Saiba quais foram as melhores pagadoras de dividendos dos últimos anos

ANÚNCIO

Conhecer as melhores pagadoras de dividendos dos últimos anos é uma boa informação para quem está estudando as empresas da bolsa. Por exemplo, o novo investidor da renda variável. Afinal, receber proventos mensalmente ou de tempos em tempos é algo bastante interessante.

Assim, dá para lucrar com a valorização da ação na cotação, mas também com os dividendos que são pagos conforme as regras de cada companhia. Porém, nem toda empresa paga bons proventos. Por isso, esse texto é interesse. Vamos mencionar aquelas que têm os melhores percentuais.

ANÚNCIO

Para começar, porém, vamos falar dos setores que costumam ter as melhores empresas. Logo, esse tópico é para curiosos, já que no decorrer da matéria vamos citar as companhias também. Então, saiba sobre os setores que mais pagam dividendos na bolsa.

Ah, só uma curiosidade, essa lista e algumas informações foram feitas a partir de um estudo da Economática e com relação ao ano de 2019, está bem? Afinal, a lista completa dos pagadores de dividendos de 2020 ainda não foi divulgada.

Os setores que mais pagam dividendos

O primeiro deles é o setor de energia elétrica. Assim, como vamos ver, a gente tem entre os melhores pagadoras de dividendos dos últimos anos companhias como Eletrobras (ELET6) e Cemig (CMIG4). Inclusive, essas são empresas sólidas.

ANÚNCIO

Depois, a gente tem o setor financeiro. Então, os principais nomes são das Blue Chips, como: Banco do Brasil (BBSA3), Itaú (ITUB4), Bradesco (BBDC3) e Santander (SANB11).

Por último, considere que o setor petrolífero (que engloba também a questão de gás e combustíveis) acaba sendo outro dos que mais pagam os proventos. Nesse caso, bons exemplos são: Petrobras (PETR4) e BR Distribuidora (BRDT3).

O ranking das melhores pagadoras de dividendos dos últimos anos

Vamos começar pelo ano de 2019, ok? Isso porque o estudo também trouxe um histórico citando os anos de 2018 e 2017. O legal é que isso permite uma comparação entre as empresas. Com isso, a gente vai distribuir a ordem das companhias pelo maior pagamento de dividend yield.

  1. BR Distribuidora (BRDT3):14,72%
  2. Itaúsa (ITSA4): 11,24%
  3. BB Seguridade (BBSE3):11,17%
  4. Telefônica (VIVT4):11,15%
  5. Taesa (TAEE11):10,64%
  6. Engie Brasil (EGIE3):9,93%
  7. Eletrobras (ELET6): 9,21%
  8. Itaú Unibanco (ITUB4):9,01%
  9. Cemig (CMIG4):8,73%
  10. Banco do Brasil (BBAS3): 8,40%.

Já no ano de 2018, as empresas que mais pagaram dividendos foram as seguintes.

  1. Eztec (EZTC3): 16,27%
  2. Transmissão Paulista (TRPL4):10,50%
  3. Braskem (BRKM5):8,42%
  4. Copasa (CSMG3):7,47%
  5. Multiplus (MPLU3): 7,14%
  6. Engie Brasil (EGIE3):6,90%
  7. BB Seguridade (BBSE3):6,36%
  8. Cemig(CMIG4): 5,87%
  9. Ecorodovias (ECOR3):5,67%
  10. Bradespar (BRAP4):5,57%.

Por fim, em 2017, nós tivemos outras empresas, que andam bem sumidas hoje em dia, que também fizeram sucesso pelos dividendos pagos naquela época. Veja.

  1. Eztec (EZTC3):24,04%
  2. Comgas (CGAS5): 23,05%
  3. SLC Agricola (SLCE3):15,32 %
  4. Ferbasa (FESA4):12,95%
  5. Magnesita (MAGG3): 10,86%
  6. Cia Hering (HGTX3):10,66%
  7. Smiles(SMLS3): 9,98%
  8. Multiplus (MPLU3):9,82%
  9. Bradespar (BRAP4):9,62%
  10. Tupy (TUPY3):9,59% .

As curiosidades

Nós vamos deixar por sua conta fazer as análises e descobrir as curiosidades sobre essas empresas. Porém, não podemos deixar de citar algumas delas.

Por exemplo, a Magnesita (MAGG3), que fez o seu OPA para liquidar os ativos em janeiro de 2019. Ou seja, ela foi de boa pagadora de dividendo para uma empresa liquidada na bolsa. No entanto, no mesmo ano de 2017, a Hering (HGTX3) também apareceu.

A diferença é que hoje em dia ela é uma ação muito comentada entre os analistas. Inclusive, tem recebido diversas recomendações de compra atualmente.

Já outra empresa curiosa é a Eztec (EZTC3), que ficou por dois anos na primeira posição, porém, não apareceu nesse ranking no último ano. Inclusive, nos dois últimos tivemos algumas empresas que se mantiveram na listagem.

Por exemplo, Engie Brasil (EGIE3), BB Seguridade (BBSE3) e Cemig (CMIG4).

As melhores pagadoras de dividendos dos últimos 5 anos

Mas, para quem quer ter uma visão mais geral, dos últimos 5 anos, considere que a Rico Corretora fez um levantamento considerando o dividend yield nesse período. Em primeiro lugar, nós temos a Taesa (TAEE11), do setor de energia elétrica, com mais de 10% de dividend.

Depois, a gente tem uma briga boa, que fica entre o BB Seguridade (BBSE3), que é focado em previdências e seguros, com 7,57%. E ele foi seguido do Santander BR (SAN11), que é um banco de intermédio financeiro. O resultado no período foi de 7,43%.

melhores pagadoras de dividendos dos últimos anos

Logo na sequência, a gente tem a Petrobras BR (BRDT3), com 6,97%. Ela atua com petróleo, gás e combustíveis. Temos a Smiles (SMLE3), que é de setores diversos, com 6,79%. Depois, Itaúsa (ITSA4), que é outra do setor financeiro, com 6,66% nos últimos 5 anos.

Na área da saúde, a gente tem a Qualicorp (QUAL3), que presta serviços hospitalares e de análises de diagnósticos. O resultado foi de 6,51%. Bem próximo foi a Engie Brasil (EGIE3), de energia elétrica, com 6,47%.

Inclusive, a Cemig (CMIG4) também teve o seu destaque, com 6,24%. Ela que é de energia elétrica.

Já abaixo dos 6% de dividend yield do período, o que também é um bom número, a gente tem a MRV (MRVE3), da área da construção civil, com 5,94%. E a Telef Brasil (VIVT4), da área de telecomunicações, com 5,87%. Aliás, esse mesmo percentual é do BTG Banco (BPAC11).

De qualquer forma, na página de notícias da Rico, você poderá ver a lista completa.

ANÚNCIO