Microsoft divulga plano para recomprar US$ 40 Bilhões em ações

Como de costume, a Microsoft mais uma vez deixou para anunciar seu novo plano de negócios no mês de setembro, essa prática de sempre divulgar as novidades e os novos rumos que a empresa pretende seguir costuma ser feita durante o mês de setembro, por isso todos os anos, o mercado financeiro e também os setores ligados a tecnologia volta suas atenção para a Microsoft na expectativa das novidades.

Acionistas da Microsoft sabem da importância que a mega empresa de tecnologia tem em todo o mundo e como podem lucrar com os papéis da empresa, que, aliás, essa é a tendência de uma empresa como essa. Os riscos são baixíssimos enquanto que a rentabilidade é praticamente certa.

Conforme as informações anunciadas pela empresa, até o final do ano, a Microsoft pretende ter completado todo o plano de negócios para recompra das ações que segundo informações da Dow Jones Newswires, as ações da empresa subiram 31% em relação ao ano de 2015.

A projeção de retorno dos dividendos é de 2,3% para 2,7% em valorização, se pode dizer que é um bom resultado para os investidores.

No mercado de ações, o tempo para quem pode aguardar as novas projeções é com toda a certeza um bom negócio, para isso, volta e meia os especialistas do setor financeiro orientam aos investidores que busquem acompanhar projeções e análises de mercado para que com o conhecimento do comportamento das ações com base nos últimos 12 meses, possam melhor entender ou identificar quais as empresas mais lucrativas para investir.

ações microsoft

Recompra de 40 Bilhões em ação

Até o último dia do ano de 2016, a Microsoft irá investir até U$ 40 Bilhões de Dólares para comprar de volta suas ações, com essa decisão de recompra, a empresa espera aumentar os dividendos estimados em U$ 0,36 elevando para U$ 0,39.

Com esse planejamento a Microsoft comprova sua força e ainda aumenta os dividendos em 8%, os chamados dividend yield, comprovando toda a sua força no mercado.

Essa não é a primeira vez que a gigante da tecnologia apresenta esse plano de negócios, em 2013 anunciou um plano similar que favoreceu os acionistas além de obter o retorno esperado.

Microsoft é uma das empresas que mais investe em recompra de ações e nesse procedimento de plano de ação tem sido muito satisfatório.