Como Investir na Bolsa de Valores sem Correr Riscos de Perder Todo o Dinheiro?

ANÚNCIO

Há 3 décadas investir na bolsa de valores era algo impraticável para muitas pessoas. As cotações eram divulgadas pelos jornais, por exemplo. Com o tempo, conhecimento e foco, muitos brasileiros começaram a investir seus dinheiros na bolsa de valores.

  • O resultado é que mais pessoas como eles ficaram ricos, a cada dia.

Se você ainda não faz parte daqueles que tem o hábito de investir na bolsa de valores, mas também não é rico, pode começar por pensar que ambas as informações podem ter mais em com um do que você imagina: ficar rico e investir na bolsa de valores.

ANÚNCIO

E por que investir na bolsa de valores se tornou uma grande oportunidade para ficar rico?

Porque, se antes tudo era feito de forma manual, hoje estamos na era digital, sendo que o investidor consegue acompanhar tudo online, ao vivo, instantaneamente. E não só acompanhar, mas fazer negociações também.

As 38 Melhores Small Caps para Investir em 2017

ANÚNCIO

“Ah, mas nos anos 90 já havia computadores”, você pode tentar justificar e você terá razão. Mas, é preciso pensar por outro lado: só os ricos tinham computadores e o sistema não estava totalmente atualizado para esse meio.

Logo, só rico, verdadeiramente, poderia ficar rico, mais rico.

A mudança começou a partir dos anos 2000, onde a tecnologia emergiu para um cenário mais feliz, se assim podemos dizer. A internet se tornou popular.

E o mercado também: se revelando perfeito para a difusão de informações sobre o mercado de ações, os investimentos financeiros e como ganhar dinheiro.

  • Detalhe: uma coisa ainda continuou no passado e permanece até hoje, os impostos excessivos.

Já especificamente sobre os investimentos financeiros, as pessoas passaram a conhecer mais sobre as rendas fixas, que mesmo tendo a cobrança de impostos, começaram a tomar o lugar da poupança, que mesmo sendo simples e sem cobranças, se mostrou com um rendimento muito abaixo do que se espera.

Sobre investir na bolsa de valores, também cresceu o conhecimento, com fontes de informações, notícias. Mas, até hoje, as pessoas precisam ter conhecimento para conseguir ganhar dinheiro nela.

Como Investir na Bolsa de Valores sem Correr Riscos de Perder Todo o Dinheiro?
Reprodução: Google

Sim, existem as corretoras, os analistas e os conselheiros, mas a decisão sempre será sua. Saber se o cenário é favorável, se investir naquela ação será compensador e se os lucros estão de acordo com os investimentos… Isso tudo é função do investidor.

A dica, portanto é apostar no conhecimento, ainda que no mercado há indicações de carteira de investimentos, opiniões de analistas e conselhos dos grandes investidores. O conhecimento é a chave para o futuro, para o sucesso, para a riqueza.

5 Erros que as pessoas cometem na hora de investir na bolsa de valores

E já que estamos falando de conhecimento sobre a bolsa de valores, vamos citar os 5 principais erros que os investidores cometem e que sim, pode leva-lo ao fracasso financeiro, que é, justamente, perder dinheiro.

1 – Investir na bolsa de valores sem conhecimento

Esse tópico não poderia ser outro. Acabamos de falar dele. O conhecimento. Esse, na verdade, é o ativo que pode fazer você criar e descobrir inúmeros outros ativos que serão ótimos para os investimentos financeiros.

É o conhecimento que vai te fazer escolher as melhores empresas, saber diferenciar A de B, entender as altas e as baixas, saber sobre os cenários (favoráveis ou desfavoráveis).

Se você ainda não notou, na vida toda, o conhecimento é o que nos leva a tomar as melhores decisões, por mais óbvio que isso pareça.

Pergunte aos maiores investidores do mundo o que eles fizeram de diferente…

Vão dizer que, simplesmente, não seguiram o senso comum. Ganhar dinheiro na bolsa não se resume em “comprar na baixa e vender na alta”, há aí um campo muito maior, de oportunidades e rentabilidades.

