5 passos para você aprender a planejar a sua viagem de férias

ANÚNCIO

“Como eu faço o meu planejamento financeiro de férias”? Essa é apenas uma das perguntas que a gente mais vê por aí.

Porque as vezes a pessoa até tem a boa ideia de querer fazer um orçamento financeiro para que a viaja seja a mais perfeita possível. Porém, nem sempre essas pessoas sabem como fazer isso né.

ANÚNCIO

E acredite: planejar a viagem é muito mais simples do que você pode imaginar e não dá aquele trabalhão todo que muita gente costuma falar. Quer ver? Acompanhe!

1 – para onde vamos?

A primeira etapa é definir para onde a gente viajar!

Toda vez que a gente vai planejar as férias, o que a gente precisa estudar? Justamente o destino.

ANÚNCIO

Nessa primeira etapa, logo no início do ano (quando se programa uma viagem de fim de ano), uma ideia é selecionar 3 destinos de viagens diferentes.

A partir disso, a gente seleciona o que é melhor.

Logicamente, que sejam os lugares que nós gostaríamos de passar as próximas férias. Afinal, trata-se de uma viagem de férias, não é?

E nada de pensar em dinheiro aqui, tá? Só seleciona os destinos!

2 – quando nós vamos?

Agora que a gente tem boas opções de viagens em mãos, vamos pensar na data que vamos!

A segunda parte do nosso planejamento tem a ver com o período quando nós vamos viajar.

Isso é importante porque é o período e tem a ver com a disponibilidade que temos. Vai ser nas férias de fim de ano ou no início de dezembro, no réveillon ou no natal?

Temos que pensar nisso especialmente em relação à programação de férias no trabalho.

E, logicamente, quanto mais longe da temporada, mais barata a viagem vai ficar, você sabe né.

3 – quanto eu posso gastar?

Toda viagem tem gasto por mais barata que seja.

E, saber exatamente quanto eu vou gastar não dá! Mas, dá para saber uma estimativa.

Quando você está fazendo um planejamento financeiro de uma viagem que vai existir daqui 6 meses ou daqui à 1 ano, você não tem como saber com exatidão quando você vai gastar.

Só que você sabe que vai ter um tempo para juntar, ao menos, parte disso.

Ah, e tem sites bons hoje em dia que te ajuda a estimar os valores e os gastos da viagem, tá?

Tudo de graça.

É só você por lá as reservas, os dias, as datas, as horas, as pessoas, se tem pet, as passagens, companhia aérea, lugar e todo tipo de coisa que o site te ajuda a calcular.

Essas ferramentas são imprescindíveis para começar a fazer o planejamento da viagem e dar o passo inicial de forma assertiva.

4 – a possibilidade da viagem

O quarto item do meu planejamento é sobre a análise financeira: não da estimativa de custos e sim da possibilidade de realizar aquela viagem!

  • Eu posso realizar essa viagem?
  • Eu já tenho o dinheiro disponível para fazer essa viagem?
  • Eu tenho uma parte do dinheiro apenas?
  • Eu pretendo juntar esse valor até a data da viagem?

Essas perguntas são importantes para fazer o sonho se tornar realidade porque o segredo é saber a hora de viajar e a de juntar dinheiro para isso, obviamente.

Se eu já tenho os meus investimentos e não quero mexer eles para a viagem, então, tenho que pensar no plano B, por exemplo.

Essa análise de possibilidade vai me ajudar a identificar, em cima na estimativa de custos da viagem, se o meu objetivo está compatível com a minha necessidade.

5 – a ação para a viagem

Finalmente, a gente chega no plano de ação!

Agora é hora de executar todo o planejamento que foi feito: comprar passagem, hotéis, alugar carro, veículos, passaporte etc.

Aqui tem que se incluir tudo, até mesmo o gasto diário com guloseimas e presentes.

Tudo isso e nesse plano de ação!

Aí sim, eu tenho que pegar o meu roteiro de viagem para saber para onde eu vou.

Se eu tiver feito uma estimativa de custos adequadamente correta, sem muito otimismo, a viagem vai ser perfeita e sem atrapalhar ou prejudicar o orçamento financeiro.

5 passos para você aprender a planejar a sua viagem de férias

Vale a pena se organizar?

Após essa leitura é provável que fique claro que vale a pena planejar financeiramente uma viagem de férias.

Isso, sem sombra de dúvidas, vai baratear a sua viagem, seja com os custos ela ou outros gastos.

Um bom cuidado a se ter, ainda durante o planejamento, é com o câmbio. Porque vai fazer numa viagem pelos Estados Unidos, por exemplo.

Isso é importante porque parte do dia que você começa a se planejar e vai até o dia que você parte em viagem. O que quer dizer que o valor do dólar vai oscilar nesse período.

Então, quando você está planejando até à época de realizar a viagem, você está exposto à variação do dólar. Beleza?

Nesse caso, qual é a melhor ideia? Ir comprando os serviços ao longo do tempo. Em cada mês você compra uma certa quantidade de dólar, do todo que vai levar na sua viagem.

Todos os riscos de variação cambial são diminuídos dessa forma.

O melhor de tudo é você embarcar no dia sem qualquer pendência financeira, você está indo para sua viagem despreocupado e exclusivamente com o compromisso de se divertir junto com a sua família.

ANÚNCIO