Conheça os 9 piores investimentos da atualidade (mesmo que estão na corretora)

ANÚNCIO

Que a poupança está ruim das pernas há algum tempo você já sabia. Mas, será que dá para confiar em todos os produtos que a sua corretora tem disponível? Não. E vamos mostrar aqui alguns dos piores investimentos da atualidade, inclusive, que estão na sua corretora.

Continue lendo para descobrir mais deles. Ah, e vamos começar logo pelos produtos bancários, que também engana muita gente, né. Talvez, mas só talvez, essa leitura te faça abrir os olhos para começar a estudar, por conta própria, o que é, de fato, bom para você.

ANÚNCIO

1 – Consórcio

A gente não poderia começar diferente sem falar dos consórcios e vamos explicar: eles são vendidos como “forma de juntar dinheiro para comprar um bem”. A questão é que você também pode fazer isso com outros ativos da renda fixa.

Além do mais, o consócio tem taxas altas de juros, de administração, etc. E os juros são praticamente nulos. Na dúvida: faça as contas. Você vai ver que pagou R$ 5 mil e agora poderá ter um bem de R$ 4 mil. Ou seja, perdeu dinheiro.

2 – Títulos de Capitalização

Esse produto bancário é um dos queridinhos dos gerentes. Mas, infelizmente, está sim entre os piores investimentos da atualidade. Tanto é que muito especialista nem considera como investimento financeiro, né.

ANÚNCIO

Mas, o fato é que eles são bem parecidos com os fundos de prêmios (que vamos citar a seguir). Assim sendo, são atrativos porque possuem sorteios de prêmios e é citado como boa ideia para quem não tem facilidade em juntar dinheiro.

Só que na prática quase não tem rendimento e chega a ser pior do que a poupança (que também vamos citar abaixo). Fica abaixo da inflação e o cliente pode perder poder de compra.

3 – Fundo de Prêmios

Esses fundos são bem raros de aparecem no mercado, mas ainda existem. De modo geral, eles possuem rentabilidade muito baixa, quase nula. Só que o atrativo dele é grande: a chance de ganhar prêmios milionários ou até mesmo carros, motos, viagens.

O fato é que se trata de sorte. Portanto, está mais para loteria do que para investimento, né? Para saber se você está caindo em uma cilada é simples: compare com outros ativos da renda fixa. E não se esqueça de ler nas entrelinhas e nas letras pequenas sobre as taxas.

4 – Caderneta da Poupança

A poupança já foi um bom ativo financeiro para muita gente. Hoje, não é mais e faz algum tempo. O rendimento é ruim e a vantagem está no fato de não ter taxa e uma alta liquidez. No entanto, para quem quer ganhar juros, a poupança não serve.

Assim como as opções acima também não ganha da inflação, o que faz com que o investidor perca poder de compra ao longo dos meses e dos anos.

5 – Previdência Privada

Agora a gente começa a citar os produtos que estão dentro de várias corretoras de investimentos. Mas, não é pelo fato de estar lá que elas são boas opções, viu. A previdência é a primeira delas que você deve notar.

De modo geral, ela é vendida como boa para o longo prazo, justamente para a aposentadoria. Só que mesmo com a vantagem de abater no imposto de renda, ela tem muitas taxas e nem vale para quem faz a declaração simplificada.

Logo, há opções melhores no mercado. Ainda mais para o longo prazo.

6 – CDB menos de 100% do CDI

Outro produto que também está na corretora, mas pode ser “qualificado” como um dos piores investimentos da atualidade é o CDB que tem rendimento abaixo do 100% do CDI. Isso porque como ele tem o imposto de renda, o rendimento líquido fica péssimo.

Os CDBs, de modo geral, podem ser ótimos para você. Ele pode ter liquidez diária, por exemplo ou pode ser para o longo prazo. Só que de uma forma geral, sempre tem que estar acima dos 100% do CDI para seguir a Selic.

7 – Fundo Multimercado

Sobre o fundo multimercado, atenção. Porque a gente sempre acaba citando ele aqui como boa opção para quem quer diversificar a carteira de ativos. E isso é verdade. No entanto, a maioria deles tem taxas altas demais, o que é um problema e tanto.

Assim sendo, a dica é você fugir desses com taxas altas. Além do mais, faça a simulação porque você vai ver que tem alguns que rendem abaixo do Tesouro Selic, o que é bem ruim.

8 – Day Trade

O day trade pode não ser o pior de todos, mas se alguém indicar ele para você, que não entende nada de bolsa de valores, saiba que ele vai se transformar no pior. Então, novamente, atenção. É o seguinte: só opte pelo day trade se você tiver certeza que está preparado.

Mesmo para quem quer ganhar dinheiro mais rapidamente com investimentos, a indicação jamais será do day trade em primeira instancia. Se algum corretor fizer isso, é melhor rever os seus mentores, viu.

9 – COE

E para fechar a nossa lista, temos o COE (Certificado de Operações Estruturados). Ele tem sido muito divulgado por corretoras de investimentos grandes, como a XP e a Rico. Porém, saiba que até hoje não se mostrou como boa opção. Não mesmo.

A corretora sempre ganha demais e o investidor de menos. O fato é que com as taxas embutidas e os limites, você pode até não perder, mas quase sempre vai deixar de ganhar o que poderia em outros ativos.

As corretoras não são confiáveis?

piores investimentos da atualidade

Não é isso que queremos dizer. Frente aos bancos, elas são muito melhores, de fato. Porém, o que queremos é trazer um alerta para quem sempre aceita tudo o que a corretora diz, de olhos vendados. Esse é um erro que deve ser evitado. Sempre estude as opções.

ANÚNCIO