Mestrado na Itália – conheça os sacrifícios de juntar dinheiro para o curto prazo!

Aqui no blog a gente sempre fala sobre o prazer que é juntar dinheiro para o futuro, para a aposentadoria, por exemplo. Mas, você já se perguntou o porquê disso?

Porque quando falamos em futuro entendemos que temos bastante tempo para nos programarmos para juntar a grana. Um pouco por mês, em um bom investimento, sempre dá certo. Mas, e quando os prazos são curtos, quais os sacrifícios?

É sobre isso que vamos falar agora.

Mesmo porque todo mundo tem algum sonho de curto prazo e a maioria das pessoas tem algum grande sonho a ser realizado na vida nos próximos dias.

Quando as pessoas jogam na mega sena ou em algum tipo de loteria isso prova essa teoria.

Só que o que pouca gente entende é que os grandes sonhos a curto prazo exigem algum tipo de sacrifício mais “drástico”. Portanto, quando o prazo está apertado o sacrifício pode ser maior do que o desejado.

Veja o que diz essa pessoa, na internet, em um fórum sobre dúvidas financeiras:

– “Me formei há pouco tempo e acabei de entrar no mercado de trabalho. Estou pensando em fazer um mestrado na Itália, mas preciso juntar dinheiro para isso. Qual a melhor opção para eu guardar esse dinheiro para o próximo ano e conseguir juntar o suficiente?”

  • O sonho é o mestrado na Itália
  • E o prazo é de 12 meses, 1 ano

Vamos levar essa questão adiante e falar sobre os investimentos, os prazos e, claro, os sacríficos.

O investimento para o mestrado na Itália

Na prática, podemos ver que o investimento tem que ser em renda fixa.

Isso porque se as perspectivas continuam de câmbio estável ou de maneira mais cautelosa, melhor vai ser.

E o ideal também que já comece a fazer os pagamentos do mestrado em euros.

Portanto, estamos falando em um investimento em fundo cambial e em euros também.

Cuja rentabilidade acompanhe a evolução do euro, assim se o euro disparar a rentabilidade do seu fundo dispará também. Entendido? Se o euro cair você vai perder o dinheiro, mas o mesmo ritmo que está barateando sua viagem.

Então, é mais uma questão de proteção do que ganho.

Aqui falamos em investimento em fundo cambial. Mas, ainda temos o pagamento do curso e dos custos relacionados ao cursos. E, para isso, a compra de moeda é a forma mais eficiente.

Agora, o que acabamos de fazer foi dar uma breve orientação, muito simples, sobre como investir dinheiro em um projeto internacional de curto prazo. Portanto, a nova pergunta é:

Mestrado na Itália – conheça os sacrifícios de juntar dinheiro para o curto prazo!

Como juntar o suficiente nesse prazo tão curto?

Esse é o momento que a gente deve falar do sacrifício, especialmente porque o prazo é curto.

Então, um grande projeto, ainda mais que seja um projeto tão importante na sua vida e mesmo que se trata de alguns meses, vai ser de sacrificio.

É um sacrificio que tem data para acabar e com uma recompensa claramente definida.

No fim das contas, esse sacrifício não vai doer para você porque depois você terá energia suficiente para conduzi-lo e terá um ótimo argumento para comemorar sacrifício ao final dele.

A questão é: que tipo de sacrifício?

Uma pessoa que leva uma vida normal é uma pessoa que está buscando equilíbrio na sua vida. Geralmente, ela tem 2 dias de descanso semanais e tem suas férias anuais, certo?

Só que ela também tem a necessidade de equilíbrio entre o tempo de trabalho e o tempo de aprendizado e tempo de descanso.

Nesse curto prazo que a gente está falando, obviamente, devemos considerar que… “Esqueça os finais de semana e as férias”.

Afinal, isso você poderá fazer durante o novo mestrado, na Itália.

Lá vai ser uma experiencia internacional e, sem dúvida, uma das mais incríveis. Portanto, você terá um consumo de agenda e mais toda riqueza cultural que nos nutre.

Então, é o momento de se pensar em um segundo trabalho para complementar a renda.

Sacrifício = + Esforço – Descanso

Aqui, o que sugerimos é um sacrifício que combina as horas de esforço com um tempo que seria o seu momento de descanso.

O argumento é sim comercial, mas focado em ajudar as pessoas que buscam o prazo curto.

Viabilizar o mestrado vai significar que é hora de se desfazer de algumas coisas, como um bem material.

Assim dá para comprar os euros, por exemplo, ou investir em fundo cambial para depois comprar a passagem aérea, que é necessário para essa mudança na vida.

Enfim, tudo isso é necessário viabilizando um grande projeto, que lá na frente com uns ajustes vão se traduzir em uma situação de grande recompensa.

E, obviamente, leve isso como regra para a sua vida: a gente faz um grande sacrifício para colher um grande resultado. Sempre é assim.

A diferença é que no curto prazo, os sacrifícios devem ser bem maiores e mais drásticos.

Ao mesmo tempo, seja paciente e não foque apenas nos de curto prazo, porque ao longo da vida precisamos de equilíbrio para que essa vida possa ser mais vivida.

Isso é importante para que os resultados dos nossos pequenos sacrifícios sejam aproveitados em nossos momentos de descanso e para que a nossa vida seja também mais longa.

Porque esse sacrifício significa muito estresse, significa um comprometimento com a saúde e nem sempre vai ser recomendado por médicos!

O equilíbrio continua sendo a regra chave!

Mas, em curto período de tempo sacrifícios e que não são entendidos como sofrimento, podem ser feitos em momentos únicos como esses, de um mestrado na Itália.