10 Opções de Negócios para Ficar Rico e Ser Feliz, ao mesmo tempo

ANÚNCIO

A vida vai muito além do trabalho, apesar dele ser necessário. Mas, você já cogitou a chance de trabalhar com aquilo que gosta de verdade? Sem precisar estar no escritório, por exemplo? São várias as pesquisas que indicam que esses hobbies podem impulsionar sua vida profissional. Uma dessas pesquisas é da San Francisco State University, nos Estados Unidos, que aponta que quanto menos a atividade tiver a ver com a sua profissão, maior será o impacto.

Outra pesquisa, agora feita pela rede de escolas de informática Microcamp, o desemprego está representado em sua maior parte pelos jovens que tem entre 14 e 23 anos. O mesmo cenário é confirmado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) em outubro passado, que mostrou que a parcela desses jovens chegava à quase 30% do total.

ANÚNCIO

Entre os motivos estão a situação atual e geral do mercado de emprego (trabalho), depois a falta de experiência e a de qualificação. Pollyana Dias, da Microcamp afirma que além do conhecimento técnico é preciso estar apto à área comportamental.

Apertado? Aprenda a Ganhar Dinheiro Extra na Internet e com Investimentos

“É isso que o mercado está buscando, pessoas com iniciativa, criatividade e boa comunicação. Quanto mais cedo o jovem desenvolver essas habilidades, maior será a sua chance de mudanças que o possibilidade de estar inserido no mercado”.

ANÚNCIO

Então, nesse artigo, reunimos 3 histórias de sucesso de empreendedores que estão faturando dinheiro com o que gostam e, depois, listamos 7 outras oportunidades que estão à todo vapor no mercado e pode ser que liguem exatamente o que você gosta com o a chance de ganhar uma grana extra.

1 – O Artesanato da Ina Alencar

Ela é formada em Administração em Comércio Exterior e morou em Portugal por 5 anos. Mas, ao procurar uma profissão que fosse uma atividade diferente e trouxesse a felicidade ao trabalhar, Ina Alencar encontrou o artesanato. Em Manaus e, a principio para aumentar a renda, ela começou a trabalhar com aquilo que lhe dava tranquilidade.

“Eu sempre soube um pouco de corte e costura, pintura de telas, patchwork, então, comecei a produzir algumas peças para ter uma renda a mais”.

Feliz, ela começou a seguir a orientação das próprias clientes e apostou, de vez, no seu talento: começou a confeccionar também bolsas térmicas ou, como chamam, lancheiras. “Muita gente perguntava se eu fazia porque tinham o interesse em comprar para o filho levar à escola ou para levar o próprio almoço ao trabalho”.

Atualmente, Ina vende até 30 peças por mês, sendo que a época escolar representa a melhor fase financeira para a empreendedora. Além das bolsas e das lancheiras, ela produz também estojos infantis e vários outros que podem ser feitos com tecido, dependendo da sugestão da cliente, ela comenta. “Se a pessoa sabe costurar, fica muito mais fácil”.

10 Opções de Negócios para Ficar Rico e Ser Feliz, ao mesmo tempo
Reprodução: Google

A técnica usada na lancheira, ela aprendeu com vídeos da internet e, assim, ela usa uma manta térmica e plástico blackout, que ajuda a reduzir a incidência do calor e vedar a passagem de luz, além dos tecidos estampados. “A estampa fica a critério do cliente, mas eu tenho também algumas peças que são a pronta entrega”. As bolsas custam entre 50 e 60 reais.

Descubra 20 Maneiras de Ganhar Dinheiro Rápido Sem Correr Riscos

  1. Seja um Freelancer: Não vamos ser generalistas e dizer que ser freelancer está na moda, porém, o trabalho é uma ótima oportunidade de ter uma renda extra, principalmente se você tiver qualificação para tal. Encontre oportunidades e tenha uma boa rede de contatos para conseguir isso.
  2. Tenha um blog: Se você é entende tudo sobre algum assunto, exponha essas ideias em um blog. Invista em um site, faça cursos para isso e se o negócio ir para frente, contrate bons profissionais para alavancar sua imagem  e suas vendas. Anúncios e links de afiliados costumam dar bons retornos.
  3. Seja um Coach: Também não vamos cair na bobagem de dizer que é a profissão da moda, porém, se você possui experiência, então, por que não repassar isso adiante? Ajudar pessoas com as respectivas carreiras delas podem te render bons retornos financeiros.

