez, entre outros.

Bom, a nossa parte do contrato foi feita. Fizemos uma síntese de como é possível caminhar para a riqueza sem deixar de pagar as dívidas. Agora, se você quer saber detalhes de como conseguir isso, escolhendo os melhores investimentos e renegociando as dívidas, acesse nosso curso. E não se esqueça, ele é totalmente gratuito.

Por que Essa metodologia tende a Dar Certo

Muitos profissionais de finanças, assim como os psicólogos, têm provado que quando as pessoas tenta reduzir o tamanho da dívida usando todo excedente financeiro que tem, sem que haja uma reserva financeira estrutura, elas corram o risco de fazer outro empréstimo.

Logo, quanto mais empréstimos, mais juros e quanto mais juros, mais dívidas.

Com o passar do tempo, ao invés de diminuir as dívidas, essas pessoas só as aumentam. Portanto, não resta muita dúvida quanto ao fato de que investir dinheiro para ter uma reserva financeira e assim conseguir quitar as dívidas é umas das melhores opções existentes no mercado atual.

Quanto Dinheiro Poupar por Mês

Esse é um ponto a ser tocado, mas já vamos avisar que ele precisa ser visto durante a Criação do Seu Planejamento Financeiro. A quantia poupada vai depender do seu salário, dos seus objetivos e da sua disposição.

Para não falarmos em números, mas supondo que você ganhe um salário relativamente baixo – algo como o Salário Mínimo – então, o mínimo que você deve poupar mensalmente é 10% de toda renda que entra no seu mês. Temos até um vídeo ilustrativo e dinâmico que fala sobre isso.

Poupar 10% pode parecer fácil, mas na prática, vai exigir alguns conselhos porque não é, definitivamente. Se você não tem o hábito, então, tudo se torna ainda mais difícil. Veja o vídeo abaixo e descubra como fazer isso de forma simples.

https://youtu.be/tXfddhCV5mA

Por sinal, esses 10% podem ser vistos como exercícios iniciais da economia, que servirão como base para metas, planos e ajustes. Claro que conforme o seu salário ou seus objetivos financeiros, essa porcentagem precisará ser revista e revisada.

Os especialistas dizem que se você for jovem e morar com os pais, poderá fazer com que essa economia se multiplique, sendo possível poupar cerca de 40% de todo salário.

Porém, observe que o importante é conseguir definir uma meta – não é recomendável poupar 5% em um mês e 20% em outro e 15% em outro. Crie metas e siga-as. Se achar que 15% é muito opte por 10 e dê os primeiros passos para a riqueza.

Por Que Poupar Dinheiro pode Te Fazer Ficar Rico

Essa explicação também é bastante simples e tudo gira em torno do que chamamos de Juros Compostos. Imagine que você guarde 5 mil reais todos os anos em um investimento financeiro. Ao final de 5 anos, na teoria, você teria 25 mil reais, correto?

Não. Isso aconteceria se os juros fossem simples, mas são compostos.

O que isso quer dizer? Quer dizer que eles se multiplicam exponencialmente. Ao longo desses 5 anos, pode ter certeza que eles serão bem mais do que 25 mil reais.

Mas, você pode estar se questionando qual a rentabilidade desses investimentos. Aí, o assunto é bastante diferente, mas também simples de entender.

O rendimento vai depender do tipo de investimento, do tempo de investimento e do capital investido.

Por sinal, não há uma média, mas cogitamos a possibilidade de você encontrar Renda Fixa que renda 12% ao ano.

Ah, lembrando que o rendimento é sempre mensal. Portanto, esses 12% ao ano, poderia ser algo como 1% ao mês. Aí, vale outra dica super importante: ao invés de você poupar 5 mil reais por ano, o mais recomendável é que dividida esse valor em 12 meses.

É simples, veja: se você depositar 5 mil a cada ano. No final do ano, terá 5 mil. Mas, se investir 5 “parcelas” de 1 mil, ao final do ano, terá pouco mais do que 5 mil reais. Entende isso?

O que você precisa entender sobre os juros compostos é que eles têm poder multiplicador, porém funcionam ainda melhor quando você tem paciência para dar tempo para ele engrenar.

Da mesma forma, quanto maior for o seu capital e a sua dedicação para investir dinheiro, maior será o retorno também.

Agora sim chegamos à um ponto célebre deste artigo. Responda você mesmo: “Por que as pessoas não conseguem ficar ricas poupando dinheiro”?

