3 passos para juntar 10 mil reais em 1 ano

PROPAGANDA

Chega dessa história de que você não consegue juntar dinheiro, tá bom? 2018 vai ser um ano diferente para você e hoje, para provar isso, vamos te mostrar como é possível juntar 10 mil reais em 1 ano em apenas 3 passos.

E isso vale para você que não tem nenhuma grana guardada e também não tem reserva de emergência e não tem um bem que pode ser vendido.

PROPAGANDA

Esse conteúdo é para você que está começando do zero! Fechado?

E por que vamos te ensinar como conseguir isso? Porque se não você vai ficar muito vulnerável na sua vida.

Pode ser que o carro quebre, que uma doença apareça ou mesmo que você perca o emprego… E aí, como faz se você não tem nada guardado?

PROPAGANDA

Esses 10 mil reais podem ser usados como o começo de uma reserva de emergência, tá bom? Mas é só o 1º passo para um futuro muito maior.

Então, hoje temos um desafio para vocês!

A ideia é mostrar como é que você vai juntar 10 mil reais para você fazer o que você quiser com o dinheiro – mas lembre-se da sugestão [reserva de emergência].

E o desafio é justamente porque envolve gastos, aliás, envolve corte de gastos, tá bom?

3 passos para juntar 10 mil reais em 1 ano

Então vamos lá, como é que você faz isso?

Você vai precisar usar o meu método dos 50%, 30%, e 20%.

Assim, você vai ter que guardar 20% do seu salário todo mês!

Isso para conseguir chegar naqueles dez mil reais.

E como vamos fazer isso se nem sabemos o seu salário?

Bom, fomos justos e pegamos aqui a média nacional de salário do brasileiro, de acordo com IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

E, conforme a última pesquisa, esse salário é de 2.480 reais.

Então, temos 20% de R$ 2.480, que vai dar 500 reais por mês.

Assim, o objetivo é guardar esses 500 reais por mês, ou seja, você guardaria 125 reais por semana.

Coloca na cabeça, que não dá para viver com tudo que você ganha!

Você tem que sempre que gastar um pouquinho menos para começar esse nosso desafio!

Tem que partir desse esforço de poupança básico de 500 reais por mês.

Depois disso, vamos para os truques, anota aí…

1 – Trocar de supermercado

Saiu recentemente uma pesquisa da Proteste que se você trocar de supermercado você consegue economizar até dois mil oitocentos e vinte reais por ano (R$ 2.820,00).

Estamos baseados em uma pesquisa.

Então, gente, isso é muita grana para ficar jogando fora no supermercado!

É mais gostoso gastar esse dinheiro com lazer do que com supermercado.

A 1ª dica é bem fácil: vamos trocar de supermercado!

Vamos começar a fazer isso agora, na próxima compra, nas próximas pesquisas de preço.

Isso dá uma média de 235 reais por mês e isso dá para somar com 500 reais que você precisa guardar, tá bom?

Se você quer saber mais sobre economizar dinheiro no supermercado, leia:

2 – TV a cabo

O próximo passo para juntar 10 mil reais em 1 ano é cortar a TV a cabo.

Na real, você acha que precisa mesmo de ter a TV a cabo?

Não, você não precisa disso!

Não precisa da TV a cabo para ser feliz, meu caro.

E quer saber por que estamos falando isso?

Porque existem outros serviços mais baratos.

Você pensou em Netflix, não é mesmo?

E você está totalmente certo.

Com essa mudança, você consegue economizar em média 50 reais por mês.

Está bem, 50 reais por mês não parece muito. Mas, na nossa soma anual vai dar 600 reais, o que é muito significativo no acumulado.

E olha que a gente fez nesse cálculo para chegarmos aos 50 reais:

Pensamos em um plano mais básico!

Agora, para quem tem aquele plano poderoso de TV a cabo, a economia vai ser muito maior do que 50 reais por mês.

Então, pega os 235 reais do supermercado e pega mais 50 reais da TV a cabo e junta!

Vai dar pouco mais que a metade do que você precisa, não é? Mas ainda tem mais um truque para você juntar 10 mil reais em um 1 ano.

3 – Plano de celular

Troque o plano do seu celular!

Pois é!

A gente não gasta tudo que a gente acha no plano de celular.

Normalmente, ele está superestimado!

E mesmo assim a gente consegue reduzir muito o uso e começar a usar mais o whatsapp, skype e não ficar pendurada no 3G.

Então, vamos fazer isso: diminuir o plano.

Troca o seu pré-pago e coloca como meta economizar também 50 reais por mês com celular.

