O que é Mercado Financeiro?

Mercado Financeiro é o setor que rege a economia do país e do mundo, responsável direto pelo método de compra e venda nos mais diversos âmbitos, desde os mais simples nas pequenas lojas de varejo no comércio, até as ações das grandes companhias na Bolsa de Valores nos papéis de valores imobiliários, nas instituições bancárias.

Câmbio, produtos do segmento agrícola, comercialização de pedras preciosas e tantas outras mercadorias, produtos, investimentos e etc, todo esse comércio, todos os setores que envolvem aplicações, negociações de compra e venda formando um conjunto de negócios faz parte e é o que chamamos e conhecemos como Mercado Financeiro.

Basicamente e para deixar bem mais fácil de entender, a definição de mercado financeiro é exatamente o ambiente onde as pessoas negociam dinheiro, seja presencialmente ou a distância, o que importa é que seja onde for e como for, quando houver envolvimento de troca de dinheiro, se trata de mercado financeiro.

Outro segmento que também está inserido e que faz parte do mercado financeiro, é o de serviços que envolve um grande número de profissionais e clientes que buscam soluções para venda e contratação de serviços nas mais variadas áreas como plano de previdência privada, que aliás tem aumentado muito o interesse e a contratação desse serviço como complemento da aposentadoria, umas das preocupações do cidadão em relação a segurança e a garantia de ter um suporte financeiro para quando quiser se aposentar e não depender exclusivamente de renda da aposentadoria oficial.

Continuando com os exemplos de serviços no mercado financeiro, planos e seguro saúde, seguro de vida, também fazem parte do mesmo setor como outros segmentos de serviços que não caberia estender aqui, pois são muitos.

É bom saber que todos esses serviços do qual foram citados e que, portanto estão inseridos no mercado financeiro, são devidamente fiscalizados e regulamentados. Sempre que houver alguma alteração nos preços das mensalidades ou novas contratações os órgão competentes supervisionam toda a movimentação, inclusive cláusulas dos contratos que devem estar de acordo com as determinações que valem para todo o território nacional.

mercado financeiro

Veja quais são os órgão competentes responsáveis pela fiscalizam dos serviços

– Bovespa – Bolsa de Valores de São Paulo

– Comissão de Valores Imobiliários – CMV

– Conselho Monetário Nacional – CMN (submetido ao Ministério da Fazenda)

– Banco Central do Brasil – Responsável pela definição das taxas de juros, taxa essas que têm influência direta nas ações da Bolsa de valores e no câmbio.

Base de análise do Mercado Financeiro

Entenda um pouco como são feitas a análises dos índices

Sem o devido curso de matemática financeira ou um treinamento mais aprofundado no qual se possa melhor explicar com mais detalhes sobre análise de liquidez índices, vamos tentar resumir e simplificar ao máximo com uma linguagem bem simples a introdução dobre análise de índices sem complicação.

O melhor modo de fazer uma análise sobre a liquidez de uma empresa é observar a Liquidez Corrente, Liquidez Seca, Liquidez Imediata e por último a Liquidez Geral, todos esses conceitos de análise são necessários e importantes para chegar ao resultado correto do balanço sobre o patrimônio da empresa.

Conceitos usados nos cálculos financeiros patrimoniais

Como fazer os cálculos

O primeiro passo é fazer um levantamento de todos os valores da empresa no banco, quanto tem no caixa, quantidade de clientes e estoque que é o capital ativo.

Em seguida se soma empréstimos (se houver), todos os valores dos financiamentos especificando as compras realizadas por essa modalidade, despesas com os fornecedores e os impostos para conhecer o passivo circulante.

Com o resultado do capital ativo mais o passivo circulante, terá em mãos a liquidez corrente.

A terceira fase é o momento de calcular a liquidez seca, para isso se pega o resultado do ativo circulante, subtrai a quantidade e o valor do estoque para encontrar o que se chama Passivo Circulante.

Conhecendo a liquidez corrente, seca e imediata, é hora de definir a liquidez geral para saber de fato a situação real em que a empresa se encontra. Nessa etapa é somado o ativo circulante, porém tem que se levar em conta o ativo realizável calculado a longo prazo, junto com o passivo circulante mais resultado do passivo não circulante.

De um modo geral, especialmente para quem não lida com a área contábil pode parecer muito difícil de entender, mas com o devido treinamento pode ficar muito mais claro. Lembrando que uma coisa é entender, outra é se tornar um profissional do mercado financeiro.

Mercado Financeiro: Os 04 conceitos

Conceitos básicos em que o mercado financeiro é dividido

Os quatro e mais importantes pilares do setor financeiro são; Mercado de Câmbio, Mercado de Crédito, Ativos de Renda e Mercado Aberto. Cada um desses setores do mercado financeiro são distintos em suas atuações, se não fosse assim, seria muito difícil organizar todos os tipos de aplicações, investimentos, serviços entre outros em um único bloco, no mínimo seria uma grande confusão que deixaria empresas, instituições, companhias, profissionais e investidores vulneráveis e correndo altos riscos de perda de dinheiro sem controle.

Mercado de câmbio

Setor responsável pelo segmento das moedas oficiais em cada país, por meio dessa relação é que se torna possível comprar e vender moeda estrangeira, seja Dólar, Euro, ou outras.

As cotações das moedas no câmbio são atualizadas diariamente para que o mercado financeiro possa se manter atualizado.

Mercado de Crédito

Responsável pelo setor de crédito que envolve bancos, financeiras e demais financiamentos que na verdade são autorizados por instituições bancárias e financeiras devidamente credenciadas e autorizadas pelo Banco Central.

Ativos de Renda Fixa

Esse é o segmento em que o investidor tem definido o prédio em que será pago pelo valor investido com taxas e rendimentos que podem ser prefixados ou pós-fixados. Trocando em miúdos, o investidor faz aquisição em um título que pode ser de instituição pública ou privada e mais tarde, conforme o tempo que foi determinado e acertado entre instituição e investidor, o cliente recebe o pagamento do dinheiro que investiu com juros.

Títulos de Renda do Mercado Financeiro

Títulos Privados – Caderneta de poupança, CDB, Debêntures, CDI entre outros.

Títulos Públicos – Envolve Governo Federal, Municipal e Estadual para aquisição de Letras Financeiras do Tesouro, Letras do Tesouro Nacional e Notas do Tesouro Nacional.

Ativos de Renda Variável

São os investimentos de compra e venda no Mercado Financeiro.

Esses ativos são compostos de variados investimentos ativos, veja a lista:

– Fundos de investimentos de renda variável.

– Investimentos imobiliários.

– Ações.

– Dólar.

– Ouro.

Para investir em Ações na Bolsa de Valores assim como nos títulos de renda, é necessário abrir conta em uma corretora de valores.