Nova Lista 2017: Os 10 Mais Ricos do Brasil

ANÚNCIO

A Revista Forbes, especialista no assunto do dinheiro, atualizou sua lista de pessoas mais ricas do Brasil e identificou 170 pessoas com patrimônio igual ou superior a 1 bilhão de reais neste ano. Com a valorização da Bolsa de Valores, 116 do total tiveram ganho de patrimônio em relação à 2016.

A lista é feita a partir de estimativa da riqueza das pessoas com base no valor de mercado das ações das empresas das quais são donos e com comparações parecidas com as empresas similares, quando elas não têm ações na bolsa.

ANÚNCIO

O ranking da Forbes Brasil é parecido com a versão americana. Só que na brasileira, não são levados em conta os ativos pessoais, como os imóveis, obras de arte, dinheiro em conta bancária ou outras formas de patrimônio, devido à escassez de informações.

Veja a Lista das 10 Pessoas Mais Ricas do Brasil.

1 – Jorge Paulo Lemann

Jorge Paulo Lemann tem uma fortuna de mais de 95 bilhões de reais.

ANÚNCIO

O empresário se mantém como brasileiro mais rico do ano, assim como em 2016. Ao 78 anos, ele detém o controle da fabricante de bebidas Ambev, do fundo 3G Capital (Burger King e Ketchup Heinz) e da B2W (Lojas Americanas, Submarino).

2 – Joseph Safra

Joseph Safra tem uma fortuna de mais de 71 bilhões de reais.

Ele nasceu no Líbano em 1938 e é dono do Banco Safra. Possui também bancos na Suíça e nos Estados Unidos, onde tem propriedades imobiliárias, além de participar da Chiquita Brands International, empresa de bananas.

3 – Marcel Telles

Marcel Telles tem quase 48 bilhões de reais.

O empresário carioca é sócio de Lemann na 3G Capital e também na AB Inbev (Ambev). Começou a trabalhar no mercado financeiro conferindo boletos e bolsa da meia-noite às 6 da manhã em uma corretora de valores.

Nova Lista 2017: Os 10 Mais Ricos do Brasil
Reprodução: Google

4 – Carlos Alberto da Veiga Sicupira

Carlos Alberto da Veiga Sicupira tem quase 41 bilhões de reais.

O empresário carioca também é sócio de Lemann e é formado em Administração de Empresas.

5 – Eduardo Saverin

Eduardo Saverin tem mais de 29 bilhões de reais.

O paulista é um dos fundadores do Facebook. Ele saiu da empresa por desavenças com Mark Zuckerberg e chegou al disputar na justiça a posse de ações da companhia. Nasceu no Brasil, mudou-se para Miami aos 10 anos e se formou em Harvard.

6 – Maria Consuelo Leão Dias Branco

Maria Consuelo Leão Dias Branco tem 13,25 bilhões de reais.

A cearense de 82 anos é viúva do empresário Francisco Ivens de Sá Dias Branco e atual presidente do conselho de administração do Grupo M. Dias Branco, empresa fabricante de alimentos.

7 – Walter Faria

Walter Faria tem uma fortuna de 11 bilhões de reais.

O empresário paulistano é dono do Grupo Petrópolis, fabricante de cervejas.

8 – João Roberto Marinho

João Roberto Marinho tem uma fortuna de quase 11 bilhões de reais.

É um dos filhos e do empresário Roberto Marinho e divide, junto com os irmãos, o comendo do Grupo Globo, rede de mídia dona da Rede Globo, além de jornais, revistas e estações de rádio.

Ele começou sua carreira como repórter no jornal O Globo, em 1973.

9 – Roberto Irineu Marinho

Roberto Irineu Marinho tem quase 11 bilhões de reais também.

Ele é um dos filhos de Roberto Marinho e começou a trabalhar no jornal O Globo em 1965 como aprendiz de linotipista e divide, atualmente, o comando do Grupo Globo. Atualmente, é o presidente executivo do conglomerado de mídia.

10 – José Roberto Marinho

José Roberto Marinho tem uma fortuna avaliada em quase 11 bilhões de reais, como seus irmãos.

Ele também é filho de Roberto Marinho e divide o comando do Grupo Globo, sendo, nos dias de hoje, vice-presidente do grupo.

Putin é ou não o Homem Mais Rico do Mundo?

Vladimir Putin é ex-agente da polícia secreta comunista da era soviética (KGB) e tem uma fortuna grandiosa o bastante para ser colocado entre as pessoas mais ricas do mundo.

Agora, o tamanho dessa fortuna é que faz com que o presidente russo seja alvo de notícias em todo momento.

Um presidente-executivo de um fundo de investimentos americano garante que o patrimônio de Putin é de 200 bilhões de dólares, o que equivale à 625 bilhões de reais.

