7 Passos para Reconhecer o Perfil de um Empreendedor de Sucesso

ANÚNCIO

Se você sempre sonhou em ser um empresário, saiba que isso é muito mais do que possível. Aliás, qualquer pessoa pode se tonar um empreendedor de sucesso se tiver algumas características.

Sobre essas características é que se forma o perfil do empreendedor.

ANÚNCIO

Antes de tudo, saiba que conciliar a vida pessoa com a vida profissional não é nada fácil e tirar férias quando bem entender requer um bom planejamento.

O lado bom mostra que no Brasil há um aumento significativo das micro e pequenas empresas. Já o lado ruim mostra que nem todas sobrevivem ao tempo ou às crises.

Qual o Jeito Certo de Reinvestir o Lucro da Empresa?

1 – Reinvestir em um Capital de Giro

Nunca é demais ter certa quantia em dinheiro, com investimentos de curto prazo e que será usado para eventuais necessidades. Porque sempre que uma mudança cresce e assume contratos maiores, é preciso reestudar o fluxo de caixa para prever algumas faltas.

ANÚNCIO

Sendo assim, para períodos de caixa baixo, ter uma reserva vai possibilitar passar por qualquer momento sem sufoco e sem precisar fazer empréstimos. Em uma empresa, muitas vezes, o empréstimo é necessário, mas sempre que puder ser evitado, melhor será.

A regra do empréstimo é muito simples: você pega um dinheiro emprestado para fazer a empresa funcionar e em troca tem que pagar esse empréstimo e mais um juro. Logo, você pagará mais do que pegou, é assim que funciona sempre.

Para empresas que são novas no mercado, esse dinheiro do lucro deve ser resguardado para ser usado como capital de giro até que a companhia entenda o mercado de fato, conhecendo os altos e baixos porque sempre vai ter um fator determinando, chamado de sazonalidade.

Mulheres Empreendedoras: qual o segredo para o sucesso financeiro?

2 – Na Estrutura da Empresa

Ao mesmo tempo, manter máquinas, veículos, modernização de sistemas ou treinamento da equipe é sempre uma boa pedida já que a empresa será considerada moderna, com equipamentos novos e confiáveis.

Isso vai garantir a satisfação do cliente já que ele terá confiança nos produtos, nos processos e isso levará ao aumento de vendas e de uma imagem próspera, tanto dos clientes quanto dos colaboradores.

No mercado administrativo, é quase que uma “obrigação” de qualquer gestor manter parte do lucro de uma empresa reinvestindo nela própria. Isso é consideravelmente ideal para empresas antigas, tradicionais ou que tenham um público exigente de tendências.

Ainda nessa parte estrutural, o pagamento regular de dividendos (lucros) aos sócios é também considerado um investimento. Satisfeitos, os sócios vão alavancar, cada vez mais, o negócio com a injeção de capital ou com filiais e novos departamentos.

3 – No Longo Prazo

No médio e longo prazo, os empresários podem programar investimentos aplicando parte do lucro em produtos bancários, imóveis ou em outras opções. Mas, vale lembrar que alguns produtos , como as rendas fixas do tesouro direto tão conhecidas, não aceitam a investimentos de pessoas jurídicas.

7 Passos para Reconhecer o Perfil de um Empreendedor de Sucesso

Conforme informações do Sebrae, pelo menos 60% das MPEs morrem antes de completarem 5 anos de atividade.

Logo, isso torna importante a avaliação de se tornar um empresário. Confira abaixo uma prévia para saber se você tem o “tino empresarial”.

1 – Dedicação

Um estudo da Fundação Getúlio Vargas constatou que o lucro da empresa aumenta em 1% para cada hora a mais que o empresário trabalha. Logo, quando mais o empresário se dedica, maior será a rentabilidade da empresa.

O mesmo estudo ainda mostra que um empresário que se dedica a outras atividades fora da empresa tem até 9% menos resultado do que aquelas que contam com a dedicação integral do empresário.

Nesse caso, literalmente, “é o olho do dono que engorda o gado”.

2 – Relacionamento

Conhecimento é importante, mas não é tudo. O empresário sempre vai precisar de outras pessoas para manter as portas do negócio abertas. Assim, o relacionamento é totalmente importante.

Além disso, para vender o produto, além de conhecê-lo, é preciso convencer o consumidor da necessidade dele.

Logo, note que é importante dedicar boa parte do tempo em administração de pessoal, seja com funcionários, clientes ou fornecedores.

3 – Gerenciamento

Para iniciar um negócio, todo empreendedor precisa de capital. Assim, é preciso entender qual é a capacitação quanto ao gerenciamento financeiro de contas.

O empresário tem que saber gerenciar o seu dinheiro ou é daqueles que estão sempre pagando contas em atraso, com cheques especiais simplesmente porque não tiveram o planejamento correto.

Coworking é opção para economizar dinheiro na hora de empreender

O ideal é sempre se programar para trabalhar com uma margem financeira que dê margem para adaptações. E, logicamente, nunca vale a pena misturar as contas pessoas com as da empresa.

4 – Riscos

Todo empreendedor precisa saber correr riscos. E isso aconteça desde a abertura da empresa, afinal, há sempre algo que pode não sair exatamente como você imaginou.

Para tanto, basta equilíbrio e visão. Um dos aspectos mais difíceis de tornar um empresário é ter a capacidade de aceitar as decepções ou os fracassos e mesmo assim ser persistente o bastante para continuar lutando.

5 – Informação

Para sobreviver ao mercado, o empresário tem que estar informado, conhecendo os concorrentes, as novas tecnologias, os novos produtos, as novas formas de ganhar dinheiro.

É importante, para tanto, contar com apoio profissional especializado em determinados áreas do gerenciamento da empresa, sendo que eles não precisam ser funcionários. Uma das opções é optar pela terceirização, desde que haja segurança e legislação.

6 – Organização

A organização é uma das características mais importantes para quem está pensando em abrir um negócio.

O empresário terá várias funções, como contas, aberturas, equipe. Portanto, muito do serviço inicial será feito por você.

7 – Tomada de Decisões

Dinâmica é a palavra-chave para qualquer empresário que busca o sucesso. Para que se dedique à várias atividades e consiga decidir rapidamente pelo caminho a seguir.

O ato tem que ser de liderança, supervisionando o trabalho da equipe e otimismo suficiente para sobreviver frente às dificuldades que poderão surgir ao longo do tempo.

O Passo a Passo para abrir uma empresa e Lançar ações na Bolsa de Valores

Passo 1 – A 1ª medida que deve ser tomada para começar a empreender é ter a ambição de ser dono do próprio negócio. Não importa o tamanho ou o mercado, se você tem um projeto em mente e já fez uma análise de mercado e pesquisas, então, o seu empreendimento tem potencial.

Passo 2 – Agora, tenha paciência. Muita paciência. A maior parte do processo de abertura de uma empresa envolve tempo e, na maior parte das vezes, transações com os órgãos públicos. Continue Lendo…

O Passo a Passo para abrir uma empresa e Lançar ações na Bolsa de Valores

Com informações do Infomoney

ANÚNCIO