O prejuízo de R$ 16,5 bilhões da Petrobrás não desanimou os analistas: entenda o Mercado

A Petrobrás assustou o mercado na quarta-feira (9) quando divulgou um balanço na qual o prejuízo líquido saltou mais de 4 vezes do 3º trimestre quando comparado com o mesmo período de 2015.

O valor foi para quase 16,5 bilhões de reais, em meio à impairment (Valor Recuperável de um Ativo) de ativos e de investimentos coligadas no valor de 15,7 bilhões de reais. O motivo seria os “fatos extraordinários”, conforme a diretoria da empresa.

Um dos diretores, Ivan Monteiro, destacou ainda os “eventos recorrentes”, que geraram um gasto de 2,5 bilhões de reais, e a reavaliação dos ativos, que é tudo aquilo que uma empresa tem, tais como dinheiro em caixa, bens, imóveis, créditos ou recursos.

As 33 ações mais baratas da Bolsa de Valores.

A Petrobrás atravessa o período mais complicado da sua recente história: em 8 trimestres, houveram prejuízos em cinco deles. Listamos as principais causas:

  • Queda do preço do petróleo no Mercado Internacional
  • Corrupção
  • Aumento da Dívida
  • Venda de combustíveis no Brasil abaixo do valor internacional

Opinião dos Analistas sobre o Prejuízo da Petrobrás

A média das projeções dos analistas apontava lucro líquido de 1,6 bilhão de reais. Mas o que aconteceu foi o 3º maior prejuízo da história. Contudo, ao contrário do que tudo indicava, os analistas repercutiram de forma positiva o balanço da companhia.

Você sabia que os Alunos da Trovó Academy fizeram história no campeonato mundial de trades? Veja o vídeo:

Os comentários são baseados também na notícia da conclusão do acordo de venda da Liquigás, distribuidora de gás liquefeito de petróleo (GLP) para o grupo Ultra, que é dono da concorrente Ultragaz. As empresas não comentaram sobre o assunto.

As 10 ações de empresas americanas mais negociadas no Brasil.

Veja a opinião de alguns dos analistas:

Bradesco BBI

O Bradesco BBI compara os resultados da empresa com a ação de “limpar a casa”. “Vemos o resultado positivamente com iniciativas de redução de custos ocorrendo”. No entanto, com o enorme impairment a empresa reduziu as chances de declarar os dividendos em 2016, com isso, o call para PETR4 em relação à PETR3 deve sofrer.

A análise também cita um evento que pode mudar essa situação: a aprovação pelos reguladores à venda de Carcara da NTS.

“A visão positiva sobre a companhia é baseada em um interessante caso de investimento risco-retorno, dividido em: uma estrutura de capital equilibrada resultante do crescimento dos lucros, cortes de capex, desinvestimentos e rolagem de dívida; regulamentação melhorada; e riscos limitados de perdas”, finalizam os analistas.

Santander

O Santander também destaca alguns principais catalisadores da ação:

  • Execução do plano de desinvestimento,
  • Continuidade da aplicação da nova política de preços de combustíveis, e
  • Queda do endividamento e forte geração de fluxo de caixa, no trimestre.

BTG Pactual

Para a BTG a Petrobrás está no caminho certo para desbloquear o valor da venda de ativos e os campos de transferência de direitos.

XP Investimentos

Segundo a XP Investimentos, apesar do prejuízo, alguns dados operacionais e o fluxo de caixa livre foram positivos. Isso sem contar com a redução do endividamento, derivante da gestão focada na meta de reduzir a dívida líquida.

As 15 Principais Bolsas de Valores do Mundo.

Esses são fatores que fazem a XP ser otimista com o case, com redução de alavancagem financeira, foco em projetos, venda de ativos, menor interferência governamental e metodologia de preços dos combustíveis.

Bank Of America Merrill Lynch

Na opinião do Merrill Lynch, excluindo os efeitos não recorrentes, os indicadores ficaram acima do esperado. “O resultado é parte de uma esperada melhorar nas tendências operacionais e de geração de fluxo de caixa livre. Nós mantemos avaliação neutra sobre as ações. Apesar dos sinais positivos, nossa visão é cautelosa”.

Empresa de Capital Aberto

Apesar da visão otimista, a Petrobrás perdeu o posto de 2º maior empresa de capital aberto do país em valor de mercado, quando foi superada pelo Itaú Unibanco, que somou 208,2 bilhões de reais. O detalhe é que no início de outubro, a Petrobrás alcançou 211,64 bilhões de reais e no último dia 14, a empresa somou 199,5 bilhões de reais.

Workshop 100% Online e Gratuito: Risco Zero nos Investimentos

Os analistas comentam essa perca de posição com o fato das eleições dos Estados Unidos terem dado à Donald Trump o título Presidente. Para quem não lembra: em 3 sessões, durante a semana das eleições, a Bovespa perdeu mais de 180 bilhões em valor de mercado.

Concorrentes lucram

Na contramão dos resultados da Petrobrás, outras três grandes do setor petroleiro – Shell, Exxon e BP – comemoraram o lucro de 22 bilhões de reais.

Só a britânica BP anunciou uma forte alta do lucro no terceiro trimestre com valor de US$ 1,6 bilhão. O grupo já havia lucrado com US$ 46 milhões no terceiro trimestre de 2015, com a redução do preço do petróleo.

Mercado Financeiro: Como Investir em Ações Online

A internet é um meio de comunicação muito comum para vender e comprar ações na Bolsa de Valores, e entre as vantagens está a segurança. Com ela, você pode investir sem perder tempo pendurado no telefone fazendo ligações. Leia esse artigo e entenda todos benefícios.