Continue Lendo…

2 – Hospedagem de Animais

Eduardo Baer conheceu o serviço quando precisou fazer uma viagem internacional e não encontrou opções para hospedagem, então, vendo a lacuna do mercado, ele resolveu investir e criou, junto com outro sócio, o DogHero, que nada mais é do que um site que reúne interessados em hospedar cães. “É muito comum os americanos receberem cachorros ou gatos de outras pessoas em casa e cobrarem por esses serviços”.

E funciona assim: ele recebe 25% do valor da hospedagem, sendo que o valor é negociado entre quem vai hospedar e o anfitrião. Aqui no Brasil já são mais de 10 mil anfitriões cadastrados, ou seja, pessoas que mostraram interesse em ficar com esses pets em troca de algum dinheiro. Existem até aqueles que aceita Jabutis e Pássaros.

Se você acha que isso não dá certo, a física médica Calina Pontes prova o contrário. Ela é cadastrada no site e consegue uma renda mensal de 400 reais com a hospedagem de animais. “É um dinheiro que ajuda bastante e com isso, consigo fechar as contas ao final do mês”.

10 Opções de Negócios para Ficar Rico e Ser Feliz, ao mesmo tempo
Reprodução: Google

Letícia Cândida também adotou a mesma estratégia, porém, no caso dela, deu tão certo que isso tornou a principal fonte de renda dela. “Estou há 12 meses recebendo animais em casa por meio do site e recebo mais de 1,5 mil reais por isso, principalmente em época de férias ou festividades, que é quando chego a ganhar mais de 2 mil reais”.

Mas, um dos sócios afirma que é preciso avaliar o perfil do candidato. “Não é apenas querer receber os animais. O primeiro passo é saber se a pessoa tem condições, tem amor. Ganhar o dinheiro é a consequência de um bom trabalho”, ele diz.

Você também vai gostar de ler: Descubra quais São os 5 Maiores Gastos com os PETS e Saiba Como Economizar! “Pensando nisso, listamos abaixo os principais itens, ou seja, aqueles que mesmo sendo necessários precisam ser adicionados com exatidão à planilha mensal de gastos!” Leia a notícia Completa, clicando aqui!

3 – Bolos e Doces

A arquiteta Cláudia Vieira começou a fazer doces e uniu o útil ao agradável. “Trabalho com arquitetura e sempre foi por conta própria. Como quem atua nessa área lida diretamente com a arte, trabalhar com gastronomia e fabricar os doces se tornou uma forma de continuar lidando com arte ao preparar os doces mais sofisticados, pois sempre há clientes que pedem itens mais detalhados”.

Ela conta que os preços varia de 20 à 50 reais, sendo que os bolos caseiros mais simples são mais baratos e os mais incrementados são os mais caros. Ela ainda continua trabalhando com arquitetura, mas o ramo da gastronomia passou a ser uma Renda Extra indispensável.

“Desde antes da arquitetura era a minha 2ª opção e como sempre trabalhei por conta própria, consegue nela uma forma de incrementar a renda. Tenho um bom retorno financeiro e já investi em uma especialização na área”.

Conheça 7 Maneiras Surpreendentes de Ganhar Dinheiro Fácil na Páscoa 2017

Leia Também essa notícia sobre Alimentos Caros: Quer Economizar Dinheiro? Não compre esses 17 Alimentos, os mais caros do mundo! Chocolate TO’AK: é considerado o único chocolate 100% chocolate, já que não integra qualquer outro ingrediente, como amêndoas ou ganache. É um produto orgânico e ½ do produto vale 242 euros. Descubra os outros 16 Alimentos Mais Caros do Mundo!

Se você não se identificou com nenhuma dessas 3 opções, nós listamos outras 7. Leia cada uma e veja se com alguma dessas você consegue enxergar uma oportunidade de alavancar o seu sucesso financeiro.

7 Hobbies que podem Virar Opções de Renda Extra

4 – Tocar Instrumentos Musicais. A atividade não é fácil porque exige disciplina, tempo, prática, criatividade e empenho, mas, se você estuda isso por gosto, então, pode ter aí uma boa chance de ajudar outras pessoas a fazer o mesmo ou mesmo montar uma banda que faça sucesso! Para se ter uma ideia, em 2007 mais de 314 negócios de venda de instrumentos musicais foram criados.

5 – Jardinagem. Por mais que pareça fácil, também não é. Para criar plantar, é preciso cuidado diário e técnica, o que envolve também paciência e persistência, afinal, ninguém consegue acelerar o ritmo da natureza, pelo menos, por enquanto. Se você gosta disso, saiba que o mercado atual está com a falta desses profissionais. Ao menos, é o que dizem especialistas de grandes capitais.

