Veja quais são as 5 atuais melhores plataformas de pagamentos online para lojas virtuais

ANÚNCIO

A gente não precisa pensar muito para considerar que a atividade de fazer compras em e-commerce se tornou rotineiro, habitual. E isso é bom para vários empreendedores. Por isso, focado neles, hoje vamos falar sobre as plataformas de pagamentos online para lojas virtuais.

O nosso objetivo foi o de buscar aquelas que são tendências. Por isso, considerada as mais indicadas plataformas para receber dinheiro de compras dos consumidores. Se você é pequeno empresário, saiba que esse conteúdo pode te ajuda muito.

ANÚNCIO

Até mesmo porque isso faz com que as empresas melhorem os seus serviços e ofereçam condições mais interessantes de pagamentos de compras para atrair novos clientes e conseguir manter aqueles antigos.

Um bom exemplo é o aumento de possibilidades para fazer pagamentos online. Obviamente, quanto mais condições, melhor. Uma das ferramentas que os usuários mais estão procurando atualmente são os aplicativos de pagamento, que são essas plataformas listadas abaixo.

As plataformas de pagamento online para lojas virtuais

Se você ainda não os conhece ou tem dúvidas para identificar quais são os melhores e mais indicadas para ajudar a sua empresa a se tornar mais confiável e até mais bem-vista, considere essas opções, que estão em alta no mercado brasileiro.

ANÚNCIO

1 – PayPal

Iremos começar nossa lista das melhores ferramentas de pagamento com a famosa e pioneira PayPal. Ela já está há mais de 20 anos no mercado, sendo que foi criada nos Estados Unidos. O grande atrativo é a agilidade em que o dinheiro é transferido entre as pessoas e empresas.

No entanto, se tiver muita pressa para fazer essa transferência, considere será preciso desembolsar 4,79% de taxa. A vantagem é que essa ação será concluída em até 24 horas. Caso contrário, você deverá pagar 3,60% por transação.

É importante ressaltar que não importa o método que use, cada movimentação custará mais R$ 0,60. Qualquer grana que você receba por PayPal fica guardada em uma conta online. A partir disso, o empreendedor tem a liberdade para transferir para outra conta – de graça.

A vantagem de um lojista oferecer essa opção ao seu cliente é a de conseguir fazer um pagamento pelo cartão de crédito, da mesma forma com se estivesse adquirindo créditos na moeda usada no PayPal.

2 – Pag Seguro

Com a disponibilidade de usar muitos tipos de cartões de bandeiras diferentes, a Pag Seguro é outra escolha entre as plataformas de pagamentos online para lojas virtuais principalmente para quem pretende diversificar suas opções para receber o dinheiro de vendas.

A Pag Seguro trabalha com boleto bancário e débito online. Entre os bancos que fazem parte do seu catalogo, temos o Banco do Brasil, Itaú e Banrisul.

A taxa de transação é fixada em R$ 0,40. Se precisar que o dinheiro seja liberado em até 30 dias, você deverá pagar mais 3,99%. No entanto, para cortar esse prazo de espera para 14 dias, o valor da taxa sobe para 4,99%.

Você pode fazer 1 saque por dia sem pagar nada. Ao ultrapassa-lo, terá que desembolsar R$ 3,50 por cada novo saque é feito.

3 – PicPay Pro

Mais um aplicativo gratuito que pode te ajudar nas vendas da sua loja virtual é o PicPay Pro. Para pode usar ele é preciso que você e seu cliente tenham contas nesta carteira digital.

E não tem enrolação para fazer a liberação do valor: é na hora. Depois que o dinheiro chega na sua conta, você poderá transferi-lo para a conta que tiver em outro banco ou outra carteira, sem custo algum.

Os valores das taxas de transferências recebidas são convidativos, sendo um valor fixo de 1,99% por operação. Agilidade e preço baixo são dois grandes pontos positivos da PicPay Pro.

4 – Mercado Pago

Talvez você já tenha comprado algo no Mercado Livre e conheça bem o site, não é verdade? Então, saiba que o Mercado Pago foi feito pelos mesmos criadores e é uma espécie de plataforma para garantir as compras e vendas dentro do Mercado Livre.

Esse aplicativo é mais uma carteira digital completa, ótimo para aqueles que pretendem apresentar distintas alternativas de pagamento para facilitar a vida dos seus fregueses. E pode ser usada não apenas por quem vende no Mercado Livre.

Entre elas, o empreendedor poderá receber pagamentos em cartão de crédito (à vista ou parcelados), através do saldo que a pessoa tiver na conta digital ou para aqueles mais conservadores, o clássico boleto bancário também é aceito.

Um dos seus diferenciais é poder escolher a melhor época para os recebimentos, podendo levar em consideração as taxas. Se tiver naqueles meses mais apertados e precise urgentemente que o valor seja liberado com mais rapidez, a taxa é de 4,99%.

Caso espere em 14 dias, ela diminuiu para 4,49%. Para quem pode aguardar 30 dias, o valor é 3,99%. E sem acréscimo de taxas fixas em todos os casos citados. O lado ruim é que ao fazer uma transferência do Mercado pago para um banco você deverá pagar R$ 3,50 de taxa.

5 – PayU

Para fechar nossa lista de plataformas de pagamentos online para lojas virtuais, escolhemos o aplicativo PayU. E essa escolha foi a mais difícil porque temos muitas novas tecnologias no mercado que são boas e poderiam estar listadas aqui.

Mas, nós escolhemos a PayU por alguns bons motivos. Assim como as demais, aceita vários tipos de cartões de crédito e bandeiras e boletos. Além do que você pode criar uma conta gratuita no aplicativo até se não tiver uma loja virtual e nem e-commerce.

O saldo do aplicativo tem um prazo de liberação de 30 dias. Para fazer uma transação deverá pagar uma taxa fixa de R$ 00,40, e acrescentar ainda 3,49%. Por outro lado, os saques mensais podem ser feitos sem a necessidade de pagar por isso.

Novidade – pagamento via Whatsapp?

plataformas de pagamentos online para lojas virtuais

Você já ouviu falar que dá para fazer pagamentos e receber pagamentos via Whatsapp? Essa é uma novidade do mercado, que surgiu recentemente e tem deixado muita gente de boa aberta. A gente fez um conteúdo para explicar melhor isso.

Descubra como fazer pagamentos via Whatsapp

Veja um trecho da matéria: “De maneira geral, considere que tudo vai acontecer através do Facebook Pay, o que deixa as operações mais seguras para os usuários”. Leia na íntegra.

ANÚNCIO