Com isso você vai conseguir juntar mais R$ 335,00 todo mês para você juntar com aqueles 500 reais.

Resumindo…

Bom, se você não entendeu, vamos explicar:

Com o corte da TV a cabo, a reorganização do plano de celular e a mudança de supermercado você economizou 335 reais, certo?

E temos ainda mais os 20% do salário que você tem que poupar todos os meses, que é de 500 reais.

Na soma, temos 885 reais poupados sem que você precisasse mexer nos gastos supérfluos ou nas necessidades do dia a dia, como as compras.

juntar 10 mil reais em 1 ano

Como chegar nos 10 mil reais no ano?

O que acontece agora?

Você pega esses 835 reais e aplica no Tesouro Selic!

Pelos breves cálculos que fizemos, ele pode render 0,56% ao mês.

Assim, você vai conseguir chegar em um ano aos 10 mil reais.

Viu como é fácil juntar 10 mil reais em 1 ano com simples mudanças de hábitos?

E isso a gente conseguiu tirar taxa de custódia, tirar o imposto de renda também.

Mesmo porque estamos pensando em um prazo de 361 dias para poder ficar com a alíquota de 17,5%!

Daí você vai ficar com 10.250,00, basicamente.

Então, chega de desculpas de falar que não dá para juntar dinheiro, não dá para investir, não dá para ser rico e poupar ao mesmo tempo. Dá sim, cara.

Se você quiser, dá!

E aí, gostou do nosso texto? Achou que essas mudanças são muito drásticas? Tem sugestões melhores? Deixe-nos um comentário!

Bônus: como investir pensando nos filhos

Essa parte do artigo, que é uma parte complementar, foi escrita em forma de bonificação e tem a ver como um dos resultados de se juntar 10 mil reais em 1 ano…

Afinal, o que você vai fazer depois que conseguir isso?

Existem várias respostas para essa pergunta, obviamente.

E nós vamos te ajudar com uma: investir pensando no futuro, especialmente, no futuro dos seus filhos.

Claro que você não tem que fazer isso… De qualquer maneira é um ponto a se considerar!

untar 10 mil reais em 1 ano

Qual a melhor forma de investir para os filhos

Falar sobre como investir para o futuro do seu filho é importante para que você tenha a mentalidade de começar a fazer isso o quanto antes.

Afinal, quase todo mundo sabe que quanto antes começar a investir dinheiro, menor será o esforço e o capital para gerar riqueza no decorrer dos anos.

Antes de pularmos para o tema principal deste tópico, a nossa recomendação é que você tenha alguma forma de controlar seu orçamento – com planilhas ou aplicativos.

Então, a partir disso, a pergunta para você que tem filho é:

– “Por que seu filho ainda não tem uma conta na corretora de valores?”

E com relação aos filhos e a essa pergunta, a gente extraiu uma frase de Warren Buffet, um dos maiores investidores do mundo, que diz o seguinte:

– “Quero dar a meus filhos bastante dinheiro para que possam fazer o que quiserem, mas não dinheiro o bastante para que não façam nada”.

Interessante esse pensamento, não é mesmo?

Planilha para projetar investimentos

Existem várias formas de projetar seus investimentos e lucros.

Bom, hoje vamos mostrar para vocês uma planilha.

Nas planilhas dá para você fazer uma projeção do valor de investimento por mês, por exemplo.

E aí podemos pensar no seu esforço para juntar 10 mil reais em 1 ano, que resultou em um bom patrimônio para ser o seu pontapé inicial.

Vale lembrar que o capital acumulado depois desse período de investimento vai gerar de renda baseado só no percentual de rendimento por mês.

Bom, usando a planilha na prática, você pode perceber a diferença de ter um investimento que rende, por exemplo, 1% e um que rende 1,01%.

Sim, no longo prazo eles geram resultados diferentes.

Bom, mas vamos para o que interessa…

A conta na corretora de valores para o seu filho

Afinal, como abrir uma conta para o meu filho?

Esse processo que a gente vai mostrar aqui foi pego de um site, que é de uma corretora, a Rico.

Então, vamos para o passo-a-passo.

CPF

O 1ºpasso é que o seu filho precisa ter um CPF.

É necessário o CPF dele para abrir o cadastro em qualquer corretora de valores do Brasil.

Responsável

O 2ºpasso é você ser o responsável por ele.

Considerando que é preciso ter 18 anos para abrir uma conta.

Transferência

O 3º passo é sobre a transferência do dinheiro.

E existem duas formas de fazer isso.

A 1ª é você abrir a conta em um banco para ele para que você faça a transferência da conta dele para a conta dele na corretora.