Por sinal, para você ter uma breve ideia do quanto o conhecimento é importante, os analistas afirmam que após fazer um simples balanço das empresas, o investidor vai notar que vão sobrar apenas 20% de empresas “confiáveis” na bolsa de valores.

Logo, esse é o 1º passo para não perder dinheiro na bolsa de valores.

As Ações Preferidas dos Investidores para Investir na Bolsa em 2017

2 – Investir na bolsa de valores comprando um mesmo papel

Outra dica muito simples, comum e que está na fala de todos os grandes investidores é: diversificar os investimentos financeiros. Mesmo dentro da bolsa de valores é possível diversificar os papéis, isso minimiza os riscos e aumenta a chance de ganhar dinheiro.

Se você ainda não entendeu o conceito, colocar os ovos na mesma cesta vem da expressão usada pelos antigos. Ou vai dizer que você nunca ouviu sua avó ou algum parente mais velho dizer:

Quando for à feira, não se deve colocar todos os ovos na mesma cesta. Se por acaso uma das cestas cair, você não perderá todos os ovos”.

É disso que estamos falando.

3 – Investir na Bolsa de Valores sem realizar novos aportes

A maior parte dos especialistas diz que os aportes periódicos diluem o impacto de uma compra ruim já que isso leva o investimento a preços médios no longo prazo.

Aliás, muitos dos investidores que fazem buy&hold (compram para construir patrimônio) afirmam que não é preciso, inclusive, ter um momento certo para investir em algo e ter sucesso no longo prazo.

O mínimo é que esses aportes sejam feitos uma vez ao ano.

4 – Investir na Bolsa de Valores sem Levar em Conta os Custos

Os custos nunca, em hipótese alguma, devem ser deixados de lado mesmo porque eles são vários: taxas de corretagem, taxa de custódia, taxa de administração, emolumentos e outros.

E nesse caso, vale voltar ao tópico 1, sobre o conhecimento. Porque ele vai ser útil (muito útil) na hora que o investidor for escolher uma corretora de investimentos. Porque a redução de custos já começa por aí.

5 – Investir na Bolsa de Valores, mas não considerar a aceitação de um erro

Reconhecer o erro é algo importante para qualquer pessoa na vida e o mesmo vale para o mercado financeiro. A humildade tem que ser uma virtude do investidor porque é com o erro que se aprende.

É muito importante sempre compreender os erros e aprender com ele. Não adianta ficar defendo-o ou insistindo nele, sem que haja prospecção de que algo dê certo.

Os erros, muitas vezes, são visto até mesmo como algo inevitável porque se a pessoa reconhece-o, ela consegue acertar posteriormente. E se ela segue os 4 passos acima, com certeza chegará ao sucesso financeiro, mesmo que haja alguns erros no meio do percurso.

Bônus: confira algumas formas de investir na bolsa de valores

Antes de entrar na bolsa de valores ou se você já tem o hábito de investir na bolsa de valores, saiba que existem outras opções além da compra direta, confira!

Compra Direta de Ações – É onde o próprio investidor escolhe as ações que vai comprar, de modo que os ganhos ou perdas não são divididos com ninguém. É um investimento que pode gerar dividendo.

Fundo de Índices (ETFs) – Exchange Traded Funds (ETF) buscam retorno conforme índices. É indicado para quem não tem muito dinheiro para investir na bolsa de valores, já que são valores mínimos de 200 reais, por exemplo. É muito usado para diversificar investimentos.

Clube de Investimentos – São pessoas que se unem para investir na bolsa de valores e os ganhos/perdas são divididos entre os participantes de forma proporcional. Normalmente, as corretoras de investimentos têm clubes de investimentos para indicar ao acionista.

Fundos de Investimentos – O investidor pode comprar cotas de um fundo de ações, que, na maior parte das vezes, é administrado por uma corretora independente ou por um banco.

Com informações do advfn, jornaldodinheiro, guiabolso

ANÚNCIO