Tire essas 7 dúvidas para saber se investir em ações vale a pena para você

A verdade é que investir em ações vale a pena se você souber o que está fazendo nesse mercado. Por outro lado, se você não sabe, então, vai correr um grande risco de ser aqueles que perdem tudo na bolsa.

Mas, então, como saber se está fazendo o certo? Entendendo a mecânica da bolsa de valores. Inclusive, isso é bem mais fácil do que muita gente acha. Para confirmar isso, nós fomos atrás de 7 dúvidas que são frequentes na vida dos investidores mais novatos.

Assim, após entender cada resposta você também começa a saber sobre essa mecânica da bolsa. No fim das contas, com certeza, esse pode ser um tipo de investimento que faça parte da sua vida. Aliás, mesmo sendo mais arriscado, você vai ver que dá para minimizar os riscos.

Se você nunca investiu em ações antes ou já se fez isso, mas ainda não tem certeza se fez o certo, continue lendo. Abaixo, com certeza, algumas das dúvidas podem fazer parte da sua vida. E a resposta vem logo na sequência.

1 – Qualquer corretora serve?

Uma das dúvidas que as pessoas mais têm, quando são iniciantes na renda variável, é sobre as corretoras de investimentos. Afinal, rapidamente, elas descobrem que é preciso ter conta em uma corretora para começar a comprar ações.

No entanto, vem a próxima pergunta: qualquer corretora serve? Na verdade, você só pode ir para o próximo passo quando tiver certeza que escolheu uma boa corretora, pensando em valores, atendimento e todos os outros pontos que são importantes para quem vai investir.

2 – Precisa ter muito dinheiro?

Mais do que uma dúvida, agora a gente tem um mito que se criou dentro do mercado financeiro da renda variável. Logo, para saber se investir em ações vale a pena, as pessoas querem saber, antes, se é preciso ter muito dinheiro. Aliás, elas acham que sim.

Mas, na verdade, não. Se a gente considerar que existem ações baratas na bolsa, que não passam dos R$ 10, então, a gente já tem uma boa resposta para isso. De todo modo, saiba que mais importante que o valor inicial é a regularidade dos aportes.

3 – É seguro comprar ações?

Essa é uma verdadeira pergunta, de muito interesse e que pouca gente sabe a reposta. Na verdade, a segurança existe sim. Ela está na CBLC, que é a Companhia Brasileira de Liquidação e Custódia. Esse órgão regulamenta o mercado.

Só que além disso, você tem que considerar que investir em ações é arriscado. Por isso, você tem a segurança da compra, mas não a segurança de que não vai perder dinheiro. Como consequente, a gente tem a grande importante de conhecer o mercado antes de aplicar nele.

4 – Só posso atuar no day trade?

Sempre que a gente une questões como bolsa de valores e dinheiro rápido, o day trade aparece. No entanto, hoje em dia, essa é uma opção das menos indicadas. Afinal, o day trade é indicado apenas para quem conhece muito da renda variável.

Para quem não sabe, é a técnica de comprar e vender ações no mesmo dia. Por outro lado, o investidor mais cauteloso e que pensa no longo prazo pode optar pelo swing trade, que nada mais é do que comprar ações pensando na valorização dela ao longo do tempo.

5 – O que é o preço da ação?

Outra questão que importa muito na hora de saber se investir em ações vale a pena é sobre o preço da ação. Mas, o que seria isso? Na teoria, a gente tem uma questão que envolve a lei de oferta e procura. É isso que valoriza ou desvaloriza uma ação.

A ligação é feita com outros itens, como o potencial de desempenho da empresa, os relatórios de lucros, assim por diante. Então, o preço da ação é o que você paga para comprar ela ou para vender ela. Atualmente, os home brokers e sites de finanças indicam esses valores.

6 – O que é o valor de mercado da empresa?

Aqui, a gente pode pensar que essa pergunta interessa muito quem está começando a procurar sobre os fundamentos das companhias listadas na bolsa. Então, saiba que o valor de mercado é o valor do total de ações que a empresa possui na bolsa.

Então, esse é o valor total das ações e não o valor da empresa, entendeu? Se a ação está em R$ 100 e a empresa tem 500 mil ações, logo, o valor de mercado dela é de R$ 50 milhões.

7 – Como saber a rentabilidade final?

Para fechar a lista de dúvidas, essa que deve ser a que mais interessa você. Considere que a renda variável tem esse nome justamente por não permitir que o investidor saiba o seu rendimento final, independentemente do tempo de aplicação.

Logo, é imprevisível e pode variar para mais ou menos. Por isso, a importância de entender mais das empresas e da bolsa antes de começar a comprar ações.

Saiba também qual é o momento ideal para entrar na bolsa

investir em ações vale a pena
Business concept vector illustration.

A gente até poderia inserir esse último tópico como um dos que estão acima. Mas, como a gente gosta de terminar o texto com uma bela de uma reflexão, a gente deixou ele para o fim. Afinal, mesmo conhecendo do mercado pode ser que você tenha dúvidas sobre entrar nele.

Então, saiba que esse momento vai ser aquele que você estiver seguro quanto ao entendimento da mecânica do mercado. Inclusive, sabendo sobre o seu objetivo, o prazo, as empresas e os aportes. Sem essas informações, você não estará seguro, com certeza.