13 Maneiras Eficazes de Fazer o Vale Alimentação Durar até o Final do Mês

ANÚNCIO

Se você é um trabalhador de Carteira Assinada, provavelmente, recebe um depósito no seu Vale-Alimentação todo início de mês. Se não é, com certeza, separa uma parte da sua renda para comprar tais itens, necessários para a sobrevivência. Mas, e quando esse dinheiro acaba antes do fim do mês? Sabemos que está cada vez mais caro comer fora de casa e que os alimentos sofrem variações constantes em períodos específicos.

Por isso, confira agora 10 dicas para conseguir passar o mês todo com o seu vale-alimentação, sem que tenha a necessidade de furar o seu orçamento financeiro.

ANÚNCIO

1 – Faça as Contas – Se você recebe 400 reais de Vale-Alimentação por mês e trabalha por 20 dias no mês, então, você pode gastar 20 reais por dia. Simples assim. Se quiser comer em um lugar que custa 30, vai precisar economizar em outros dias. Na dúvida, faça as contas.

2 – Mapa dos Restaurantes – Sabendo do valor que tem para gastar com a alimentação, faça um mapa dos lugares que poderá frequentar nesses dias na região próxima ao seu trabalho, sendo que é preciso escolher lugares que não ultrapassem esse teto diário.

ANÚNCIO

3 – Cuidado com os Extras – Aqueles 20 reais que você tem para comer todos os dias… Então, ele tem que ser usado de forma geral. Se você quiser muito tomar os cafezinhos após o almoço, ou mesmo um doce, tem que saber que isso precisa estar incluído dentro desse valor. Mesmo porque esses itens costumam serem bem salgados e, normalmente, ultrapassam de 10 reais cada vez.

4 – Por Quilo – Sempre vale fazer as contas, mas, normalmente, a comida por quilo costuma ser mais em conta do que as suas concorrentes, como o Prato Feito, por exemplo. Se você tem o costume de comer pouco e comidas leves, como saladas, vale a pena. Faça alguns testes.

5 – Algo Diferente – Não se limite à comer sempre do mesmo. Você pode comer algo diferente de vez em quando. No seu aniversário, pode ir à churrascaria, não tem problema, não. Mas, lembre-se sempre de fazer as contas, como no tópico 1.

6 – Comer Marmita – Para se contrapor às regalias, como citado acima, reserve um dia para levar marmita. Reúna com os colegas de trabalho e levem a famosa quentinha. Isso, sem dúvidas, é mais barato e, além do mais, você não vai deixar de socializar com os colegas.

7 – Promoções – Já que o assunto é reunir a galera, procure restaurantes que façam um bom pacote para você e sua galera. Existem até mesmo lugares que trabalham com delivery e podem oferecer promoções do tipo: leve 2 e pague 1.

8 – Más Influências – Socializar é preciso e pode ser muito bom! No entanto, você precisa ficar firme no propósito e não se deixar levar pelos amigos gastões, aqueles que querem comer todos os dias na churrascaria. A questão é: não gaste mais do que deveria apenas para impressionar os coleguinhas, tá bom?

9 – Gastos Fora do Trabalho – É aquela pizza do sábado, sabe? Ah, não há nada de errado nisso, porém, se todo sábado você for passar a pizza no seu vale, então, ele realmente não vai durar até o final do mês. A melhor alternativa é equilibrar esse gasto com as marmitas.

10 – Evite Comprar Apenas Pelo Preço – É isso mesmo! Não é porque você que o lanche do Burger King, que custava 30 reais, está por 25 que você tem que comprar ele, tá bom? Ir lá, também não tem problema, mas você não pode fazer isso por impulso, por consumo.

11 – Alimentos Processados – Também não é indicado porque além de serem menos nutritivos são mais caros. Vez ou outra, por serem convenientes, tudo bem, é até aceitável, porém, o ideal é unir a alimentação saudável por um preço justo.

Orçamento Financeiro Familiar: Como não deixar faltar dinheiro em casa e Prosperar em 3 passos

12 – Happy Hour – É como a pizza de sábado, só que é um hábito diferente. Costuma acontecer em reuniões de trabalho, aos meios de semana. Porém, mesmo que seja uma boa alternativa de socializar, é preciso pesquisar e encontrar os melhores lugares para tal.

13 – Refrigerantes – Também pesam no orçamento diário, além de não fazer bem nenhum à sua saúde. Repense!

