Os cuidados financeiros para cuidar do seu PET

Será que você está preparado para cuidar do seu pet? Porque cuidar do pet não é apenas levar ele para passear ou dar banho ou por a ração… É muito além disso e exige um bom condicionamento financeiro também.

Afinal, você não vai deixar o seu melhor amigo na pior, caso ele precise, vai?

Esse é um tema muito importante que trata de animais, que são bichos que a gente tem muito amor, só que as vezes não temos o dinheiro para cuidar devidamente deles. Ao menos, não como eles merecem!

Os custos!

O relato que temos a seguir foi retirado da internet e é bastante interessante para que possamos dar continuidade no conteúdo:

eu estava em casa tranquilo e ouvi uns miados bastante diferentes. Ele tinha sido envenenado, mas o mais importante disso é que ele foi socorrido a tempo porque levamos no veterinário. E foi atendido prontamente no particular. Isso significa que precisa ter o dinheiro para cuidar dos animais de estimação!

E claro que usamos um exemplo, mas não é apenas quando há casos emergenciais para uma consulta no veterinário que precisa de dinheiro e você sabe disso, né.

A verdade desse texto é para dizer que precisamos cuidar melhor do nosso recurso financeiro e da qualidade de vida que a gente dá para esses animais de estimação.

Incluindo no orçamento

O que vamos recomendar aqui é que o seu orçamento contemple esse valor para o pet.

Basicamente, existe 2 opções: você fazer um plano de saúde para seus animais ou ter uma reserva.

Agora, para quem tem muitos pets, o plano de saúde, não costuma compensar, óbvio.

Por outro lado, é preciso entender que o orçamento destinado aos pets deve contemplar além do cotidiano, onde você tem vacinas, tosas, alimentação, vitamina, remédios.

É preciso ter muita força de vontade na verdade, mas eles merecem.

Os cuidados financeiros para cuidar do seu PET

Para que você possa ter o dinheiro é preciso planejar!

Saber o quanto custa por mês os seus animais.

É muito importante que você faça esse diagnóstico porque é possível você economizar, sim, mas  você não vai querer tirar a qualidade de vida do seu animal.

Por isso, o seu orçamento deve contemplar parte do seu dinheiro para eles.

E com isso você também construir uma reserva para eventuais problemas, isso significa ter reservas financeiras.

Mas, quanto de reserva? Pelo menos uns 3% do valor que você ganha e é importante ter reservado na eventualidade como essa que foi citada.

Agora, quanto mais animais, maior o valor da porcentagem também.

Então, antes de adotar um animal é importante que você veja a sua situação financeira, se você tem ou não tem condições de dar qualidade de vida para esse animal.

Reserva Financeira – o que?

A gente usa o nome de reserva de emergência porque as pessoas fazem dele como um colchão financeiro.

Isto é, aquele dinheiro que deve ficar guardado para algum fim proposital.

Então, ao invés de usar no colchão, considere que ele deve estar investido em boa liquidez, num produto que tenha boa rentabilidade, mas que esteja á sua disposição a qualquer momento também.

A reserva de emergência é para lidar com esse tipo de imprevisibilidade num plano que você fez.

Porém, existe também oportunidade no dia a dia que nos convidam a usar a reserva de emergências. Só que não deveríamos…

Imagina a situação em que você está pensando aí, agora!

A troca do seu automóvel e pagar um pequeno financiamento, por exemplo.

Erro encontrado!

Fazer uma viagem pagando a prazo, trocar eletrodoméstico em casa, também pagando a prazo e, de repente, no meio da negociação vem um desconto do tipo “e em vez de pagar em 12 vezes você paga à vista e tem um desconto de 15%”… Nada disso também!

Aparentemente é uma boa negociação, um bom desconto, valeria a pena pagar a vista.

Só que a reserva de emergência não é pra isso!

Então, se você não tem esse dinheiro disponível na sua conta corrente,  você tem apenas esse dinheiro aplicado na sua reserva de emergências, não use!

Agora, você quer saber como montar a sua reserva?

Considerando que os gastos do fim e do início do ano costumam apertar o orçamento financeiro dos brasileiros, nós separamos uma lista com 7 dicas para conseguir economizar dinheiro e manter a reserva financeira. Considere!

1 – Descubra onde é possível economizar dinheiro

Tenha um diagnóstico financeiro para manter seus investimentos na renda fixa.

Durante o processo de anotação, note como você está gastando seu dinheiro e você vai saber quais as despesas pode reduzir ou eliminar para criar a reserva financeira para o final do ano.

Saiba tudo o que gasta separando os tipos de despesas, inclua nisso os cafezinhos também.

A realidade sempre é muito diferente do que imaginamos. E, pesquisas comprovam que 20% dos nossos gastos mensais são supérfluos e poderiam ser desnecessários?

Veja outras 6 dicas para construir a sua reserva e cuidar bem dos seus animais!