O que é rentabilidade e como ela funciona nos investimentos?

Hoje, o papo é reto para você que está começando a entender a importância de investir dinheiro para se criar um futuro saudável e realizar os seus sonhos sem depender de ninguém!

Na real, você sabe o que é rentabilidade, uma palavra tão usada nas aplicações financeiras?

O exemplo da família

Vamos pensar assim: hoje você tem a sua família e tem o seu negócio. O seu negócio é onde você trabalha, onde que realmente ganha o seu sustento, o salário.

De outro lado, parte do seu salário do seu negócio vai para a sua família, para fazer com que ela tenha qualidade e esse dinheiro vai lá entrar.

Por isso, você também precisa ser cuidado.

Mas, por que cuidado e o que a rentabilidade tem a ver com isso?

Na família você tem o rendimento do seu trabalho, que vem de parte do salário ou do pro-labore se você é um empreendedor.

Esse dinheiro tem que suprir as necessidades e também os sonhos dessa família. Concorda?

Muitas pessoas já nem pensam mais em sonhos. Só que agora, vamos falar de rentabilidade dessa família.

Ela precisa ter um custo familiar que não ultrapasse o seu salário. Certo? Isso é importante para que sobra um dinheiro para os sonhos, para curtir a vida, que vai além de simplesmente pagar boletos.

Muitas famílias já perderam esse equilíbrio da vida financeira e não guardam absolutamente nada, ou seja, a rentabilidade dessa família é zero.

Isso não pode continuar acontecendo… Por isso, é hora da gente tomar uma decisão: aumentar o meu ganho de salário ou diminuir os custos da família.

E aqui começamos a entender a rentabilidade!

Na prática

Na prática, isso que quer dizer que ou eu busco uma alternativa de receita ou vou ter que ganhar mais dinheiro de algum jeito.

Por outro lado, também tem a opção de eu reduzir os meus custos, que são custos esses de vida e para isso, eu vou ter que envolver a família.

Portanto, é hora sim de reduzir gastos para isso ter a nossa rentabilidade familiar.

Família sem rentabilidade, praticamente, não tem um sonho realizado nunca – não dá para ir para a praia, nem trocar de carro, nem levar o filho para Disney, nada!

A rentabilidade nos negócios

Já no mundo dos negócios, a rentabilidade vem do seu produto do seu serviço que você vende, ou seja, as horas que você está vendendo.

Você precisa fazer com que elas tenham o lucro.

O lucro vem a partir do momento que eu tenho um faturamento. Se eu tenho um custo, eu tenho que entrar antes dele o lucro.

Por isso, o lucro tem que vir em primeiro lugar. Você tem que ter o faturamento, tirar o custos e sobrar.. Essa sobra é o seu lucro!

Se o seu negócio não está dando lucro é sinal que você precisa parar, refletir e tomar as decisões mais assertivas, mais rentáveis, mais justas para você mesmo.

Aí, acontece no mesmo que aconteceu com a sua família:

– Ou eu vou buscar mais receita, mais faturamento ou eu tenho que diminuir meus custos.

Alguma coisa que possa ter sentido e reduzir meus gastos do meu negócio.

A rentabilidade nos investimentos

E tem essa tal rentabilidade que todo mundo busca por ela, que é aquela que vai dar 6,5% de uma selic.

O que é essa rentabilidade sobre ativos onde todo mundo busca por isso? Nada mais é do que você buscar um ganho maior sobre a inflação real.

Imaginando que a inflação real desse ano passado foi de 3,7%, a selic estava 6,5%, portanto, por mais que você busque pela rentabilidade, se ela está ganhando até 8% ao ano ela não supera a perda que você tem no poder aquisitivo!

É o mesmo que dizer que se você comprava R$ 100 ano passado, hoje você já não compra a mesma quantidade de produtos – O que mostra que você perdeu a sua rentabilidade, o seu poder de compra.

Agora, não fique pensando que rentabilizar o seu dinheiro guardado que vai resolver o seu problema.

Você não vai resolver seu problema somente aplicando recursos financeiros no mercado financeiro. É preciso mais! É preciso buscar as causas do verdadeiro problema, que está dentro da sua casa ou dentro do seu negócio ou no seu investimento.

Como buscar melhores rendimentos nas aplicações?

O que é rentabilidade e como ela funciona nos investimentos?

Existem várias formas de você ter investimentos rentáveis.

A conta você já sabe: faturamento menos os custos é igual ao lucro.

Então, não adianta você ter um rendimento alto se tem custos altos também. Ao mesmo tempo, se o seu rendimento é baixo, você não pode ter um custo alto porque vai dar ruim.

A saída é você aprender a estudar os investimentos.

Por exemplo: por que todo mundo diz que os fundos de investimentos não são bons? Porque a maioria deles tem altas taxas de administração. Aí, o seu custo fica alto, né. E não há rentabilidade que o faz ser um bom produto financeiro.

Por outro lado, tem investimentos com rendimentos menores, só que taxas baixíssimas, o que o torna compensador. Entendeu?

A ideia é você fazer as contas para escolher melhor os seus investimentos a partir de agora. Combinado? Nem todo fundo é ruim, mas a maioria é. Ai, depois, tem Tesouro, CDB, LCI… E tudo precisa de fazer conta para saber se vale a pena.

Hoje em dia, os principais custos são de imposto de renda e IOF. Só que a poupança que não tem esses custos, acaba sendo pior do que os investimentos que tem.

Logo, só fazendo as contas para saber quando um produto vale a pena ou não.