Ideias Simples que Renderam Milhões de Reais aos Inventores

ANÚNCIO

Quadradinhos de papéis, discos voadores, Smiley Faces Yellow, Livros, Aulas Online… Você já parou para pensar quantas ideias “Simples” já renderam milhões de reais aos seus criadores?

A grande observação que se deve fazer é que para conseguir fazer isso, os empreendedores não precisaram de muito: se não um momento de criatividade, sabedoria e coragem.

ANÚNCIO

Se você empreende ou se tem algum produto em mente, mas não tem coragem suficiente para lança-lo ao mercado, vamos mostrar como alguns projetos “bobos” que saíram do papel deram certo a ponto de tornar o idealizar um milionário.

O foco aqui não é instigar você a sair criando objetos ou parafernalhas de todo tipo, mas mostrar que com planejamento e criatividade é possível ir longe.

1 – Slinky

Ou para os chegados, a Mola Colorida.

ANÚNCIO

Foi criado por Richard James, que teve um lucro estimado de 250 milhões de dólares.

O momento de insight do engenheiro aconteceu por um acidente, quando ele deixou uma mola de alta tensão cair no chão. Isso em 1945. Daí, ele só precisou ser ousado o bastante para lançar o brinquedo no mercado norte-americano.

As primeiras 400 unidades se esgotaram em apenas 90 minutos de vendas.

2 – Velcro

Também foi inventado há bastante tempo, em 1941.

Ele surgiu durante uma caminhada do engenheiro George de Mestral com seu cachorro. Na ocasião, ele observou que a semente de uma determinada planta grudava constantemente em sua roupa e também no pelo do animal.

O resultado você já deve imaginar: um produto mundial conhecido por ser útil ao grudar roupas por meio de pequenos ganchos plásticos.

3 – Smiley Faces Yellow

Ou para você que não está acostumado com os nomes estrangeiros, são aqueles famosos bottons ou grafites pintados em muros onde se tem um “rosto redondo amarelo” com alguma expressão.

A invenção, como se pode notar, é considerada boba ou simples demais, mas rendeu muito dinheiro a Bernard e Murray Spain.

Esses dois, porém, não foram os criadores originais, já que o emoticon foi inventando por Harvey Ball, em 1963, que teve seus direitos autorais vendidos.

Atualmente, a marca tem um lucro que excede os 500 milhões de dólares.

4 – Pet Rock

Deixamos esse item na 4ª posição, mas poderia estar na 1ª, sem dúvidas. A ideia é considerada a mais simples (e genial) de todas.

Se você não sabe, Pet Rock é uma Pedra de Estimação. Sim, você leu certo: PEDRA DE ESTIMAÇÃO.

A ideia é de um executivo de publicidade que descobriu uma forma de vender pedras e ganhar muito dinheiro – algo em torno de 15 milhões de dólares apenas nos primeiros 6 meses.

A Pedra vem em uma caixinha com feno e um manual de treinamento com o custo de menos de 4 dólares.

5 – Aplicativos Virais

São vários os exemplos, mas vamos citar apenas um: Dong Nguyen criou o jogo “Flapy Bird” em 2014 e no seu auge o rendimento foi de 50 mil dólares por dia – ou 1 milhão de dólares em apenas 20 dias.

O jogo era gratuito, porém, a renda vinha de um pequeno banner que ficava na parte de cima do jogo.

Se você não conhece o jogo, fique tranquilo. O idealizar já tirou da internet afirmando que “o aplicativo era muito viciante”. Também, com 1 milhão de dólares, dá para repensar sobre qualquer uso da tecnologia.

Outro exemplo é iFart App – um aplicativo que permite que o usuário reproduza barulhos irritantes no celular. Ele custa menos de 1 dólar e foi baixado mais de 110 mil vezes nas primeiras semanas.

6 – Amazon Kindle

Não vamos falar da plataforma de livros e sim dos seus escritos.

O exemplo tem o nome de Amanda Hocking, que é uma escritora independente que publicava livros na Kindle Store e, no início, não tinha contrato com nenhuma editora, podendo ficar com 70% dos seus lucros.

Ela conseguia vender cerca de 100 mil cópias por mês por preços que variavam de 1 a 3 dólares – o que lhe rendeu alguns milhões.

Se você acha que precisa ter o dom da escrita, então, não podemos discordar. Porém, há de se levar em conta que outros escritores conseguiram o mesmo êxito e para tanto só tiveram coragem – tais como Bob Mayer e Jen Talty.

7 – Canal no Youtube

Sobre Ganhar Dinheiro no Youtube… Não é uma tarefa fácil. Mas a ideia é sim considerada simples: basta gravar vídeos ensinando ou comentando sobre algum tema.

Um dos youtubers mais famosos é Felix PewDiePie Kjelberg que já lucrou mais de 12 milhões de dólares no seu canal. Além dele, há muitos outros.

8 – Wacky Wall Walker

É um brinquedo não tão famoso assim no Brasil, mas ao dono já rendeu mais de 240 milhões de unidades – o que dá uma quantia bem alta.