6 – Leitura. Você ganha muito no poder de foco e concentração, além disso, essa atividade é ótima para reduzir o estresse e pode ser até mais eficaz do que outras técnicas de relaxamento. Você pode ler para outras pessoas, mesmo que de forma voluntária, inicialmente. Mas, para além disso, você pode escrever para blogs ou se tornar um especialista na área de redação.

30 Famosos que Investem em outros Negócios e 7 Franquias que recebem o nome Deles

7 – Jogar Vídeo Game. É um mercado ainda novo, mas já existem histórias de pessoas que largaram tudo para trabalhar nessa área. Na verdade, esse é o sonho de muita gente e, conforme um estudo do PLOS ONE, essa atividade pode atestar sua criatividade para resolver os problemas do dia a dia.

8 – Atividades Físicas. Personal Trainer está em alta, por exemplo. Academias estão se tornando necessárias também. E os grupos de corrida estão bombando. Então, se você gosta de atividades físicas, pode se especializar em alguma área, seja em esportes coletivos, individuais ou ambos.

9 – Ioga e Meditação. Também é um mercado novo e, por isso, existem poucos profissionais capacitados para tais atividades. Uma informação importante é que, conforme especialistas, a depressão é uma das doenças mais atuais hoje em dia e para o tratamento dela muitos médicos indicam essas atividades.

Quer ganhar dinheiro em casa, dormindo ou com uma franquia? Veja essas dicas de negócios

10 – Língua Estrangeira. É o que há de mais necessário nos dias de hoje. Se antes a língua estrangeira não era tão importante, hoje ela é essencial. Se você tem um bom currículo ou se já foi fazer intercâmbios no exterior, então, pode ter nas mãos uma chance de ganhar dinheiro extra.

Se você já se interessou por algum desses temas, mas ainda não sabe como dar o ponta pé inicial, leia o próximo tópico!

Como dar o “Ponta Pé Inicial”?

Com informações da UOL, fizemos um passo a passo para você conseguir ter um bom planejamento e iniciar logo o seu negócio, a fim de angariar uma nova renda. Também reunimos os melhores conselhos de pessoas bem sucedidas que fizeram os seus negócios darem certo, como é o caso do fundador do grupo “O Boticário”, que afirmou que a principal sugestão que tem é a de que é preciso fazer um plano realista e ter paciência.

Uma empresa sólida não é construída de uma hora para outra. É preciso ter paciência para entender e aceitar isso como um processo natural”.

David Portes começou trabalhando como camelô e investiu 12 reais na compra de doces para vender em uma banca. Hoje ele é dono de uma cafeteria, de uma agência de publicidade e faz palestras pelo país todo. “O grande empreendedor é aquele que passa do pensamento para a ação e faz as coisas acontecerem. O que é pior: arrepender-se de algo que fez ou do que não fez?”.

Confira aí:

Passo 1 – Tomar a Decisão. Mesmo com as habilidades e as grandes chances de tudo dar certo, você precisa estar seguro da decisão tomada. Nesse ponto, não existe ficar em cima do muro.

Passo 2 – Pesquisa. Antes de iniciar os negócios, faça uma pesquisa de mercado com perguntas básicas: Qual a faixa etária do Público Alvo, Qual o Diferencial do seu Produto, Qual a Garantia de Retorno, Quais as Ferramentas que poderá Usar… Entre outros.

Leitura Mais do que Recomendável para Empreendedores:

3 Motivos que os Empreendedores Precisam Saber Sobre o Mercado de Investimentos e o Tesouro Direto

Passo 3 – Reciclagem. Fique sempre atento às novidades do mercado para melhorar a sua prestação de serviço ou a qualidade do seu produto. A internet está aí e pode te oferecer várias vantagens nesse sentido, claro que tudo isso precisa ser somado á criatividade e originalidade.

Passo 4 – Orçamento. É preciso verificar também quais os seus financiamentos possíveis. Tudo é preciso ser feito com os pés no chão e de acordo com os seus objetivos. Então, você tem que saber, exatamente, quanto vai lucrar por mês e qual serão o balanço também. Além de notar outros itens importantes, como o capital de giro.

Passo 5 – Organização. Sabendo da trajetória, busque uma forma de trilhar o caminho com objetividade, visando bons resultados. Para ter sucesso, será necessária a organização.

Passo 6 – Ferramentas. Com tudo no esquema, encontre uma maneira de se inserir no mercado. Vale o boca a boca, panfletos e internet. Vale tudo, mas você precisa saber sobre o seu mercado e o seu público. Por isso, a organização e a meta são tão importantes.

Passo 7 – Postura. Independente se será uma grande ou pequena empresa, com poucos ou muitos funcionários, você vai precisar manter a postura. Então, não menospreze sua atividade e nem seus colaboradores. Leve sempre a sério os seus ideais e as suas decisões.

