Saiba quais os 7 piores hábitos financeiros para se ter no próximo ano

ANÚNCIO

Existem alguns dos piores hábitos financeiros que você pode cometer sem nem perceber. O problema é que eles são como pequenos fundos que, se não “consertados rapidamente” podem afundar o seu barco todo. E a gente separou esses hábitos.

A ideia do conteúdo é muito simples: você poderá ler os hábitos ruins e ver se está praticando-os. Em caso positivo, o ideal é que você acabe com eles antes que eles acabem com você.

ANÚNCIO

Saiba quais os 7 piores hábitos financeiros para se ter no próximo ano

1 – Gastos Desnecessários

Um dos piores hábitos financeiros que você poderia ter no próximo ano é continuar gastando dinheiro sem que haja necessidade para isso, né. Agora, se você não fez isso neste ano, ótimo, continue nessa entoada.

O problema é que as pessoas acham que tem coisas que precisam ser compradas, mas nem sempre. E os próprios milionários provam isso. Eles vivem com o mínimo possível, ainda que possam ter algum luxo e conforto em determinados produtos.

ANÚNCIO

Saiba que você pode sim ter gastos com diversão durante o mês. Afinal, ninguém é de ferro, não é mesmo? Mas, será que você precisa ter um plano de celular que custa R$ 300 mensais. E sobre aquele sapato que você só usou uma única vez? É preciso pensar em tudo isso, viu.

Comece pelo início e vá dando passos curtos. Abandone o consumismo aos poucos. E, mais do que isso, comece a dar valor às pequenas coisas, até mesmo porque nem tudo que é caro é bom e tem muita coisa que é barata e boa, né.

2 – Metas Indefinidas

O próximo dos piores hábitos financeiros é ter metas indefinidas, isto é, ter um objetivo, mas deixar ele sem muita objetividade. Entende? Considere que você pode e deve criar metas bem objetivas, com data, horário, valores, etc.

Afina de contas, por mais que você tenha um ótimo orçamento financeiro e tenha uma dedicação muito grande para poupar parte do seu recurso, saiba que se não souber como ou onde usar o seu patrimônio estará cometendo um erro!

Por exemplo, comece pensando em uma meta ampla. Faça isso. Então, você pode pensar na sua aposentadoria. Aí, ter uma meta bem definida é algo como: pensar em aposentar daqui 30 anos e acumulando R$ 500 por mês para ter um valor acumulado no fim.

Isso é uma meta bem definida, não é mesmo? O mesmo vale para as suas viagens e também para a troca do carro, entre outros objetivos que você poderá criar ao longo do ano.

3 – Gastar mais do que Ganha!

Você também comete aquele erro de sempre ter problemas no fim do mês com a falta de dinheiro? Saiba que isso é falta de disciplina, amigo. Comece a estudar mais isso para evitar essa falha, viu.

Inclusive, também está entre os piores hábitos financeiros. Então, não tem muito segredo aqui, viu. Saiba que se você ganha X, você tem que gastar menos do que X. É simples assim. Inclusive, isso não tem a ver com quanto você ganha, ok!

Muitos especialistas e pessoas bem-sucedidas afirmam que não importa, necessariamente, o quanto você ganha. Mas, sim o quanto você gasta. Então, regra de ouro para você no próximo ano; gaste menos do que você ganha. Eis o segredo!

4 – Cartão de Crédito!

O cartão de crédito também é um problema na vida de muita gente. Aliás, para muitas famílias brasileiras ele é um grande vilão do orçamento. Mas, você deve saber que o problema não é, de fato, o cartão e sim quem usa ele, né.

Portanto, se tem uma boa dica para você é usar o cartão com muita parcimônia. Isto é, muito cuidado. E somente em casos que são realmente ideias. Evite ficar usando o cartão de crédito para todo tipo de compra que você faz.

E o motivo para essa dica fazer todo sentido é bem simples: o uso indiscriminado do cartão pode gerar o problema do atraso. Aí, tem a questão da multa e dos juros. O cartão de crédito brasileiro é um dos que tem a maior taxa de juros do mundo. Isso é um sinal, não é mesmo?

Saiba quais os 7 piores hábitos financeiros para se ter no próximo ano

5 – Cheque Especial

O cheque especial, aliás, o uso dele também está entre os piores hábitos financeiros. Assim sendo, considere que esse cheque especial é um produto financeiro que é oferecido pelos bancos e acabam te enganando. Sim, enganando.

Isso porque você vê o limite na conta e acha que tem dinheiro lá, né. Só que não é bem assim que funciona. O limite de crédito que está lá é do banco e ele pode sim te emprestar, no entanto, ele vai te cobrar juros para isso.

E os juros dele é bem compatível com o do cartão de crédito. O que é um péssimo sinal, né. Então, evite, ao máximo que puder, usar o seu cheque especial, mesmo que ele esteja lá na conta, fácil fácil para você!

6 – Reserva Financeira

O próximo ponto que vamos citar aqui é a reserva financeira, chamada também de reserva de emergência. Nem todo mundo tem uma reserva montada. E isso é um erro financeiro, viu. O motivo? Os imprevistos sempre acontecem, em qualquer época, inclusive, nas mais imprevisíveis, né.

E aí, se você quiser mudar de vida, ou pelo menos, melhorar de vida uma ótima ideia é começar a montar a sua reserva de emergência. Isso vai fazer com que você esteja mais bem preparado para quando algo acontecer. Porque pode acontecer a qualquer momento.

Aí, temos duas dicas aqui: uma delas é que você pode juntar um valor que represente 6 vezes a sua média de gasto mensal. A outra é considerar que você poderá usar para tudo que é visto como imprevisto, como a quebra do carro, uma doença, etc.

Você sabe o que são os gastos essenciais do seu orçamento financeiro?

7 – Planejamento Financeiro

A gente até poderia ter começado com esse tópico, né. Afinal de contas, a falta de planejamento financeiro é o primeiro erro que muita gente comete. Então, vamos lá: atente-se à criação de um cronograma de gastos, viu.

E saiba que isso inclui anotar os gastos e as receitas. Esse é o princípio de tudo. Além do mais, saiba que você pode usar a tecnologia a seu favor. Ou até mesmo as planilhas financeiras do Excel ou o caderno de anotações e por aí vai.

ANÚNCIO