Poupar Dinheiro para Ficar Rico Definitivamente - 70 Dicas
Reprodução: Google

Porque elas não dão tempo para o investimento fluir e render. A regra é simples: você economiza dinheiro, você poupa dinheiro e você fica rico. Mas não adianta você fazer isso apenas 1 ano ou 2 anos, é preciso tempo.

O Tempo é a chave de ouro, a dica máster e a cereja do bolo.

É muito simples: se você quer chegar aos 50 anos milionário, basta que você passe 30 anos da sua vida investindo 200 reais em uma aplicação financeira que tenha um rendimento médio. Pronto, VOCÊ PODE TER UMA APOSENTADORIA MILIONÁRIA investindo apenas 200 reais por mês. Parece incrível, não é?

Realmente é incrível!

Como Poupar Dinheiro

A questão sobre poupar dinheiro é muito interessante. “Qualquer centavo que você poupar pode te ajudar a crescer financeiramente”, porém você nunca deve fazer isso sem ter um planejamento.

Esse cronograma financeiro é quem vai ditar as regras do jogo e dizer se você está sendo um bom jogador ou não.

Tenha metas! Então, para isso, use o seu planejamento financeiro.

A meta é poupar 10% todos os meses? Faça, definitivamente, isso! Siga os 10%! Não deixe de poupar nem um único mês. Entendeu para que serve o planejamento? Para te guiar, para te mostrar o caminho e para te fazer cumprir o “prometido”.

O Planejamento Financeiro é essencial, portanto, se você quer saber como fazer um, de forma prática e simples, clique aqui. É GRATUITO.

Agora, para saber como poupar dinheiro, basta você voltar no exemplo lá de cima – do pai que opta por tomar um sorvete com o filho.

O exemplo que citamos é apenas para dizer que é precisa APRENDER A VIVER COM POUCO. Poupar Dinheiro não quer dizer que você tenha que ganhar muito dinheiro. É uma questão de fazer escolhas.

Aqui no mercado financeiro, temos exemplos vivos disso. Você já viu Warren Buffett ou Bill Gates andando de Ferrari ou expondo suas Porches?

Pois é, as pessoas mais ricas do mundo do mercado financeiro não fazem isso – diferente dos jogadores de futebol ou dos cantores sertanejos, que tem outra visão de mundo.

Por que você não consegue economizar dinheiro? Aprenda como poupar dinheiro sem fazer muito esforço

Você pode trabalhar menos e poupar mais – é o que queremos dizer com VIVER COM POUCO. Um sorvete custa 5 reais enquanto um Game Novo é mais de 100. Você economiza mais de 100% e ainda fica um tempão com o seu filho e faz ele muito feliz.

Por outro lado, você pode trabalhar até tarde e ter muito dinheiro, mas poderá perder “coisas” extremamente valiosas na sua vida.

Tudo é uma questão de escolha, de valor, de reflexão. Leve isso sempre em conta.

70 Dicas para Começar a Poupar Dinheiro Agora Mesmo

Fizemos uma bela seleção de dicas para começar a poupar dinheiro agora mesmo. Mas note que nesse tópico apenas selecionamos e além de todos itens citados aqui existem milhões de outros.

O interessante e importante é fazer um cronograma financeiro e seguir os passos: economizar, poupar, investir… Para Ficar Rico. Você pode ter o seu próprio estilo de vida, suas próprias dicas, suas próprias poupanças e economia.

Logo, aqui são apenas exemplos, mas que podem ser o ponto de partida para a sua mudança de vida.

1 – Registrar Sempre os Gastos

2 – Registrar Sempre as Receitas

3 – Ter um Planejamento Financeiro Fiel

4 – Preferir Almoçar e Comer em Casa do que Fora

5 – Optar pelo Cinema em Casa

6 – Não Desperdiçar Alimentos

7 – Aproveitar todas as partes dos Alimentos (talos, cascas)

