Pão de Açúcar, Petrobras, BB e CPFL foram os destaques de ontem (23); e Bovespa tem 4ª alta consecutiva

PROPAGANDA

A quarta-feira (23) teve poucas novidades conforme os comunicados apresentados. Os destaques ficaram por conta do Pão de Açúcar, Petrobras, CPFL Energia e Banco do Brasil. Além, claro, de notícias ainda referentes ao Efeito Trump. Listamos cada um desses detalhes, vejam:

Pão de Açúcar (PCAR4)

O conselho de administração do grupo deu sequencia ao anúncio do começo do mês e autorizou a diretoria a iniciar um processo de alienação da participação da companhia no capital da Via Varejo.

PROPAGANDA

“Fomos cautelosos nos últimos meses. Baixamos o estoque de swaps e isso permite que tenhamos mais constância na intervenção”, afirmou Ilan Goldfajn, presidente do Banco Central. Leia a notícia na íntegra.

Conforme comunicado, isto vai “em linha com a sua estratégia de longo prazo de focar no desenvolvimento do setor alimentar”. Em caso de nova deliberação sobre o assunto, o grupo voltará à informar ao mercado.

Petrobras (PETR3 e PETR4)

O conselho de administração da estatal aprovou ontem (23) os acordos para encerrar 11 ações contra a companhia nos Estados Unidos. Segundo a Petrobras, o balanço do 3º trimestre, ela reconhece uma provisão de US$ 364 milhões, onde estão esses processos.

PROPAGANDA

Workshop 100% Online e Gratuito: Risco Zero nos Investimentos

“Essas ações individuais foram consolidadas, para fins de julgamento, com outras 12 ações individuais (além das 4 já extintas por acordo) e a class action movidas contra a companhia (e outros) perante a Corte Federal de Nova York”, disse o comunicado.

Sendo assim, a empresa já conseguiu acordos em mais da metade das ações individuais consolidadas contra ela, cujos termos são confidenciais e não constituem qualquer reconhecimento de responsabilidade por parte da estatal.

pao-de-acucar-petrobras-bb-e-cpfl-foram-os-destaques-de-ontem-23-e-bovespa-tem-4a-alta-consecutiva-2

Reprodução: Google

Recentemente os analistas saudaram de forma positiva as ações da estatal, mesmo após a Petrobras anunciar um grande prejuízo. “Para a BTG a Petrobrás está no caminho certo para desbloquear o valor da venda de ativos e os campos de transferência de direitos“.

CPFL Energia (CPFE3)

A companhia apresentou um requerimento para a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) autorize a transferência das ações detidas pelos donos das ações do bloco de controle à State Grid. O negócio foi autorizado em julho, mas sofreu adesão de outros acionistas Previ e fundo Energia SP FIA.

Para reforçar caixa, Azul vai emitir ações novas na BM&FBovespa em 2017

Ao todo, a empresa chinesa já tem 53,3% do capital social da companhia. O negócio tem expectativa de chegar perto de 39,5 bilhões, segundo o mercado financeiro.

Banco do Brasil (BBAS3)

O Santander Corretora recomentou a compra para os papéis do Banco do Brasil e os analistas elevaram o preço-alvo para 37 reais, o que totaliza a valorização de 40,85% em relação ao fechamento do dia 18 de novembro de 2016.

“Atualizamos nosso modelo de resultados após a divulgação dos resultados trimestrais, revisamos as estimativas para cima e elevamos o preço-alvo para o final de 2017”, afirmou a instituição.

“Além disso, incorporamos novas estimativas macroeconômicas, considerando o resultado das eleições recentes nos EUA. Portanto, o Lucro por Ação cresceu de 49% e 18% para 2017 e 2018, respectivamente”.

Leia também: Santander recomenda os melhores papéis para fazer investimento no setor de educação.

O mercado financeiro pós eleição de Trump

Dessa vez, foi a XP Gestão que resolveu comentar o tema. “O mercado está muito pouco líquido. A entrada ou saída de um par de investidores de um papel fazê-lo movimentar mais de 15% como vimos em Sabesp nos últimos dias”.

A gestora ainda conta que, após o Brexit, decidiu se proteger em eventuais cenários políticos, mesmo que as pesquisas de opinião indiquem posição mais clara e, por isso, conseguiu se proteger mesmo com a vitória do republicano.

O Efeito Trump ficou conhecido – em pouco tempo – por ter feito a Renda Fixa perder US$ 1,5 trilhão. Além disso, temos um artigo que mostra as 10 empresas que mais valorizaram na Bovespa e outras 4 Bolsas da Europa que tiveram queda, logo após o período em que Trump foi eleito. Leia.

Bolsa de Valores

Ao final do dia, a Bolsa de Valores de São Paulo fechou em alta de 0,05%, a 61.985 pontos, garantindo a 4ª alta seguida consecutiva. O volume financeiro somou mais de 7 bilhões de reais, abaixo da média diária para o mês, que é de 8,8 bilhões de reais.

As 30 ações mais negociadas da Bolsa de Valores

Para os operadores, o fato de ser véspera da Ação de Graças nos Estados Unidos ajudou a esvaziar o pregão local, o que diminuiu a liquidez e evitaram que investidores fizessem grandes movimentos.

Principais Altas

  • Vale PNA subiu 1,29%
  • Vale ON valorizou 1,44%
  • Petrobras fechou em queda de 0,50%
  • Itaú Unibanco caiu 0,92%
  • Bradesco PN subiu 0,44%

Da Redação

PROPAGANDA