Ken Hakuta usou a sua herança para conseguir tal feito. Ele comprou o primeiro Wacky como lembrancinha do seu país de destino, a China. Ficou tão fascinado pelo brinquedo que comprou todos os direitos por 100 mil dólares e começou a comercializá-lo nos Estados Unidos.

O brinquedo é simples: animais – como o polvo – que grudam na parede e vão se “descolando”, como se tivessem andando por ela.

9 – Bichinhos de Pelúcia

Eles já são famosos, mas imagina você ter o “Patti, o ornitorrinco”, isso seria demais, não é? Mesmo porque ele seria único e não testaria listado em várias vitrinas de lojas infantis.

Essa é a ideia da Beanie Babies, que tem um lucro estimado em 6 bilhões de dólares. O império é maior do que a soma de outras grandes varejistas – Mattel e Hasbro.

10 – Blog

O exemplo recebe o nome de Scott DeLong que lançou, em 2013, um blog pessoal, o ViralNova, que coloca alguns anúncios do Google Ads em casa página. Oito meses depois, ele tinha um lucro de mais de 6 dígitos.

O site ganhou popularidade nas redes sociais ao postar histórias com títulos que atraiam a atenção do usuário e em 12 meses cresceu tanto que recebeu 100 milhões de leitores.

2 anos depois foi vendido para a empresa Zealot Networkds em um valor que chegou a 100 milhões de dólares.

11 – Ideias Financiadas

Os sites Kickstarter e Indiegogo são exemplos de plataformas que fazem o “financiamento colaborativo”, onde pessoas apresentam suas ideias para projetos ou invenções.

Quando o projeto é aceito, o inventor recebe dinheiro para finalizar a sua ideia. É como se as pessoas pudessem comprar o produto antes dele ser produzido. Caso o financiamento total não alcance o objetivo, quem doou o dinheiro recebe de volta.

Muitas pessoas já conseguiram essa façanha e conseguiram arrecadar até 10 milhões de dólares.

12 – Aulas Online

Em 2008, Deanna Jump começou a vender planos de aula para outros professores através da internet. Ele criou o 99 planos de aula, que custavam cerca de 8 dólares cada um.

4 anos depois, ele se tornou milionária com um rendimento mensal que passava dos 100 mil dólares mensais.

13 – Band-Aid

Early Dickson lucrou com a morte do criador dos direitos sobre o Band-Aid, que foram comprados pela Johnson & Johnson por 30 milhões de dólares. A invenção é de 1921.

14 – Post-IT

É aquele papelzinho amarelo (ou colorido) que pode ser colado em qualquer lugar (como em monitores, notebooks, geladeiras) e tem o objetivo de não te deixar esquecer-se de alguma informação ou compromisso.

A invenção também é bastante simples, mas milionária.

O produto é de 1974 e está presente em 100 países, sendo avaliado por 1 bilhão de dólares.

15 – Frisbee

Ou Disco Voador. Atualmente é um brinquedo voltado para cães, mas muitas pessoas também o usam como forma de divertir a prática de exercícios físicos.

Criado em 1937 por Walter Frederick, aconteceu enquanto ele jogava um disco improvisado com sua namorada em uma praça.

Atualmente, o Frisbee já passa a marca dos 300 milhões de produtos vendidos.

16 – Kellogg’s Corn Flakes

Ou, simplesmente, Sucrilhos (como é mais conhecido no Brasil).

Esses cereais matinais à base de milho e açúcar e também fizeram dos seus criados, pessoas ricas.

Tudo aconteceu em 1894, quando os irmãos Kellogg’s, John e Wiil, após deixarem cereais durante muitos dias no forno, que perceberam que estes ficaram muito mais secos e crocantes.

Atualmente, a marca está avaliada em mais de 2,8 bilhões de dólares. O produto está presente em quase 200 países no mundo todo.

17 – Million-Dolar Home Page

Essa expressão estrangeira não tem tradução no Brasil, mas você vai entender muito bem o que significa.

Um jovem britânico queria juntar dinheiro para a faculdade e criou uma home page para vender espaços publicitários. Os anunciantes aderiram à ideia e os pixels da página se esgotaram em pouco mais de 12 meses.

18 – Garrafa Invertida

Quem gosta de saborear um lanche com muito condimentos – como maionese ou ketchup – já deve ter passado por situações complicadas, que é quando o produto não sai da embalagem por uma questão de gravidade.

Então, em 1991 surgiu uma ideia: a garrafa invertida.

Vendo a eficiência desses produtos, a Heinz e a NASA aderiram a ideia e Paul Brown vendeu tudo por 14 milhões de dólares, em 1995.

19 – Crocs

O produto é considerado exótico, mas muito usado. Acontece que ele mudou a história quando profissionais da saúde o olharam como uma peça confortável.

Apesar de ser um produto novo no mercado, o calçado é um dos mais famosos do mundo e rende milhões aos criadores.

