O que aconteceu com as ações da Grendene (GRND3)? Vamos analisar

ANÚNCIO

Atualmente, a Grendene é uma das grandes marcas de calçados do Brasil. Portanto, muitos investidores analisam a GRND3 como opção para se expor nesse setor dentro da B3. O que surpreende é que muita gente tem se perguntado: o que aconteceu com as ações da Grendene. E você, sabe o motivo?

Nós fomos estudar um pouco mais a empresa para descobrir. Ou, pelo menos, tentar. E, ao que tudo indica, isso tem a ver com a oscilação do preço do papel da companhia, como vamos mencionar abaixo. Além disso, falaremos também sobre outros pontos importantes.

ANÚNCIO

O preço das ações da GRND3

Se você não é uma das pessoas que andam se perguntando o que aconteceu com as ações da Grendene pode ser porque ainda não viu o gráfico da companhia na B3. De fato, é um gráfico que oscila bastante e vamos destacar os principais pontos.

Tudo começou em 2004, com um preço de R$ 11,58. No ano seguinte, a ação caiu para quase R$ 5. Então, foi uma queda e tanto, né. Aí voltou a subir e chegou a R$ 9 em 2007. Depois, caiu para menos de R$ 2,55 em 2010. Olha só a oscilação aí, gente.

Enfim, para aproximarmos mais dos dias atuais, vamos falar de 2020. No começo do ano, em janeiro, a ação passava dos R$ 12. Com a pandemia, caiu para menos de R$ 7. Atualmente, está na casa dos R$ 7 ainda, mas perto de R$ 8.

ANÚNCIO

Isso tudo mostra porque tanta gente se pergunta, e quase o tempo todo, o que aconteceu com as ações da Grendene. Agora, vamos tentar entender um pouco mais sobre as ações, os papéis e tudo mais que é importante sobre essa empresa listada na bolsa.

Sobre a Grendene e suas ações na B3

Bom, sabemos que a Grendene é do setor calçadista. Outra coisa é que é uma empresa nacional. Além disso, tem ações negociadas na B3, com o ticker GRND3. E tem mais: atua desde 1971, portanto, é tradicional no país.

Tem produtos para todos os públicos e é uma das maiores exportadoras do Brasil. Atualmente, tem pouco mais de 902 milhões de ações, sendo que apenas 30% é free float. Atualmente, suas principais concorrentes são: Arezzo e Vulcabras.

Curiosamente, é dona de calçados bastante conhecidos no país, como a Melissa, a Rider, a Cartago, a Ipanema, a Normaii, a Grendha e outras. Tem até uma galeria da Melissa em Londres. Além de ter Gisele Bundchen como porta-voz. E duas fábricas no Ceará.

A capacidade de produção é de 800 mil pares de calçados por dia, o que dá 250 milhões no ano. Isso contando as suas 11 fábricas no Brasil, Argentina e Estados Unidos. A receita que vem do exterior é de 24% do total.

Os dividendos da Grendene

A Grendene paga dividendos, o que é bom para muito investidor. Tanto é que mesmo se perguntando sobre “o que aconteceu com as ações da Grendene”, alguns deles não abrem mão dos papéis por conta desse dinheiro na conta todo mês ou a cada período.

No entanto, há de se considerar que os dividendos não são tão animantes. Em 2019, por exemplo, as aprovações foram de R$ 0,15 mais R$ 0,15 e mais R$ 0,04. Mas, em 2018, a soma foi um pouco maior, sendo R$ 0,052, R$ 0,03, R$ 0,30, R$ 0,10, R$ 0,02, R$ 0,06, R$ 0,43 e R$ 0,43.

Se a gente for somando tudo que foi aprovado, vamos ter um seguinte resumo de pagamento total de dividendos por ano da Grendene: R$ 1,04 em 2016, R$ 1,25 em 2017 e R$ 0,88 em 2018 – para cada ação.

Os dividendos em 2020. Aqui trouxemos esse ponto que é para saber da atualidade do pagamento dos dividendos da Grendene. Em fevereiro foi anunciado o pagamento de R$ 129 milhões de dividendos aos acionistas. E isso deu R$ 0,02 por ação.

Curiosidade – a Grendene como Small Caps

O que aconteceu com as ações da Grendene

Um ponto interessante de a gente notar nessa matéria é que a Grendene quase sempre é lembrada como opção de ação small caps. Isto é: ações de empresas com menor capitalização (valor de mercado baixo), que permite o aumento significativo de preços do ativo.

Além dela, nós temos a Camil, as Lojas Marisa, a Movida, a CVC, a TOTVs e a Via Varejo.

Então, a Grendene vale a pena?

Saber se um papel vale a pena ou não para você é bastante subjetivo. No entanto, considere que dependendo do seu perfil, atualidade e projeção de carteira, dá sim para considerar essa small cap como opção.

Saiba quais são os 5 melhores setores da bolsa para investir no longo prazo

Isso porque, como vimos acima, ela tem bons números indicadores. Por exemplo, o ROE, que é o Retorno Sobre Investimento está em 16%, o que é bem acima da Selic.

No final de agosto, por exemplo, a Necton Investimentos foi uma das empresas que avaliaram a indicação de compra da Grendene. Na carteira recomendada ainda tinha a B3, a Localiza, a Mitre e a São Martinho. Lembrando que essas indicações são de responsabilidade da Necton.

ANÚNCIO