8 – Pratique Exercícios Físicos e Evite o Gasto com Remédios

9 – Corte Despesas Fixas Desnecessárias

10 – Use Meios de Comunicação Online

11 – Deixe o Carro em Casa e Vá Trabalhar de Pé ou Bicicleta

12 – Limpe o Guarda-Roupa e venda/doe aquilo que não usa

13 – Compre Semi Novos e Usados

14 – Evite Andar em Lojas e Shoppings sem que precisa comprar Algo

15 – Não Vá as compras quando estiver com Fome

16 – Tenha Lazer e Vá a Eventos Gratuitos

17 – Faça a Sua Poupança Mensal sem Falhar

18 – Elimine o Uso do Cartão de Crédito

19 – Pague à Vista

20 – Evite Parcelamentos e Financiamentos

21 – Crie Objetivos Financeiros

22 – Economize com a Energia Elétrica e a Água

23 – Não deixe as Contas Atrasar

24 – Fala sobre Dinheiro com a Família

25 – Busque Fontes Alternativas de Renda

26 – Faça Horas Extras – Mas não Sempre

27 – Tire um Tempo para Cuidar da Saúde

28 – Durma Bem

29 – Não busque Consolo nas Compras

30 – Prefira Lojas de Departamento quando a Compra for Necessária

31 – Trace Prioridades

32 – Compre só o Necessário

33 – Faça as Contas sobre o Custo Benefício

34 – Opte pela Qualidade e pelo Preço Justo

35 – Busque Produtos de Valor

36 – Faça Empréstimos de Produtos ou Aluguéis

37 – Conserte ao Invés de Comprar um Novo

38 – Não Abra E-mails de Ofertas

39 – Considere Comprar no Estrangeiro

40 – Aprenda a Dizer Não

41 – Faça Caminhadas ao Ar Livre

42 – Nunca Ignore os Pequenos Gastos

43 – Repense a Assinatura de Jornais e Revistas

44 – Quite as suas Dívidas

45 – Planeje os Gastos do Começo do Ano

46 – Poupe tudo que For Possível

47 – Considere sua Poupança como uma Conta a Ser Paga

48 – Guarde o Dinheiro Extra

49 – Tenha um Cofrinho em Casa

50 – Tenha uma Horta em Casa

51 – Compre no Atacado

52 – Use um Filtro de Água

53 – Gaste Menos do que você Ganha

54 – Tenha uma Planilha de Gastos

55 – Participe de Sorteios

56 – Concilie as Oportunidades de Aprendizagens

57 – Faça Cursos Gratuitos

58 – Use a Tecnologia a Seu Favor

59 – Pesquise antes de Comprar

60 – Barganhe

61 – Reveja os Gastos do seu Carro

62 – Se Tiver Celular, Opte pelo Pré-Pago

63 – Se For Comprar Remédios, Analise os Genéricos

64 – Evite Contratar Serviços Terceirizados

65 – Ganhe Dinheiro Extra nas Férias

66 – Seque Roupas no Varal

67 – Leve uma Lista ao Supermercado

68 – Fique de Olho nos Preços e Compare

69 – Aproveite as Frutas da Estação

70 – Experimente Marcas Diferentes

Leia Também: Brasileiros querem aposentadoria aos 61, mas não conseguem poupar dinheiro

Se você fizer uma entrevista com cada brasileiro, vai notar que a maior parte deles se preocupa com o futuro, com a aposentadoria e com o fato de entender a importância de economizar dinheiro.

Porém, um número ainda maior de pessoas também diz que tem muita dificuldade em poupar dinheiro.

Os motivos são vários, entre eles, os gastos domésticos, que são os maiores vilões do cronograma financeiro. Os cuidados com a saúde também estão ficando cada vez mais preocupantes, já que estão em escalada crescente, ano a ano.

Uma pesquisa feita pelo Global Investor Pulse da BlackRock mostrou que 20% dos brasileiros falaram que a aposentadoria é uma prioridade financeira, sendo que 13% afirmaram ser mais importante economizar dinheiro.

Ainda conforme pesquisa, 80% dos entrevistados estão contribuindo mais do que o montante que são obrigados a colocar na sua aposentadoria proveniente da empresa empregadora, quando são consideradas todas as formas de aposentadoria.

Já 26% diz contribuir apenas com o que é obrigatório.

“Embora os níveis de conhecimento e confiança estejam altos, cerca de seis em cada dez brasileiros estão preocupados em viver mais tempo do que suas economias ou em ser um fardo para a sua família”, diz Carlos Takasashi, consultor sênior da BlackRock.

“Isso pode ser explicado porque há uma grande diferença entre a expectativa do rendimento anual de aposentadoria que esperam e a compreensão sobre o quanto eles precisam economizar para financiar essa renda”.

Como Investir Dinheiro na Renda Fixa pensando na Aposentadoria

Você já deve ter ouvido falar… CDB, LCI/LCA, Tesouro Direto, Fundos de Investimentos! Mas, na verdade, nunca soube exatamente o que é cada uma dessas opções, não é? Bom, é simples de entender: todas elas são Rendas Fixas, ou seja, aquela que não é uma Renda Variável.