Bill Browder fez essa afirmação durante um depoimento em um Comitê de Justiça do Senado dos Estados Unidos, que investiga uma possível influencia estrangeira na eleição presidencial do ano passado, onde Donald Trump venceu Hillary Clinton.

Se a afirmação estiver correta, Putin não apenas será considerado o homem mais rico do mundo, como também será dono de uma fortuna 2 vezes maior do que a de Bill Gates, fundador da Microsoft e detentor do posto, conforme a revista Forbes – a fortuna estimada dele é de 90 bilhões de dólares.

Se fosse depender da fortuna oficial e do salário, Putin não estaria realmente na lista dos homens mais ricos. Em 2015, por exemplo, a declaração de renda do presidente incluía 7,6 milhões de euros, ou seja, 119 mil dólares ou 451 mil reais.

Conforme a Reuters, sua filha teria, porém, mais de 2 bilhões de dólares.

“Ele [Putin] é um dos homens mais ricos do mundo. Eu estimo que ele tenha acumulado 200 bilhões de dólares ao longo de 17 anos no poder”, disse Bill Browder, que já havia comentado sobre essa soma astronômica em outras ocasiões.

Vale levar em conta, porém, que mesmo não estando na lista dos mais ricos, Putin é o 1º colocado na lista de pessoas mais poderosas do mundo, vencendo o topo por 4 anos consecutivos, conforme a revista Forbes.

Morre a Mulher Mais Rica do Mundo – Liliane Bettencourt

A francesa Liliane Bettencourt era herdeira do grupo L’Oréal e morreu na última semana, aos 94 anos. Ele é considerada a mulher mais rica do mundo, com o conglomerado de cosméticos criado em 1957.

Filha única de Eugene Schueller, ela era a principal acionista da companhia, com 32% das ações do grupo.

Neste ano, a empresária foi declarada pelo segundo ano consecutivo como a mulher mais rica do mundo pela Revista Forbes.

No Ranking geral, ela era a 14ª pessoa mais rica do planeta, com uma fortuna estimada em 39,5 bilhões de dólares.

Durante toda a vida, Liliane passou de fornecedora de tintura para cabelos para a maior fabricante de produtos de beleza, com mais de 30 marcas, como Lancome e Garnier.

Agora, a fortuna fica para a filha, de 64 anos e que comanda a companhia de investimentos da família.

“Nesse momento doloroso para nós, eu gostaria de reiterar, em nome da nossa família, nosso total comprometimento e lealdade com a L’Oréal e de renovar minha confiança em seu presidente Jean-Paul Agon e em suas equipes no mundo inteiro”, afirmou a filha, Françoise.

As mulheres mais ricas do mundo após a Morte de Liliane Bettencourt

Após a morte da herdeira da L’Oréal, Alice Wlaton, que tem um patrimônio de 33,8 bilhões de dólares aparece como mulher mais rica do mundo, ficando na 17ª posição no ranking geral.

Ela é a única filha de Sam Walton, fundador da rede de supermercados Walmart.

Depois dela aparece Jacqueline Mars, com um patrimônio de 27 bilhões de dólares. Ela é a número 26 da lista global da Forbes e tem 1/3 da Mars, uma das maiores marcas de produtos alimentares do mundo.

Aos 77 anos, ela é descrita como uma filantropa, fazendo parte de conselhos da Ópera Nacional de Washington e no Arquivo Nacional, entre outros.

Na 3ª posição entre as mulheres está Maria Franca Fissolo, que tem 25 bilhões de dólares. Ela é a primeira europeia na lista. Viúva de Michele Ferrero, a empresa do Ferrero Rocher e da Nutella, além dos Tic Tacs.

As 10 Pessoas Mais Ricas do Mundo da Tecnologia

Susanne Klatten aparece logo na cola, com 20 bilhões de dólares, é uma alemão de 55 anos que deve sua fortuna a carros e produtos farmacêuticos. Ela tem 100% da empresa química Altana AG.

No Brasil, a mulher mais rica é Maria Helena Moraes Scripilliti, que tem quase 4 bilhões de dólares. Ela é filha de José Ermírio de Moraes, fundador do Grupo Votorantim. No ranking geral, ela tem participação em empresas financeiras e ocupa a 460º lugar da Forbes.

Mais Rico que Bill Gates, Warren Buffet e Mark Zuckerberg juntos… Adivinha quem é!

Essa é uma história real sobre um homem e muito dinheiro que, provavelmente, você nunca tenha ouvido falar. Conhece “O Rico”? Para se ter uma ideia, imagina-se que se estivesse vivo, o banqueiro teria algo equivalente à 400 bilhões de dólares, conforme o biógrafo Greg Steinmetz, que já foi editor do Wall Street Journal.

Durante este artigo também vamos falar sobre a Riqueza de Vladimir Putin e o 1º homem que ganhou 1 Milhão de Reais do Silvio Santos.