A 2ª é você fazer uma transferência da sua própria conta e depois na corretora pedir uma transferência da sua conta para a dele.

Agendamento

O 4º passo não é uma necessidade e sim uma dica.

E consiste no agendamento de uma TED mensal para essa conta na corretora.

Isso vai dar consistência e frequência para você na questão de fazer os investimentos.

Dica também super válida para você não só para o seu filho, mas para você também.

O agendamento automático dos seus investimentos que facilita bastante, quando você agenda é menos uma coisa para você lembrar.

Então, facilita bastante. Você pode escolher entre Ações e Tesouro Direto.

Os investimentos pensando nos filhos

Falamos em ações e Tesouro Direto para o seu filho, mas vamos além!

Onde você deveria investir aquele esforço que você fez para juntar 10 mil reais em 1 ano para garantir um futuro melhor para o filho?

A gente pode chegar a 3 conclusões básicas e é justamente sobre isso que vamos falar com vocês agora!

Bom, a gente tem três formas básicas de garantir com que o seu filho chegue aos 18 anos com uma vida prospera e que tenha futuro financeiro.

I – Seguro

A 1ª delas é um seguro.

Isso porque o seguro é importante justamente porque muitas pessoas não têm um patrimônio necessário para poder arcar com o estudo dos filhos.

Sabe, estamos falando de educação e saúde especialmente.

Tudo isso é importante para você e para ele também.

Se você fizer as contas, vai chegar à conclusão que um filho custa caro para caramba.

É se muita gente fizesse contra acabaria nem tendo filho, na verdade.

Mas, nesse momento, não devemos ser tão radicais assim, né.

O fato importante aqui é muita gente não tem esse patrimônio separado em uma aplicação financeira.

Uma das formas de conseguir esse patrimônio que será usado é utilizando a estrutura de seguros.

Claro que ele não é o mais recomendável… Mesmo porque na estrutura do seguro você paga um valor e não tem direito ao volume todo, que é retirado pelas taxas.

Geralmente, com esse valor você compra um patrimônio muito maior posteriormente, então, por isso é que pode ser um começo razoável.

Resumidamente, a 1ªdica é você calcular o quanto o seu filho vai custar até os 18 anos, por exemplo. E a partir daí, saber quanto precisará acumular.

A escolha da seguradora

O ideal é você consultar as diversas seguradoras que existem no Brasil.

O melhor seguro para você é um seguro que atenda as suas necessidades.

E aqui vai uma dica: existem alguns seguros resgatáveis.

Esses são seguros que você não necessariamente paga e simplesmente fica assegurado durante o tempo.

Mas, você paga o seguro e esse valor vai ser no acumulado, ao passo que no futuro você pode resgatar, conforme o contrato, em um prazo estipulado.

Então, o seguro é uma das grandes possibilidades que você tem pra ajudar o seu filho ou até o seu sobrinho, o seu neto, enfim, tanto faz.

O seguro é uma das possibilidades que você tem após juntar 10 mil reais em 1 ano.

Ou pode ser uma das formas de você juntar 10 mil reais em 1 ano também, sendo que vai depender dos valores do seu depósito.

untar 10 mil reais em 1 ano

II – Tesouro Direto

Outra possibilidade é o que a gente já falou bastante aqui no blog: o Tesouro Direto.

O Tesouro Direto é uma ferramenta poderosíssima porque fica dentro da plataforma do Tesouro Nacional, o que o torna seguro.

E, na real, você nem precisaria juntar 10 mil reais em 1 ano para conseguir investir nele – já que as aplicações são a partir de 30 reais.

Mas, começar com 10 mil é um ótimo negócio.

Então, você consegue escolher o vencimento que melhor lhe atende.

Você pode investir tanto para o ano que vem ou para daqui 2s anos ou daqui 35 anos, daqui 40 anos também.

Você pode escolher o vencimento que melhor atende.

Por isso, ele é altamente indicado para o longo prazo, para os seus filhos.

Logo, se o objetivo é com que o seu filho tenha recursos daqui a 20 anos e um patrimônio x vai garantir o futuro dele, então, você tem a opção do Tesouro.

E com esse valor dá para ele comprar um carro, pagar a faculdade, fazer intercâmbio.

O que você vai precisar saber é: quanto dinheiro eu preciso aplicar você vai fazer essa conta vai pegar um título que tenha já uma data pré-fixada?

Retorno acima da inflação

Essa pergunta tem a ver com o fato de que o Tesouro pode render acima da inflação, o que o torna muito mais vantajoso do que o seguro, por exemplo.

