Saiba o que é o Crédito Rural e como ele funciona

ANÚNCIO

É bem comum que no Brasil, um país extremamente grande do ponto de vista territorial, você já tenha ouvido falar sobre o crédito rural. Mas, você sabe o que é o crédito rural, por quem ele pode ser solicitado e como ele funciona? É sobre isso que vamos falar nas próximas linhas.

Inclusive, a nossa ideia é trazer a tona um assunto que é pouco discutido no país. Apesar de muito se falar sobre o crédito rural, pouca gente sabe o que ele é ou para que serve. E mesmo que você não seja um produtor rural deveria saber porque faz parte da nossa economia.

ANÚNCIO

Saiba o que é o Crédito Rural e como ele funciona

Nos próximos tópicos vamos explicar o que é o crédito rural, como o crédito rural funciona, os tipos de crédito rural e vamos finalizar citando alguns cuidados que se deve ter com as taxas de juros que podem ser cobradas nesse tipo de produto.

O que é o crédito rural

Se você não sabe o que é o crédito rural, a gente explica de forma simples. Basicamente, é um tipo de empréstimo que pode ser feito desde que o objetivo seja focado em operações do campo. De modo geral, é um crédito solicitado pelo empreendedor do campo.

ANÚNCIO

Dessa forma, ele pode financiar vários projetos de produtores rurais, inclusive, para comercializar o cultivo ou fazer investimentos em lavouras. É um tipo de crédito que está na Lei 4.829, que é bem antiga, de 1965.

Conforme o texto da lei, a gente pode ver que todos os bancos e empresas financeiras podem oferecer o crédito no mercado, sendo “entidades públicas ou instituições de crédito privado”.

Agora que você sabe, bem resumidamente, o que é o crédito rural, pode estar se perguntando sobre o que ele tem de diferente de outros empréstimos, né. Basicamente, as taxas de juros, que se tornam mais competitivas do que um crédito comum.

Isso porque o financiamento que vem como “crédito rural” é resguardado pelo Sistema Nacional de Crédito Rural e segue as normas do Conselho Monetário Nacional e também do Banco Central do Brasil.

Os tipos de crédito rural

Apesar de você saber o que é o crédito rural, pode ser que quando você for buscar mais desse tipo de empréstimo para o seu negócio você lide com vários nomes. E isso acontecerá porque existem vários tipos de crédito rural disponíveis no Brasil. A gente vai falar dos principais.

Crédito de Custeio – tem a ver com o ciclo produtivo do produtor. Isso deve ir entre a fase do plantio e a colheita. Ele foca em um custo maior de insumos.

Crédito de Investimento – é voltado para aumentar a competitividade das propriedades rurais. O foco é o crescimento da fazenda ou do lugar ou das produções e plantações. Dá para usar o dinheiro, por exemplo, para comprar novos equipamentos.

Crédito de comercialização – é outra opção, só que focada para distribuir os produtos no mercado. Isso pode ter a ver com evitar prejuízos nas vendas também.

Como funciona o crédito rural

Saiba o que é o Crédito Rural e como ele funciona

O próximo passo é entender como funciona esse tipo de crédito. Saiba que ele pode ser usado em várias fases do processo de produção, como mostramos acima. Agora, o que o Manual de Crédito Rural diz é que os produtores precisam seguir algumas regras.

Por exemplo, a liberação dos recursos financeiros só se dá em conformidade com o calendário da safra. E, além disso, o dinheiro vem do que é chamado de poupança rural ou do BNDES, que é um banco público que faz empréstimos.

Por outro lado, uma pequena parcela ainda pode vir de bancos privados e cooperativas de crédito. Sendo que o que vai mudar, basicamente, são as condições do crédito, como: taxas de juros, condições de pagamentos, crédito por modalidade.

O fato é que pessoas físicas ou jurídicas que tenha atividade rural podem solicitar o empréstimo rural nesses lugares. Assim como a agroindústria e os cerealistas. Lembrando que o objetivo é o de atuar na produção agrícola.

Guia sobre Imposto de renda – veja as dúvidas mais frequentes

As taxas de juros cobradas

Infelizmente, a gente não pode citar uma média do valor das taxas de juros que são cobradas para esse tipo de crédito. E o motivo é que vários bancos e instituições financeiras oferecem tal tipo de crédito. Assim, elas podem ter valores cobrados com base em seus estudos.

Na internet, a gente encontrou informações que mostram que o valor pode chegar a 0,5% ao ano e, muito raramente, a taxa vai passar de 10% nesse mesmo período.

O que a gente tem que dizer é que você deve analisar esse custo antes de contratar. Aliás, essa é a recomendação para todo mundo que vai solicitar empréstimo de qualquer tipo e em qualquer lugar. É isso que vai determinar se aquela será uma boa escolha ou não.

Se você quer simular o crédito e não sabe por onde começar, considere que no BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico Social) você pode fazer isso. E sem sair de casa. Há uma página online que permite a simulação.

Inclusive, a Caixa Econômica Federal tem uma página onde lista tudo sobre o seu Crédito Rural, no entanto, não fala das taxas. O limite é de R$ 3 milhões por ano, com prazo de 2 anos. E dá para fazer investimentos de R$ 430 mil por ano, com reembolso em 12 anos. Saiba mais!

ANÚNCIO