Vamos inverter a explicação! Renda Variável é o Mercado de Ações, na qual o produto varia muito e inconstantemente, dependendo do dia, da hora, do mercado, da empresa e da economia, entre outros.

GUIA COMPLETO DA RENDA FIXA

Na Renda Fixa, você até pode sofrer alguma oscilação, mas, além de ser baixa, ela mantém o seu investimento fixo, ou seja, você não corre o risco de perder tudo! São investimentos ditos como Conservadores, exatamente como a poupança, só que BEM mais vantajosos.

Bom, eles são mais vantajosos por vários motivos: maiores rentabilidades, também tem liquidez diária, entre outros.

E, antes que você pergunte, também não precisa ter muito dinheiro para começar a investir nessas Rendas. Algumas têm aplicações altas, como a LCI, que pode ser, dependendo do banco, de 30 mil reais.

Mas outras, como o Tesouro Direto, pode ser de 30 reais. Se você está planejando sacar o dinheiro daqui à 10 anos, o seu investimento será um, e se for daqui 30 anos, o melhor será outra. São várias opções que se adequam ao seu objetivo.

Objetivo!

Lembra que falamos disso no começo do texto? Então, aqui na Renda Fixa, você vai precisar ter esse objetivo e não importa qual ele seja, porque sempre vai haver uma boa opção para ele. A Troca do Carro, Faculdade dos Filhos ou uma Viagem. São opções diferentes, mas todas cabem nas Rendas Fixas.

Ah, é verdade! Estamos aqui falando das Rendas Fixas, mas ainda não explicamos cada uma delas, não é? Então, vamos combinar o seguinte: você tira uns 2 minutos aí, pensa em um objetivo real e concreto para o longo prazo

Passos Simples para Gastar Menos do que Ganha

O presidente da Abefin – Associação Brasileira de Educadores Financeiros – Reinaldo Domingos, dá algumas dicas para organizar o orçamento e gastar menos do que se ganha. Confira.

PADRÃO DE VIDA

Quando as contas não fecham, é preciso rever as finanças e repensar o padrão de vida. “Pode parecer difícil, mas é fundamental observar que não é sustentável viver uma realidade que não é a sua”, diz Domingos.

PEQUENOS GASTOS

É importante levar em conta os pequenos gastos – que podem significar compras feitas de forma desordenada. Conforme Reinado, isso pode significar 25% do orçamento total de uma família.

“As pessoas sempre dizem que não têm mais de onde reduzir os gastos, mas, ao fazer uma boa análise, observam que é possível”.

DIAGNÓSTICO FINANCEIRO

Para identificar gastos extras é preciso ter um diagnóstico da vida financeira por 30 dias, anotando tudo o que gasta. “Ressalto que não se deve virar escravo dessa anotação, pois, quando vira rotina, perde a eficácia”, diz.

PRIORIZAR SONHOS

As pessoas costumam deixar de poupar para os seus objetivos, como se não fossem importantes. Porém, se assim for, você nunca conseguirá chegar aos seus sonhos.

“Recomendo que, a partir de agora, mude o modelo mental relacionando a forma de fazer o orçamento financeiro. É chegada a hora de priorizar aquilo que realmente importa, os sonhos e as metas pessoais e familiares”.

ORÇAMENTO FINANCEIRO

Observe como é o seu orçamento hoje – provavelmente, será o seguinte: Ganhos – Gastos = Lucro ou Prejuízo. “Não adianta esperar que, assim, sobre algum dinheiro ao final do mês para poupar”. Só que isso pode ser frustrante.

Reinaldo sugere um novo cálculo: ganhos – sonhos – gastos. Assim, não haverá lucro ou prejuízo e as contas vão bater.

PRAZO DO INVESTIMENTO

É importante pensar em vários prazos. Os de curto são aqueles que vão acontecer em um tempo menor do que 12 meses. Já os médios, são aqueles até 5 anos. Sendo que os de longo prazo são aqueles que passam disso.

“Veja que é muito mais uma questão de mudança de comportamento do que saber fazer contas ou ter que se privar de algo. Quando temos metas bem definidas em nossas vidas, poupar não se torna um martírio e sim um estilo de vida, que levará a muito mais realizações e conquistas”, finaliza.

caspraticas