Você também vai gostar de: Quer Economizar Dinheiro? Não compre esses 17 Alimentos, os mais caros do mundo

Pode parecer bobagem, mas existem alguns alimentos e pratos que são, literalmente, o olho da cara! Eles custam uma fortuna. E, é provável que você não encontre esses alimentos com facilidades, dependendo de onde você mora, mas, caso encontre, tente segurar o bolso e economizar um bom dinheiro! Leia na Íntegra!!

É possível economizar com a alimentação também dentro de casa. Veja como, com essas 7 Dicas!

Tudo vai depender da sua disposição de fazer pequenas mudanças de hábitos, desde uma compra no supermercado até a organização deles. Selecionamos 7 mudanças para você começar hoje!

1 – Congelar os Alimentos – Começando do básico, o 1º passo é conservar os alimentos, com o congelamento de produtos. Isso também evita o desperdícios e as compras desnecessárias. Fazendo isso, você preserva os alimentos, mantém a qualidade deles e economiza dinheiro.

2 – Organizar os Alimentos – Por data de Validade. Então, não vá comprando os produtos e jogando eles no armário. Perca um pouquinho de tempo e organize-os por data de validade, colocando os mais velhos à frente e os mais novos ao fundo. Assim, você consome primeiro aqueles que estão perto de vencer, e evita o desperdício, o que, obviamente, implicaria em mais despesa.

3 – Comprar Sem Necessidade – Não é uma boa atitude! Se você tem o costume de ir ao mercado para comprar um único produto e volta com várias sacolas, então, você não é um bom exemplo a ser seguido. É uma armadilha que os mercados fazem, inclusive, com as promoções, os preços imperdíveis, etc. Programe as refeições e levem apenas o que você precisa.

Economia Doméstica: Veja Como Economizar Dinheiro com a Decoração, Ar-Condicionado e com a Luz

4 – Reaproveitamento dos Alimentos – Tudo que você comprou no mercado somado à tudo que você já tem em casa, pode ser reaproveitado. Inclusive, as sobras das alimentações também podem ser utilizadas para novos pratos. Por sinal, talos e cascas são ótimas fontes de vitaminas, conforme nutricionistas. Então, busque essas receitas e reaproveite de uma forma saborosa, sem perder dinheiro.

5 – Compre no Supermercado – Não é regra, mas é o que, normalmente, acontece, porque lá, no supermercado, os valores são mais baixos. Esses estabelecimentos que vendem no atacado podem representar uma economia de até 30% comparado à padarias, por exemplo.

6 – Leve Marmita sempre que Puder – Seja na escola ou no trabalho, levar alimentação de casa pode trazer vários benefícios, sejam financeiros ou de nutrientes. Uma dieta saudável somada à uma economia de dinheiro é tudo o que você precisa, não é?

7  – Atenção na Cozinha – Pode ser que você não saiba, mas é possível cozinha de forma econômica também. O uso de gás excessivo, a água e a energia têm gastos, não é? Então, ligue o forno apenas quando for usar e lave os alimentos de forma simples. Verifique também as borrachas da geladeira, que pode consumir mais energia do que deveria. E nunca se esqueça que sempre vai existir uma forma mais economia de cozinha, além do reaproveitamento dos alimentos.

Conheça 7 Maneiras Surpreendentes de Ganhar Dinheiro Fácil na Páscoa 2017

A Páscoa é celebrada conforme o calendário cristão e acontece sempre no 1º domingo após a lua cheia que ocorre depois do equinócio da Primavera… Mas, a história nós vamos contar lá no final do artigo, o que importa agora é que no dia 16 do próximo mês – abril – acontece o Domingo de Páscoa! E, como bons brasileiros que somos, temos aí uma grande oportunidade de conseguir ganhar dinheiro, uma grana extra e aumentar o nosso patrimônio mensal.

13 Maneiras Eficazes de Fazer o Vale Alimentação Durar até o Final do Mês
Reprodução: Google

Afinal de contas, o Brasil é o 5º maior consumidor de chocolate do mundo, gerando, em 2015, um faturamento de 12,4 bilhões de reais formais. O consumo per capita é de, em média, 2,5 kg por ano. E, para mais saber, segundo a Abicap, a indústria vai gerar cerca de 26,5 mil novos empregos temporários nessa época do ano.

“Depois do Natal, a Páscoa é a 2ª melhor data para a indústria e o comércio e, em consequência disso, um período que também movimenta o setor de trabalho”, conta Vander Morales, da Fenaserhtt (Federação Nacional dos Sindicatos de Empresas de Recursos Humanos, Trabalho Temporário e Terceirizado).

Para tanto, selecionamos… 7 Maneiras Surpreendentes de Ganhar Dinheiro na Páscoa! Continue Lendo…

Com informações do Finanças Femininas e Organizze

ANÚNCIO