Qual é o melhor investimento para viver de renda? Compare 5 opções

ANÚNCIO

Você pode ter herdado uma grande herança, ter um ótimo emprego fixo, ser um empreendedor de sucesso ou ter dificuldades para pagar as contas mensalmente. O fato é que encontrar o melhor investimento para viver de renda pode mudar a sua vida.

Por isso, criamos esse conteúdo. Porém, a ideia aqui não é a de te dar uma resposta simples e afirmar qual é o melhor investimento para você receber mensalmente dinheiro do seu ativo. Não! O que vamos fazer é comparar aqueles que podem ser os melhores – para você.

ANÚNCIO

Até mesmo porque cada pessoa pensa de um jeito e, por isso mesmo, vai ter um tipo de ativo que vai ser melhor ou pior. Você pode gostar de correr riscos. Então, a renda variável é boa. Mas, você pode ser conservador. Então, o Tesouro Direto pode ser melhor para você.

O melhor investimento para viver de renda

Abaixo, a gente tem 5 ativos que podem representar a melhor opção para você. Porém, vamos adiantar uma coisa: os primeiros são os mais comuns e conhecidos. No entanto, eles possuem menos eficácia quando o assunto é fazer o dinheiro render.

Logo, da metade para o fim, você vai ver que é onde estão os ativos mais indicados.

ANÚNCIO

1 – Poupança

A poupança é péssima para rendimentos e, hoje em dia, está rendendo abaixo da inflação. De qualquer modo, a gente não pode negar que ela serve como melhor investimento para viver de renda para algumas pessoas. Por isso, está na lista.

Apesar de já fazer tempo que ela não é uma boa ideia de aplicação, considere que se você tem aí uns R$ 2 ou R$ 5 milhões, então, poderá ter um rendimento mensal legal na poupança. Mas, se você não tem todo esse dinheiro, o ideal é buscar outras alternativas.

2 – Previdência Privada

A previdência privada também costuma ser lembrada quando falamos em “viver de rendimentos”. Justamente porque ela é pensada no futuro, para o pós-aposentadoria. De fato, é um ativo para o longo prazo.

E sim, de fato, também serve como ativo para viver de renda. Aliás, é um produto bancário de fácil acesso, onde você paga um pouco por mês e lá na frente tem direito a receber salários mensais ou tudo de uma só vez – você pode escolher no início do contrato.

Se você tem bastante tempo para chegar até a aposentadoria, não quer procurar alternativas melhores e quer facilidade de ter o “desconto direto na conta”, talvez a previdência é boa para você. Mas, saiba que há alternativas mais rentáveis e mais viáveis, viu.

3 – Tesouro Direto

Na lista de comparação para encontrar o melhor investimento para viver de renda também devemos incluir a aplicação mais segura do país, o Tesouro. Inclusive, ele é uma das melhores opções da renda fixa – e não apenas para segurança, mas também pela diversidade.

O fato é que dá para comprar títulos do governo de forma prefixada, pós-fixada, baseada em índices, etc. O mais legal é que você pode fazer aportes com valores mais baixos, partindo dos R$ 30 e isso respeita a sua realidade – nem sempre vai dar para investir muito, né.

Agora, a gente tem que falar também que os rendimentos não são os melhores do mundo. Porém, para o longo prazo, aportando mensalmente, o Tesouro pode sim te deixar rico. E lá na frente você ainda pode optar pelos cupons com juros semestrais.

4 – Fundos Imobiliários

Os fundos imobiliários são negociados na bolsa de valores. Porém, eles não são tão agressivos como as ações (que vamos citar abaixo). É uma modalidade que permite ao investidor comprar cotas de imóveis – mesmo sem que você tenha que comprar um imóvel físico.

Logo, você se torna um sócio do fundo de toda a marca, que pode construir shoppings, terrenos, escritórios, casas, prédios, etc. A vantagem é que isso permite ao investidor acessar o mercado de imóveis a preços mais acessíveis.

Outra coisa bem legal é que você pode receber dividendos mensais ou semestrais, o que acaba calhando bem com o “viver de renda”, também. Já do lado ruim, saiba que ao contrário da renda fixa, esses fundos podem ter desvalorização do seu capital investido.

5 – Ações

Por fim, o último que pode ser o seu melhor investimento para viver de renda tem a ver com os dividendos das ações. Obviamente, você pode ganhar dinheiro com a valorização delas. Mas, nesse caso, estamos falando daquelas que pagam dividendos, ok?

melhor investimento para viver de renda

Só que você deve ter atenção para o fato de que a renda variável é bem mais arriscada do que a renda fixa, né? Além disso, você precisa considerar os custos da bolsa, das corretoras, das negociações, etc. De qualquer modo, não deixa de ser uma opção.

Quanto eu preciso juntar?

Por fim, trouxemos aqui o que também é uma dúvida comum dos novos investidores: afinal, quanto eu preciso juntar de patrimônio para ter renda mensal daqui há algum tempo? Obviamente, isso vai depender de N fatores, também.

Por exemplo, quanto você quer ter de renda mensalmente? Quanto tempo você tem para juntar o dinheiro? Qual ativo você considerou como o melhor para você? Porém, apesar de isso tudo, há uma boa notícia: a conta é simples.

Existe uma regra que diz que o patrimônio total acumulado deve ser igual a renda mensal que você quer ter dividida pela taxa de retorno do seu investimento.

Supondo uma renda mensal de R$ 5 mil e uma taxa de retorno de 0,5% ao mês, a gente tem um valor investido necessário de R$ 1 milhão de investimento, por exemplo.

ANÚNCIO