Então, no fim das contas, podemos resumir que nenhuma ideia é frágil demais se você tem em mente uma bom planejamento e paciência. Até mesmo ser um mecânico de motos pode ser um bom negócio se você for um empreendedor de visão, afinal, o número de motos vendidas aumenta a cada ano, mesmo em crise. E, somado à isso, a infraestrutura das cidades nem sempre tem bons retrospectivos, o que leva a crer que muitas motos vão quebrar todos os dias.

O mesmo pensamento vale para o artesanato, como citado no início do texto, mas com foco em produtos de madeira. É uma tendência porque o material é reciclável e, além disso, para obter a madeira é preciso que se plante árvores, logo, é uma medida sustentável. E, vamos combinar, esses produtos tem várias utilidades, pode ser um porta-joias, porta-moeda, cofre, porta-caneta, entre muitos outros.

Como Ganhar Dinheiro com a Venda de Móveis Usados e 7 plataformas para fazer isso! O mercado de Móveis Usados tem a garantia da crescente conscientização da reciclagem e reaproveitamento de materiais. Os profissionais estão sendo motivados à construírem projetos com responsabilidade ambiental. E é assim que a comercialização dos móveis usados pode garantir uma renda extra razoável. Continue Lendo essa matéria…

Também falando sobre artesanato, mas agora recapitulando o tópico 2, os pets estão em alta. Logo, a humanização desses bichinhos é um fenômeno super atual. Por exemplo, as roupas para os pets. Atualmente, já existem fabricantes que vendem o conjunto de roupas para os pais, os filhos e os pets. Inclusive, de vários formatos com vários desenhos. Se você manda bem na costura e tem criatividade, talvez seja um bom campo para se observar.

Veja mais algumas histórias de sucesso:

Nesse tópico vamos citar instruções de Vinicius Roveda, que é fundador da ContaAzul, uma empresa de serviços de gestão online para pequenas empresas. Ele afirma um ponto importante é compartilhar a ideia para que novos investidores sejam atraídos para o seu negócio. E mais além do planejamento, que é muito importante, o empreendedor precisa focar também na gestão do negócio.

“Ter experiência no ramo de atuação é importante, mas não é tudo. Boa parte dos empreendedores iniciantes acredita que é possível administrar uma empresa com conhecimento adquirido em uma graduação especifica. Essa postura é inadequada. Sem conhecimento em administração, o empresário corre risco de ver o negócio afundar”.

5 Passos para separar as finanças pessoais do controle financeiro da sua empresa

Para tal, é preciso reinventar a roda! E veja histórias inspiradas de pessoas que conseguiram tal feito:

Zica Assis é ex-faxineira e inspirada na personagem de Heloisa Perissé, na novela “Avenida Brasil”, ela passou a figurar entre as 10 mulheres de negócios mais poderosas do Brasil, conforme a revista Forbes. A cabeleireira está na mesma lista que Gisele Bundchen.

Pedro Eugênio é publicitário e transformou seu hobby em um negócio de sucesso: ao juntar cupons de descontos, ele criou uma loja virtual que o fez ganhar fama entre os amigos, assim, nasceu o Busca Descontos.

Léo Spigariol abriu o próprio negócio depois de 2 anos de estudos no Chile. O negócio chama-se De Cabrón e é uma marca de pimentas gourmet, que gera mais de 20 mil frascos do molho por mês.

Moisés Dias Pena é ex-motorista de ônibus e criou a Kuatro Kantos, uma fabricante de chinelos quadrados que já tem mais de 15 multimarcas em todo território nacional e outras 8 internacionais. Ao todo, ele produz mais de 800 pares por mês, o que rende mais de 20 mil reais.

Home Office: uma nova forma de fazer negócios

Gloria Fantini é engenheira de alimentos e criou a Nautpalm, uma fabricante de palmito em conserva. Depois, ela inventou um patê com as partes menos nobre do alimento. Hoje, ela tem um aumento de rentabilidade de 200% com esse novo produto.

Arlete Dutra é dono da floricultura British e ela oferece um serviço nada comum: o de cuidar e guardar das plantas quando os clientes vão viajar e passar muito tempo fora. O serviço representa 10% de toda renda da empreendedora.

Gabriel Silva é dono da empresa Ahimsa, uma fábrica de calçados e carteiras que não usa produtos animais na confecção.

Ana Paula Soares criou uma linha de sorvetes para Cães, o Ice Dog, após observar os animais admirando os donos ao se degustaram com tal alimento.

Com informações do UOL, Emtempo e Acrítica

ANÚNCIO