Então, quando foi escolher um título, geralmente, você vai o Tesouro IPCA, que vai te garantir um rendimento acima da inflação.

E isso sempre dá um sentimento real se você segurar o vencimento.

O tesouro IPCA+ vale a pena, mas também há o Tesouro pré-fixado.

Agora, voltando de novo aqui para o Tesouro, ele vai te permite escolher uma data específica e você vai poder se planejar para isso.

Rapidamente, para você ter uma ideia: se o seu filho nascesse hoje e você quisesse chegar é aos 18 anos dele com um valor de 500 mil reais, o que faria?

Você poderia aplicar 100 mil reais e não fazer mais nenhuma aplicação nesse tempo!

Por isso a importância de se começar a juntar 10 mil reais em 1 ano… Para que no futuro esse valor se multiplique em 100 e depois em 500 mil reais.

Você chegar a 500 mil reais aplicando 100 mil de uma única vez e nada mais.

Na prática, você chega a um valor muito maior talvez a 1 milhão… Porque temos que considerar a inflação do período.

Então, você teria realmente 500 mil reais, que é o que equivale a 500 mil reais hoje.

A segurança do Tesouro Direto

Mas, o Tesouro Direto vai funcionar muito bem também porque ele é funcional não apenas por causa da rentabilidade…

E sim pela segurança.

Depositar alguma coisa pensando no futuro do seu filho… Para isso, você precisaria ter alguma segurança de que não vai perder dinheiro. Então, o Tesouro!

Você precisa de segurança porque é um prazo relativamente longo!

E porque é um dinheiro que você não pode brincar.

É um dinheiro que vai ser essencial para o crescimento dele e para o desenvolvimento dele.

Por isso, o Tesouro Direto também atende muito bem.

Porque além de tudo ele é o investimento mais conservador e seguro do Brasil.

Então, o Tesouro é uma ótima ferramenta para pensar no futuro.

Portanto, apenas para recapitular o assunto:

Aa gente já falou do Seguro de Vida (que serve para caso você não queira deixar todo o capital alocado) e o Tesouro Direto (que é o investimento mais conservador do Brasil e tem uma rentabilidade muito superior).

Agora, o 3º investimento!

III – Previdência Privada

A previdência privada está aqui porque ela é uma ferramenta poderosa para o futuro também.

Você já viu que juntar 10 mil reais em 1 ano é possível, não é?

E você pode fazer isso de várias formas, inclusive, na previdência privada.

Agora, tome cuidado para você não se confundir e achar que a previdência privada é o melhor negócio do mundo.

De fato, existem alguns bancos que, muitas vezes, oferecem para a gente previdências ridículos, sem ganhos.

Mas, isso não é regra.

Existem aquelas que valem a pena.

Na prática, ela não passa de um plano que você vai contratar e que vai ter uma série de fundos…

Você vai escolher um desses fundos de investimento para aplicar e quando você aplicar esse fundo esse fundo vai ser como qualquer outro.

Ele vai aplicar em ativos e vai ter uma rentabilidade, claro que com uma taxa de administração em cima.

Então, se você escolher um fundo bom você vai ter uma rentabilidade boa também.

Mas, se você escolheu o fundo ruim, isso vai também vai ser ruim para você.

A saída é você encontrar um fundo de previdência que invista corretamente e que tenha uma taxa de administração baixa.

Assim, você pode usar isso daqui para aplicar esse capital.

O fato de você juntar 10 mil reais em 1 ano vai ser importante para te dar esse conforto para os gastos do curto prazo, enquanto que a previdência será para o futuro.

As vantagens da previdência

Se existe uma vantagem na previdência privada é que ela é uma alternativa ao Tesouro Direto porque torna possível você nomear beneficiários da sua aplicação.

Então, se você morrer, seus filhos podem ter direito ao dinheiro… Mais ou menos como acontece no seguro de vida.

Isso é vantajoso porque hoje, no Brasil, todo o seu patrimônio vai entrar em inventário em um processo natural e isso vai demorar até todo esse patrimônio chegar às mãos do seu herdeiro, que é o seu filho.

No caso, se você tirar a previdência você pode nomear beneficiários.

Então, você tem dois filhos e pode pôr 50% para um filho 50% pra outro.

Enfim, você pode fazer o que você quiser e se acontecer alguma coisa com você esse capital vai direto para a conta dos seus filhos ou do tutor.

Claro que isso vai depender muito do processo, mas de fato esse dinheiro é mais acessível.

Então, por essa facilidade a previdência é escolhida por muita gente.

Com informações do Youtube

PROPAGANDA