Descubra quais São os 5 Maiores Gastos com os PETS e Saiba Como Economizar

Esse texto é exclusivo para quem tem ou quem quer ter um animal de estimação. Se você não adora esses bichanos, então, desculpe o transtorno, mas essa leitura não é para você!

Agora, se você continuou lendo é porque gosta da presença e da companhia dos PETS. E olha que eles podem ser das mais variadas raças! Tem aqueles peludinhos, que parecem de pelúcia. Tem os de médio e grande porte que, normalmente, são sinônimos de proteção e segurança. Ah, e tem os felinos também, esses gatos que são verdadeiros ícones das famílias.

Mas, você já parou para pensar nos gasto que eles exigem todos os meses?

Bem, antes de continuar com esse texto, vamos deixar uma coisa bem clara! Nós, em hipótese alguma, estamos incentivando vocês a abandonarem seus bichos. Muito ao contrário, queremos que você cuide deles com todo amor e carinho.

Só que, ao mesmo tempo, precisamos também que você se atente ao fato das suas finanças, tudo bem? Afinal, você não pode começar a se endividar e deixar o seu PET na mão, não é mesmo?

Bom, deixando um pouco de lado esse afeto com os novos membros da família, vamos focar no dinheiro. E, como acabamos de mencionar, eles são considerados membros da família!

O que quer dizer?

Quer dizer que não vamos medir esforços para dar todo bem estar à eles. Muita comida, um lar e afeto não vão faltar. Além disso, um agradinho chamado osso de brincar e uma ida ao “salão de beleza” semanalmente vale a pena, afinal, eles são tão queridos!

E são justamente esses os maiores gastos com os pets! Pensando nisso, listamos abaixo os principais itens, ou seja, aqueles que mesmo sendo necessários precisam ser adicionados com exatidão à planilha mensal de gastos!

1 – Alimentação

Como nós, os bichos precisam se alimentar. E, dependendo da raça, ele necessita de uma alimentação balanceada e de qualidade. Assim como nós, os cães e gatos precisam ter uma vida saudável de forma geral, e isso começa pela alimentação.

Quanto à isso, podemos considerar um gasto fixo, já que, mesmo que a compra não seja realizada todos os meses, a compra é frequente durante todo o ano. Aí então entram vários fatores, entre eles, a pesquisa de preço, de marca e do tipo.

Será que ele precisa de uma ração especifica para manter a qualidade do pelo? Será que é mais saudável diversificar com comida de humanos? Tudo isso (e muito mais) deve ser visto!

Aqui vale ressaltar 2 pontos importantes que podem te fazer economizar dinheiro.

  1. Quanto à quantidade de ração! Se você sabe o consumo dele, então, pode planejar comprar pacotes maiores para um maior prazo de tempo. Normalmente, quanto maior o pacote, mais barato ele custa. Ou então, as vezes, comprando mais de 1 unidade, pode haver algum desconto!
  2. O 2 ponto é quanto ao formato da compra! Você tem o costume de comprar na casa de rações que fica no quarteirão da sua casa? Pode ser que aquela outra, de outro bairro, tenha um valor melhor e, ainda, não cobra o frete da entrega. Mais do que isso, com a tecnologia, é possível comprar, inclusive, pela internet. Aplicativos, páginas, site e mídias sociais faz parte da maior vitrine do mundo, a internet!

Quer Economizar Dinheiro? Não compre esses 17 Alimentos, os mais caros do mundo

2 – Banho e Tosa

É uma questão de higiene! O recomendável é que, no mínimo, uma vez ao mês o seu bichano tome um bom banho, que deve incluir, inclusive, shampoos especializados. Algumas pessoas fazem isso em casa, o que é ótimo para o bolso. No entanto, a maior parte não, devido ao problema de morarem em apartamentos ou não terem tempo hábil para tal.

Aqui também selecionamos 2 pontos que podem te ajudar a economizar dinheiro sem ter que abrir mão da higiene do seu pet. Um deles é quanto ao dia da semana. Muitos locais costumam cobrar mais barato em certos dias da semana, que, normalmente, são aqueles que tem menor movimento, tais como as segundas e quartas-feiras. Isso costuma ser compensador!

