O gás aumentou! Veja 5 formas de economizar em casa!

O preço do gás está nas alturas, voando mais que pássaros e aviões, não é mesmo? Por isso, a gente tem que ter uma sabedoria e consciência muito forte para economizar com esse gasto que, em muitos casos, pode representar uma bela de uma fatia do orçamento doméstico.

Mas, afinal, estamos falando do gás de cozinha, isto é, um item que é dito como fundamental para a sobrevivência humana. Não é verdade? Então, não podemos cortar o gás porque isso traria muito prejuízo para a nossa vida.

Só que, por outro lado, saiba que podemos economizar gás e, consequentemente, economizar dinheiro também. Foi pensando nisso que prepararmos o conteúdo de hoje e mesmo que você não seja um excelente chefe de cozinha ou mesmo que não goste de cozinhar deveria aprender a usar o gás com mais sapiência e economia.

O gás aumentou! Veja 5 formas de economizar em casa!

5 formas de economizar o gás em casa

Aqui é importante falar que estamos levando em conta a economia do gás de cozinha em casa, está bem? Se você é dono de um restaurante até pode usar as dicas que listaremos aqui, no entanto, por se tratar de uma cozinha industrial, os cuidados podem ser outros.

Também é muito interessante de se considerar que estamos falando de todo tipo de gás, como o de botijão ou encanado, porque no fundo a economia no consumo do gás vem de um único precedente: o consumo consciente!

1 – Abre e Fecha do Forno

A dica aqui é muito simples: evite o abre e fecha do forno o tempo todo. Isso quer dizer que todas as vezes que você abre ou fecha o forno, o que acontece?

Ele perde calor. E o resultado é que o ar se dissipa mais rapidamente e aí o seu alimento demora mais tempo para ficar pronto. Quanto mais tempo ele demora, mais combustível você consome.

Bom, já deu para entender que ficar abrindo e fechando o forno não é aconselhável, certo?

É claro que a gente faz preparações (tipos de pratos e receitas) que a gente, eventualmente, tem que abrir o forno – para ver como estão as coisas por lá. Só que tem um jeito interessante de fazer isso: acendendo a luz!

Agora, se a lâmpada do seu forno não está funcionando ou não está acendendo, então, troque essa lâmpada porque isso será um belo de um investimento para você.

2 – O Tempo Necessário do Aquecimento do Forno

Mais uma dica é: pré-aqueça o forno apenas pelo tempo necessário.

Isso porque também é comum que nas receitas recebemos a seguinte recomendação: pré-aqueça por um tempo X. E aí fica claro que para vários tipos de preparações, a gente precisa pré-aquecer o forno.

Só que é aí que muita gente desperdiça o gás porque deixa mais tempo que o necessário.

Então, para você levar como regra, para a maioria dos alimentos 10 minutos de preparo a 200 graus celsius já são o suficientes para pré-aquecer o seu forno. Não precisa deixar mais tempo do que isso porque passar desses 10 minutos é desperdício de gás.

Agora, se em 10 minutos a 200 graus o seu forno não aqueceu é porque ele está com problema – leve à assistência.

3 – Cozinhe Aproveitando o Vapor

Você não precisa ter uma panela a vapor para poder cozinhar a vapor. Sabia disso? E nem precisa fazer mágica para isso acontecer, tá bom? Se você tem um escorredor de metal, saiba que já pode cozinhar através do vapor!

O que você pode fazer é: quando você vai fazer macarrão, o que se faz geralmente? A gente coloca água para aquecer e enquanto essa água aquece, você pode colocar no escorredor algum legume mais macio (chuchu, vagem, etc).

Sim, o vapor dessa água que está aquecendo para o macarrão já vai ser o suficiente para cozinhar e deixar que o seu legume ao dente. Ao mesmo tempo, que você faz uma preparação você já tem outra. Genial, né!

Isso faz com que você economiza tempo, gás de cozinha e dinheiro! Anotou?

4 – Cuidado com o Uso de Panela Velha

Panela velha só se estiver em perfeito estado, tá bom?

Aliás, você já ouviu aquela velha frase que diz: “panela velha faz comida boa”, não ouviu? Só que temos uma ressalva importante aqui. Isso vai ser verdade só se ela tiver com o fundo retinho.

Você tem uma panela velha que gosta muito, mas ela está com aquele fundo todo amassado? Desencana porque isso pode aumentar o seu consumo de gás também.

Sabe quando ela nem para direito na boca do fogão? É um dos piores sintomas! Acredite: ela vai gastar muito gás porque para o calor da chama, o fundo tem que estar reto – se não, ele vai “escapar” pelas laterais.

E o resultado você já sabe: é perda de gás, é desperdício na certa.

5 – O Peso dos Assados

Fique atento ao peso dos assados também. O peso dos alimentos está relacionado ao tempo de cozimento. Assim, quanto mais pesada uma peça de carne for, mais tempo vai levar para cozinhar.

Daí você pensa: o que eu faço, deixo de comer ou fazer o assado? Claro que não, amigo. Você pode fazer o seguinte: calcular o tamanho da peça que você vai comprar. E, como fazer isso? Eles calculam mais ou menos 250 gramas de carne por pessoa.

Aí, é só fazer as contas, tá? E isso porque você sempre vai ter outros acompanhamentos. Se você vai ter 10 convidados em casa e acha que precisa de uma peça de carne de 5 quilos, você se enganou – porque uma peça de 2,5 quilos já está perfeita!