Saiba o que é o desdobramento de ações no Brasil e entenda o caso da MGLU3

ANÚNCIO

O assunto não aparece sempre na bolsa de valores. Por isso, muita gente não sabe o que significa. Agora, bem recentemente, ele apareceu. E isso fez com que muita gente tenha se perguntado sobre o que é o desdobramento de ações.

O caso recente que estamos falando é da Magazine Luiza (MGLU3). E isso fez com que muitos novos investidores se perguntassem se isso é bom ou é ruim. Ou se é hora de comprar ou vender ações da Magazine, por exemplo. Vamos entender o conceito.

ANÚNCIO

O mecanismo do desdobramento

Na teoria, a gente tem uma prática que acontece com o objetivo de tornar os papéis de uma empresa mais acessíveis na bolsa de valores. Por isso, atualmente, muita gente tem falado em conseguir comprar papéis da Magazine por preços mais baixos.

Então, a ação está barata? Calma, amigos, muita calma nessa hora.

O “Split”, como também é conhecido o desdobramento, é adotado por companhias que estão listadas na bolsa. O objetivo é simples: dividir as ações existentes, aumentando o número de papéis e sem alterar o valor de mercado da empresa.

ANÚNCIO

O que importa é saber que não serão emitidas novas ações. Portanto, só existe um desmembramento das que já existem. Ao que tudo indica, esse é o famoso “trocar seis por meia dúzia”. Mas, para o investidor muda alguma coisa?

A proporção

De modo geral, as operações de desdobramento seguem um padrão de proporção. Assim, ele é de 1:2, de 1:3 ou de 1:10, por exemplo. O valor da ação também vai ser dividido de forma proporcional.

Então, para entendermos na prática o que é o desdobramento de ações, vamos considerar um breve exemplo. Uma ação que custa R$ 100 pode passar a valer R$ 50 após um desdobramento na proporção de 1:2.

Isso quer dizer que o investidor perde dinheiro? Não. Isso porque se ele tinha 100 ações, agora ele passa a ter 200 ações. Por isso, note que se altera a quantidade na mesma proporção do valor individual das ações, ok? O investimento se mantém om esmo para o acionista.

Só por curiosidade, saiba que sempre de haver um desdobramento, toda empresa tem que fazer reuniões com os interessados para anunciar tal mudança.

O interesse

Se há uma boa explica para entender o que é o desdobramento de ações e por que ele acontece, a gente tem que considerar o interesse dos investidores pelos papéis mais baratos.

Assim, isso indica que a empresa tem se valorizado. Ao mesmo tempo, ainda se torna acessível para os novatos investidores que possuem atração pelo papel da companhia. Além da Magazine Luiza, a Klabin e a Ambev também fizeram vários desdobramentos.

Outro ponto interessante para a empresa é que ao fazer um desdobramento, ela acaba indo para o noticiário com mais frequência e isso também aumenta o interesse das pessoas pelos papéis dela – é o aumento da visibilidade.

Se há um ponto negativo nisso é que tem a volatilidade. Assim, isso pode acontecer por conta do aumento da liquidez: papéis mais baratos atraem especuladores também.

O desdobramento da Magazine Luiza

Mesmo que possa parecer algo incomum, saiba que eles são comuns na B3. Para se ter uma ideia, no ano de 2019 foram feitos mais de 60 vezes. Entre as empresas que adotaram essa estratégia temos: Bradesco, Renner, IRB, Banco Inter e o próprio Magazine Luiza.

Neste ano, tivemos mais 22 companhias.

Aliás, no caso da Magazine Luiza, o que é importante saber é que se a empresa não tivesse feito nenhum desdobramento até aqui, a ação estaria valendo R$ 5.578,24, conforme informações da CNN Brasil Business.

Isso porque desde o início de 2020, a alta foi de 86%, mesmo em meio a pandemia. O motivo: a MGLU3 acompanhou a crescente das vendas online. Ah, a proporção usada foi de 1:4 nessa última vez. Então, a ação cotada a R$ 88 passou a ficar R$ 22 após a estratégia.

A Raia Drogasil também aprovou o desdobramento

Mesmo que tenha sido mesmo comentada do que a Magazine Luiza, a Raia Drogasil também anunciou um novo desdobramento de suas ações. A rede de farmácias tem ações negociadas a R$ 115 e a proporção usada será de 1:5. Veja o que diz a empresa:

“As novas ações resultantes do desdobramento conferirão aos titulares os mesmos direitos das ações ordinárias existentes”. A estratégia foi feita em 21 de setembro.

Saiba tudo sobre a MGLU3

Para quem quer saber mais sobre as ações da MGLU3, considere que nós temos 2 artigos bastante interessantes focados nos papéis dessa companhia.

o que é o desdobramento de ações

Na primeira, a gente faz uma avaliação, conforme analistas, sobre a compra das ações da empresa. Afinal, ela é considerada uma “growth stocks”. E a gente ainda cita como a empresa ficou durante a crise do coronavírus. Para ler essa matéria, clique aqui.

A outra matéria também cita as ações, mas o foco está na história da empresa. E esse ponto também é interessante para quem está estudando a companhia. Falamos ainda sobre a área de atuação, os modelos de negócios, o e-commerce, a logística e até mesmo sobre o IPO. Leia.

ANÚNCIO