Para reforçar caixa, Azul vai emitir ações novas na BM&FBovespa em 2017

PROPAGANDA

A Azul Linhas Aéreas vai estrear papéis na BM&FBovespa entre janeiro e fevereiro do próximo ano. A empresa é a terceira maior do país no setor e pretende levantar recursos com a emissão de ações novas na oferta primária (abaixo vamos explicar o que é).

Como Comprar Ações na Bolsa de Valores.

PROPAGANDA

O objetivo é reforçar o caixa, já que a Azul começou a receber aeronaves de maior porte, principalmente focada nas viagens internacionais.  A companhia já possui uma frota de 139 jatos, mas a companhia de David Neeleman deve receber mais 2 jatos Airbus A320 ainda esse ano, ambos com capacidade para 180 passageiros. Além deles, outros 6 aviões do mesmo modelo estão previstos para 2017.

Tanto é que a empresa já informou que vai inserir mais de 3 mil voos extras para a temporada de verão, que vai desde dezembro desse ano até fevereiro do próximo. Inclusive, serão ofertados voos extras para Miami, Montevidéu e Punta del Leste.

“Chegamos com força total para as nossas operações de alta temporada, com uma malha de voos extras muito bem estruturada e conveniente para todos os clientes”, disse, em nota, o diretor de planejamento de malha da Azul, Daniel Tkacz.

PROPAGANDA

Conheça as ações que vão pagar os mais altos dividendos em 2016.

A empresa pretende concluir a documentação nas próximas semanas, inclusive com o pedido de registro para uma oferta inicial de ações (IPO, em inglês). O pedido só não foi confirmado ainda devido à volatilidade do mercado financeiro, provocada pela surpreendente vitória de Donald Trump, novo Presidente dos Estados Unidos.

Leia: Donald Trump Presidente – Bom ou Ruim para os Investidores Brasileiros?

As informações são de fontes que não serão identificadas e sobre o assunto, a Azul não preferiu nada comentar.

Histórico

O plano é uma retomada já que o momento atual é marcado pelo fato de que as companhias aéreas estão reduzindo rotas e cortando empregos. Em casos específicos, até mesmo devolvendo aeronaves. Ação que tem o objetivo de reduzir o endividamento e manter o caixa.

Para conhecimento: No final de agosto, a Gol devolveu um Boeing 737-700 que estava com a companhia desde 2003. Com a baixa, a empresa ficou com 34 boeings do mesmo modelo na frota. A Abear (Associação Brasileiras das Empresas Aéreas) informou que a demanda por voos domésticos caiu 4,4% em setembro de 2016 comparado ao mesmo período do ano anterior.

O que sabemos é que em junho de 2016, a Azul desistiu – pela terceira vez – de lançar os IPOs, na ocasião, o motivo também foi as condições adversas do mercado. E, nessa época, era esperado que a Azul levantasse cerca de 1 bilhão de reais com as operações.

Qual é a Hora Certa de Adquirir uma Ação? Veja esse vídeo:

Mas, o problema foi solucionado brevemente, já que a empresa recebeu 100 milhões de dólares da norte-americana United Airlines. E, já no final de 2016, a companhia recebeu mais 1,7 bilhão de reais, quando cedeu ao grupo Chinês HNA Group cerca de 23% da empresa.

“O aporte daria fôlego para a empresa até um IPO”, disse, na época, Antonaldo Neves, presidente da Azul.

Atualmente, a Azul teve um prejuízo líquido de mais de 182 milhões de reais, resultado informado no primeiro trimestre do ano, ante o lucro de 92 milhões de reais em igual momento de 2015.

E em agosto desse ano, Neeleman já havia previsto dias melhores, principalmente quanto ao baixo preço do petróleo. “Nós estamos de volta. Com base nas projeções de que o combustível ficará abaixo de US$ 50 por barril nos próximos 2 anos, isso nos dará uma oportunidade para fazer o que temos de fazer para tornar a empresa mais eficiente”.

Oferta Primária: entenda o que é?

Conforme definição da BM&FBovespa, uma oferta pública de ações é uma colocação, junto ao público, de determinado número de ações de uma companhia previsto na regulamentação do mercado de capitais.

São 2 tipos de ofertas:

1 – Oferta pública primária

Acontece quando é realizada a emissão de novas ações de fundo de investimento que serão ofertadas ao mercado, com ingresso de recursos no próprio emissor da oferta.

2 – Oferta pública secundária

Acontece quando são ofertadas ações de fundos de investimento já existentes, de modo que os recursos não serão aportados na empresa, mas serão direcionados aos acionistas vendedores.

Para participar de uma oferta pública você precisa ser cliente de uma corretora ou banco que esteja participando da oferta.

Leia Também: Aprenda Como Comprar Ações na Bolsa de Valores BM&FBovespa.

O que é Bolsa de Valores

Já falamos dos tipos de ofertas, mas talvez você seja um novo investidor e ainda não saiba muito sobre o Mercado de Ações. Para simplificar, podemos dizer que:

  • A Bolsa de Valores é a melhor forma de Investir Seu Dinheiro
  • Ela é um Investimento de Renda Variável
  • E é um Investimento de Alto Risco
azul-vai-emitir-acoes-novas-na-bmfbovespa-em-2017-2

Reprodução: Google

O resultado desses 3 tópicos é que, se você tiver controle e planejamento, você pode ficar milionário investindo na Bolsa de Valores. Como isso é possível? Oras, o Trovó conseguiu conquistar 1 milhão de reais nesse mercado antes de completar 30 anos de idade.

Observação!! Comecei com apenas 14 mil reais, nunca fui casado com uma mulher rica e nem ganhei na loteria, certo? Ou seja, vocês podem ver que ele é uma pessoa comum, como nós. E se ele conseguiu, nós também podemos.

Começo pelo simples! Conheça mais sobre o Mercado de Investimentos, saiba sobre rendas variáveis e fixas, sobre turbinadores de lucros e veja como é possível.

Temos um curso – ONLINE E GRATUITO – na qual você já pode começar essa educação financeira. São poucos vídeos aulas e você pode assistir direto do seu computador. Para isso, basta fazer o cadastro, abaixo ou clicar no link.

Da Redação

PROPAGANDA