Jakob Fugger – Seria o Homem Mais Rico do Mundo, se estivesse vivo

Em 2015, Steinmetz escreveu um livro (O Homem Mais Rico que Já Existiu) sobre o banqueiro Jakob Fugger (1459-1525) e calculou que ele, se estivesse vivo teria uma soma de 1,2 trilhão de reais, o que dá uma fortuna superior à soma das fortunas de Bill Gates, Warren Buffet, Carlos Slim e Mark Zuckerberg.

Os leitores levaram ressalvas sobre a hipótese com a comparação da riqueza, levando em conta o período histórico. Mas, o escritor garante que “Jakob Fugger foi, sem dúvida, o mais poderoso banqueiro de todos os tempos”, conforme explanação feita à BBC Mundo.

A afirmação dele está no “renascimento, a época em que Fugger viveu, o mundo era controlado por duas figuras: o imperador romano e o papa. E Fugger financiou os dois”, diz o biógrafo.

Para ele, nenhum banqueiro em toda a história da humanidade teve tanta influência sobre o poder político como Fugger.

“Fugger decidiu que o Rei da Espanha, Carlos 1º, deveria ser o imperador de Roma e o fez vencer a eleição (com o nome de Carlos 5º)”, disse ele. “Carlos 5º colonizou o Novo Mundo. A história não seria a mesma se não tivesse chegado ao poder”.

Por que “ninguém” conhece Jakob Fugger

Para o historiador e biógrafo, é claro que outras figuras da época são muito mais conhecidas, como Médici, os irmãos César e a Lucrécia Bórgia. Aliás, todos já ouviram falar em Nicalou Maquiável, não é verdade?

Uma das razões, conforme Greg é que Fugger era alemão e não se tornou conhecido no mundo anglófono. Isso foi, aliás, o motivo que motivou o escritor a lançar o livro com a história do banqueiro.

“Fui cheque da sucursal do Wall Street Journal em Berlim e ouvi uma menção a Fugger, mas não consegui encontrar um único texto em inglês sobre isso”, ele lembra.

Mas, além disso, há um motivo bastante forte para que Fugger não fosse conhecido fora do seu país de origem – ele não era um personagem colorido, como os outros famosos já citados.

Logo, ele não tentou ser papa, nem ocupar cargos políticos. Além disso, não patrocinou artistas renascentistas e nem construiu palácios ou templos.

Porém, Fugger tem uma obra famosa: o Fuggerei – um projeto de habitação social que criou na cidade de Augsburg, no sul da Alemanha, e que continua conhecida por quem vive ali, pessoas que pagam um aluguel simbólico de 1 dólar por ano.

“Os banqueiros estão acostumados a trabalhar nos bastidores”, disse Steinmetz.

Heranças Importantes de Jakob Fugger

Para o escritor, no entanto, isso não quer dizer que Fugger não tenha deixado marcas importantes. Na verdade, há influência do banqueiro até nos dias de hoje, mesmo que muitas pessoas não saibam disso. Confira algumas dessas heranças!

A PRIMEIRA MULTINACIONAL

Na sua época a atividade econômica era bastante pequena. Os ricos usavam as terras que davam trabalho aso camponeses. Fugger negociou os direitos a mineiros em troca de empréstimos, monopolizando o comércio de cobre e prata.

Depois, comercializou especiarias e tornou-se um dos precursores do capitalismo.

O PRIMEIRO SERVIÇO DE NOTÍCIAS

O banqueiro notou que a informação era valiosa e queria acessá-la antes do que seus concorrentes. Portanto, pagou mensageiros para trazer informações sobre a atividade comercial e a política de várias cidades diferentes.

Os seus sucessores mantiveram a tradição e criar o Fugger Newsletters, considerado um dos primeiros jornais da história.

FINANCIAR DINHEIRO

Os Médici, por exemplo, tinham bancos na mesma época, porém a Igreja Católica não permita o pagamento de juros, que era considerado ganância.

Fugger convenceu o Papa Leão 10 – que era seu cliente – a suspender essa proibição e começou a oferecer uma taxa de juros de 5% ao ano para clientes que depositavam dinheiro no seu banco, em Augsburg.

EXPLORAÇÃO

Colombo tinha 33 anos quando descobriu a América. O propósito econômico fez com que Fugger financiasse essa primeira viagem à Índia. Sendo que posteriormente também ajudou financeiramente as viagens ao redor do mundo de Fernão de Magalhães.

REFORMA PROTESTANTE

Fugger manteve com o Vaticano a venda de indulgências propondo uma forma de financiar a catedral de São Pedro, onde a metade dos rendimentos foi destinada à esse fim e a outra parte ficava com ele.

Com informações da Veja, OGlobo e BBC

ANÚNCIO