Outro ponto é sobre a quantidade de banho e tosa necessários. Alguns precisam desse dose semanal, outros mensal. O fato é que tudo vai depender da raça do bicho. Alguns gatos, por exemplo, necessitam de um banho a cada 6 meses, conforme veterinários. Se você não acredita, saiba que, inclusive, alguns animais podem sofrer “estresse” quando há uma frequência muito grande de banhos.

3 – Brinquedos e Roupinhas

Nessa questão, eles são idênticos às crianças e adoram uma novidade. Porém, saiba que ele não tem noção de valor financeiro, então, nem sempre ele vai gostar do brinquedo mais caro. Mime o seu bicho, mas faça isso sem ostentar. Com certeza ele prefere a sua companhia do que os brinquedos mais caros da loja de pets.

Obs. Muitas vezes eles vão preferir o seu chinelo e a sua meia do que aquele osso gigante que você comprou naquela loja chique daquele shopping da Classe A.

Quanto às roupinhas, a conversa é mais séria e não queremos entrar em detalhes com questões de saúde. Alguns especialistas são a favor e outros contra o uso excessivo. O fato é que, em grande parte das vezes, o pet não ficar feliz com o vestuário novo como você ficou quando comprou. Lembre-se sempre que as roupas são objetos humanos, faz parte da nossa cultura e mesmo que se acostume os animais ainda não tem esse mesmo hábito que nós.

O que tem acontecido é que os donos têm comprado roupinhas em cada data comemorativa, seja no Carnaval ou no Natal, seja na Páscoa ou na data do aniversário. E, tudo bem. Mas não esqueça de anotar isso no seu cronograma financeiro mensal. Ok?

7 Passos Fundamentais para Manter o Controle Financeiro Pessoal mesmo Desempregado

4 – Hotel e Veterinário

São gastos não fixos! Mas, são gastos! Apesar de ser mais complicado fazer uma previsão dele, é possível imaginar que eles vão acontecer de tempos em tempos. E agora tem uma surpresa: esses gastos esporádicos são os que mais causam transtornos financeiros justamente porque são aqueles que não estão previstos no orçamento.

Tomara que não aconteça, mas todos os pets estão sujeitos a ficarem doentes. Isso inclui uma consulta no veterinário, remédios e, possivelmente, vacinas.

Acredite: esse pacote “surpresa” pode acabar com o seu sonho de ir viajar no fim do ano. Então, para que isso não aconteça, você precisa criar uma reserva também para os pets, assim como você faz para você e para os seus filhos.

Por sinal, aqui vale ressaltar também a internet, novamente, que tem mostrado varias opções. Uma delas é o plano de saúde para animais e eles existem em vários modelos, incluindo, vacinas. Então, o melhor remédio, nesse caso, é pesquisar todas as alternativas possíveis.

Ah, o que notamos é que esses planos costumam valer a pena quando incluem internações, exames e cirurgias, que costuma ser os maiores gastos.

Descubra quais São os 5 Maiores Gastos com os PETS e Saiba Como Economizar

Já a questão do hotelzinho pode até acontecer de maneira surpreendente, mas se você for uma pessoa ativa financeiramente falando, vai saber que será preciso incluir esse item no seu planejamento. Ainda nesse caso, vale observar questões alternativas, como deixar o bicho com um amigo. Existem opções mais econômicas.

5 – Cemitérios de Animais e Doações

Os 2 assuntos são polêmicos. O 1 porque é triste e ninguém gosta de tocar no assunto. Mas, o fato é que há no mercado crematórios e cemitérios para animais, que oferecem, inclusive, planos anuais. Essa opção vale a pena se você considera seu pet como um membro da família e se não quer deixar um momento triste ainda mais triste!

O outro tema é sobre doações porque se você ama os bichos, com certeza, já doou muitos reais para as ONGs e para a recuperação de animais em situações críticas. Entre um projeto e outro e entre 30 e 50 reais, seu orçamento pode ir por água abaixo, mas não se você anotar tudo.

Com informações do Dinheirama