20 – Cobertor com Mangas

É confortável e, talvez por isso, caiu no gosto das pessoas no mundo todo. A campanha e o marketing também ajudaram e Scott Boilen tornou-se um milionário, com vendas de 20 milhões anuais.

21 – Bambolê

Também é um brinquedo antigo e, no principio, era feito de plástico. Criado nos Estados Unidos, em 1958, por Arthur Melin e Richard Knerr, eles venderam mais de 25 milhões de unidades em 4 meses.

22 – Flamingos Rosas

Essa talvez seja a mais curiosa de todas: em 1957, Don Feartherstone foi contratado por uma empresa de plásticos e desenvolveu um efeito baseado na ave – flamingos.

Ele acredita que o plástico era o material do futuro e quando Andy Warhol apostou nas suas criações, ele conseguiu vender mais de 20 milhões de unidades em pouco tempo.

23 – Escorredor de Arroz

A dona de casa Therezinha Beatriz Alves de Andrade (sim, brasileira) ficou cansada de ver sua pia entupida todas as vezes que lavava arroz e criou o utensilio em 1959.

Três anos depois, o escorredor era exibido em feiras de utilidades domésticas e comercializado massivamente.

3 Motivos que os Empreendedores Precisam Saber Sobre o Mercado de Investimentos

Rendimento da Poupança

A inflação, como é comum, tem variado durante os meses. Mas, em qualquer dessas variações, se você deixar o seu dinheiro lá, você vai estar descapitalizando. E, para a sua empresa, isso não é nada bom. Aliás, nem para a sua empresa, nem para você, nem para ninguém.

Isso tudo acontece porque em 2012 uma nova regra da poupança entrou em vigor e com isso, todas as vezes que a Taxa Selic estiver acima de 8,5% a poupança vai pagar apenas 6,5% ao ano, mais uma TR.

Você gostou desse assunto, né? Agora, se quer saber tudo sobre a poupança e os vários porquês de não investir nela, leia esses 2 artigos: 3 Motivos Para Não Investir na Poupança e Quantos Brasileiros tem Dinheiro na Poupança.

Corretoras de Investimentos

Depois que escolher um investimento, assim como a pessoa física, a pessoa jurídica também precisa enviar alguns documentos para a corretora em escolha. Inclusive, selecionamos esses documentos:

  • Cópia do Contrato Social e última alteração contratual consolidada,
  • Cópia do Demonstrativo de Resultado (DRE),
  • Cópia do Balanço Patrimonial e
  • Cópia dos RG e CPF dos sócios.

Atenção: na maioria das corretoras só é possível investir por meio da conta da empresa, ou seja, não são aceitas transferências vindas das contas de pessoas físicas. Fiquem atentos à isso!

Atenção 2: É super, mega, blaster importante escolher uma corretora confiável. Sendo empresário, muito provavelmente você não vai poder se dedicar integralmente à esse negócio, por isso, sua corretora deverá ser super confiável.

Se você tem dúvidas de como escolher uma corretora, leia: Corretora de Investimentos: Como Escolher a Melhor para Você.

É importante que se escolha uma corretora de investimentos ao invés de um banco. Por quê? Os bancos vão oferecer, de todas as formas, outras formas de investimentos porque assim, eles vão lucrar mais. Se você dúvida disso, leia esse outro artigo: Em Ranking de 10 Empresas que Mais Valorizaram em 2016, 5 são Bancos.

Melhor Investimento para os Empreendedores

Atualmente, existe uma infinidade de formas de investir o seu dinheiro, tais como as Rendas Fixas (CDB, LCI, LCA, Tesouro Direto) e as Rendas Variáveis (Fundos de Investimentos em Ações e Câmbio). Temos vários textos explicando cada um desses, mas o resumo para esse artigo é que a maior diferença entre ambos está no risco do investimento e no retorno do mesmo.

Para um empresário, em um primeiro momento, é claro que o mais indicado é um investimento que tenha um retorno consistente e que seja muito mais seguro, mesmo que ele não tenha o percentual de retorno mais alto.

Reprodução: Google
Reprodução: Google

Por exemplo, é possível entrar em um investimento que oferece excelente rentabilidade com o risco muito baixo, na qual, é possível remunerar o capital com a Taxa Selic (que até tempos atrás estava em 13,25% ao ano). Esse é um investimento que tem na base a liquidez e a segurança.

E, por isso, é o mais indicado para os futuros empresários, empresários ou velhos empresários. Estamos falando do Tesouro Direto, que tem como principais características:

  • Segurança
  • Alta Rentabilidade
  • Liquidez
  • Acessibilidade
  • Facilidade
  • Flexibilidade

Vamos ter um próximo artigo explicando, especificamente sobre o Tesouro Direto: o que é, como investir nele, quem pode investir, etc. Abaixo, está o passo-a-passo do Tesouro Direto para os empreendedores.

Com informações da hintigo, infomoney e shoppub

ANÚNCIO